SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
A sociologia e as teorias da comunicação Roberto Mosca Jr.
Introdução Sociologia e meios de comunicação de massa. Tecnologia da produção de bens materiais vs tecnologia dos meios comunicação. Mudança na relação das pessoas com o mundo e com as outras pessoas. (sujeito sociológico). Tecnologia ligada a produção simbólica: prensa manual (Gutemberg séc. - XVI) Fotografia (Daguerre - 1839). Telefone (Grambell - 1876).
Introdução Conhecimento passa a ser produzido, registrado, reproduzido e disseminado. Imprensa (prensa automatizada). Cultura em moldes industriais. Mensagens dirigidas a um público amplo, irrestrito e indiferenciado. Uso de tecnologia para para conquista de lucro e poder.
Introdução Sec. XIX: Primeiros jornais, telégrafo e linhas férreas. Relação agentes, lugares e fatos antes isolados, desconhecidos e inacessíveis, agora se aproximam no tempo e espaço. A informações antes ligadas ao contato direto e à linguagem oral quase sempre predominante, agora dispõem de outros suportes.
Introdução Transformação da visão de mundo e cultura dos grupos sociais. Não temos mais dimensões objetivas e naturais, mas sim representações construídas tecnologicamente. Ampliação do universo mediático.
O Advento da sociedade de massa Os camponeses chegavam às cidades, devido ao desenvolvimento da revolução industrial e da urbanização, em geral, perdiam as identidades familiares e regionais para, em um processo de permanente assimilação, transformarem-se em um complexo e amalgamado conjunto social caracterizado pela venda da força de trabalho e pelo impedimento de acesso ao conhecimento e informação cultural. As elites viam com desconfiança a população indiferenciada quanto a sexo, idade e origem, e passaram a denominá-la de massa.
A comunicação como mídia Mass Communication Researche (Pesquisa de comunicação de massa) Harold Lasswell Entender o funcionamento dos meios de comunicação de massa era importante para usá-lo a favor da democracia. Mídia enquanto arma de condução das massas Teoria “hipodérmica” (uso instantâneo e eficiente da mídia sobre a população). Orson Wells e Segunda Guerra Mundial.
A comunicação como informação Durante toda a primeira metade do século XX, predominava essa visão da comunicação como resultado de um processo tecnológico bem concebido do ponto de vista estratégico. Meio como suporte e não como forma expressiva. Feedback é o processo pelo qual um emissor pode controlar um processo de comunicação, por meio de mecanismos de resposta do receptor. Um dos exemplos mais conhecidos é o IBOPE, que vai informar o número de televisões ligados em determinado programa.
A Escola de Palo Alto ou a comunicação como interação A comunicação é a via pela qual as interações se dão de forma recíproca e em múltiplos sentidos, a partir de regras e códigos nem sempre evidentes.
A teoria crítica e a comunicação como indústria Em relação a comunicação pensava  a cultura mediática como nova forma de opressão ideológica e dominação da burguesia sobre as classes subalternas. Rejeitavam o conceito de cultura de massa. (não são produzidos pela massa e nem satisfazem suas necessidades). Nova forma de distribuição de uma cultura simbólica de baixa qualidade.
A teoria crítica e a comunicação como indústria Gosto cultural de segunda linha. Entretenimento de baixo custo. Produção maciça e seriada de bens simbólicos: Jornais, cinema e radio e televisão constituem sistemas de dominação. Apropriação do “tempo livre” do trabalhador. Happy end.
A teoria crítica e a comunicação como indústria As classes mais pobres, diante da racionalidade econômica e política da indústria cultural, só resta a subserviência e a passividade. Dominação cultural Primeira geração que se seguiram a escola de frankfurt: Habbermas, Jean Boudrillard e Guy Débord. (os meios de comunicação de massa estão presos a sistemas eficientes de exercício do poder econômico, social e político).
A comunicação como  cultura Cultural Studies(Birminghan/CCCS) Richard HoggartEdward Thompson, Stuart Hall. É o receptor que, com sua cultura subjetividade e contexto social no qual está imerso, estabelece o sentido de uma mensagem. Influência da escola de Chicago e da técnica da etnografia (pesquisa empírica). Conceito de hegemonia de Gramsci. História literária de George Lúkacs. Comunicação não possui uma racionalidade mecânica, mais sim uma complexidade e ambiguidade.
A comunicação como texto e contexto Metodologia hermenêutica (valorização do texto para entendimento das mensagens). Decifração de códigos, das regras e dos signos lingüísticos. Levi Strauss. Saussure Roland Barthes (procura entender o processo de criação de símbolos e de suas regras de combinação, que constituem sua gramática). Estudo da fotografia em a câmera clara.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesElizeu Nascimento Silva
 
