Aula 5 Fauvismo Expressionismo Cubismo

6.673 visualizações

Publicada em

AULA 5 - ARTE MODERNA E CONTEMPORANEA. PROFESSORA ALINE OKUMURA FMU

Publicada em: Educação

Aula 5 Fauvismo Expressionismo Cubismo

  1. 1. FAUVISMO,EXPRESSIONISMO E CUBISMO ARTE MODERNA E CONTEMPORÂNEA
  2. 2. Renovação de conceitos na arte Os movimentos de vanguarda do início do séc. XX procuram, sobretudo, destruir os velhos conceitos sobre arte e criar novas linguagens estéticas e formais. Este movimento atinge as artes plásticas, a literatura e a música. Os artistas assumem uma posição de ruptura, escandalosa e de experimentalismo. Estas experiências foram muitas vezes pouco acessíveis ao grande público e tornaram-se, assim, elitistas e herméticas.
  3. 3. FAUVISMOO fauvismo vem do francês les fauves, "as feras".1905 e 1907 - corrente não impressionista;Pincelada violenta, espontânea e definitiva;Colorido brutal, pretendendo a sensação física da corque é subjetiva, não correspondendo à realidade;Figuras sugeridas não representadas realisticamente;Uso exclusivo das cores puras, como saem das bisnagas;Pintura por manchas largas, formando grandes planos;
  4. 4. FAUVISMOGeorges Braque,Andre Derain,Jean Puy,Henri Matisse,Maurice de Vlaminck,Raoul Dufy.
  5. 5. Andre Derain (1880-1954) Andre Derain, Charing Cross Bridge, 1906.
  6. 6. Andre Derain, Bathers, 1907
  7. 7. Maurice Vlaminck (1876-1958) Maurice de Vlaminck, The River Seine at Chatou, 1906 .
  8. 8. Georges Rouault, The Three Clowns, 1928. Georges Rouault The Old King, 1916-37.
  9. 9. Henri Matisse (1869-1954) No retrato da sua mulher, Amélie, Matisse usou apenas a cor para descrever a imagem. O seu rosto oval é dividido por uma linha verde-amarelo e o cabelo é púrpura –azulado. O seu lado direito tem uma invasão do verde; o seu lado esquerdo sofre os ecos da cor do vestido. Matisse pintou este invulgar retrato da mulher em 1905. A linha verde no centro do rosto divide física e espiritualmente Amélie em duas: um lado quente e outro frio. A luz natural é traduzida directamente em cores e as grandes pinceladas dão um sentido dramático ao retrato.
  10. 10. Henri Matisse (1869-1954)
  11. 11. O quadro tem um significadomítico-cósmico: o solo é ohorizonte terrestre, a curva domundo; o céu tem a profundidadedo azul-turquesa dos espaçosinterestelares; as figuras dançamcomo gigantes entre a terra e ofirmamento. Ao Cubismo que A “Dança”, 1910.analisa racionalmente o objecto,Matisse contrapõe a intuiçãosintética do todo.(Carlo Argan) A dança - Matisse, versão da Peformance Lama realizado com Dança Contato Improvisação nas dunas de Stela Mares em Salvador
  12. 12. Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
  13. 13. Henri Matisse,La Deserte (A mesa de Jantar), 1908, Hermitage, São Petersburgo
  14. 14. Henri Matisse, The Joy of Life, 1905-06.
  15. 15. Henri Matisse:Open Window (1905)
  16. 16. Kees van Dongen (1877-1968)Holandês que adoptou asideias dos fauvistas franceses,mudando para Paris.Neste quadro, as formas dasfolhas e das flores desfazem-seem manchas vibrantes decores, como num padrãodecorativo. “Primavera”, 1908.
  17. 17. Em "Portrait of Lily Damita - c. 1925/26",vestida com um manto de peles e um vestidocurto, a actriz Lily Damita sorri-nossedutoramente – o paradigma da estrelaelegante dos anos 20.Jogando com o nome da actriz (lily, lilás), oautor introduziu uma série de extravaganteslilases brancos neste quadro.O estilo desta obra remete para oExpressionismo, mas Van Dongen não aplicapinceladas exageradamente expressivas oucores dramáticas no encanto misterioso dapersonagem. Associado aos fauves eexpressionistas, as primeiras obras de VanDongen caracterizam-se por cores luminosase pinceladas dramáticas e lineares.No entanto, pelos anos 20, este pintor,escultor, ceramista e artista gráficoabandonou este estilo, tornando-se umretratista da alta sociedade.
