SlideShare uma empresa Scribd logo
FAUVISMO,
EXPRESSIONISMO E
    CUBISMO

       ARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA
Renovação de conceitos na arte
  Os movimentos de vanguarda
 do início do séc. XX procuram,
 sobretudo, destruir os velhos
 conceitos sobre arte e criar
 novas linguagens estéticas e
 formais.

 Este movimento atinge as artes
 plásticas, a literatura e a música.

 Os artistas assumem uma
 posição de ruptura, escandalosa
 e de experimentalismo.

 Estas experiências foram muitas
 vezes pouco acessíveis ao grande
 público e tornaram-se, assim,
 elitistas e herméticas.
FAUVISMO
O fauvismo vem do francês les fauves, "as feras".
1905 e 1907 - corrente não impressionista;
Pincelada violenta, espontânea e definitiva;
Colorido brutal, pretendendo a sensação física da cor
que é subjetiva, não correspondendo à realidade;
Figuras sugeridas não representadas realisticamente;
Uso exclusivo das cores puras, como saem das bisnagas;
Pintura por manchas largas, formando grandes planos;
FAUVISMO
Georges Braque,
Andre Derain,
Jean Puy,
Henri Matisse,
Maurice de Vlaminck,
Raoul Dufy.
Andre Derain (1880-1954)




       Andre Derain, Charing Cross Bridge, 1906.
Andre Derain, Bathers, 1907
Maurice Vlaminck (1876-1958)




      Maurice de Vlaminck, The River Seine at Chatou, 1906 .
Georges Rouault, The Three Clowns, 1928.



                                               Georges Rouault
                                           The Old King, 1916-37.
Henri Matisse (1869-1954)
                No retrato da sua mulher, Amélie,
                Matisse usou apenas a cor para
                descrever a imagem. O seu rosto
                oval é dividido por uma linha
                verde-amarelo e o cabelo é
                púrpura –azulado. O seu lado
                direito tem uma invasão do verde;
                o seu lado esquerdo sofre os ecos
                da cor do vestido.

                Matisse pintou este invulgar
                retrato da mulher em 1905. A
                linha verde no centro do rosto
                divide física e espiritualmente
                Amélie em duas: um lado quente
                e outro frio. A luz natural é
                traduzida directamente em cores e
                as grandes pinceladas dão um
                sentido dramático ao retrato.
Henri Matisse (1869-1954)
O quadro tem um significado
mítico-cósmico: o solo é o
horizonte terrestre, a curva do
mundo; o céu tem a profundidade
do azul-turquesa dos espaços
interestelares; as figuras dançam
como gigantes entre a terra e o
firmamento. Ao Cubismo que
                                                                          A “Dança”, 1910.
analisa racionalmente o objecto,
Matisse contrapõe a intuição
sintética do todo.
(Carlo Argan)




       A dança - Matisse, versão da Peformance Lama realizado com Dança
          Contato Improvisação nas dunas de Stela Mares em Salvador
Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
Henri Matisse, The Joy of Life, 1905-06.
Henri Matisse:

Open Window
   (1905)
Kees van Dongen (1877-1968)


Holandês que adoptou as
ideias dos fauvistas franceses,
mudando para Paris.

Neste quadro, as formas das
folhas e das flores desfazem-se
em manchas vibrantes de
cores, como num padrão
decorativo.



                                  “Primavera”, 1908.
Em "Portrait of Lily Damita - c. 1925/26",
vestida com um manto de peles e um vestido
curto, a actriz Lily Damita sorri-nos
sedutoramente – o paradigma da estrela
elegante dos anos 20.

Jogando com o nome da actriz (lily, lilás), o
autor introduziu uma série de extravagantes
lilases brancos neste quadro.
O estilo desta obra remete para o
Expressionismo, mas Van Dongen não aplica
pinceladas exageradamente expressivas ou
cores dramáticas no encanto misterioso da
personagem. Associado aos fauves e
expressionistas, as primeiras obras de Van
Dongen caracterizam-se por cores luminosas
e pinceladas dramáticas e lineares.
No entanto, pelos anos 20, este pintor,
escultor, ceramista e artista gráfico
abandonou este estilo, tornando-se um
retratista da alta sociedade.
1905 - Alemanha
EXPRESSIONISMO
         1905 - Alemanha
EXPRESSIONISMO

✴   Cores intensas, simbólicas, imagens sugestivas
✴   Deformação da realidade, representada subjetivamente
✴   Mostra seus aspectos hediondos, terríveis e dolorosos.
✴   Valorização dos conteúdos subjetivos que adquirem
    maior importância do que a técnica.
(Wilheim Klem)




Edvard Munch - O Grito
(Wilheim Klem)




Edvard Munch - O Grito
O meu tempo

    Cantos e metrópoles, lavinas febris,
   Terras descoradas, pólos sem glória,
   Miséria, heróis e mulheres da escória,
  Sobrolhos espectrais, tumulto em carris.