Teoria funcionalista
Teoria funcionalistaTeoria funcionalista
Teoria funcionalistarodcassio
 
Panorama das Teorias das Comunicação
Panorama das Teorias das ComunicaçãoPanorama das Teorias das Comunicação
Panorama das Teorias das ComunicaçãoMarcelo Freire
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01Elizeu Nascimento Silva
 
Teoria Culturológica
Teoria CulturológicaTeoria Culturológica
Teoria Culturológicananasimao
 
Teoria crítica - teorias da comunicação
Teoria crítica - teorias da comunicaçãoTeoria crítica - teorias da comunicação
Teoria crítica - teorias da comunicaçãoLaércio Góes
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaElisama Lopes
 
Estudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicaçãoEstudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicaçãoLaércio Góes
 
Aula 02 Teoria Hipodérmica da Comunicação
Aula 02   Teoria Hipodérmica da ComunicaçãoAula 02   Teoria Hipodérmica da Comunicação
Aula 02 Teoria Hipodérmica da ComunicaçãoElizeu Nascimento Silva
 
Teoria crítica apresentação
Teoria crítica apresentaçãoTeoria crítica apresentação
Teoria crítica apresentaçãoPaulo Bastos
 
Paradigma midiológico
Paradigma midiológicoParadigma midiológico
Paradigma midiológicoLaércio Góes
 
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria CulturalMunis Pedro
 
Introdução à Teoria da ComunicaçãO
Introdução à Teoria da ComunicaçãOIntrodução à Teoria da ComunicaçãO
Introdução à Teoria da ComunicaçãOTaïs Bressane
 
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidades
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidadesSociologia Urbana e a vida nas grandes cidades
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidadesPaula Meyer Piagentini
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Edenilson Morais
 
Abordagem Empírica De Campo Efeitos Limitados
Abordagem Empírica De Campo Efeitos LimitadosAbordagem Empírica De Campo Efeitos Limitados
Abordagem Empírica De Campo Efeitos LimitadosValéria da Costa
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria culturalpacobr
 

Mais procurados (20)

Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
 
Teoria funcionalista
Teoria funcionalistaTeoria funcionalista
Teoria funcionalista
 
Panorama das Teorias das Comunicação
Panorama das Teorias das ComunicaçãoPanorama das Teorias das Comunicação
Panorama das Teorias das Comunicação
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
 
Teoria Culturológica
Teoria CulturológicaTeoria Culturológica
Teoria Culturológica
 
Teoria crítica - teorias da comunicação
Teoria crítica - teorias da comunicaçãoTeoria crítica - teorias da comunicação
Teoria crítica - teorias da comunicação
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
 
Estudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicaçãoEstudos culturais - teorias da comunicação
Estudos culturais - teorias da comunicação
 
Aula 02 Teoria Hipodérmica da Comunicação
Aula 02   Teoria Hipodérmica da ComunicaçãoAula 02   Teoria Hipodérmica da Comunicação
Aula 02 Teoria Hipodérmica da Comunicação
 
Teoria crítica apresentação
Teoria crítica apresentaçãoTeoria crítica apresentação
Teoria crítica apresentação
 
Paradigma midiológico
Paradigma midiológicoParadigma midiológico
Paradigma midiológico
 
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe AssunçãoATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
ATIVIDADE - INDÚSTRIA CULTURAL - Prof. Noe Assunção
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria cultural
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
Introdução à Teoria da ComunicaçãO
Introdução à Teoria da ComunicaçãOIntrodução à Teoria da ComunicaçãO
Introdução à Teoria da ComunicaçãO
 
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidades
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidadesSociologia Urbana e a vida nas grandes cidades
Sociologia Urbana e a vida nas grandes cidades
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
 
