Comunicação de dados - Módulo 1

6.130 visualizações

Publicada em

Comunicação de dados - Módulo 1

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Comunicação de dados - Módulo 1

  1. 1. Comunicação de Dados Módulo 1 Prof. Luis Folgado Ferreira http://www.lanapt.com dezembro de 2013
  2. 2. Redes de dados • Qual a importância?
  3. 3. Importância • Entre outras, o uso e a partilha de recursos diversificados e/ou dispendiosos, o acesso a informação e a facilidade de transferência de dados.
  4. 4. Importância de uma rede de computadores em uma organização • Uma rede de computadores consiste em 2 ou mais computadores e outros dispositivos interligados entre si de modo a poderem compartilhar recursos físicos e lógicos, os quais podem ser: dados, mensagens, impressoras, etc.
  5. 5. • A cada dia que passa, a informática vem adquirindo cada vez mais relevância na vida das pessoas e nas empresas.
  6. 6. • Sua utilização já é vista como instrumento de aprendizagem e sua ação no meio social vêm aumentando de forma rápida entre as pessoas. Cresce o número de famílias que possuem em suas residências um computador.
  7. 7. • Esta ferramenta está auxiliando pais e filhos mostrando-lhes um novo jeito de aprender e ver o mundo. • Quando se aprende a lidar com o computador novos horizontes se abrem na vida do utilizador.
  8. 8. • Com o passar do tempo, as necessidades continuaram a aumentar, a troca de informações somente entre computadores de um mesmo setor já não era suficiente. • Surgiu a necessidade da troca de informações entre departamentos de uma empresa, filiais de uma empresa, prédios e edifícios espalhados por uma cidade ou uma região metropolitana.
  9. 9. • Dessa forma, os computadores passaram a ser interligados por distâncias maiores o que passou a ser conhecido por rede de região metropolitana. • Atualmente, existe a necessidade do envio e recebimento de dados entre computadores, em qualquer lugar do planeta, fato que gerou o aparecimento do termo rede de alcance mundial, ou simplesmente Internet.
  10. 10. Áreas de Aplicação das redes de dados • Saúde e Educação - Rede hospitalar, Rede de ensino • Transporte - Supervisão de estradas, Controlo de tráfego e Sistema de informações turísticas. • Segurança - Supervisão do espaço aéreo, marítimo e terrestre, Controle de tráfego aéreo, Sistemas de cartografia náutica, Serviços de atendimentos emergenciais. • Empresarial, Planeamento de marketing; Pesquisas socioeconómicas; • Distribuição de produtos e serviços; Transporte de matéria-prima e insumos. • SIG
  11. 11. Outras áreas?
  12. 12. Perspetiva de evolução
  13. 13. Tipos de Redes de Computadores Abrangência Geográfica
  14. 14. Dimensão ou área geográfica • PAN (Personal Area Network) • LAN (Local Area Network) • MAN (Metropolitan Area Network) • WAN (Wide Area Network) • VLAN (Virtual LAN) 16
  15. 15. Tipos de rede (Dimensão) • Rede Pessoal (PAN) • O conceito de rede pessoal "Personal Area Network" está não só relacionado com a sua reduzida dimensão, mas com também com o facto de utilizar comunicação sem fios. O alcance limita-se a algumas dezenas de metros. Os débitos são relativamente baixos, na casa de 1 Mbps. 17
  16. 16. Tipos de Redes de Computadores Quanto à sua distância ou distribuição geográfica LAN (Local Area Network) – Rede de área local em que a distância entre os computadores é curta, geralmente dentro do mesmo edifício; 18
  17. 17. LAN • LAN (Local Area Network) • Redes Locais 19
  18. 18. LAN • Uma LAN caracteriza-se por ocupar uma área limitada, no máximo um edifício, ou alguns edifícios próximos, muitas vezes limitam-se a apenas um piso de um edifício, um conjunto de salas, ou até uma única sala. • São redes de débito médio ou alto (desde 10 Mbps até 1 Gbps, sendo actualmente o valor de 100 Mbps o mais comum). 20
  19. 19. LAN • A tecnologia mais divulgada é o "ethernet", ainda em "broadcast", ou usando já "comutação". • Existe um conjunto de serviços e protocolos que são característicos das redes locais e que fazem parte da definição de rede corporativa. 21
  20. 20. Tipos de Redes de Computadores a) Quanto à sua distância ou distribuição geográfica Campus – Rede que liga vários edifícios de uma organização concentrados numa determinada área em que cada edifício pode ter uma ou mais redes LAN; 22
  21. 21. MAN • Metropolitan Area Network 23
  22. 22. MAN (Metropolitan Area Network) – Liga edifícios numa mesma cidade, geralmente organizações que têm vários edifícios espalhados por diferentes pontos da mesma cidade; 24
  23. 23. MAN • Uma "Metropolitan Area Network" é basicamente uma WAN, cuja dimensão é reduzida, geralmente também assegura a interligação de redes locais. A área abrangida corresponde no máximo a uma cidade. São usadas por exemplo para interligar vários edifícios afins dispersos numa cidade. 25
  24. 24. MAN • A tecnologia empregue pode incluir redes pontoa-ponto ou usar meios que permitem um débito mais elevado como FDDI, ATM, DQDB ("Distributed Queue Dual Bus") ou até mesmo Gigabit Ehernet. • Uma vez que as redes de área metropolitana (tal como as WAN) envolvem a utilização de espaços públicos, apenas podem ser instaladas por empresas licenciadas pelo estado, sendo a tecnologia de eleição o ATM. • Um exemplo de MAN actual e bastante conhecido entre o público geral é a "net-cabo". 26
  25. 25. WAN • WAN (Wide Area Network) – Interliga computadores entre regiões, países e todo o mundo, por exemplo a Internet. 27
