Objetivos história

179 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
179
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Objetivos história

  1. 1. ObjetivosHistória Pag.98 1- Caracterizara sociedade de ordens A sociedade de ordens, eraumasociedade essencialmente tripartidae hierarquizada,umavezque as pessoasse agrupavamemtrês ordens:clero,nobrezae povo.Cadaum tinhaa sua, função direitoe dever,dependendodafortunae dotipode ocupaçãodos seusmembros. 2- Identifica-a. A nobrezae o clerofaziamparte dos privilegiados.Gozavamde privilégios,comoisençãode impostose eramproprietáriosde terras. No terceiroestado,existiam,igualmente,váriosestratos.Omaisimportante eraoda burguesia,e de seguidaopovo (distinguia-se tambémapequenae médiaburguesia). Pag.100 1-Caracterizaro poderabsoluto. Apoiando-senateoriadaorigemdivinadopoder,osmonarcas assumiam-secomorepresentantes de Deusna Terra, devendosóa Ele prestarcontas dosseusatos. Assimtodososseussúbditos deviamobediênciaaorei. O rei tinha, deste modo, um poder total e absoluto; ou seja, concentrava os podereslegislativos,executivoe judicial. Pag.102 1- Explicaro Tratado de Methuen. Em 1703, Portugal e Inglaterraassinaramo tratado de Methuen.Segundoeste acordo,oslanifícios ingleses,entrariamlivremente emPortugal,enquantoosvinhosportuguesespagariamtaxas alfandegáriasinferiores(menosumterço),àsque vinhosfrancesespagavamaoentrarem Inglaterra. Pag.106 1-Sabero Reforçodo Estado. Com o objetivode reforçar osórgãos administrativose policiaisque garantemofuncionamentodo estado,ofuturomarquêsde Pombal criounovasinstituiçõesde AdministraçãoCentral: A juntade comérciotinhacomo objetivoocontroloda atividade comercial e ofomentoda indústria. A IntendênciaGeral daPolíciaseparavaa função judicial (dostribunais) dapolicial; O Erágio Régiodestinava-se acontrolarasreceitase despesaspúblicas. A Real Mesa Censóriafoi criadapara vigiartodoo tipode publicaçõesque se editavamem Portugal.
  2. 2. Pag. 108 1-Ler a parte de cima. 2-Falar sobre a reconstruçãode Lisboa. Apóso terramotode 1755, SebastiãoJosé de Carvalhoe Meloentregouoprojeto de reconstrução, da cidade.A cidade reconstruídaapresentavaruaslargase retilíneaspasseiosparapeõese edifícios uniformese comfachadassemelhantes.Nosandaressuperioressituavam-seasresidênciase pisos térreosas lojasdoscomerciantes. Pag.120 1-Sabera difusão/propagaçãodasideiasiluministas. Estas ideiasforamcriadas,para umasociedade maisigualitária.Propagaram-se rapidamentepor toda Europae AméricaNorte. As academias,associaçõesde cientistase intelectuaisque promoveraminvestigaçõese experiênciasemváriosdomínios,divulgando-osemlivrose jornais especializados; A “Encyclopédie”,obradirigidapeloescritorfilósofoDiderotrpelomatemático D’Alembert,compostapor35 volumespublicadosentre 1751 e 1772. Nelacolaboraram numerososintelectuaise cientistas A maçonaria,reorganizadaemInglaterraem1717, que associavamembrosdanobreza,das profissõesliberais,filósofose cientistasque defendiaavalorizaçãoda Razão,o Progressoe a Igualdade. Os clubes,cafése salões,lugaresde convíviodaselitesintelectuaisonde se expunhame discutiamideiase se transmitiamconhecimentos; As universidades,dispondoalgumasde importantese renovadasbibliotecas. Pag.122 1- Medidastomadasno ensino. · Em 1759, expulsouosJesuítas,proibiuautilizaçãodos seusmanuaise dosseusmétodosde ensino. · Iniciouumareformaque contemploutodososgrausde ensinoe que consistiu,principalmente, na criação de escolasmenores(onde se ensinavaaler,escrevere contar,o cate cismo e regras de boa educação) e de Escolas Régias(onde se leccionavam, entre outras,asdisciplinasde Grego, Latim,Hebreu e Retórica); · Fundouo Real ColégiodosNobres,paraainstruçãodos filhosdanobreza,como objectivode preparareste grupo para exercerfunçõesadministrativase diplomáticas; · ReformouaUniversidade de Coimbra,elaborandonovos estatutos e criandoasfaculdadesde Matemáticade FilosofiaNatural (CiênciasdaNatureza);dotouaindaesta Universidadede laboratóriosde Físicae de Química,de umobservatórioastronómicoe de umteatroanatómico.
  3. 3. 2-Definirosestrangeirados Estrangeirados – Portugueses,viviamnoestrangeirooutinhamviajadodemoradamentepela Europa e pretendiamaplicar,noseupaís,as novasideiase conhecimentoscientíficos. Volume2. Pag. 6 1-Mediastomadaspara o desenvolvimentodaagricultura. · A reduçãosubstancial dopousio. · A formaçãode extensasherdades. · A introduçãode novasculturase a selecçãode sementese de animaisreprodutores,de modoa aumentara quantidade daproduçãoe a sua qualidade; · A fertilizaçãodasterras. · O arroteamentodosterrenosincultose adrenagemde pântanosque possibilitaramaexpansão da área cultivada. Pag.10 1-Condiçõesparaque a Inglaterrafosse oprimeiropaísa lançar-se na revoluçãoindustrial. No séculoXVIIIdiversosfatoresconjugaram-se paraque a Inglaterrafosse oprimeiropaísna RevoluçãoIndustrial. - Políticose sociais · Nofinal doséculoXVIIIvigoravaoParlamentarismo,vistoque tinhasidoinstituídaaMonarquia Parlamentar.OParlamento,que detinhaopoderlegislativa.A nobrezae a burguesia,dotadasde uma mentalidadeempreendedorae capitalista. · Existiaexcedentede mão-de-obra. - Económicos · Disponibilidade de capitaisparainvestimento. · Abundânciade matérias-primas. · Comérciointerno. · Comérciocolonial. · Comércioeuropeu. - Naturais : · Boa rede de comunicações(portos,rios,canais).

×