Agenda setting
Agenda settingAgenda setting
Agenda setting
 
Abordagem Empírica De Campo Efeitos Limitados
Abordagem Empírica De Campo Efeitos LimitadosAbordagem Empírica De Campo Efeitos Limitados
Abordagem Empírica De Campo Efeitos Limitados
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria cultural
 

Destaque

Destaque (20)

2º capítulo
2º capítulo2º capítulo
2º capítulo
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 
Teorias da comunicação
Teorias da  comunicaçãoTeorias da  comunicação
Teorias da comunicação
 
Ementa 2010 Sociologia Da Comunicacao
Ementa 2010 Sociologia Da ComunicacaoEmenta 2010 Sociologia Da Comunicacao
Ementa 2010 Sociologia Da Comunicacao
 
Comunicação em Massa
Comunicação em MassaComunicação em Massa
Comunicação em Massa
 
Comunicação de Massa
Comunicação de MassaComunicação de Massa
Comunicação de Massa
 
Prova de sociologia eo gabarito (1)
Prova de sociologia eo gabarito (1)Prova de sociologia eo gabarito (1)
Prova de sociologia eo gabarito (1)
 
Meios de comunicação
Meios de comunicaçãoMeios de comunicação
Meios de comunicação
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
 
Mediações e linguagens
Mediações e linguagensMediações e linguagens
Mediações e linguagens
 
Modulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no BrasilModulo 10 - As águas no Brasil
Modulo 10 - As águas no Brasil
 
Cap 16 comunicação
Cap 16   comunicaçãoCap 16   comunicação
Cap 16 comunicação
 
Bioética - 3° ano médio
Bioética - 3° ano médioBioética - 3° ano médio
Bioética - 3° ano médio
 
3º anos (Sociologia) Adolescentes e Drogas
3º anos (Sociologia) Adolescentes e Drogas3º anos (Sociologia) Adolescentes e Drogas
3º anos (Sociologia) Adolescentes e Drogas
 
Sociologia.
Sociologia.Sociologia.
Sociologia.
 
Meios de comunicação
Meios de comunicaçãoMeios de comunicação
Meios de comunicação
 
Formação das cidades estado
Formação das cidades estadoFormação das cidades estado
Formação das cidades estado
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
 
Estudos culturais
Estudos culturaisEstudos culturais
Estudos culturais
 
Modulo 09 - Hidrografia
Modulo 09 - HidrografiaModulo 09 - Hidrografia
Modulo 09 - Hidrografia
 

Semelhante a Cap.16: Sociologia da Comunicação

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdf
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdfTEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdf
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdfDulceMazer1
 
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showEpistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showclaudiocpaiva
 
Apresentação Martín-Barbero
Apresentação Martín-BarberoApresentação Martín-Barbero
Apresentação Martín-Barberomiraoli
 
Processo e mídia
Processo e mídiaProcesso e mídia
Processo e mídiaOzéas Lopes
 
Power point tce
Power point tcePower point tce
Power point tcerdrer
 
Power point tce
Power point tcePower point tce
Power point tcerdrer
 
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...Giovana S. Carlos
 
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showEpistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showclaudiocpaiva
 
Teoria Hipodermica
Teoria Hipodermica Teoria Hipodermica
Teoria Hipodermica nanasimao
 
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuais
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuaisMídia tática como conceito operativo nas artes visuais
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuaisNuvemArteeCrtica
 
A Mídia e a Modernidade
A Mídia e a ModernidadeA Mídia e a Modernidade
A Mídia e a ModernidadeTamelaG
 
Pós modernidade e os meios de comunicação
Pós modernidade e os meios de comunicaçãoPós modernidade e os meios de comunicação
Pós modernidade e os meios de comunicaçãoElaine Lima
 
éTica, estética e política na comunicação
éTica, estética e política na comunicaçãoéTica, estética e política na comunicação
éTica, estética e política na comunicaçãoJadisson Vaz
 
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, Eco
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, EcoAula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, Eco
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, EcoMarco Bonito
 
Teoria da comunicação resumo
Teoria da comunicação resumoTeoria da comunicação resumo
Teoria da comunicação resumoHein Comunicação
 

Semelhante a Cap.16: Sociologia da Comunicação (20)

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdf
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdfTEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdf
TEORIAS DA COMUNICAÇÃO aula 2.pptx.pdf
 
