SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Texto 1
Falta de oportunidade e incapacidade
Há 30 anos, o mundo ouvia falar pela primeira vez de uma doença poderosa, que derrubava
as defesas do corpo e desafiava os médicos. Os cientistas deram a essa doença o nome de Aids
(sigla em Inglês de Síndrome da Imunodeficiência Autoadquirida). Logo, descobriram que era
causada por um vírus e começaram a desenvolver remédios e buscar uma vacina.
A vacina até hoje não existe. Já os remédios ajudaram a fazer da Aids uma doença
controlável, embora ainda grave. Trinta anos depois, como será que uma nova geração que não
testemunhou o sofrimento dos primeiros pacientes encara a Aids? Como esses jovens de hoje se
protegem da contaminação?
[...]
O combate à Aids é um marco na história da medicina. Os primeiros casos apareceram em
1981. Três anos depois, já se conhecia o vírus e havia um teste para identificar seus portadores.
Apesar dessas descobertas, assim que a doença se instalava o sofrimento e a morte eram
inevitáveis. Em 1995, surgiu um coquetel, com medicamentos altamente eficazes contra o HIV, e a
realidade mudou. Apesar de o número de casos ter parado de aumentar, a cada ano, 35 mil
brasileiros se infectam.
[Fantástico, Rede Globo]
Texto 2
Por que os jovens não usam camisinha?
Apesar de mais bem-informada do que as outras gerações, os jovens de até 24 anos
ignoram o preservativo por não terem medo da Aids e por confiarem no parceiro.
Para começar, duas notícias, uma boa e uma ruim. A boa é que os jovens de até 24 anos
compõem a faixa etária que mais usa preservativo no Brasil. A ruim é que eles abandonam cada
vez mais rápido o artefato de látex. A desistência da camisinha acontece aos primeiros sinais de
um relacionamento sólido. Segundo dados do Ministério da Saúde, 60% dos jovens usam a
proteção na primeira relação e apenas 30% quando o parceiro se torna fixo. O preservativo
também vem sendo deixado de lado no sexo casual. O descuido pode ser sentido no aumento em
2% no número de casos de Aids nessa faixa etária em 2009. Embora tenha diminuído o número de
infectados no geral, nas faixas entre 13 e 24 anos e acima de 60 anos, os casos cresceram.
"O grande problema que se enfrenta ainda hoje no que diz respeito à prevenção é que os
adolescentes e jovens adultos só usam a camisinha nas primeiras relações e, assim que ganham a
confiança do parceiro, abandonam", destaca Pedro Chequer, representante da Unaids, braço da
Organização das Nações Unidas (ONU) para a Aids, no Brasil. "Para ajudar a piorar, o conceito de
parceiro fixo mudou muito. Hoje os parceiros fixos mudam a cada mês." Essa confiança adquirida,
que envolve um jogo silencioso de fidelidade e culpa, é o que Maria Helena Vilela, diretora do
Instituto Kaplan, especializado em sexualidade, chama de "pseudoexclusividade". "Um acha que
RedaCEM
20.3
Ano/Série: 2ª Ensino Médio Entrega: 12/03/2017
Tema: A Aids não é mais a mesma? Por que diminuiu o medo da doença?
tem o outro sob controle por causa do amor e ainda acredita que a confiança é maior que os
desejos e as oportunidades", destaca.
Texto 3
Em SP, maioria faz o 1º teste de HIV depois dos 30 anos
Os números são de campanha da Secretaria de Estado da Saúde, que realizou 36 mil
exames em 309 municípios. Jovens começam a fazer sexo cada vez mais cedo e adiam exame que
detecta vírus da Aids, segundo especialistas.
Aos 23 anos, o universitário Lucas perdeu a conta de quantas parceiras sexuais já teve.
"Acho que foram umas 30 ou mais", gaba-se. Em "quatro ou cinco" relações sexuais, ele diz não ter
usado preservativo. "Estava bêbado demais". Ele ainda não fez nenhum teste de HIV.
Lucas não é um caso isolado. Levantamento com base em questionários aplicados a 36 mil
pessoas que fizeram testes rápidos de HIV revela que 56,8% fizeram o primeiro exame que detecta
o vírus da Aids após os 30 anos.
[...]
Ao menos nove pessoas morrem a cada dia no Estado de São Paulo vítimas das
complicações da Aids. No Brasil, 630 mil pessoas estão infectadas com o vírus HIV. Desse total,
cerca de 230 mil ainda não sabem que são soropositivos. A maioria ainda tem diagnóstico tardio.
[Folha de S. Paulo]
Proposta de Redação
Em 1989, quando o cantor Cazuza assumiu estar com Aids, o Brasil ainda não sabia muita coisa
sobre a doença. Assustada, a população precisou discutir abertamente assuntos como fidelidade,
comportamentos sexuais, drogas, transfusão de sangue, e tomar atitudes de precaução contra o
mal que destruía famosos e anônimos por todo o mundo.
Com o passar dos anos, as discussões sobre Aids perderam o destaque, em parte pelo
surgimento de drogas que prolongam a vida dos doentes, em parte pelo distanciamento temporal
entre a juventude atual e as primeiras vítimas fatais. Hoje, o governo declara que a situação está
estabilizada, mas, a cada ano, cerca de 35 mil brasileiros se infectam. Estima-se que, no país, haja
mais de 600 mil infectados, dos quais cerca de 230 mil não sabem, ainda, que são soropositivos.
Apesar disso, muitos jovens descuidam-se, principalmente em relação às práticas sexuais
desprotegidas, pois declaram não ter medo da Aids.
Como entender esse comportamento? O que falta à população para entender os riscos que
essa doença ainda representa? Com base nos textos acima, elabore um texto dissertativo-
argumentativo sobre o tema: A Aids não é mais a mesma? Por que diminuiu o medo da doença?
Use, no mínimo, 20 linhas e não deixe de expor a situação problema e apresentar proposta de
solução.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ascensão das dst entre os jovens
Ascensão das dst entre os jovensAscensão das dst entre os jovens
Ascensão das dst entre os jovensIsabelle Santos
 