  26. 26. Tipos de Redes de Computadores Quanto à sua distância ou distribuição geográfica WAN (Wide Area Network) – Interliga computadores entre regiões, países e todo o mundo, por exemplo a Internet. 28
  27. 27. Quadro Comparativo Tipo Distância Exemplo LAN 10 m Sala de aula CAMPUS 100 m Campus da Universidade MAN 1000 m Edifícios da Universidade WAN 100 a 1000 km Rede Empresarial WAN 10.000 km Internet WAN 100.000 km Ligação por satélite *Quadro comparativo de dimensões/distancias 29
  28. 28. Distance Location Network Used 10 meters Classroom LAN 100 meters Building LAN 1000 meters Campus LAN 100 kilometers County WAN 1,000 kilometers Continent WAN 10,000 kilometers Planet Internet WAN
  29. 29. INTRANET • As empresas estão cada vez mais necessitando de centralização das informações, métodos de comunicação interna para reduzir custos. A intranet possibilita tudo o que a própria internet dispõe. Porém a principal diferença entre ambas é que a intranet é restrita a um certo público. • Há restrição de acesso, por exemplo, por uma empresa, ou seja, todos os colaboradores da empresa podem aceder a intranet com um nome de usuário e senha devidamente especificados pela coordenação da empresa.
  30. 30. EXTRANET • A extranet seria uma extensão da intranet. Funciona igualmente como a intranet, porém sua principal característica é a possibilidade de acesso via internet, ou seja, de qualquer lugar do mundo você pode aceder aos dados de sua empresa. • A ideia de uma extranet é melhorar a comunicação entre os funcionários e parceiros além de acumular uma base de conhecimento que possa ajudar os funcionários a criar novas soluções.
  31. 31. Intranet vs Extranet INTRANET EXTRANET Acesso restrito x x Comunicação instantânea x x Comunicação externa x Compartilhamento de impressoras x Compartilhamento de dados x Rede local (LAN) x x
  32. 32. Rede privada virtual (VPN) • As redes privadas virtuais ("Virtual Private Network") utilizam uma rede pública, por exemplo a "internet" para estabelecer uma ligação de dados entre dois pontos, estes dados têm a particularidade de serem codificados (cifrados) de tal forma que apenas os dois intervenientes os conseguem compreender. • Os dois pontos da ligação passam a funcionar como encaminhadores ("routers") para as respetivas redes. Esta técnica pode ser usada para interligar redes distantes pertencentes a uma mesma organização, com baixa qualidade, mas com grandes vantagens económicas.
  33. 33. Introdução • A classificação de redes em categorias pode ser realizada segundo diversos critérios, alguns dos mais comuns são: • Dimensão ou área geográfica ocupada Redes Pessoais / Redes Locais / Redes Metropolitanas / Redes de área alargada / ... • Capacidade de transferência de informação Redes de baixo débito / Redes de médio débito / Redes de alto débito / ... • Topologia ("a forma da rede") Redes em estrela / Redes em "bus" / Redes em anel / …
  34. 34. • Meio físicos de suporte ao envio de dados Redes de cobre / Redes de fibra ótica / Redes rádio / Redes por satélite • Ambiente em que se inserem Redes de industriais / Redes de corporativas / ... • Método de transferência dos dados Redes de "broadcast" / Redes de comutação de pacotes / Redes de comutação de circuitos / Redes ponto-a-ponto / • Tecnologia de transmissão Redes "ethernet" / Redes "token-ring" / Redes FDDI / Redes ATM / Redes ISDN / • Como todas as classificações, têm um valor relativo, por exemplo o significado de "alto débito" varia com a evolução da "tecnologia corrente". Por outro lado ao diferentes critérios de classificação geram sobreposições entre si.
  35. 35. Classificação quanto ao Débito • Débito, ou banda, é um dos critérios utilizados na classificação de uma rede de computadores e indica a medida de capacidade de transferência de informação pela rede. • Capacidade de transferência de informação em bps*: – Redes de baixo débito: até 10Mbps – Redes de médio débito: 10Mbps a 1 Gbps – Redes de alto débito: acima de 1Gbps • Como todas as classificações têm um valor relativo, as medidas em bps que indicam "baixo", "médio" e "alto débito" irão acompanhar a evolução da "tecnologia corrente".
  36. 36. Classificação de redes (Meios Físicos) • Meio físicos de suporte ao envio de dados Redes de cobre / Redes de fibra ótica / Redes rádio / Redes por satélite
  37. 37. Ficha de Trabalho nº3 • Realize uma apresentação sobre as diferentes topologias de uma rede de computadores. • BUS/ESTRELA/ANEL
  38. 38. Sumário • Módulo 1 – Introdução às redes e transmissão de dados. • Continuação da realização da ficha de trabalho nº 3 – Classificação de redes de dados quanto à sua Tipologia. • Apresentação dos trabalhos. • Introdução às perspetivas de evolução das redes de computadores.
  39. 39. Perspetiva de evolução – – – – – – – – Débitos de transmissão Importância da largura de banda Medição Limitações Throughput Cálculo da transferência de dados Digital versus analógico Qualidade de Serviço
  40. 40. A importância das Atividades de Normalização – Noção de Norma e de Normalização – Organizações de normalização • ISO, ISOC, IEC, IEEE – Benefícios de uma Redes de dados • • • • • • • • • Partilha de Informação Partilha de Hardware e Software Partilha de recursos Administração centralizada As tarefas dos computadores na rede Servidores de Mail Servidores de Base de Dados Servidores de ficheiros e impressoras Servidores de fax
  41. 41. Conclusão do módulo. Avaliação.

×