SlideShare uma empresa Scribd logo

Slides htpc cozinha experimental

1 de 27
Baixar para ler offline
TEMA: COZINHA
EXPERIMENTAL
HTPC – 16 e 17/04/13
Abertura
• Apresentação do vídeo: Patati Patatá (música Comer
Comer);
• Socialização do vídeo: execução do coral.
Texto informativo
• Leitura explicativa
COZINHA EXPERIMENTAL
• O objetivo geral desta atividade é desenvolver o hábito
saudável de alimentação, além estimular o paladar para
apreciação e degustação dos mais variados sabores.
• Durante as aulas os alunos têm a oportunidade de fazer
e experimentar alimentos que são produzidos por eles
mesmos na horta da escola, assim como trabalhar com
diferentes receitas que são sempre escolhidas pelo
grupo, de acordo com cada realidade escolar e familiar.
• As famílias também tem uma participação fundamental
nesta atividade, pois sempre enviam e fazem sugestões
de receitas práticas, saudáveis e diferentes para as
aulas.
• A cozinha experimental é uma aula muito divertida e
diferente, onde o aluno pode explorar outro ambiente que
não seja a sua sala de aula. O professor sempre vincula
a receita a um conteúdo trabalhado ou uma data
comemorativa. Trabalhamos diversas habilidades nesta
atividade como: a socialização, saber dividir, quantidades
e medidas, segurança com os utensílios e aparelhos da
cozinha, sabores, alimentação saudável, entre outros.
• A Cozinha Experimental é um projeto pedagógico na qual
os alunos aprendem brincando e saboreando as delícias
que fazem na culinária.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
• Despertar nas crianças o interesse pelo preparo de suas
refeições;
• Mostrar às crianças que alimentos saudáveis também
podem ser saborosos;
• Colocar os alunos em contato com os alimentos;
• Ensinar às crianças noções de higiene necessárias para
o preparo dos alimentos;
• Ensinar aos alunos a necessidade da organização e
disciplina na hora do preparo dos alimentos no refeitório;
• Proporcionar um momento ao mesmo tempo prazeroso e
saudável;
Anúncio

Recomendados

Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentosTécnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentos
Técnica e dietética: conceituação e estudo quantitativo dos alimentosKetlenBatista
 
Aula de Preparação de Cardápios.
Aula de Preparação de  Cardápios.Aula de Preparação de  Cardápios.
Aula de Preparação de Cardápios.Roberta Braga
 
Relatório de UAN ( Hospital Caridade )
Relatório de UAN ( Hospital Caridade )Relatório de UAN ( Hospital Caridade )
Relatório de UAN ( Hospital Caridade )cristiane1981
 
Alimentação e nutrição no brasil história
Alimentação e nutrição no brasil   históriaAlimentação e nutrição no brasil   história
Alimentação e nutrição no brasil históriaAdriana Madeira
 
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Natalia Martins
 
Relatório aula prática modificação dos pigmentos
Relatório aula prática   modificação dos pigmentosRelatório aula prática   modificação dos pigmentos
Relatório aula prática modificação dos pigmentosJ10I27
 
Apostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae patApostila cardapio dri pnae pat
Apostila cardapio dri pnae patEric Liberato
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 controle de matérias primas
Aula 2 controle de matérias primasAula 2 controle de matérias primas
Aula 2 controle de matérias primasAlvaro Galdos
 
Ficha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de PreparoFicha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de Preparocrn8
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia Jaqueline Almeida
 
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA  BIODIVERSIDADE BRASILEIRAGASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA  BIODIVERSIDADE BRASILEIRA
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRAAdélia Chaves
 
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentos
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentosAula 2-introdução-a-química-de-alimentos
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentosfcanico
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAlvaro Galdos
 
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimento
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimentoAula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimento
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimentoAlvaro Galdos
 
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.pptAula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.pptDaniCatuzzo
 
Apostila avaliação nutricional 2013
Apostila avaliação nutricional   2013Apostila avaliação nutricional   2013
Apostila avaliação nutricional 2013Keythiane Gomes
 
Relatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica NutriçãoRelatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica Nutriçãocristiane1981
 
Alimentação infantil
Alimentação infantilAlimentação infantil
Alimentação infantillipernnatal
 
Fator de correção de alimentos
Fator de correção de alimentosFator de correção de alimentos
Fator de correção de alimentosJose Boulos
 