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?eCGlobal
 
A aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentesA aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentesloirinha17
 
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... Poster
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... PosterInfertilidade como factor de risco para infecção por HIV... Poster
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... PosterCarlos Sapura
 
Epidemia de sífilis avança no interior paulista diario da regiao - sjrp nov...
Epidemia de sífilis avança no interior paulista   diario da regiao - sjrp nov...Epidemia de sífilis avança no interior paulista   diario da regiao - sjrp nov...
Epidemia de sífilis avança no interior paulista diario da regiao - sjrp nov...Alexandre Naime Barbosa
 
Uma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa XdUma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa Xdpedroines141520
 
Projeto sexualidade na adolescencia
Projeto sexualidade na adolescenciaProjeto sexualidade na adolescencia
Projeto sexualidade na adolescenciaMarcia Malaquias
 
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!Aids - Prevenir é melhor do que remediar!
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!leliaklausner
 
17 tipos de epidemia
17 tipos de epidemia17 tipos de epidemia
17 tipos de epidemiaasical2009
 

Mais procurados (20)

Adolescentes e jovens do sexo masculino
Adolescentes e jovens do sexo masculinoAdolescentes e jovens do sexo masculino
Adolescentes e jovens do sexo masculino
 
AIDS - tcs
AIDS - tcsAIDS - tcs
AIDS - tcs
 
Ascensão das dst entre os jovens
Ascensão das dst entre os jovensAscensão das dst entre os jovens
Ascensão das dst entre os jovens
 
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?
Como os brasileiros lidam com a saúde sexual?
 