Teorias da comunição resumo teórico
Teorias da comunição resumo teóricoTeorias da comunição resumo teórico
Teorias da comunição resumo teórico
 
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showEpistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
 
Apresentação Martín-Barbero
Apresentação Martín-BarberoApresentação Martín-Barbero
Apresentação Martín-Barbero
 
Processo e mídia
Processo e mídiaProcesso e mídia
Processo e mídia
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Aulão prova
Aulão provaAulão prova
Aulão prova
 
Indústria cultural cultura de massa pdf
Indústria cultural cultura de massa   pdfIndústria cultural cultura de massa   pdf
Indústria cultural cultura de massa pdf
 
Power point tce
Power point tcePower point tce
Power point tce
 
Power point tce
Power point tcePower point tce
Power point tce
 
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...
Da Cultura De Massa à Cibercultura O Caso Do FenôMeno Da Cultura Pop Japonesa...
 
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data showEpistemologia da cultura midiática.ppt data show
Epistemologia da cultura midiática.ppt data show
 
Meios de comunicação
Meios de comunicaçãoMeios de comunicação
Meios de comunicação
 
Teoria Hipodermica
Teoria Hipodermica Teoria Hipodermica
Teoria Hipodermica
 
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuais
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuaisMídia tática como conceito operativo nas artes visuais
Mídia tática como conceito operativo nas artes visuais
 
A Mídia e a Modernidade
A Mídia e a ModernidadeA Mídia e a Modernidade
A Mídia e a Modernidade
 
Pós modernidade e os meios de comunicação
Pós modernidade e os meios de comunicaçãoPós modernidade e os meios de comunicação
Pós modernidade e os meios de comunicação
 
éTica, estética e política na comunicação
éTica, estética e política na comunicaçãoéTica, estética e política na comunicação
éTica, estética e política na comunicação
 
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, Eco
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, EcoAula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, Eco
Aula 08 - Paradigmas da comunicação - Alsina, Wolf, Eco
 
Teoria da comunicação resumo
Teoria da comunicação resumoTeoria da comunicação resumo
Teoria da comunicação resumo
 

Mais de roberto mosca junior

Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade   fordismo e toyotismoTrabalho e sociedade   fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismoroberto mosca junior
 
Cultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalCultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalroberto mosca junior
 
Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)roberto mosca junior
 
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoAula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoroberto mosca junior
 
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoAula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoroberto mosca junior
 
Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.roberto mosca junior
 
Aula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoAula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoroberto mosca junior
 
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisMosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisroberto mosca junior
 
Constituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilConstituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilroberto mosca junior
 
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDtexto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDroberto mosca junior
 

Mais de roberto mosca junior (20)

Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade   fordismo e toyotismoTrabalho e sociedade   fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
Cultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalCultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria cultural
 
Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)
 
Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01
 
Antropologia alteridade
Antropologia alteridadeAntropologia alteridade
Antropologia alteridade
 
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoAula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
 
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoAula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
 
RASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICORASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICO
 
Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.
 
Aula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoAula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminação
 
Revisão 3º tri
Revisão 3º triRevisão 3º tri
Revisão 3º tri
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Discussão doc. "Atrásdaporta"
Discussão doc. "Atrásdaporta"Discussão doc. "Atrásdaporta"
Discussão doc. "Atrásdaporta"
 
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisMosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
 
Etnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismoEtnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismo
 
Constituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilConstituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasil
 
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDtexto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Aula 25 09_14
Aula 25 09_14Aula 25 09_14
Aula 25 09_14
 