Apostila de aulas práticas (1)
Apostila de aulas práticas (1)Apostila de aulas práticas (1)
Apostila de aulas práticas (1)Filgueira Nogueira
 
Gastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentosGastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentosKetlenBatista
 
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Natalia Martins
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosLuanna Delfino
 
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentarAvaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentarKetlenBatista
 

Mais procurados (20)

Aula 2 controle de matérias primas
Aula 2 controle de matérias primasAula 2 controle de matérias primas
Aula 2 controle de matérias primas
 
HISTÓRIA DA GASTRONOMIA
HISTÓRIA DA GASTRONOMIAHISTÓRIA DA GASTRONOMIA
HISTÓRIA DA GASTRONOMIA
 
Ficha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de PreparoFicha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de Preparo
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
 
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA  BIODIVERSIDADE BRASILEIRAGASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA  BIODIVERSIDADE BRASILEIRA
GASTRONOMIA HOSPITALAR: SEU PAPEL NA GARANTIA DA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA
 
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentos
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentosAula 2-introdução-a-química-de-alimentos
Aula 2-introdução-a-química-de-alimentos
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
 
Análise sensorial de alimentos
Análise sensorial de alimentosAnálise sensorial de alimentos
Análise sensorial de alimentos
 
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimento
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimentoAula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimento
Aula 3 fatores intrínsecos e extrínsecos que controlam o desenvolvimento
 
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.pptAula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão  2022 1.ppt
Aula 1- Atuação do nutricionista em UAN e gestão 2022 1.ppt
 
Apostila avaliação nutricional 2013
Apostila avaliação nutricional   2013Apostila avaliação nutricional   2013
Apostila avaliação nutricional 2013
 
Relatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica NutriçãoRelatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica Nutrição
 
Alimentação infantil
Alimentação infantilAlimentação infantil
Alimentação infantil
 
Fator de correção de alimentos
Fator de correção de alimentosFator de correção de alimentos
Fator de correção de alimentos
 
Apostila de aulas práticas (1)
Apostila de aulas práticas (1)Apostila de aulas práticas (1)
Apostila de aulas práticas (1)
 
Gastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentosGastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentos
 
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
 
Consumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializadosConsumo de alimentos industrializados
Consumo de alimentos industrializados
 
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentarAvaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
Avaliação nutricional: avaliação do consumo alimentar
 
A.b aula 4 amostragem
A.b aula 4 amostragemA.b aula 4 amostragem
A.b aula 4 amostragem
 

Semelhante a Slides htpc cozinha experimental

Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentos
Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentosProjeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentos
Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentosOlavo Bilac
 
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
Projeto alimentação 2012   ji 304 norteProjeto alimentação 2012   ji 304 norte
Projeto alimentação 2012 ji 304 norteSUZANASALOMAO
 
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
Projeto alimentação 2012   ji 304 norteProjeto alimentação 2012   ji 304 norte
Projeto alimentação 2012 ji 304 norteSUZANASALOMAO
 
Alimentação saudável-geci
 Alimentação saudável-geci Alimentação saudável-geci
Alimentação saudável-geciQueila Stein
 
Projeto sopa do neném
Projeto sopa do nenémProjeto sopa do neném
Projeto sopa do nenémlucasroco
 
Bonito é ser saudável
Bonito é ser saudávelBonito é ser saudável
Bonito é ser saudávelkhhrau
 
Projeto Alimento Saudável das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...
Projeto  Alimento Saudável das  Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...Projeto  Alimento Saudável das  Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...
Projeto Alimento Saudável das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...Aleinat
 
Power point ednutri
Power point ednutriPower point ednutri
Power point ednutriLaura Cen
 
Horta bio pedagogica
Horta bio pedagogicaHorta bio pedagogica
Horta bio pedagogicablog4c
 

Semelhante a Slides htpc cozinha experimental (20)

Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentos
Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentosProjeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentos
Projeto de trabalho aproveitamento integral dos alimentos
 
Ativ 3 1-pitec-monica-zozima
Ativ 3 1-pitec-monica-zozimaAtiv 3 1-pitec-monica-zozima
Ativ 3 1-pitec-monica-zozima
 
Hábitos de Higiene e Alimentação
Hábitos de Higiene e AlimentaçãoHábitos de Higiene e Alimentação
Hábitos de Higiene e Alimentação
 
Alimentação saudável em casa
Alimentação saudável em casaAlimentação saudável em casa
Alimentação saudável em casa
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Semana da alimentacao
Semana da alimentacaoSemana da alimentacao
Semana da alimentacao
 