Prevenção DST/Aids SIPAT 2013
Prevenção DST/Aids SIPAT 2013Prevenção DST/Aids SIPAT 2013
Prevenção DST/Aids SIPAT 2013
 
A aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentesA aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentes
 
Prevenção LGTBIQ+
Prevenção LGTBIQ+ Prevenção LGTBIQ+
Prevenção LGTBIQ+
 
Diretrizes de Prevenção Aids e Idosos - Paula O. Souza - Gerência de Prevenção
Diretrizes de Prevenção Aids e Idosos - Paula O. Souza - Gerência de PrevençãoDiretrizes de Prevenção Aids e Idosos - Paula O. Souza - Gerência de Prevenção
Diretrizes de Prevenção Aids e Idosos - Paula O. Souza - Gerência de Prevenção
 
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... Poster
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... PosterInfertilidade como factor de risco para infecção por HIV... Poster
Infertilidade como factor de risco para infecção por HIV... Poster
 
Dst na adolescência
Dst na adolescênciaDst na adolescência
Dst na adolescência
 
Epidemia de sífilis avança no interior paulista diario da regiao - sjrp nov...
Epidemia de sífilis avança no interior paulista   diario da regiao - sjrp nov...Epidemia de sífilis avança no interior paulista   diario da regiao - sjrp nov...
Epidemia de sífilis avança no interior paulista diario da regiao - sjrp nov...
 
Uma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa XdUma ApresentaçãO Completa Xd
Uma ApresentaçãO Completa Xd
 
Projeto sexualidade na adolescencia
Projeto sexualidade na adolescenciaProjeto sexualidade na adolescencia
Projeto sexualidade na adolescencia
 
Aids e a bioética
Aids e a bioéticaAids e a bioética
Aids e a bioética
 
Dsts para leigos sidnei
Dsts para leigos sidneiDsts para leigos sidnei
Dsts para leigos sidnei
 
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!Aids - Prevenir é melhor do que remediar!
Aids - Prevenir é melhor do que remediar!
 
17 tipos de epidemia
17 tipos de epidemia17 tipos de epidemia
17 tipos de epidemia
 
Crim Vivendo20081
Crim Vivendo20081Crim Vivendo20081
Crim Vivendo20081
 
Folder transmissão vertical hiv sífilis
Folder transmissão vertical hiv sífilisFolder transmissão vertical hiv sífilis
Folder transmissão vertical hiv sífilis
 
Diz Jornal 218
Diz Jornal 218Diz Jornal 218
Diz Jornal 218
 

Destaque

English cem high school 2nd grade - 20.2
English cem   high school 2nd grade - 20.2English cem   high school 2nd grade - 20.2
English cem high school 2nd grade - 20.2MatheusMesquitaMelo
 
English cem high school 2nd grade - 20.1
English cem   high school 2nd grade - 20.1English cem   high school 2nd grade - 20.1
English cem high school 2nd grade - 20.1MatheusMesquitaMelo
 
English cem high school 1st grade - 10.1
English cem   high school 1st grade - 10.1English cem   high school 1st grade - 10.1
English cem high school 1st grade - 10.1MatheusMesquitaMelo
 
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestre
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestreTrabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestre
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestreMatheusMesquitaMelo
 
Treinamento Embriologia
Treinamento EmbriologiaTreinamento Embriologia
Treinamento Embriologiaemanuel
 
7º ano mat cem - 7.3 - versão final
7º ano   mat cem - 7.3 - versão final7º ano   mat cem - 7.3 - versão final
7º ano mat cem - 7.3 - versão finalMatheusMesquitaMelo
 

Destaque (20)

2ª série reda cem - 20.4
2ª série   reda cem -  20.42ª série   reda cem -  20.4
2ª série reda cem - 20.4
 
Reda cem lista 20.1
Reda cem lista  20.1Reda cem lista  20.1
Reda cem lista 20.1
 
English cem high school 2nd grade - 20.2
English cem   high school 2nd grade - 20.2English cem   high school 2nd grade - 20.2
English cem high school 2nd grade - 20.2
 
2ª série reda cem - 20.2
2ª série   reda cem -  20.22ª série   reda cem -  20.2
2ª série reda cem - 20.2
 
Mat cem lista 7.3
Mat cem   lista 7.3Mat cem   lista 7.3
Mat cem lista 7.3
 
English cem high school 2nd grade - 20.1
English cem   high school 2nd grade - 20.1English cem   high school 2nd grade - 20.1
English cem high school 2nd grade - 20.1
 
1ª série reda cem - 10.3
1ª série   reda cem -  10.31ª série   reda cem -  10.3
1ª série reda cem - 10.3
 
