Composição IV, 1911          Vassily Kandinsky, Sem Título, 1910          Composição IV, 1911Vassily Kandinsky            ...
Alicerçados nas vanguardas culturais do século XX que se erradicava naEuropa, dois artistas vão fundar a corrente artístic...
Movimento artístico que rejeita o tema ligado à realidade concreta, à descrição do visível.• Fim do século XIX: A arte tor...
Revelando-se como uma corrente completamente inovadora, o abstracionismo vai atrair outros  artistas que desenvolveram est...
Seduzido pelas cores fortes e vibrantes, Kandinsky, relatou na sua obra “Do Espiritual na Arte” o momento em que, por um a...
Vassily Kandinsky, Composição VI, 1913 – Museu Hermitage, S. PetersburgoProf. Carlos Vieira          Escola Secundária da ...
Vassily Kandinsky, Quadro com Borda Branca, 1913Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafald...
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Tal como já mencionado, o abstracionismo surge-nos em duas vertentes, sendo a primeira a lírica ou sensível e a segunda, a...
As aspirações de Mondrian implicam a supressão, na obra de arte, de toda a emotividade               pessoal e também de t...
Piet Mondrian, Composição 2, 1922 – Museu GuggenheimProf. Carlos Vieira       Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida ...
Piet Mondrian, Quadro II, 1921 - 1925Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro....
Piet Mondrian, Composição nº 6, 1914Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. ...
O desenvolvimento desta opção levava os pintores à mais temática das artes, feita de linhas rectas e figuras geométricas e...
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Prof. Carlos Vieira   Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
Imbuídos pelo espírito vanguardista do séc. XX, Kandinsky e a sua “necessidadeinterior” e Mondrian com a sua “realidade pu...
Consulta de Informação e Imagens• Ficheiros PDF disponibilizados pelo professor da disciplina.• Livro O Tempo da História,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abstraccionismo

3.326 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Abstraccionismo

  1. 1. Composição IV, 1911 Vassily Kandinsky, Sem Título, 1910 Composição IV, 1911Vassily Kandinsky Vassily KandinskyProf. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  2. 2. Alicerçados nas vanguardas culturais do século XX que se erradicava naEuropa, dois artistas vão fundar a corrente artística mais abstrata alguma vez vista. Assimsendo, nasce o abstracionismo, o qual perdurará por um longo período de tempo.• Vassily Kandinsky vai dar aso ao abstracionismo lírico, que apela à exortação do interior doautor da obra.• Piet Mondrian vai iniciar o abstracionismo geométrico, apelando à representação dos valoresinalienáveis à vida.• Seguindo estes expoentes das vertentes do abstracionismo, muitos artistas enveredaram poresta corrente, resultando num prolongamento e sucesso da mesma. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  3. 3. Movimento artístico que rejeita o tema ligado à realidade concreta, à descrição do visível.• Fim do século XIX: A arte torna-se progressivamente abstrata, libertando-se do pormenorrepresentativo e passando a fazer um maior apelo Emoções e conceptualização da forma.• Descolar a pintura do real apresentou-se como uma grande novidade, concretizada pelaprimeira vez na famosa aguarela do pintor russo, Vassily Kandinsky. “Intrigado, parei a contemplá-la. Parecia-me um quadro sem tema. Finalmente, aproximei-me mais e só então reconheci o que na verdade era aquilo: o meu próprio quadro, posto de lado no cavalete.” Vassily Kandinsky, Sem Título, 1910 Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  4. 4. Revelando-se como uma corrente completamente inovadora, o abstracionismo vai atrair outros artistas que desenvolveram esta corrente, enveredando por caminhos diversificados e até opostos. Vassily Kandinsky Piet Mondrian Abstracionismo Lírico Abstracionismo Geométrico Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  5. 5. Seduzido pelas cores fortes e vibrantes, Kandinsky, relatou na sua obra “Do Espiritual na Arte” o momento em que, por um acaso fortuito, compreendeu que os objectos não só não eram necessários à pintura, como até a prejudicavam.• As formas e cores, ao reproduzirem imagens figurativas, perdem muita expressividade.• Segundo Kandinsky, a forma abstrata, porque se dirige à percepção sensorial comum a todoo ser humano, é tal como a música, uma linguagem universal. As abstrações de forma e de cor, tal como a música, actuam directamente na alma. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  6. 6. Vassily Kandinsky, Composição VI, 1913 – Museu Hermitage, S. PetersburgoProf. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  7. 7. Vassily Kandinsky, Quadro com Borda Branca, 1913Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  8. 8. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  9. 9. Tal como já mencionado, o abstracionismo surge-nos em duas vertentes, sendo a primeira a lírica ou sensível e a segunda, a geométrica, que tem o seu expoente no pintor holandês Piet Mondrian.• Entre 1911 e 1914 deixou-se seduzir pelo cubismo, procurando fazer da pintura um meio deexpressar a verdade essencial e inalterável das coisas.• Impressionado com a violência e sofrimento de um mundo em guerra, Mondrian, procuroupara o seu trabalho uma nova dimensão artística. O artista não deve procurar expressar o seu íntimo, mas sim as verdades universais, os valores íntimos e essenciais à vida. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  10. 10. As aspirações de Mondrian implicam a supressão, na obra de arte, de toda a emotividade pessoal e também de tudo o que é efémero ou acessório. Pintura liberta de tudo o que não é essencial. Pintura circunscrita aos elementos básicos: 1. Espaço Bidimensional 2. Composição 3. Linha 4. Cor Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  11. 11. Piet Mondrian, Composição 2, 1922 – Museu GuggenheimProf. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  12. 12. Piet Mondrian, Quadro II, 1921 - 1925Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  13. 13. Piet Mondrian, Composição nº 6, 1914Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  14. 14. O desenvolvimento desta opção levava os pintores à mais temática das artes, feita de linhas rectas e figuras geométricas elementares, desde quadrados a rectângulos, preenchidas por manchas de cores.• Organizadas de forma rigorosa, estas formas exprimiam a “realidade pura” que Mondriantanto procurava. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  15. 15. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  16. 16. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  17. 17. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  18. 18. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  19. 19. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  20. 20. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  21. 21. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  22. 22. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  23. 23. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  24. 24. Imbuídos pelo espírito vanguardista do séc. XX, Kandinsky e a sua “necessidadeinterior” e Mondrian com a sua “realidade pura”, deram aso a duas teorias opostas sobre arazão de ser da arte abstrata. A primeira, patenteava-se por ser uma teoria subjectiva, fruto daexpressão da interioridade do pintor e a segunda, vista como teoria objectiva, reflectia aexpressão intelectualizada do mundo exterior.• Estes dois senhores foram os principais responsáveis de uma nova corrente artística quecontribuiu em grande escala para a ruptura com os cânones da cultura. Os seus trabalhosinfluenciaram grandes intelectuais que se juntaram à causa, como Robert Delaunay, Paul Kleee Kasimir Malevich, protagonizando a corrente mais duradoura do século XX.• E assim surge a forma de arte que parecendo nada representar, é para muitos uma forma deexpressão, evocação e até de simbologia. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12
  25. 25. Consulta de Informação e Imagens• Ficheiros PDF disponibilizados pelo professor da disciplina.• Livro O Tempo da História, Porto Editora• Infopédia (http://www.infopedia.pt/$abstracionismo)• Infopédia (http://www.infopedia.pt/$piet-mondrian)• Sites disponibilizados pelo professor da disciplina. Prof. Carlos Vieira Escola Secundária da Amadora. Joana Almeida e Mafalda Cordeiro. História A. 12º12

×