SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
História – 7º ano
Professora Carla Freitas
DEUSES PROTECTORES DA CASA E DA FAMÍLIA

               Havia em cada casa um altar ou
               uma capela onde praticavam
               culto doméstico aos:
               • Lares (protectores da família),
               • Penates (abastecimento)
               • Manes (antepassados)
               Esse culto era presidido pelos
                       pater familias
   Prestavam culto:
       À Natureza
       Aos vários deuses
   Faziam:
       Ofertas
       Sacrifícios
                            O culto, nos templos, era presidido pelos sacerdotes


          Proteção
                                 O Imperador era o supremo sacerdote
                                           (Pontifex maximus).
Era um dos principais cultos em Roma
                    Profetizavam que quando
                    o fogo sagrado se
                    apagasse Roma seria
                    invadida
                    As Vestais eram as
                    sacerdotizas que tinham
                    encarregues de guardar o
                    fogo sagrado que ardia no
                    interior do templo.
 Templo de Vesta
Os Romanos foram integrando deuses pertencentes a várias culturas como:




    Mitra                       Cíbele
                                                     Ísis
Único culto obrigatório em todo o império




                                       Templo dedicado ao culto imperial em Mérida




                                      Templo dedicado ao culto imperial em Èvora
Templo dedicado a Augusto em França
Viveu até aos 30 anos



Morreu



Nasceu
Igualdade
Amor ao próximo
Tolerância
Paz
Perdão
Salvação para todos



    Universalidade da mensagem cristã
   Ficou a dever-se a:
       Língua falada em todo o império – latim
       Diáspora judaica –muitos judeus
        espalhados pelo império aderiram à nova
        religião
       Rede de estradas e cidades
       Intensos contactos comerciais
       Desigualdades sociais – muitas mulheres
        e escravos aderiram à nova religião
   Roma tinha:
       Uma religião politeista
       O culto ao imperador era obrigatório e os cristãos
        rejeitavam-no
       Era uma civilização ligada à guerra e às conquistas
       Era uma sociedade esclavagista com fortes
        desiguldades sociais
       Começou a ganhar muitos adeptos
Nero e Diocleciano foram dois dos imperadores que mais
                 perseguiram os cristãos
S. Sebastião    S. Pedro        S. Justino      S. Cecília




     S. Luzia     S. Inácio de Antioquia     S. Bárbara
Galerias subterrâneas, por baixo da cidade.
Aí, os cristãos,celebravam actos de culto e sepultavam os mortos.
O aumento do número de cristãos acabou por
            levar a uma aceitação
Imperador Constantino – Édito de Milão (313
d.C.)
   Liberdade religiosa
   Manda erguer igrejas
Imperador Teodósio – Édito de Tessalónica (380
d.C.)
   Proibiu os outros cultos
   Perseguição aos pagãos
Politeismo e cristianismo
Politeismo e cristianismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medievalcattonia
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalSusana Simões
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romanabamp
 
Módulo 3 a arte românica
Módulo 3   a arte românicaMódulo 3   a arte românica
Módulo 3 a arte românicacattonia
 
Exame mod 4 2 taar - correção
Exame mod 4  2 taar - correçãoExame mod 4  2 taar - correção
Exame mod 4 2 taar - correçãoteresagoncalves
 
Feudalismo e crise
Feudalismo e criseFeudalismo e crise
Feudalismo e crisecattonia
 
Cultura medieval
Cultura medievalCultura medieval
Cultura medievalcattonia
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaCarla Teixeira
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioSusana Simões
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa romaAna Barreiros
 
Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoSusana Grandão
 
Beira interior geografia a
Beira interior   geografia aBeira interior   geografia a
Beira interior geografia acarlosseco8
 
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio  módulo II-10 º ANOPaís urbano concelhio  módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio módulo II-10 º ANOCarina Vale
 
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.filomena morais
 
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»Carlos Ferreira
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquistaCarina Vale
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdfVítor Santos
 

Mais procurados (20)

Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medieval
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa OcidentalA identidade civilizacional da Europa Ocidental
A identidade civilizacional da Europa Ocidental
 
Civilização romana
Civilização romanaCivilização romana
Civilização romana
 
Módulo 3 a arte românica
Módulo 3   a arte românicaMódulo 3   a arte românica
Módulo 3 a arte românica
 
Exame mod 4 2 taar - correção
Exame mod 4  2 taar - correçãoExame mod 4  2 taar - correção
Exame mod 4 2 taar - correção
 