2ª série reda cem - 20.6
2ª série   reda cem -  20.62ª série   reda cem -  20.6
2ª série reda cem - 20.6
 
English cem high school 1st grade - 10.1
English cem   high school 1st grade - 10.1English cem   high school 1st grade - 10.1
English cem high school 1st grade - 10.1
 
1ª série reda cem - 10.5
1ª série   reda cem -  10.51ª série   reda cem -  10.5
1ª série reda cem - 10.5
 
Reda cem lista 10.1
Reda cem lista 10.1Reda cem lista 10.1
Reda cem lista 10.1
 
1ª série reda cem - 10.4
1ª série   reda cem -  10.41ª série   reda cem -  10.4
1ª série reda cem - 10.4
 
1ª série reda cem - 10.2
1ª série   reda cem -  10.21ª série   reda cem -  10.2
1ª série reda cem - 10.2
 
9º ano reda cem - 9.3
9º ano   reda cem - 9.39º ano   reda cem - 9.3
9º ano reda cem - 9.3
 
8º ano reda cem - 8.3
8º ano   reda cem - 8.38º ano   reda cem - 8.3
8º ano reda cem - 8.3
 
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestre
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestreTrabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestre
Trabalho do livro paradidático 7º ano 1º bimestre
 
7º ano reda cem - 7.3
7º ano   reda cem - 7.37º ano   reda cem - 7.3
7º ano reda cem - 7.3
 
English cem 9th grade - 9.1
English cem   9th grade - 9.1English cem   9th grade - 9.1
English cem 9th grade - 9.1
 
Treinamento Embriologia
Treinamento EmbriologiaTreinamento Embriologia
Treinamento Embriologia
 
7º ano mat cem - 7.3 - versão final
7º ano   mat cem - 7.3 - versão final7º ano   mat cem - 7.3 - versão final
7º ano mat cem - 7.3 - versão final
 

Semelhante a 2ª série reda cem - 20.3

Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)
Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)
Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)Regianefsa
 
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...Tharas On Line
 
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEISSOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEISJonathan Coelho
 
Câncer: uma realidade brasileira
Câncer: uma realidade brasileiraCâncer: uma realidade brasileira
Câncer: uma realidade brasileiraOncoguia
 
Aids Camisinha SaúDe PúBlica
Aids Camisinha SaúDe PúBlicaAids Camisinha SaúDe PúBlica
Aids Camisinha SaúDe PúBlicairmanzinha
 
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1CleideeAndrey Pais Do Eros
 
Manual de controle das dst pelos acs
Manual de controle das dst pelos acsManual de controle das dst pelos acs
Manual de controle das dst pelos acsAlinebrauna Brauna
 
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gays
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gaysOMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gays
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gaysMinistério da Saúde
 
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitária
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitáriaInfluenciando a moral - Ética e legislação publicitária
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitáriaJulia Travaglini
 
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptx
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptxHIV.combatea doença sexualmente transmissivapptx
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptxaquilasantos6
 
dezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptxdezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptxMilkaPassos1
 
Aids ou sida
Aids ou sidaAids ou sida
Aids ou sidaFer Nanda
 

Semelhante a 2ª série reda cem - 20.3 (20)

Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)
Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)
Projetosexualidadenaadolescencia 160907113311 (1)
 
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E  OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
O COMPORTAMENTO DE PROSTITUTAS EM TEMPOS DE AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENT...
 
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEISSOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS
SOCIOLOGIA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS
 
Câncer: uma realidade brasileira
Câncer: uma realidade brasileiraCâncer: uma realidade brasileira
Câncer: uma realidade brasileira
 
Aids Camisinha SaúDe PúBlica
Aids Camisinha SaúDe PúBlicaAids Camisinha SaúDe PúBlica
Aids Camisinha SaúDe PúBlica
 
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1
Aids volta a crescer e preocupa médicos - Página 1
 
Manual de controle das dst pelos acs
Manual de controle das dst pelos acsManual de controle das dst pelos acs
Manual de controle das dst pelos acs
 
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gays
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gaysOMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gays
OMS faz guia para enfrentar avanço da Aids entre gays
 
