Aula 7 arts&crafts + art nouveau + art deco

6.970 visualizações

Publicada em

Aula de arts & Crafts + Art Noveau + Art Decó

2 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
130
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
439
Comentários
2
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 7 arts&crafts + art nouveau + art deco

  1. 1. História da Arte e do Design 1º sem. 2010
  2. 2. ARTS & CRAFTS
  3. 3. <ul><li>Corrente estética surgida na Inglaterra na segunda metade do séc. XIX </li></ul><ul><li>criada por William Morris (líder das artes decorativas) </li></ul><ul><li>John Ruskin (crítico de arte) </li></ul>Conscientes da deterioração do artesanato e do gosto devido a produção industrial que os banalizou procuram a revalorização do trabalho manual ( HANDICRAFT )
  4. 4. <ul><li>Reviveram : </li></ul><ul><li>artes gráficas manuais </li></ul><ul><li>estamparia artesanal de tecidos e papéis de parede </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Objetivos : </li></ul><ul><li>busca da estilização com simplicidade </li></ul><ul><li>a decoração feita por artesão qualificados </li></ul><ul><li>desejo de manter e recriar a tradição pura (inspirada na arte gótica) </li></ul>Muitos arquitetos e artistas criam as Guildas (corporações, associações) para atender a uma clientela de maior discernimento intelectual e estético, assim como para promover o movimento.
  6. 6. tecidos
  7. 7. Papel de parede
  8. 8. azulejos
  9. 14. <ul><li>Democratização do consumo de artigos de luxo </li></ul><ul><li>Reconhecimento do valor dos designers </li></ul><ul><li>EXPOSIÇÕES UNIVERSAIS - Realizadas em um país sede, vários países convidados mostram o que tem de mais atual em todas as áreas. Iª em Paris 1855 </li></ul>
  10. 15. Grande Exposição dos Trabalhos de Indústria de Todas as Nações – Londres – 1851
  11. 16. O ARTS & CRAFTS se aproxima do movimento que estava acontecendo também que era o ART NOUVEAU Séc. XIX Séc. XX ARTS & CRAFTS ART NOUVEAU 1900 1800 IMPRESSIONISMO
  12. 17. A R T NOUVEAU
  13. 18. <ul><li>Movimento que marcou a virada do </li></ul><ul><li>séc. XIX para o séc. XX </li></ul><ul><li>atinge o apogeu na Exposição Universal de Paris de 1900 – onde estavam todos os produtores de arte adeptos das novas tendências </li></ul><ul><li>Artista expoente > </li></ul><ul><li>ALPHONSE MUCHA (1860 – 1939) </li></ul>
  14. 19. <ul><li>CORRENTE CURVILÍNEA formas orgânicas, sensuais </li></ul><ul><li>predominância da assimetria - exuberância - linhas sinuosas - motivos inspirados na natureza (plantas e animais) - sensualidade dos corpos e cabelos femininos </li></ul>CORRENTE CURVILÍNEA formas geométricas - linhas singelas e predominantemente geométricas - linhas que se cruzam, divergem, seguem paralelas, convergem - motivos da natureza estilizados CORRENTES ESTILÍSTICAS DO ART NOUVEAU
  15. 22. Aubrey Beardsley Le morte d'arthur.merlin and nimue
  16. 23. Convite de casamento em Hebreu
  17. 27. A R T DECO
  18. 28. <ul><li>Lojas de departamentos – BOM MARCHÉ (Paris), </li></ul><ul><li>MACY’S (Nova York) – a compra se torna atividade de lazer </li></ul>1922- anúncio de uma grande magazine carioca Consumo da moda francesa
  19. 29. <ul><li>A transição do século marcado pela - ERA DOS ESPETÁCULOS </li></ul><ul><li>BELLE ÉPOQUE – fins do séc. XIX até I Guerra </li></ul><ul><li>Henri de Toulouse Lautrec – pintor francês produz cartazes sobre os artistas de casas noturnas parisienses. </li></ul>
  20. 30. Cartaz de LAUTREC - 1892
  21. 31. Cartaz de LAUTREC - 1893
  22. 32. Cartaz de LAUTREC - 1893
  23. 33. Cartaz de LAUTREC - 1893
  24. 34. <ul><li>movimento decorativo surgido após a I Guerra Mundial (1914 – 1918) </li></ul><ul><li>caracterizado pela completa renovação de valores estéticos e vivenciais. </li></ul><ul><li>esses valores firmaram-se durante a Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais de Paris em 1925 </li></ul><ul><li>Mackintosh (designer escocês) e Josef Hofman (austríaco) combatem a exuberância naturalista do Art Nouveau </li></ul>
  25. 35. MACKINTOSH
  26. 36. Alfabeto de Mackintosh
  27. 37. <ul><li>racionalização e falta de produtos devido a I Guerra </li></ul><ul><li>em lugar de linhas dinâmicas, inquietas busca-se a harmonia numa certa simplicidade linear </li></ul><ul><li>valoriza-se o acabamento, o equilíbrio, os coloridos alegres </li></ul><ul><li>surgem novos recursos para a iluminação </li></ul><ul><li>procura-se adaptar o design ao conforto (móveis estofados amplos com curvas cheias; as cortinas leves ou pesadas caem em elegantes drapeados) </li></ul><ul><li>entrelaçamentos geométricos abstratos </li></ul><ul><li>formas muito estilizadas da natureza </li></ul><ul><li>a figura feminina muito presente é longilínea e com vestidos drapeados </li></ul>
  28. 47. <ul><li>Problemas cada vez maiores com a PIRATARIA </li></ul><ul><li>Revisão da legislação de PATENTES e de PROPRIEDADE INTELECTUAL a nível internacional </li></ul><ul><li>Nascimento da ECONOMIA INTERNACIONAL </li></ul><ul><li>PADRONIZAÇÃO de pesos, medidas e especificações técnicas. </li></ul><ul><li>AGÊNCIAS de PUBLICIDADE – que já tinham começado na década de 1840 a existir na década de 1890 se desenvolvem com a criação de departamentos de redação, arte e pesquisa de mercado, assim com a se envolver na concepção e confecção de campanhas publicitárias. Maior impacto em 1920. </li></ul><ul><li>Novos espaços de comunicação – cartazes (paredes e linhas de bondes e trens), outdoors (estradas) </li></ul>

×