A grécia antiga

2.237 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Muita Informação!Demasiada!Uma das regras dos Power Points é pouca informação!Tiraram quanto?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A grécia antiga

  1. 1. A Grécia AntigaDeuses dos séculos IV e VTrabalho elaborado por : Inês Pinto nº 10 Carlos Machado nº 2 Magda Tschopp nº 17 Ivo Silva nº 10 Tomás Barreira nº 13
  2. 2. O que é a mitologia Grega ?Na Grécia Antiga, as pessoas seguiam uma religião politeísta, ou seja, acreditavam em vários deuses. Estes, apesar de serem imortais, possuíam características de comportamentos e atitudes semelhantes aos seres humanos. Maldade, bondade, egoísmo, fraqueza, força, vingança e outras características estavam presentes nos deuses, segundo os gregos antigos. De acordo com este povo, as divindades habitavam o topo do Monte Olimpo, de onde decidiam a vida dos mortais. Zeus era o de maior importância, considerado a divindade suprema do panteão grego. Acreditavam também que, muitas vezes, os deuses desciam do monte sagrado para relacionarem-se com as pessoas. Neste sentido, os heróis eram os filhos das divindades com os seres humanos comuns. Cada cidade da Grécia Antiga possuía um deus protetor. Cada entidade divina representava forças da natureza ou sentimentos humanos. Poseidon, por exemplo, era o representante dos mares e Afrodite a deusa da beleza corporal e do amor. A mitologia grega era passada de forma oral de pai para filho e, muitas vezes, servia para explicar fenómenos da natureza ou passar conselhos de vida. Ao invadir e dominar a Grécia, os romanos absorveram o panteão grego, modificando apenas os nomes dos deuses.
  3. 3. Deuses - Importância Para os grego, os gregos são muitosábios e poderosos. Os Gregos respeitava-os muito, epor isso davam festas em sua honra,faziam-lhes oferendas e construíammonumentos e templos.
  4. 4. O CultoNa pólis dos Atenienses, como em todas as outras, as obrigações religiosas faziam parte do quotidiano dos cidadãos, porque eram consideradas um dever cívico. Cada pólis tinha um calendário religioso que garantia a boa relação com os deuses, uma vez que previa a realização de todos os rituais necessários aos cultos. Assim, para os Helenos, a religião servia para manter a boa relação com os deuses e era concretizada em dois tipos de culto: público e privado.
  5. 5. O Culto Público O Culto Público era um dever cívico de todos os cidadãos.Constituído por procissões, banquetes, sacrifícios de animais,competições e oráculos, era presidido pelos Magistrados epraticado junto dos templos da cidade. Alguns desses cultosadquiriam grande importância, atraindo pessoas provenientesde todo o mundo helénico, e um motivo de união entre osvários Estados gregos. Um dos mais famosos era o oráculo deDelfos, que tinha lugar no Santuário de Apolo. Era, também,o caso dos festivais pan-helénico (para todos os helenos) quese realizavam de 4 em 4 anos e incluíam competiçõesdesportivas, concurso de música e de teatro. Na época derealização destes festivais, faziam-se tréguas em todo omundo helénico. Os mais famosos realizavam-se em Delfos(Jogos Píticos) e em Olímpia (Jogos Olímpicos). Estesinspiraram os Jogos Olímpicos da época contemporânea.
  6. 6. O Culto PrivadoO Culto Privado era constituído por um conjunto de rituais, semelhantes aos dos cultos públicos, mas praticados por iniciativa de particulares, não sendo considerados deveres cívicos. Era prestado aos mortos, nos cemitérios, e às divindades protetoras do lar, junto ao altar doméstico, fazendo-se preces e oferendas de vinho, frutos e mel.
  7. 7. Que deuses são esses?Zeus - rei de todos os deusesAfrodite - amorAres - guerraHades - mundo dos mortos e do subterrâneoHera - protetora das mulheres, do casamento e do nascimentoPoseidon - mares e oceanosEros - amor, paixãoHéstia - larApolo - luz do Sol, poesia, música, beleza masculinaÁrtemis - caça, castidade, animais selvagens e luzDeméter - colheita, agriculturaDionísio - festas, vinhoHermes - mensageiro dos deuses, protetor dos comerciantes, dos viajantes e dosdiplomatas.Hefesto - metais, metalurgia, fogoCrono - tempoGaia - planeta Terra
  8. 8. O Olimpo O Monte Olimpo (em grego: Όλυμπος, também transliterado como monteÓlimpos em mapas modernos, Óros Ólimpos) é a mais alta montanha daGrécia, com 2917 m de altitude máxima e 2355 m de proeminência topográfica. OMonte Olimpo é uma das mais altas montanhas da Europa, em altitude absoluta dabase até o topo. Está situado a 40°5N 22°21E, a cerca de 100 km de distância deSalônica, segunda maior cidade da Grécia. Localiza-se próximo do Mar Egeu, naTessália. O seu ponto mais alto é designado Mitikas. O Monte Olimpo é reconhecido pelasua flora, a qual é muito rica, sobretudo devido à presença de espécies endémicas. Qualquer um que queira escalar o Monte Olimpo começa a partir da cidade deLitochoro, que acabou também por receber o nome Cidade dos Deuses, devido àsua localização próxima à base do Monte Olimpo.Olimpo é um nome popular para montanhas em todo o mundo. Além do MonteOlimpo na Tessália, há na Grécia mais quatro com esse nome: na Mísia, naCilícia, na Arcádia e na Élida.[Ainda há um com o mesmo nome e que é o pontomais alto da ilha de Chipre (Monte Olimpo), um na antiga região da já extintaregião de Frígia, e outros dois nos estados norte-americanos de Utah eWashington, além de um vulcão em Marte (Olympus Mons).
  9. 9. As Divindades• As divindades podem-se dividir em dois grupos: os Olímpicos e outros menos importantes, como por exemplo, os centauros, as moiras, sereias, ciclopes e também heróis
  10. 10. Web Grafia• http://www.slideshare.net/crie_historia/mitologia- grega-200222?src=related_normal&rel=224870 http://pt.wikipedia.org/wiki/Mitologia_grega

×