   Soam ventoinhas em nuvens perdidas.
   Os livros são bruxas. Povos desconexos.
   A alma reduz-se a mínimos complexos.
   A arte está morta. As horas reduzidas.



             (Wilheim Klem)




Edvard Munch - O Grito
(Wilheim Klem)




Edvard Munch - O Grito
Ernst Kirschner,
Ernst Kirschner,                    Two Women in the Street,
Self Portrait as a Soldier, 1915.                     1914.
GERMAN EXPRESSIONISM
Ernst Kirschner,
Street, Berlin,
1913.
Ernst Kirschner, Brandenburg Gate, 1915.
Kathe Kollwitz


                                            Trabalhava exclusivamente
                                            com impressão e desenhos.

                                            Retratava as injustiças
                                            humanas.

                                            Temática de vítimas de guerra.

                                            Seu filho morreu durante a
                                            Primeira Guerra.




     Kathe Kollwitz, The Survivors, 1923.
Kathe Kollwitz, Woman With Dead Child, 1903 etching.
Kathe Kollwitz, Memorial for Karl Liebnecht, 1919.
          GERMAN EXPRESSIONISM
Kathe Kollwitz, The Grieving Parents, 1932.
1907 - França
CUBISMO
     1907 - França
CUBISMO
✴   Supressão do sentimentalismo piegas e da dor.
✴   Não só acentua o caráter de destruição mas acrescenta
    construção.
✴   Abolição da cópia na arte.
✴   Interesse: mudança de planos, de perspectivas, da
    decomposição geométrica dos objetos.
Georges Braque (1882-1963), O Emigrante
português, 1911-12, óleo s/ tela (117x81cm.)

O cubismo derrubou a perspectiva. A base
deste trabalho foi criada por Braque e por
Pablo Picasso entre 1908 e 1912.
Simultaneamente foram criadas as primeiras
colagens. A 1ª Guerra acabou com a
colaboração destes 2 artistas mas muitos outros
se juntaram à causa cubista.

O cubismo criou uma nova espécie de unidade
visual independente da informação perceptiva.
Cubismo Analítico

O cubismo analítico (1910-1912): rejeita-se
o ponto de vista único na tela e a ilusão de
profundidade; todas as faces de um
objecto são representadas no mesmo
plano do quadro

O objectivo é representar não o que se vê
mas o que se conhece dos objectos
representados

A forma e o espaço fragmentam-se em
múltiplas vistas e planos geometrizantes

A cor participa nesta estrutura e não tem
referência directa com a realidade
representada
Cubismo Sintético
O cubismo sintético:
(1913-1914) consiste na
redução da forma e do
espaço à sua expressão
mais simples, com planos
esquematizados e cores
lisas.
Introduz-se a técnica da
colagem (papéis, recortes,
bilhetes, rótulos, etc.) e de
letras impressas
Amadeo de Souza Cardoso
(1887-1918) juntou-se a esta
fase do cubismo
                                Coty, A. S-C, c.1917.Óleo s/ tela e colagem.
Georges Braque (1882-1963)




                    Violin and Candlestick, Paris, spring 1910,
                    San Francisco Museum of Modern Art
Pintor- quadro Les demoiselles d’Avignon (1907)
Pablo Picasso- Mulheres da esquerda cultura ibérica
           Mulheres da direita influência da arte negra
1913 Armory Show




1913
Armory Show
New York City
First American show to exhibit works
by Impressionist, Post-Impressionist,
Cubist, Fauvist and Early 20th
Century Europeans
Over 1250 works by 300 artists
Started in New York, then traveled to
Chicago and Boston
1913 Armory Show
1913 Armory Show


Foi um bom show, mas não façam isso de novo - critica
Aula 5   Fauvismo Expressionismo Cubismo
Marsden Hartley foi um americano que viveu em
Monique influenciado diretamente pela arte do
movimento europeu.