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
Projeto alimentação 2012   ji 304 norteProjeto alimentação 2012   ji 304 norte
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
 
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
Projeto alimentação 2012   ji 304 norteProjeto alimentação 2012   ji 304 norte
Projeto alimentação 2012 ji 304 norte
 
Isabel
IsabelIsabel
Isabel
 
Alimentação saudável-geci
 Alimentação saudável-geci Alimentação saudável-geci
Alimentação saudável-geci
 
Projeto sopa do neném
Projeto sopa do nenémProjeto sopa do neném
Projeto sopa do neném
 
Bonito é ser saudável
Bonito é ser saudávelBonito é ser saudável
Bonito é ser saudável
 
Horta caderno 4-1
Horta caderno 4-1Horta caderno 4-1
Horta caderno 4-1
 
Projeto Alimento Saudável das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...
Projeto  Alimento Saudável das  Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...Projeto  Alimento Saudável das  Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...
Projeto Alimento Saudável das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da Escola E...
 
Power point ednutri
Power point ednutriPower point ednutri
Power point ednutri
 
Kids4food - PMP
Kids4food - PMPKids4food - PMP
Kids4food - PMP
 
Kids4food institucional
Kids4food institucionalKids4food institucional
Kids4food institucional
 
Horta bio pedagogica
Horta bio pedagogicaHorta bio pedagogica
Horta bio pedagogica
 
Projeto alimentação saudável
Projeto alimentação saudávelProjeto alimentação saudável
Projeto alimentação saudável
 
Sequencia diatica 2013
Sequencia diatica 2013Sequencia diatica 2013
Sequencia diatica 2013
 

Mais de Luana Maria Ferreira Fernandes

1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho
1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho
1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho RamalhoLuana Maria Ferreira Fernandes
 
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-Luana Maria Ferreira Fernandes
 

Mais de Luana Maria Ferreira Fernandes (20)

1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho
1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho
1º encontro com a comunidade da E.M. Antonio Coelho Ramalho
 
Jornal da Yolanda
Jornal da YolandaJornal da Yolanda
Jornal da Yolanda
 
Sequência didática o circo
Sequência didática o circoSequência didática o circo
Sequência didática o circo
 
Boletim Informativo- Parceiros da Educação
Boletim Informativo- Parceiros da EducaçãoBoletim Informativo- Parceiros da Educação
Boletim Informativo- Parceiros da Educação
 
Congresso icloc
Congresso iclocCongresso icloc
Congresso icloc
 
Planos de aula- Projeto Escola democrática
Planos de aula- Projeto Escola democráticaPlanos de aula- Projeto Escola democrática
Planos de aula- Projeto Escola democrática
 
Práticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aulaPráticas e posturas na sala de aula
Práticas e posturas na sala de aula
 
Itens a serem observados na sondagem 2016
Itens a serem observados na sondagem 2016Itens a serem observados na sondagem 2016
Itens a serem observados na sondagem 2016
 
Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015Resumo das ações PNAIC 2015
Resumo das ações PNAIC 2015
 
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-
Reunião de diretores da Rede Municipal de Ibiúna- Dia 22/09/2015-
 
Homenagem ao Grupo de Gestores 2013
Homenagem ao Grupo de Gestores 2013Homenagem ao Grupo de Gestores 2013
Homenagem ao Grupo de Gestores 2013
 
Inscrições processo seletivo nº 01 2015- adi
Inscrições processo seletivo nº 01 2015- adiInscrições processo seletivo nº 01 2015- adi
Inscrições processo seletivo nº 01 2015- adi
 
Inscrição processo seletivo nº 01 2015 professor
Inscrição processo seletivo nº 01 2015 professorInscrição processo seletivo nº 01 2015 professor
Inscrição processo seletivo nº 01 2015 professor
 
Comunicados processo seletivo Ibiúna
Comunicados processo seletivo IbiúnaComunicados processo seletivo Ibiúna
Comunicados processo seletivo Ibiúna
 
Artigo copa do mundo e eleições 2014
Artigo copa do mundo e eleições 2014Artigo copa do mundo e eleições 2014
Artigo copa do mundo e eleições 2014
 
Htpc cultura africana
Htpc  cultura africanaHtpc  cultura africana
Htpc cultura africana
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Livro adivinha quanto te amo
Livro adivinha quanto te amo Livro adivinha quanto te amo
Livro adivinha quanto te amo
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Livro adivinha quanto te amo 1
Livro adivinha quanto te amo 1Livro adivinha quanto te amo 1
Livro adivinha quanto te amo 1
 