Feudalismo e crise
Feudalismo e criseFeudalismo e crise
Feudalismo e crise
 
A pintura gótica i
A pintura gótica iA pintura gótica i
A pintura gótica i
 
Cultura medieval
Cultura medievalCultura medieval
Cultura medieval
 
O urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romanaO urbanismo e arte romana
O urbanismo e arte romana
 
Cultura do mosteiro
Cultura do mosteiroCultura do mosteiro
Cultura do mosteiro
 
O espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do territórioO espaço português: da formação à fixação do território
O espaço português: da formação à fixação do território
 
Ficha formativa roma
Ficha formativa romaFicha formativa roma
Ficha formativa roma
 
Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºano
 
Beira interior geografia a
Beira interior   geografia aBeira interior   geografia a
Beira interior geografia a
 
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio  módulo II-10 º ANOPaís urbano concelhio  módulo II-10 º ANO
País urbano concelhio módulo II-10 º ANO
 
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.
A cultura monástica,cortesã e a cultura popular.
 
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»
Matriz de Exame – HCA - Módulo 1: «A cultura da Ágora»
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
 
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf
02_03_Valores vivências e quotidiano.pdf
 

Destaque

16 queda do império, invasões e civilização islâmica
16   queda do império, invasões e civilização islâmica16   queda do império, invasões e civilização islâmica
16 queda do império, invasões e civilização islâmicaCarla Freitas
 
12 formação do império romano
12   formação do império romano12   formação do império romano
12 formação do império romanoCarla Freitas
 
13 o império romano
13   o império romano13   o império romano
13 o império romanoCarla Freitas
 
Representações da divindade no politeísmo
Representações da divindade no politeísmoRepresentações da divindade no politeísmo
Representações da divindade no politeísmoEspaço Emrc
 
Construyamos juntos nuestro hogar
Construyamos juntos nuestro hogarConstruyamos juntos nuestro hogar
Construyamos juntos nuestro hogarPrensa Iglesia MDP
 
Credo nicenoconstantinopolitano
Credo nicenoconstantinopolitanoCredo nicenoconstantinopolitano
Credo nicenoconstantinopolitanoPrensa Iglesia MDP
 
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiAReligião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiAJeisonBR
 
Libro del credo de nicea
Libro del credo de nicea Libro del credo de nicea
Libro del credo de nicea Dolores Vasquez
 
Religioes romanas antes do cristianismo
Religioes romanas antes do cristianismoReligioes romanas antes do cristianismo
Religioes romanas antes do cristianismoSofia Yuna
 
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshare
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshareTrabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshare
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshareSebastiao Barata
 
El cristianismo durante el imperio romano
El cristianismo durante el imperio romanoEl cristianismo durante el imperio romano
El cristianismo durante el imperio romanomarcelahistoria
 

Destaque (20)

14 cultura romana
14   cultura romana14   cultura romana
14 cultura romana
 
16 queda do império, invasões e civilização islâmica
16   queda do império, invasões e civilização islâmica16   queda do império, invasões e civilização islâmica
16 queda do império, invasões e civilização islâmica
 
12 formação do império romano
12   formação do império romano12   formação do império romano
12 formação do império romano
 
Queda do império
Queda do impérioQueda do império
Queda do império
 
13 o império romano
13   o império romano13   o império romano
13 o império romano
 
CRISTIANISMO
CRISTIANISMOCRISTIANISMO
CRISTIANISMO
 
Representações da divindade no politeísmo
Representações da divindade no politeísmoRepresentações da divindade no politeísmo
Representações da divindade no politeísmo
 
Construyamos juntos nuestro hogar
Construyamos juntos nuestro hogarConstruyamos juntos nuestro hogar
Construyamos juntos nuestro hogar
 
Credo nicenoconstantinopolitano
Credo nicenoconstantinopolitanoCredo nicenoconstantinopolitano
Credo nicenoconstantinopolitano
 
Tema 3 profesion de fe
Tema 3 profesion de feTema 3 profesion de fe
Tema 3 profesion de fe
 
artículos del credo
artículos del credoartículos del credo
artículos del credo
 
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiAReligião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
 
Profesión de fe
Profesión de feProfesión de fe
Profesión de fe
 
Libro del credo de nicea
Libro del credo de nicea Libro del credo de nicea
Libro del credo de nicea
 