DSTs
DSTsDSTs
DSTs
 
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitária
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitáriaInfluenciando a moral - Ética e legislação publicitária
Influenciando a moral - Ética e legislação publicitária
 
Diz Jornal - Edição 266
Diz Jornal - Edição 266Diz Jornal - Edição 266
Diz Jornal - Edição 266
 
Evitando a gravidez indesejada imprimir
Evitando a gravidez indesejada imprimirEvitando a gravidez indesejada imprimir
Evitando a gravidez indesejada imprimir
 
Palavra jovem n 46
Palavra jovem n 46Palavra jovem n 46
Palavra jovem n 46
 
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptx
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptxHIV.combatea doença sexualmente transmissivapptx
HIV.combatea doença sexualmente transmissivapptx
 
dezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptxdezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptx
 
Aids ou sida
Aids ou sidaAids ou sida
Aids ou sida
 
Sida 3
Sida 3Sida 3
Sida 3
 
DST
DSTDST
DST
 
Sida
SidaSida
Sida
 
Saúde da mulher slides
Saúde da mulher  slidesSaúde da mulher  slides
Saúde da mulher slides
 

Mais de MatheusMesquitaMelo

9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano reda cem - 9.32-arena e barraMatheusMesquitaMelo
 
9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano reda cem - 9.32-arena e barraMatheusMesquitaMelo
 
8º ano reda cem - 8.32-todas as unidades
8º ano   reda cem - 8.32-todas as unidades8º ano   reda cem - 8.32-todas as unidades
8º ano reda cem - 8.32-todas as unidadesMatheusMesquitaMelo
 
7º ano reda cem - 7.32-barra e jpa
7º ano   reda cem - 7.32-barra e jpa7º ano   reda cem - 7.32-barra e jpa
7º ano reda cem - 7.32-barra e jpaMatheusMesquitaMelo
 
6º ano reda cem - 6.32-arena e barra
6º ano   reda cem - 6.32-arena e barra6º ano   reda cem - 6.32-arena e barra
6º ano reda cem - 6.32-arena e barraMatheusMesquitaMelo
 
2º série reda cem - 20.32-barra
2º série   reda cem -  20.32-barra2º série   reda cem -  20.32-barra
2º série reda cem - 20.32-barraMatheusMesquitaMelo
 
1ª serie reda cem - 10.32-arena
1ª serie   reda cem -  10.32-arena1ª serie   reda cem -  10.32-arena
1ª serie reda cem - 10.32-arenaMatheusMesquitaMelo
 
English cem high school 2nd grade - 20.15
English cem   high school 2nd grade - 20.15English cem   high school 2nd grade - 20.15
English cem high school 2nd grade - 20.15MatheusMesquitaMelo
 
English cem high school 1st grade - 10.15
English cem   high school 1st grade - 10.15English cem   high school 1st grade - 10.15
English cem high school 1st grade - 10.15MatheusMesquitaMelo
 
English cem 9th grade more 4 - 9.15
English cem   9th grade more 4 - 9.15English cem   9th grade more 4 - 9.15
English cem 9th grade more 4 - 9.15MatheusMesquitaMelo
 

Mais de MatheusMesquitaMelo (20)

9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
 
9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra9º ano   reda cem - 9.32-arena e barra
9º ano reda cem - 9.32-arena e barra
 
8º ano reda cem - 8.32-todas as unidades
8º ano   reda cem - 8.32-todas as unidades8º ano   reda cem - 8.32-todas as unidades
8º ano reda cem - 8.32-todas as unidades
 
7º ano reda cem - 7.32-barra e jpa
7º ano   reda cem - 7.32-barra e jpa7º ano   reda cem - 7.32-barra e jpa
7º ano reda cem - 7.32-barra e jpa
 
6º ano reda cem - 6.32-jpa
6º ano   reda cem - 6.32-jpa6º ano   reda cem - 6.32-jpa
6º ano reda cem - 6.32-jpa
 
6º ano reda cem - 6.32-arena e barra
6º ano   reda cem - 6.32-arena e barra6º ano   reda cem - 6.32-arena e barra
6º ano reda cem - 6.32-arena e barra
 