Cap.16: Sociologia da Comunicação

  • 1. A sociologia e as teorias da comunicação Roberto Mosca Jr.
  • 2. Introdução Sociologia e meios de comunicação de massa. Tecnologia da produção de bens materiais vs tecnologia dos meios comunicação. Mudança na relação das pessoas com o mundo e com as outras pessoas. (sujeito sociológico). Tecnologia ligada a produção simbólica: prensa manual (Gutemberg séc. - XVI) Fotografia (Daguerre - 1839). Telefone (Grambell - 1876).
  • 3. Introdução Conhecimento passa a ser produzido, registrado, reproduzido e disseminado. Imprensa (prensa automatizada). Cultura em moldes industriais. Mensagens dirigidas a um público amplo, irrestrito e indiferenciado. Uso de tecnologia para para conquista de lucro e poder.
  • 4. Introdução Sec. XIX: Primeiros jornais, telégrafo e linhas férreas. Relação agentes, lugares e fatos antes isolados, desconhecidos e inacessíveis, agora se aproximam no tempo e espaço. A informações antes ligadas ao contato direto e à linguagem oral quase sempre predominante, agora dispõem de outros suportes.
  • 5. Introdução Transformação da visão de mundo e cultura dos grupos sociais. Não temos mais dimensões objetivas e naturais, mas sim representações construídas tecnologicamente. Ampliação do universo mediático.
  • 6. O Advento da sociedade de massa Os camponeses chegavam às cidades, devido ao desenvolvimento da revolução industrial e da urbanização, em geral, perdiam as identidades familiares e regionais para, em um processo de permanente assimilação, transformarem-se em um complexo e amalgamado conjunto social caracterizado pela venda da força de trabalho e pelo impedimento de acesso ao conhecimento e informação cultural. As elites viam com desconfiança a população indiferenciada quanto a sexo, idade e origem, e passaram a denominá-la de massa.
  • 7. A comunicação como mídia Mass Communication Researche (Pesquisa de comunicação de massa) Harold Lasswell Entender o funcionamento dos meios de comunicação de massa era importante para usá-lo a favor da democracia. Mídia enquanto arma de condução das massas Teoria “hipodérmica” (uso instantâneo e eficiente da mídia sobre a população). Orson Wells e Segunda Guerra Mundial.
  • 8. A comunicação como informação Durante toda a primeira metade do século XX, predominava essa visão da comunicação como resultado de um processo tecnológico bem concebido do ponto de vista estratégico. Meio como suporte e não como forma expressiva. Feedback é o processo pelo qual um emissor pode controlar um processo de comunicação, por meio de mecanismos de resposta do receptor. Um dos exemplos mais conhecidos é o IBOPE, que vai informar o número de televisões ligados em determinado programa.
  • 9. A Escola de Palo Alto ou a comunicação como interação A comunicação é a via pela qual as interações se dão de forma recíproca e em múltiplos sentidos, a partir de regras e códigos nem sempre evidentes.
  • 10. A teoria crítica e a comunicação como indústria Em relação a comunicação pensava a cultura mediática como nova forma de opressão ideológica e dominação da burguesia sobre as classes subalternas. Rejeitavam o conceito de cultura de massa. (não são produzidos pela massa e nem satisfazem suas necessidades). Nova forma de distribuição de uma cultura simbólica de baixa qualidade.
  • 11. A teoria crítica e a comunicação como indústria Gosto cultural de segunda linha. Entretenimento de baixo custo. Produção maciça e seriada de bens simbólicos: Jornais, cinema e radio e televisão constituem sistemas de dominação. Apropriação do “tempo livre” do trabalhador. Happy end.
  • 12. A teoria crítica e a comunicação como indústria As classes mais pobres, diante da racionalidade econômica e política da indústria cultural, só resta a subserviência e a passividade. Dominação cultural Primeira geração que se seguiram a escola de frankfurt: Habbermas, Jean Boudrillard e Guy Débord. (os meios de comunicação de massa estão presos a sistemas eficientes de exercício do poder econômico, social e político).
  • 13. A comunicação como cultura Cultural Studies(Birminghan/CCCS) Richard HoggartEdward Thompson, Stuart Hall. É o receptor que, com sua cultura subjetividade e contexto social no qual está imerso, estabelece o sentido de uma mensagem. Influência da escola de Chicago e da técnica da etnografia (pesquisa empírica). Conceito de hegemonia de Gramsci. História literária de George Lúkacs. Comunicação não possui uma racionalidade mecânica, mais sim uma complexidade e ambiguidade.
  • 14. A comunicação como texto e contexto Metodologia hermenêutica (valorização do texto para entendimento das mensagens). Decifração de códigos, das regras e dos signos lingüísticos. Levi Strauss. Saussure Roland Barthes (procura entender o processo de criação de símbolos e de suas regras de combinação, que constituem sua gramática). Estudo da fotografia em a câmera clara.