El credo-de-nuestra-fe (1)
El credo-de-nuestra-fe (1)El credo-de-nuestra-fe (1)
El credo-de-nuestra-fe (1)
 
07 cultura no egito
07   cultura no egito07   cultura no egito
07 cultura no egito
 
Religioes romanas antes do cristianismo
Religioes romanas antes do cristianismoReligioes romanas antes do cristianismo
Religioes romanas antes do cristianismo
 
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshare
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshareTrabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshare
Trabalho de história 7º ano - Religião da grécia antiga - slideshare
 
EL CREDO
EL CREDOEL CREDO
EL CREDO
 
El cristianismo durante el imperio romano
El cristianismo durante el imperio romanoEl cristianismo durante el imperio romano
El cristianismo durante el imperio romano
 

Semelhante a Politeismo e cristianismo

08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...Tiago Silva
 
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da Época
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da ÉpocaEae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da Época
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da ÉpocaPatiSousa1
 
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptx
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptxA IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptx
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptxIrisneideMaximo2
 
O Cristianismo
O CristianismoO Cristianismo
O CristianismoAEDFL
 
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_INOVAR CLUB
 
Idade média igreja e cultura
Idade média   igreja e culturaIdade média   igreja e cultura
Idade média igreja e culturaFatima Freitas
 
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxSão João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxMartin M Flynn
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 3 as igrejas antigas e no brasil
Seminário sobre a história da igreja. parte 3   as igrejas antigas e no brasilSeminário sobre a história da igreja. parte 3   as igrejas antigas e no brasil
Seminário sobre a história da igreja. parte 3 as igrejas antigas e no brasilRobson Rocha
 
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptxPIB Penha - SP
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antigaJosJunqueira1
 
Os mistérios wiccanos (apresentação)
Os mistérios wiccanos (apresentação)Os mistérios wiccanos (apresentação)
Os mistérios wiccanos (apresentação)Regina Oliveira
 
Origem e difusão do cristianismo
Origem e difusão do cristianismoOrigem e difusão do cristianismo
Origem e difusão do cristianismoCarlos Pinheiro
 
Apostila historia da igreja denise - ibadep
Apostila historia da igreja   denise - ibadepApostila historia da igreja   denise - ibadep
Apostila historia da igreja denise - ibadepJaqueline Dias
 

Semelhante a Politeismo e cristianismo (20)

08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
 
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da Época
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da ÉpocaEae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da Época
Eae 18 As Seitas Nacionais - Costumes da Época
 
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptx
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptxA IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptx
A IGREJA CATÓLICA NA EUROPA MEDIEVAL.pptx
 
Eae 74 - ciencia e religião 3a. parte
Eae   74 - ciencia e religião 3a. parteEae   74 - ciencia e religião 3a. parte
Eae 74 - ciencia e religião 3a. parte
 
O Cristianismo
O CristianismoO Cristianismo
O Cristianismo
 
Igreja medieval cultura medieval pdf
Igreja medieval  cultura medieval pdfIgreja medieval  cultura medieval pdf
Igreja medieval cultura medieval pdf
 
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_
Alexandre z. bacich_-_manual_de_teologia_
 
Idade média igreja e cultura
Idade média   igreja e culturaIdade média   igreja e cultura
Idade média igreja e cultura
 
Igreja e cultura medieval
Igreja e cultura medievalIgreja e cultura medieval
Igreja e cultura medieval
 
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxSão João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 3 as igrejas antigas e no brasil
Seminário sobre a história da igreja. parte 3   as igrejas antigas e no brasilSeminário sobre a história da igreja. parte 3   as igrejas antigas e no brasil
Seminário sobre a história da igreja. parte 3 as igrejas antigas e no brasil
 
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx
8 - O Cristianismo na idade média 1-8ª aula.pptx
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
 
I D A D E M D I Aok
I D A D E M D I AokI D A D E M D I Aok
I D A D E M D I Aok
 
Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)
 
Os mistérios wiccanos (apresentação)
Os mistérios wiccanos (apresentação)Os mistérios wiccanos (apresentação)
Os mistérios wiccanos (apresentação)
 
6- Patristica.pptx
6- Patristica.pptx6- Patristica.pptx
6- Patristica.pptx
 
Origem e difusão do cristianismo
Origem e difusão do cristianismoOrigem e difusão do cristianismo
Origem e difusão do cristianismo
 
Apostila historia da igreja denise - ibadep
Apostila historia da igreja   denise - ibadepApostila historia da igreja   denise - ibadep
Apostila historia da igreja denise - ibadep
 