           Marsden Hartley,
           Portrait of a German Officer
           1914.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Carlos Pinheiro
 
Aula arte realista
Aula   arte realistaAula   arte realista
Aula arte realista
Abrahão Costa de Freitas
 
Arte romantica
Arte romanticaArte romantica
Arte romantica
Carla Teixeira
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
Arte Educadora
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Cinthya Nascimento
 
Op art
Op artOp art
Op art
sheilabeca
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Michele Pó
 
Linguagens artísticas
Linguagens artísticasLinguagens artísticas
Linguagens artísticas
Acacio Arouche
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Ana Paula Silva
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
Stefânia Balestero
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
Sandro Bottene
 
EHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte UrbanaEHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte Urbana
Odair Tuono
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
pagodes
 
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.pptARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
FranciscaFerreira71
 
Neoclassicismo, romantismo e realismo
Neoclassicismo, romantismo e realismoNeoclassicismo, romantismo e realismo
Neoclassicismo, romantismo e realismo
Tauana Parreiras
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
JulianoFonseca17
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
Eline Lima
 

Mais procurados (20)

Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
 
Aula arte realista
Aula   arte realistaAula   arte realista
Aula arte realista
 
Arte romantica
Arte romanticaArte romantica
Arte romantica
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XXPrincipais Movimentos Artísticos do Séc. XX
Principais Movimentos Artísticos do Séc. XX
 
Op art
Op artOp art
Op art
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Linguagens artísticas
Linguagens artísticasLinguagens artísticas
Linguagens artísticas
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
EHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte UrbanaEHA 05 Arte Urbana
EHA 05 Arte Urbana
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
CUBISMO
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.pptARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
ARTES VISUAIS – Elementos Visuais as cores e as linhas.ppt
 
Neoclassicismo, romantismo e realismo
Neoclassicismo, romantismo e realismoNeoclassicismo, romantismo e realismo
Neoclassicismo, romantismo e realismo
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
 

Destaque

Modernismo fauvismo, expressionismo, cubismo
Modernismo   fauvismo, expressionismo, cubismoModernismo   fauvismo, expressionismo, cubismo
Modernismo fauvismo, expressionismo, cubismo
Carol Mendoza
 
Cubismo 1907-1914
Cubismo   1907-1914Cubismo   1907-1914
Cubismo 1907-1914
Professor Gilson Nunes
 
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
jessicabatistamuniz
 
Construtivismo - tutorial revista lef
Construtivismo - tutorial revista lefConstrutivismo - tutorial revista lef
Construtivismo - tutorial revista lef
Carol Mendoza
 
Modernismo dadaísmo e construtivismo
Modernismo   dadaísmo e construtivismoModernismo   dadaísmo e construtivismo
Modernismo dadaísmo e construtivismo
Carol Mendoza
 
Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.
Roger Pimentel
 
Cubismo
CubismoCubismo
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
Michele Pó
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
babelisa
 
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismoAula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Marcio Duarte
 
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thaisArte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Carol Mendoza
 
Arte colonial brasileira
Arte colonial brasileiraArte colonial brasileira
Arte colonial brasileira
Carol Mendoza
 
Música na Escola
Música na EscolaMúsica na Escola
Cubismo
CubismoCubismo
O cubismo
O cubismoO cubismo
O cubismo
Cardosia
 
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aula 10  Expressionismo AbstratoAula 10  Expressionismo Abstrato
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aline Okumura
 
Neoplasticismo
Neoplasticismo Neoplasticismo
Neoplasticismo
Michele Pó
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
guestd19f54b
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Michele Pó
 
Arte indígena brasileira
Arte indígena brasileiraArte indígena brasileira
Arte indígena brasileira
Carol Mendoza
 

Destaque (20)

Modernismo fauvismo, expressionismo, cubismo
Modernismo   fauvismo, expressionismo, cubismoModernismo   fauvismo, expressionismo, cubismo
Modernismo fauvismo, expressionismo, cubismo
 
Cubismo 1907-1914
Cubismo   1907-1914Cubismo   1907-1914
Cubismo 1907-1914
 
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
 
Construtivismo - tutorial revista lef
Construtivismo - tutorial revista lefConstrutivismo - tutorial revista lef
Construtivismo - tutorial revista lef
 
Modernismo dadaísmo e construtivismo
Modernismo   dadaísmo e construtivismoModernismo   dadaísmo e construtivismo
Modernismo dadaísmo e construtivismo
 
Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.Pablo Picasso e o Cubismo.
Pablo Picasso e o Cubismo.
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
 
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismoAula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
 
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thaisArte colonial   cinthia, maria fernanda, leandro e thais
Arte colonial cinthia, maria fernanda, leandro e thais
 
Arte colonial brasileira
Arte colonial brasileiraArte colonial brasileira
Arte colonial brasileira
 
Música na Escola
Música na EscolaMúsica na Escola
Música na Escola
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
O cubismo
O cubismoO cubismo
O cubismo
 
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aula 10  Expressionismo AbstratoAula 10  Expressionismo Abstrato
Aula 10 Expressionismo Abstrato
 
Neoplasticismo
Neoplasticismo Neoplasticismo
Neoplasticismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Arte indígena brasileira
Arte indígena brasileiraArte indígena brasileira
Arte indígena brasileira
 

Semelhante a Aula 5 Fauvismo Expressionismo Cubismo

HCA grupo A
HCA   grupo AHCA   grupo A
HCA grupo A
becresforte
 
A arte da 1ª metade do séc beatriz
A arte da 1ª metade do séc   beatrizA arte da 1ª metade do séc   beatriz
A arte da 1ª metade do séc beatriz
Bioquinha
 
Primeira metade do século XX
Primeira metade do século XXPrimeira metade do século XX
Primeira metade do século XX
CEF16
 
História da Arte: Expressionismo
História da Arte: ExpressionismoHistória da Arte: Expressionismo
História da Arte: Expressionismo
Raphael Lanzillotte
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
Ana Barreiros
 
Arte no Séc. XX
 Arte no Séc. XX Arte no Séc. XX
Arte no Séc. XX
omniblog
 
Gustave Courbet
Gustave CourbetGustave Courbet
Gustave Courbet
hcaslides
 
Arte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
Arte abstrata 2º ano médio Novo ColégioArte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
Arte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Os Grandes Mestres da Pintura
Os Grandes Mestres da PinturaOs Grandes Mestres da Pintura
Os Grandes Mestres da Pintura
Helder Martinho
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
Ellen_Assad
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
Ellen_Assad
 
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
GoisBemnoEnem
 
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
GoisBemnoEnem
 
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
GoisBemnoEnem
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
Walace Cestari
 
A Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XXA Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XX
MartadeAmorimMendona
 
O interesse pela realidade social nas artes e na literatura
O interesse pela realidade social nas artes e na literaturaO interesse pela realidade social nas artes e na literatura
O interesse pela realidade social nas artes e na literatura
Susana Simões
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
Ellen_Assad
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
Helena Serrão
 
Caderno picasso ccbb_2015
Caderno picasso ccbb_2015Caderno picasso ccbb_2015
Caderno picasso ccbb_2015
Daniele Alves
 

Semelhante a Aula 5 Fauvismo Expressionismo Cubismo (20)

HCA grupo A
HCA   grupo AHCA   grupo A
HCA grupo A
 
A arte da 1ª metade do séc beatriz
A arte da 1ª metade do séc   beatrizA arte da 1ª metade do séc   beatriz
A arte da 1ª metade do séc beatriz
 
Primeira metade do século XX
Primeira metade do século XXPrimeira metade do século XX
Primeira metade do século XX
 
História da Arte: Expressionismo
História da Arte: ExpressionismoHistória da Arte: Expressionismo
História da Arte: Expressionismo
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
 
Arte no Séc. XX
 Arte no Séc. XX Arte no Séc. XX
Arte no Séc. XX
 
Gustave Courbet
Gustave CourbetGustave Courbet
Gustave Courbet
 
Arte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
Arte abstrata 2º ano médio Novo ColégioArte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
Arte abstrata 2º ano médio Novo Colégio
 
Os Grandes Mestres da Pintura
Os Grandes Mestres da PinturaOs Grandes Mestres da Pintura
Os Grandes Mestres da Pintura
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo
Impressionismo Impressionismo
Impressionismo
 
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 1ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
 
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
 
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIASARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
ARTE | SEMANA 35 | 3ª Série | VANGUARDAS EUROPEIAS
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
A Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XXA Arte e a Ciência no Séc.XX
A Arte e a Ciência no Séc.XX
 
O interesse pela realidade social nas artes e na literatura
O interesse pela realidade social nas artes e na literaturaO interesse pela realidade social nas artes e na literatura
O interesse pela realidade social nas artes e na literatura
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Caderno picasso ccbb_2015
Caderno picasso ccbb_2015Caderno picasso ccbb_2015
Caderno picasso ccbb_2015
 