Slides htpc cozinha experimental

  • 2. Abertura • Apresentação do vídeo: Patati Patatá (música Comer Comer); • Socialização do vídeo: execução do coral.
  • 4. COZINHA EXPERIMENTAL • O objetivo geral desta atividade é desenvolver o hábito saudável de alimentação, além estimular o paladar para apreciação e degustação dos mais variados sabores. • Durante as aulas os alunos têm a oportunidade de fazer e experimentar alimentos que são produzidos por eles mesmos na horta da escola, assim como trabalhar com diferentes receitas que são sempre escolhidas pelo grupo, de acordo com cada realidade escolar e familiar. • As famílias também tem uma participação fundamental nesta atividade, pois sempre enviam e fazem sugestões de receitas práticas, saudáveis e diferentes para as aulas.
  • 5. • A cozinha experimental é uma aula muito divertida e diferente, onde o aluno pode explorar outro ambiente que não seja a sua sala de aula. O professor sempre vincula a receita a um conteúdo trabalhado ou uma data comemorativa. Trabalhamos diversas habilidades nesta atividade como: a socialização, saber dividir, quantidades e medidas, segurança com os utensílios e aparelhos da cozinha, sabores, alimentação saudável, entre outros. • A Cozinha Experimental é um projeto pedagógico na qual os alunos aprendem brincando e saboreando as delícias que fazem na culinária.
  • 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Despertar nas crianças o interesse pelo preparo de suas refeições; • Mostrar às crianças que alimentos saudáveis também podem ser saborosos; • Colocar os alunos em contato com os alimentos; • Ensinar às crianças noções de higiene necessárias para o preparo dos alimentos; • Ensinar aos alunos a necessidade da organização e disciplina na hora do preparo dos alimentos no refeitório; • Proporcionar um momento ao mesmo tempo prazeroso e saudável;
  • 7. • Demonstrar a importância do trabalho em equipe para o desenvolvimento das receitas; • Trabalhar de forma multidisciplinar diversos conteúdos escolares; • Elevar a autoestima do aluno (sentir-se útil ao preparar uma receita); • Trabalhar em equipe (aprender e respeitar as regras de convívio); • Aprender bons modos à mesa (mas nada substitui a família); • Transmitir a aprendizagem de sala de aula para os familiares; • Aprender a experimentar.
  • 8. Conceitos Atitudinais e Procedimentais
  • 9. Hábitos de Higiene • Ensinar e seguir algumas normas de segurança e higiene na preparação dos alimentos: • Lavar sempre as mãos com água e sabão; • Se tiver cabelos compridos, prenda-os (touca); • Utilizar avental;
  • 10. Leitura/Linguagem • Leitura e interpretação das receitas; • Melhorar a capacidade da criança em ler; • Melhorar vocabulário; • Dependendo da turma, trabalhar com singular e plural, aumentativo e diminutivo, verbos, substantivos, adjetivos (regras gramaticais), etc;
  • 11. Matemática • Trabalhar conceitos matemáticos: adição, subtração, multiplicação e divisão; • Fração (pizza); • Medidas (de massa, volume, capacidade, temperatura); • Sequenciar (o que vem em 1º, 2º, 3º, etc.); • Resolução de problemas; • Valor monetário;
  • 12. Ciências • Origem dos alimentos (animal, vegetal e mineral); • Estados físicos: gasoso, líquido e sólido; • Alterações dos alimentos durante o cozimento (ovo, legumes, etc.); • Desenvolver os 5 sentidos: paladar, tato, audição, visão e olfato; • Observar processos de fermentação, fervura, etc; • Trabalhar resíduos recicláveis e orgânicos; • Componentes dos alimentos industrializados (conservantes, acidulantes, corantes, etc.); • Data de fabricação, validade;
  • 13. História • Origem da receita: associar o período em que a receita foi criada com fatos históricos da época; • Como era a vida das pessoas que viviam naquele local (práticas, costumes, etc.); • Estudos sobre imigração a partir de uma receita de origem estrangeira; • Diferenças nos hábitos alimentares entre culturas (países e estados); •
  • 14. Geografia • Receitas típicas regionais (utilizar mapas e mostrar onde se localiza cada país, estados, etc.); • Geografia da região (tipo de solo, vegetação, hidrografia);