  18. 18. 1905 - Alemanha
  19. 19. EXPRESSIONISMO 1905 - Alemanha
  20. 20. EXPRESSIONISMO✴ Cores intensas, simbólicas, imagens sugestivas✴ Deformação da realidade, representada subjetivamente✴ Mostra seus aspectos hediondos, terríveis e dolorosos.✴ Valorização dos conteúdos subjetivos que adquirem maior importância do que a técnica.
  21. 21. (Wilheim Klem)Edvard Munch - O Grito
  22. 22. (Wilheim Klem)Edvard Munch - O Grito
  23. 23. O meu tempo Cantos e metrópoles, lavinas febris, Terras descoradas, pólos sem glória, Miséria, heróis e mulheres da escória, Sobrolhos espectrais, tumulto em carris. Soam ventoinhas em nuvens perdidas. Os livros são bruxas. Povos desconexos. A alma reduz-se a mínimos complexos. A arte está morta. As horas reduzidas. (Wilheim Klem)Edvard Munch - O Grito
  24. 24. (Wilheim Klem)Edvard Munch - O Grito
  25. 25. Ernst Kirschner,Ernst Kirschner, Two Women in the Street,Self Portrait as a Soldier, 1915. 1914.GERMAN EXPRESSIONISM
  26. 26. Ernst Kirschner,Street, Berlin,1913.
  27. 27. Ernst Kirschner, Brandenburg Gate, 1915.
  28. 28. Kathe Kollwitz Trabalhava exclusivamente com impressão e desenhos. Retratava as injustiças humanas. Temática de vítimas de guerra. Seu filho morreu durante a Primeira Guerra. Kathe Kollwitz, The Survivors, 1923.
  29. 29. Kathe Kollwitz, Woman With Dead Child, 1903 etching.
  30. 30. Kathe Kollwitz, Memorial for Karl Liebnecht, 1919. GERMAN EXPRESSIONISM
  31. 31. Kathe Kollwitz, The Grieving Parents, 1932.
  32. 32. 1907 - França
  33. 33. CUBISMO 1907 - França
  34. 34. CUBISMO✴ Supressão do sentimentalismo piegas e da dor.✴ Não só acentua o caráter de destruição mas acrescenta construção.✴ Abolição da cópia na arte.✴ Interesse: mudança de planos, de perspectivas, da decomposição geométrica dos objetos.
  35. 35. Georges Braque (1882-1963), O Emigranteportuguês, 1911-12, óleo s/ tela (117x81cm.)O cubismo derrubou a perspectiva. A basedeste trabalho foi criada por Braque e porPablo Picasso entre 1908 e 1912.Simultaneamente foram criadas as primeirascolagens. A 1ª Guerra acabou com acolaboração destes 2 artistas mas muitos outrosse juntaram à causa cubista.O cubismo criou uma nova espécie de unidadevisual independente da informação perceptiva.
  36. 36. Cubismo AnalíticoO cubismo analítico (1910-1912): rejeita-seo ponto de vista único na tela e a ilusão deprofundidade; todas as faces de umobjecto são representadas no mesmoplano do quadroO objectivo é representar não o que se vêmas o que se conhece dos objectosrepresentadosA forma e o espaço fragmentam-se emmúltiplas vistas e planos geometrizantesA cor participa nesta estrutura e não temreferência directa com a realidaderepresentada
  37. 37. Cubismo SintéticoO cubismo sintético:(1913-1914) consiste naredução da forma e doespaço à sua expressãomais simples, com planosesquematizados e coreslisas.Introduz-se a técnica dacolagem (papéis, recortes,bilhetes, rótulos, etc.) e deletras impressasAmadeo de Souza Cardoso(1887-1918) juntou-se a estafase do cubismo Coty, A. S-C, c.1917.Óleo s/ tela e colagem.
  38. 38. Georges Braque (1882-1963) Violin and Candlestick, Paris, spring 1910, San Francisco Museum of Modern Art
  39. 39. Pintor- quadro Les demoiselles d’Avignon (1907)Pablo Picasso- Mulheres da esquerda cultura ibérica Mulheres da direita influência da arte negra
  40. 40. 1913 Armory Show1913Armory ShowNew York CityFirst American show to exhibit worksby Impressionist, Post-Impressionist,Cubist, Fauvist and Early 20thCentury EuropeansOver 1250 works by 300 artistsStarted in New York, then traveled toChicago and Boston
  41. 41. 1913 Armory Show
  42. 42. 1913 Armory ShowFoi um bom show, mas não façam isso de novo - critica
  43. 43. Marsden Hartley foi um americano que viveu emMonique influenciado diretamente pela arte domovimento europeu. Marsden Hartley, Portrait of a German Officer 1914.

×