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
 

Mais de Carla Freitas

Mais de Carla Freitas (20)

11 ha m6 u1
11 ha m6 u111 ha m6 u1
11 ha m6 u1
 
11 Ha M5 u3
11 Ha M5 u311 Ha M5 u3
11 Ha M5 u3
 
11 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 111 Ha M5 u5 1
11 Ha M5 u5 1
 
Módulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - RomantismoMódulo 8 - Romantismo
Módulo 8 - Romantismo
 
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIXMódulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
Módulo 8 - Arte em Portugal nos finais do século XIX
 
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismoMódulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
Módulo 8 - Do impressionismo ao Pós-impressionismo
 
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e RealismoMódulo 8 - Naturalismo e Realismo
Módulo 8 - Naturalismo e Realismo
 
11 ha m5 u4
11 ha m5 u411 ha m5 u4
11 ha m5 u4
 
11 ha m5 u2
11 ha m5 u211 ha m5 u2
11 ha m5 u2
 
11 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 311 ha m4 u3 3
11 ha m4 u3 3
 
11 ha m5 u1
11 ha m5 u111 ha m5 u1
11 ha m5 u1
 
11 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 311 ha m4 u4 3
11 ha m4 u4 3
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
 
11 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 111 ha m4 u4 1
11 ha m4 u4 1
 
11 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 211 ha m4 u3 2
11 ha m4 u3 2
 
11 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 111 ha m4 u3 1
11 ha m4 u3 1
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
 
11 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 111 ha m4 u2 1
11 ha m4 u2 1
 
11 ha m4 u1
11 ha m4 u111 ha m4 u1
11 ha m4 u1
 
11 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 311 ha m4 u2 3
11 ha m4 u2 3
 

Último

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 

Politeismo e cristianismo

  • 1. História – 7º ano Professora Carla Freitas
  • 2.
  • 3. DEUSES PROTECTORES DA CASA E DA FAMÍLIA Havia em cada casa um altar ou uma capela onde praticavam culto doméstico aos: • Lares (protectores da família), • Penates (abastecimento) • Manes (antepassados) Esse culto era presidido pelos pater familias
  • 4. Prestavam culto:  À Natureza  Aos vários deuses  Faziam:  Ofertas  Sacrifícios O culto, nos templos, era presidido pelos sacerdotes Proteção O Imperador era o supremo sacerdote (Pontifex maximus).
  • 5. Era um dos principais cultos em Roma Profetizavam que quando o fogo sagrado se apagasse Roma seria invadida As Vestais eram as sacerdotizas que tinham encarregues de guardar o fogo sagrado que ardia no interior do templo. Templo de Vesta
  • 6. Os Romanos foram integrando deuses pertencentes a várias culturas como: Mitra Cíbele Ísis
  • 7.
  • 8.
  • 9. Único culto obrigatório em todo o império Templo dedicado ao culto imperial em Mérida Templo dedicado ao culto imperial em Èvora Templo dedicado a Augusto em França
  • 10.
  • 11. Viveu até aos 30 anos Morreu Nasceu
  • 13.
  • 14. Ficou a dever-se a:  Língua falada em todo o império – latim  Diáspora judaica –muitos judeus espalhados pelo império aderiram à nova religião  Rede de estradas e cidades  Intensos contactos comerciais  Desigualdades sociais – muitas mulheres e escravos aderiram à nova religião
  • 15. Roma tinha:  Uma religião politeista  O culto ao imperador era obrigatório e os cristãos rejeitavam-no  Era uma civilização ligada à guerra e às conquistas  Era uma sociedade esclavagista com fortes desiguldades sociais  Começou a ganhar muitos adeptos
  • 16. Nero e Diocleciano foram dois dos imperadores que mais perseguiram os cristãos
  • 17. S. Sebastião S. Pedro S. Justino S. Cecília S. Luzia S. Inácio de Antioquia S. Bárbara
  • 18. Galerias subterrâneas, por baixo da cidade. Aí, os cristãos,celebravam actos de culto e sepultavam os mortos.
  • 19. O aumento do número de cristãos acabou por levar a uma aceitação Imperador Constantino – Édito de Milão (313 d.C.) Liberdade religiosa Manda erguer igrejas Imperador Teodósio – Édito de Tessalónica (380 d.C.) Proibiu os outros cultos Perseguição aos pagãos