2º série reda cem - 20.32-jpa
2º série   reda cem -  20.32-jpa2º série   reda cem -  20.32-jpa
2º série reda cem - 20.32-jpa
 
2º série reda cem - 20.32-barra
2º série   reda cem -  20.32-barra2º série   reda cem -  20.32-barra
2º série reda cem - 20.32-barra
 
1º série reda cem - 10.32-jpa
1º série   reda cem -  10.32-jpa1º série   reda cem -  10.32-jpa
1º série reda cem - 10.32-jpa
 
1ª serie reda cem - 10.32-arena
1ª serie   reda cem -  10.32-arena1ª serie   reda cem -  10.32-arena
1ª serie reda cem - 10.32-arena
 
9º ano reda cem - 9.32-jpa
9º ano   reda cem - 9.32-jpa9º ano   reda cem - 9.32-jpa
9º ano reda cem - 9.32-jpa
 
1º série reda cem - 10.31
1º série   reda cem -  10.311º série   reda cem -  10.31
1º série reda cem - 10.31
 
9º ano reda cem - 9.31
9º ano   reda cem - 9.319º ano   reda cem - 9.31
9º ano reda cem - 9.31
 
8º ano reda cem - 8.31
8º ano   reda cem - 8.318º ano   reda cem - 8.31
8º ano reda cem - 8.31
 
7º ano reda cem - 7.31
7º ano   reda cem - 7.317º ano   reda cem - 7.31
7º ano reda cem - 7.31
 
6º ano reda cem - 6.31
6º ano   reda cem - 6.316º ano   reda cem - 6.31
6º ano reda cem - 6.31
 
2º série reda cem - 20.31
2º série   reda cem -  20.312º série   reda cem -  20.31
2º série reda cem - 20.31
 
English cem high school 2nd grade - 20.15
English cem   high school 2nd grade - 20.15English cem   high school 2nd grade - 20.15
English cem high school 2nd grade - 20.15
 
English cem high school 1st grade - 10.15
English cem   high school 1st grade - 10.15English cem   high school 1st grade - 10.15
English cem high school 1st grade - 10.15
 
English cem 9th grade more 4 - 9.15
English cem   9th grade more 4 - 9.15English cem   9th grade more 4 - 9.15
English cem 9th grade more 4 - 9.15
 

Último

HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 

Último (20)

HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 

2ª série reda cem - 20.3

  • 1. Texto 1 Falta de oportunidade e incapacidade Há 30 anos, o mundo ouvia falar pela primeira vez de uma doença poderosa, que derrubava as defesas do corpo e desafiava os médicos. Os cientistas deram a essa doença o nome de Aids (sigla em Inglês de Síndrome da Imunodeficiência Autoadquirida). Logo, descobriram que era causada por um vírus e começaram a desenvolver remédios e buscar uma vacina. A vacina até hoje não existe. Já os remédios ajudaram a fazer da Aids uma doença controlável, embora ainda grave. Trinta anos depois, como será que uma nova geração que não testemunhou o sofrimento dos primeiros pacientes encara a Aids? Como esses jovens de hoje se protegem da contaminação? [...] O combate à Aids é um marco na história da medicina. Os primeiros casos apareceram em 1981. Três anos depois, já se conhecia o vírus e havia um teste para identificar seus portadores. Apesar dessas descobertas, assim que a doença se instalava o sofrimento e a morte eram inevitáveis. Em 1995, surgiu um coquetel, com medicamentos altamente eficazes contra o HIV, e a realidade mudou. Apesar de o número de casos ter parado de aumentar, a cada ano, 35 mil brasileiros se infectam. [Fantástico, Rede Globo] Texto 2 Por que os jovens não usam camisinha? Apesar de mais bem-informada do que as outras gerações, os jovens de até 24 anos ignoram o preservativo por não terem medo da Aids e por confiarem no parceiro. Para começar, duas notícias, uma boa e uma ruim. A boa é que os jovens de até 24 anos compõem a faixa etária que mais usa preservativo no Brasil. A ruim é que eles abandonam cada vez mais rápido o artefato de látex. A desistência da camisinha acontece aos primeiros sinais de um relacionamento sólido. Segundo dados do Ministério da Saúde, 60% dos jovens usam a proteção na primeira relação e apenas 30% quando o parceiro se torna fixo. O preservativo também vem sendo deixado de lado no sexo casual. O descuido pode ser sentido no aumento em 2% no número de casos de Aids nessa faixa etária em 2009. Embora tenha diminuído o número de infectados no geral, nas faixas entre 13 e 24 anos e acima de 60 anos, os casos cresceram. "O grande problema que se enfrenta ainda hoje no que diz respeito à prevenção é que os adolescentes e jovens adultos só usam a camisinha nas primeiras relações e, assim que ganham a confiança do parceiro, abandonam", destaca Pedro Chequer, representante da Unaids, braço da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Aids, no Brasil. "Para ajudar a piorar, o conceito de parceiro fixo mudou muito. Hoje os parceiros fixos mudam a cada mês." Essa confiança adquirida, que envolve um jogo silencioso de fidelidade e culpa, é o que Maria Helena Vilela, diretora do Instituto Kaplan, especializado em sexualidade, chama de "pseudoexclusividade". "Um acha que RedaCEM 20.3 Ano/Série: 2ª Ensino Médio Entrega: 12/03/2017 Tema: A Aids não é mais a mesma? Por que diminuiu o medo da doença?
  • 2. tem o outro sob controle por causa do amor e ainda acredita que a confiança é maior que os desejos e as oportunidades", destaca. Texto 3 Em SP, maioria faz o 1º teste de HIV depois dos 30 anos Os números são de campanha da Secretaria de Estado da Saúde, que realizou 36 mil exames em 309 municípios. Jovens começam a fazer sexo cada vez mais cedo e adiam exame que detecta vírus da Aids, segundo especialistas. Aos 23 anos, o universitário Lucas perdeu a conta de quantas parceiras sexuais já teve. "Acho que foram umas 30 ou mais", gaba-se. Em "quatro ou cinco" relações sexuais, ele diz não ter usado preservativo. "Estava bêbado demais". Ele ainda não fez nenhum teste de HIV. Lucas não é um caso isolado. Levantamento com base em questionários aplicados a 36 mil pessoas que fizeram testes rápidos de HIV revela que 56,8% fizeram o primeiro exame que detecta o vírus da Aids após os 30 anos. [...] Ao menos nove pessoas morrem a cada dia no Estado de São Paulo vítimas das complicações da Aids. No Brasil, 630 mil pessoas estão infectadas com o vírus HIV. Desse total, cerca de 230 mil ainda não sabem que são soropositivos. A maioria ainda tem diagnóstico tardio. [Folha de S. Paulo] Proposta de Redação Em 1989, quando o cantor Cazuza assumiu estar com Aids, o Brasil ainda não sabia muita coisa sobre a doença. Assustada, a população precisou discutir abertamente assuntos como fidelidade, comportamentos sexuais, drogas, transfusão de sangue, e tomar atitudes de precaução contra o mal que destruía famosos e anônimos por todo o mundo. Com o passar dos anos, as discussões sobre Aids perderam o destaque, em parte pelo surgimento de drogas que prolongam a vida dos doentes, em parte pelo distanciamento temporal entre a juventude atual e as primeiras vítimas fatais. Hoje, o governo declara que a situação está estabilizada, mas, a cada ano, cerca de 35 mil brasileiros se infectam. Estima-se que, no país, haja mais de 600 mil infectados, dos quais cerca de 230 mil não sabem, ainda, que são soropositivos. Apesar disso, muitos jovens descuidam-se, principalmente em relação às práticas sexuais desprotegidas, pois declaram não ter medo da Aids. Como entender esse comportamento? O que falta à população para entender os riscos que essa doença ainda representa? Com base nos textos acima, elabore um texto dissertativo- argumentativo sobre o tema: A Aids não é mais a mesma? Por que diminuiu o medo da doença? Use, no mínimo, 20 linhas e não deixe de expor a situação problema e apresentar proposta de solução.