Mais de Aline Okumura

Guia Pratico de nomes de marca.pdf
Guia Pratico de nomes de marca.pdfGuia Pratico de nomes de marca.pdf
Guia Pratico de nomes de marca.pdf
Aline Okumura
 
Tipos de imagens digitais
Tipos de imagens digitaisTipos de imagens digitais
Tipos de imagens digitais
Aline Okumura
 
2. Aula Tipografia
2. Aula Tipografia2. Aula Tipografia
2. Aula Tipografia
Aline Okumura
 
Apresentação enpmoda
Apresentação enpmodaApresentação enpmoda
Apresentação enpmoda
Aline Okumura
 
1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores
Aline Okumura
 
Feca formas expressão e comunicação artistica
Feca   formas expressão e comunicação artisticaFeca   formas expressão e comunicação artistica
Feca formas expressão e comunicação artistica
Aline Okumura
 
Tabela Valor do Design
Tabela Valor do DesignTabela Valor do Design
Tabela Valor do Design
Aline Okumura
 
Costura e Bordado
Costura e BordadoCostura e Bordado
Costura e Bordado
Aline Okumura
 
História do Photoshop
História do PhotoshopHistória do Photoshop
História do Photoshop
Aline Okumura
 
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12  Minimalismo Arte ConceitualAula 12  Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aline Okumura
 
Aula 11 Pop Art Op Art
Aula 11  Pop Art Op Art Aula 11  Pop Art Op Art
Aula 11 Pop Art Op Art
Aline Okumura
 
Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismoAula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aline Okumura
 
Aula 7 Dadaismo e Surrealismo
Aula 7   Dadaismo e SurrealismoAula 7   Dadaismo e Surrealismo
Aula 7 Dadaismo e Surrealismo
Aline Okumura
 
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6   Futurismo Purismo Orfismo VorticismoAula 6   Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aline Okumura
 
Aula 4 Impressionismo
Aula 4   ImpressionismoAula 4   Impressionismo
Aula 4 Impressionismo
Aline Okumura
 
Aula 3 Arts and Crafts
Aula 3   Arts and CraftsAula 3   Arts and Crafts
Aula 3 Arts and Crafts
Aline Okumura
 

Mais de Aline Okumura (17)

Guia Pratico de nomes de marca.pdf
Guia Pratico de nomes de marca.pdfGuia Pratico de nomes de marca.pdf
Guia Pratico de nomes de marca.pdf
 
Tipos de imagens digitais
Tipos de imagens digitaisTipos de imagens digitais
Tipos de imagens digitais
 
2. Aula Tipografia
2. Aula Tipografia2. Aula Tipografia
2. Aula Tipografia
 
Apresentação enpmoda
Apresentação enpmodaApresentação enpmoda
Apresentação enpmoda
 
1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores
 
Feca formas expressão e comunicação artistica
Feca   formas expressão e comunicação artisticaFeca   formas expressão e comunicação artistica
Feca formas expressão e comunicação artistica
 
Tabela Valor do Design
Tabela Valor do DesignTabela Valor do Design
Tabela Valor do Design
 
Frases Ilustradas
Frases IlustradasFrases Ilustradas
Frases Ilustradas
 
Costura e Bordado
Costura e BordadoCostura e Bordado
Costura e Bordado
 
História do Photoshop
História do PhotoshopHistória do Photoshop
História do Photoshop
 
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12  Minimalismo Arte ConceitualAula 12  Minimalismo Arte Conceitual
Aula 12 Minimalismo Arte Conceitual
 
Aula 11 Pop Art Op Art
Aula 11  Pop Art Op Art Aula 11  Pop Art Op Art
Aula 11 Pop Art Op Art
 
Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismoAula 8   Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
Aula 8 Suprematismo de Stij Construtivismo russo e decostrutivismo
 
Aula 7 Dadaismo e Surrealismo
Aula 7   Dadaismo e SurrealismoAula 7   Dadaismo e Surrealismo
Aula 7 Dadaismo e Surrealismo
 
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6   Futurismo Purismo Orfismo VorticismoAula 6   Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
 
Aula 4 Impressionismo
Aula 4   ImpressionismoAula 4   Impressionismo
Aula 4 Impressionismo
 
