Auto da Barca do Inferno
Caracterização das personagens 
• A primeira personagen que conta a história é o Anjo que divide o palco com o 
diabo com ...
• A segunda personagem que sofre julgamento é o Onzeneiro ambicioso. 
• Ao chegar á barca do inferno o diabo chama- lhe o ...
• A próxima alma a chegar é o Parvo. Desprovido de tudo, ele é recebido pelo 
Diabo, que tenta convencê-lo a entrar em sua...
• A outra personagem é o Sapateiro, que trás consigo todas as farramentas 
nesessárias para execução do seu trabalho (form...
• Acompanhado pela amante, a próxima personagem a entrar em cena é o Frade 
alegre, cantante e bom dançarino o frade veste...
• Depois do Frade, entra em cena Brísida Vaz, uma mistura de feiticeira com 
alcoveiteira. Ao ser recebida pelo Diabo era ...
• Ao saber qual era o destino do batel inferal, ela vai até á barca do Anjo, e com o 
discurso semelhante ao usado nas art...
• A próxima personagem que entra em cena é o Judeu, acompanhado pelo seu 
Bode, sibolo de judaismo. Ele dirige-se para o b...
• Depois do judeu, entra em cena o corregedor. Traz consigo vários autos 
(Processos) e pode ser comparado aos juízes atua...
A próxima personagem a entrar em cena é o Enforcado, que ainda traz no pescoço 
a corda usada no seu enforcamento. 
Ele ac...
As últimas personagens a entrar em sena são os quatro cavaleiros que morreram 
nas cruzadas em defesa do cristianismo. 
El...
Trabalho realizado por : 
João Afonso Veiga Pires 
Nº10 
8ºB
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Auto da barca do inferno

286 visualizações

Publicada em

l

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Auto da barca do inferno

  1. 1. Auto da Barca do Inferno
  2. 2. Caracterização das personagens • A primeira personagen que conta a história é o Anjo que divide o palco com o diabo com o seu companheiro. • Os dois ultimos estão muito eufóricos enquanto realizam os preparativos para a sua barca, pois sabem que ela paratirá repleta de almas. • As posturas assumidas pelo Anjo e pelo diabo acentuam ainda mais a tradicional oposisão entre Bem e Mal • As poucas falas fazem do Anjo uma figura quase estática e se contrapõe á alegria e a ironia do Diabo.
  3. 3. • A segunda personagem que sofre julgamento é o Onzeneiro ambicioso. • Ao chegar á barca do inferno o diabo chama- lhe o (meu parente). • Ao descobrir o destino do batel infernal, ele recusa-se a embarcar e vai até á barca da glória, mas o Anjo acosa-o de onzena (agiotagem) e não permite a sua entrada. • Condenando pela ganância, usura e avareza, retorna á barca do inferno e tenta convencer o Diabo a deixa-lo voltar ao mundo dos vivos para ir buscar o dinheiro que acumulou durante a sua vida. • Mas o Diabo não cede aos seus argumentos e ele acaba embarcando num batel infernal.
  4. 4. • A próxima alma a chegar é o Parvo. Desprovido de tudo, ele é recebido pelo Diabo, que tenta convencê-lo a entrar em sua barca. • Ao descobrir o destino do batel infernal, o parvo insulta o Diabo e vai até ao batel da glória. • Lá chegando, o parvo diz não ser ninguem e, por causa da sua Humildade e modéstia, a sua sentença é a glorificação.
  5. 5. • A outra personagem é o Sapateiro, que trás consigo todas as farramentas nesessárias para execução do seu trabalho (formas e avental). • Ao saber o destino da barca do inferno, ele recorre ao Anjo mas a sua tentativa é vâ e e ele é condenado por roubar o povo com o seu óficio durante 30 anos e pela sua falsidade religiosa.
  6. 6. • Acompanhado pela amante, a próxima personagem a entrar em cena é o Frade alegre, cantante e bom dançarino o frade veste-se com as tradicionais roupas sacerdotais e sobre elas, instromentos e roupas usadas pelos praticates de esgrima, de que ele se revela muito hábil . O frade indigna-se quando o diabo o convida a entrar na sua embarcação, pois acredita que seus pecados deviam ser perdoados, uma vez que ele é um representante da igreja. • Sempre acompanhado da amante, segue até ao batel da glória. Onde o Anjo não lhe dirije a palavra, cabendo ao parvo a tarefa de condenar o Frade a barca do inferno por seu falso moralismo religioso.
  7. 7. • Depois do Frade, entra em cena Brísida Vaz, uma mistura de feiticeira com alcoveiteira. Ao ser recebida pelo Diabo era declarada possuir muitas jóias e três arcas cheias de materiais usados em feitiçaria. • Mas o seu maior bem são (seiscentos virgos postiços). Com a palavra “Virgo” corresponde ao hímen, pode-se dizer que a alcoviteira Brízida Vaz prostituio 600 meninas virgens. No entanto, o adjetivo postiço dá margem á interpertação de que as moças não eras virgens e Brízida Vas enganou 600 Homens.
  8. 8. • Ao saber qual era o destino do batel inferal, ela vai até á barca do Anjo, e com o discurso semelhante ao usado nas artes da sedução, tenta convencer o Anjo a deixa-la embarcar. Mas nessa tentativa é inútil pois ela é condenada á barca do inferno pela pratica de feitiçaria, de prostituição por alcovitagem.
  9. 9. • A próxima personagem que entra em cena é o Judeu, acompanhado pelo seu Bode, sibolo de judaismo. Ele dirige-se para o batel infernal e até ao mesmo diabo, que sempre mostrou-se muito desejo por almas, se recusa a levá-lo. O judeu tenta subornar o diabo, mas esse, pertexto de não levar bode em sua barca, aconselha-o a procurar outra barca. O judeu então tenta aproximar-se do Anjo, mas o parvo acusa-o de ter desrespeitado o cristianismo. • O Diabo acaba por levar o judeu e o bode rebocados na sua barca, pois ( Muim ruim pessoa ).
  10. 10. • Depois do judeu, entra em cena o corregedor. Traz consigo vários autos (Processos) e pode ser comparado aos juízes atuais. Ao ser convidado a embarcar no batel infernal ele começa a argumentar em sua defesa. • No meio da coversação, chega o procurador, trazendo consigo vários livros. Ao ser convidado a embarcar, ele também se recusa e os dois representantes do judiciário conversão sobre os crimes que cometeram juntos e seguem para a barca da glória. • Ao chegarem, o Anjo, ajudado pelo parvo, não permite que eles embarquem, condenando-os ao batel infernal por usarem o poder do judiciario em beneficio próprio.
  11. 11. A próxima personagem a entrar em cena é o Enforcado, que ainda traz no pescoço a corda usada no seu enforcamento. Ele acredita que a morte na forca o redime dos seus pecados, mas isso não ocorre e ele é condenado.
  12. 12. As últimas personagens a entrar em sena são os quatro cavaleiros que morreram nas cruzadas em defesa do cristianismo. Eles passam, cantando, pelo batel infernal,o diabo convida-os a entrar, mas eles seguem em direção do batel da glorificação, onde são recebidos pelo Anjo. O facto de morrer a lutar pelo cristianismo garante a essas personagens uma espécie de passaporte da salvação.
  13. 13. Trabalho realizado por : João Afonso Veiga Pires Nº10 8ºB

×