  • 15. Coordenação Motora • Proporcionar atividades como misturar, bater, picar, enrolar, abrir embalagens, etc, desenvolvem a coordenação motora;
  • 16. Outros pontos a serem trabalhados • Alimentação saudável; • Fast food X Saúde; • Poder nutritivo dos alimentos (vitaminas, carboidratos, gorduras, etc,); • Saúde (obesidade, anemia, anorexia);
  • 17. COMO PREPARAR AULAS DE CULINÁRIA •
  • 18. • Para alguns cozinhar é diversão, para outros é dever, mas para os alunos pode significar as duas coisas. As aulas de culinária, que mais parecem um momento de brincadeira, são na verdade uma hora de muita concentração e aprendizagem. Não são poucas as pré- escolas do país que oferecem a disciplina no currículo e esse número continua subindo.
  • 19. • A aula não começa só na hora de cozinhar. As aulas de culinária são uma espécie de ritual. "Os alunos participam de todas as etapas do processo e adoram. Começam com a elaboração da receita, passam pelo preparo e chegam até a degustação, parte mais esperada."
  • 20. 1. INGREDIENTES • Para as receitas saírem da maneira que coordenadores e professores planejam, é preciso que as crianças levem dois condimentos especiais: a criatividade e a responsabilidade.
  • 21. 2. MODO DE PREPARO • Cada série trabalha com sistemas diferentes de aulas e, consequentemente, diferentes desafios. Conforme as crianças vão crescendo são acrescentados outros elementos e exercícios que correspondam à faixa etária: • - 1 a 2 anos: Trabalham, basicamente, usando os cincos sentidos básicos do ser humano (tato, olfato, paladar, visão e audição) que, nessa fase, ainda não estão completamente desenvolvidos. - 3 a 4 anos: Começam a criar a pratica da leitura e fazem exercícios para exercitar a memória, tentando reconhecer os objetos utilizados na cozinha e testam misturas. - 5 a 6 anos: Fazem trabalhos teóricos - como livros de receitas -, desenvolvem receitas de culinária regional e estudam outras épocas por meio do que se comia nelas.
  • 22. 3. RECHEIO • As aulas possibilitam que os professores trabalhem de forma contextualizada a preparação de uma receita - da importância da higiene ao valor nutritivo dos alimentos. "Passamos para eles, na pratica, o que é importante na hora da alimentação, e eles correspondem a todas as nossas expectativas, até mesmo as dos pais". Os professores tentam aplicar conteúdos trabalhados em sala de aula na cozinha da escola. Alguns exemplos são: Português: Por meio das receitas e dos rótulos das embalagens, as crianças melhoram a leitura, a capacidade de interpretação e aprimoram o vocabulário. Matemática: Ajuda com conceitos de soma, subtração, divisão e multiplicação e jogos de estimativa e trabalha unidades de medidas (quantidade, tempo, temperatura, massa, entre outros).
  • 23. • Ciências: A utilização dos mais variados ingredientes ajuda a conhecer sua origem, os estados físicos de cada um deles e a diferença entre material orgânico e não orgânico. Geografia: Ainda em relação aos alimentos, pode-se estudar a região de onde vêm os alimentos - como o tipo de solo, clima e hidrografia. História: Estuda-se a cultura das regiões por meio de seus hábitos alimentares. Arte: ao modelar e imaginar novas formas de preparar os alimentos, completa e integra o trabalho.
  • 24. 4. COBERTURA • O ambiente descontraído e a presença dos amigos acabam despertando a curiosidade nas crianças, que não pensam duas vezes em experimentar e conhecer aquilo que estão preparando e que, possivelmente, nunca fizeram em casa por algum motivo. A diversão e a riqueza de conteúdo fazem o desenvolvimento e a alfabetização das crianças ser uma verdadeira delicia.
  • 25. Aula de Culinária na Prática • Prato do dia : • Sanduíche • Simulação real de execução de uma aula de culinária.
  • 26. Datas Comemorativas- Dia do Índio e Dia das Mães • Sugestões de trabalho aproveitando procedimentos de arte e culinária, arte musical, arte teatral e arte plástica. • Vídeo dos Indiozinhos (dramatização da música); • Painel da Música (artes plásticas); • Sugestão de chaveiros e porta chaves, para comemoração do Dia das Mães.
  • 27. Equipe de Preparação e Execução do HTPC de 16 e 17 de Abril de 2013 Educadoras: Eliete Dias Pedroso Iraci Pedroso Oliveira Luana Maria Ferreira Fernandes