Aula 3 Arts and Crafts
Aula 3   Arts and CraftsAula 3   Arts and Crafts
Aula 3 Arts and Crafts
 

Último

Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 

Último (20)

Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 

Aula 5 Fauvismo Expressionismo Cubismo

  • 1. FAUVISMO, EXPRESSIONISMO E CUBISMO ARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA
  • 2. Renovação de conceitos na arte Os movimentos de vanguarda do início do séc. XX procuram, sobretudo, destruir os velhos conceitos sobre arte e criar novas linguagens estéticas e formais. Este movimento atinge as artes plásticas, a literatura e a música. Os artistas assumem uma posição de ruptura, escandalosa e de experimentalismo. Estas experiências foram muitas vezes pouco acessíveis ao grande público e tornaram-se, assim, elitistas e herméticas.
  • 3. FAUVISMO O fauvismo vem do francês les fauves, "as feras". 1905 e 1907 - corrente não impressionista; Pincelada violenta, espontânea e definitiva; Colorido brutal, pretendendo a sensação física da cor que é subjetiva, não correspondendo à realidade; Figuras sugeridas não representadas realisticamente; Uso exclusivo das cores puras, como saem das bisnagas; Pintura por manchas largas, formando grandes planos;
  • 4. FAUVISMO Georges Braque, Andre Derain, Jean Puy, Henri Matisse, Maurice de Vlaminck, Raoul Dufy.
  • 5. Andre Derain (1880-1954) Andre Derain, Charing Cross Bridge, 1906.
  • 7. Maurice Vlaminck (1876-1958) Maurice de Vlaminck, The River Seine at Chatou, 1906 .
  • 8. Georges Rouault, The Three Clowns, 1928. Georges Rouault The Old King, 1916-37.
  • 9. Henri Matisse (1869-1954) No retrato da sua mulher, Amélie, Matisse usou apenas a cor para descrever a imagem. O seu rosto oval é dividido por uma linha verde-amarelo e o cabelo é púrpura –azulado. O seu lado direito tem uma invasão do verde; o seu lado esquerdo sofre os ecos da cor do vestido. Matisse pintou este invulgar retrato da mulher em 1905. A linha verde no centro do rosto divide física e espiritualmente Amélie em duas: um lado quente e outro frio. A luz natural é traduzida directamente em cores e as grandes pinceladas dão um sentido dramático ao retrato.
  • 11. O quadro tem um significado mítico-cósmico: o solo é o horizonte terrestre, a curva do mundo; o céu tem a profundidade do azul-turquesa dos espaços interestelares; as figuras dançam como gigantes entre a terra e o firmamento. Ao Cubismo que A “Dança”, 1910. analisa racionalmente o objecto, Matisse contrapõe a intuição sintética do todo. (Carlo Argan) A dança - Matisse, versão da Peformance Lama realizado com Dança Contato Improvisação nas dunas de Stela Mares em Salvador
  • 12. Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
  • 13. Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
  • 14. Henri Matisse, The Joy of Life, 1905-06.
  • 16. Kees van Dongen (1877-1968) Holandês que adoptou as ideias dos fauvistas franceses, mudando para Paris. Neste quadro, as formas das folhas e das flores desfazem-se em manchas vibrantes de cores, como num padrão decorativo. “Primavera”, 1908.
  • 17. Em "Portrait of Lily Damita - c. 1925/26", vestida com um manto de peles e um vestido curto, a actriz Lily Damita sorri-nos sedutoramente – o paradigma da estrela elegante dos anos 20. Jogando com o nome da actriz (lily, lilás), o autor introduziu uma série de extravagantes lilases brancos neste quadro. O estilo desta obra remete para o Expressionismo, mas Van Dongen não aplica pinceladas exageradamente expressivas ou cores dramáticas no encanto misterioso da personagem. Associado aos fauves e expressionistas, as primeiras obras de Van Dongen caracterizam-se por cores luminosas e pinceladas dramáticas e lineares. No entanto, pelos anos 20, este pintor, escultor, ceramista e artista gráfico abandonou este estilo, tornando-se um retratista da alta sociedade.
  • 19. EXPRESSIONISMO 1905 - Alemanha
  • 20. EXPRESSIONISMO ✴ Cores intensas, simbólicas, imagens sugestivas ✴ Deformação da realidade, representada subjetivamente ✴ Mostra seus aspectos hediondos, terríveis e dolorosos. ✴ Valorização dos conteúdos subjetivos que adquirem maior importância do que a técnica.
  • 23. O meu tempo Cantos e metrópoles, lavinas febris, Terras descoradas, pólos sem glória, Miséria, heróis e mulheres da escória, Sobrolhos espectrais, tumulto em carris. Soam ventoinhas em nuvens perdidas. Os livros são bruxas. Povos desconexos. A alma reduz-se a mínimos complexos. A arte está morta. As horas reduzidas. (Wilheim Klem) Edvard Munch - O Grito
  • 25. Ernst Kirschner, Ernst Kirschner, Two Women in the Street, Self Portrait as a Soldier, 1915. 1914. GERMAN EXPRESSIONISM
  • 28. Kathe Kollwitz Trabalhava exclusivamente com impressão e desenhos. Retratava as injustiças humanas. Temática de vítimas de guerra. Seu filho morreu durante a Primeira Guerra. Kathe Kollwitz, The Survivors, 1923.
  • 29. Kathe Kollwitz, Woman With Dead Child, 1903 etching.
  • 30. Kathe Kollwitz, Memorial for Karl Liebnecht, 1919. GERMAN EXPRESSIONISM
  • 31. Kathe Kollwitz, The Grieving Parents, 1932.
  • 33. CUBISMO 1907 - França
  • 34. CUBISMO ✴ Supressão do sentimentalismo piegas e da dor. ✴ Não só acentua o caráter de destruição mas acrescenta construção. ✴ Abolição da cópia na arte. ✴ Interesse: mudança de planos, de perspectivas, da decomposição geométrica dos objetos.
  • 35. Georges Braque (1882-1963), O Emigrante português, 1911-12, óleo s/ tela (117x81cm.) O cubismo derrubou a perspectiva. A base deste trabalho foi criada por Braque e por Pablo Picasso entre 1908 e 1912. Simultaneamente foram criadas as primeiras colagens. A 1ª Guerra acabou com a colaboração destes 2 artistas mas muitos outros se juntaram à causa cubista. O cubismo criou uma nova espécie de unidade visual independente da informação perceptiva.
  • 36. Cubismo Analítico O cubismo analítico (1910-1912): rejeita-se o ponto de vista único na tela e a ilusão de profundidade; todas as faces de um objecto são representadas no mesmo plano do quadro O objectivo é representar não o que se vê mas o que se conhece dos objectos representados A forma e o espaço fragmentam-se em múltiplas vistas e planos geometrizantes A cor participa nesta estrutura e não tem referência directa com a realidade representada
  • 37. Cubismo Sintético O cubismo sintético: (1913-1914) consiste na redução da forma e do espaço à sua expressão mais simples, com planos esquematizados e cores lisas. Introduz-se a técnica da colagem (papéis, recortes, bilhetes, rótulos, etc.) e de letras impressas Amadeo de Souza Cardoso (1887-1918) juntou-se a esta fase do cubismo Coty, A. S-C, c.1917.Óleo s/ tela e colagem.
  • 38. Georges Braque (1882-1963) Violin and Candlestick, Paris, spring 1910, San Francisco Museum of Modern Art
  • 39. Pintor- quadro Les demoiselles d’Avignon (1907) Pablo Picasso- Mulheres da esquerda cultura ibérica Mulheres da direita influência da arte negra
  • 40. 1913 Armory Show 1913 Armory Show New York City First American show to exhibit works by Impressionist, Post-Impressionist, Cubist, Fauvist and Early 20th Century Europeans Over 1250 works by 300 artists Started in New York, then traveled to Chicago and Boston
  • 42. 1913 Armory Show Foi um bom show, mas não façam isso de novo - critica
  • 44. Marsden Hartley foi um americano que viveu em Monique influenciado diretamente pela arte do movimento europeu. Marsden Hartley, Portrait of a German Officer 1914.

Notas do Editor

  1. \n
  2. \n
  3. \n
  4. \n
  5. \n
  6. \n
  7. \n
  8. \n
  9. \n
  10. \n
  11. \n
  12. \n
  13. \n
  14. \n
  15. \n
  16. \n
  17. \n
  18. \n
  19. \n
  20. \n
  21. \n
  22. \n
  23. \n
  24. \n
  25. \n
  26. \n
  27. \n
  28. \n
  29. \n
  30. \n
  31. \n
  32. \n
  33. \n
  34. \n
  35. \n
  36. \n
  37. \n
  38. \n
  39. \n
  40. \n