SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Propriedade Privada
Definição
●
Propriedade Privada: direito de usar e dispor, de modo
exclusivo, de uma determinada coisa.
Analogia de Rousseau
●
"O primeiro homem que, depois de cercar um pedaço de terra,
atreveu-se a dizer: 'isto é meu' e encontrou gente simples o
suficiente para acreditar nele, é o real fundador da sociedade
civil'. Quantos crimes, guerras, assassinatos, quantas misérias
e horrores à raça humana poderiam ter sido evitados se
alguém diante daquela cerca, tivesse gritado para seus
companheiros: 'cuidado com este impostor; vocês estarão
perdidos se esquecerem que os frutos da terra pertencem a
todos e que a terra não pertence a ninguém!'"
Qual a diferença entre
propriedade
privada e posse?
●
Muitas coisas podem ser consideradas como propriedade
privada ou posse dependendo da forma como são
usadas. Por exemplo, uma casa onde alguém vive é uma
posse, mas se é alugada para outro visando lucro torna-
se propriedade. Da mesma forma, se alguém utiliza uma
carpintaria como auto-emprego, trata-se de uma posse,
mas se utiliza empregados assalariados visando obter
lucro para si, é propriedade.
Por que a propriedade gera
exploração?
●
Para responder esta questão, vamos considerar o domínio
das "máquinas e equipamentos" de produção. Dessa
forma, o patrão "dá um trabalho a você: que é a permissão
para que você possa trabalhar na fábrica que não foi
construída por ele mas por outros trabalhadores como
você. E diante dessa permissão você o apoia . . . ao
mesmo tempo em que trabalha para ele"
●
Portanto, a propriedade gera exploração porque ela
conduz a um excedente que é monopolizado pelo dono.
●
E como ocorre em qualquer sistema hierárquico, aqueles
que detém o poder o usam para proteger e promover seus
próprios interesses às custas dos outros
Questão de Vestibular
1 – (PUC-PR) "O verdadeiro fundador da sociedade civil foi o primeiro
que, tendo cercado um terreno, lembrou-se de dizer isto é meu e
encontrou pessoas suficientemente simples para acreditá-lo".
Levando em conta a principal idéia que Rousseau quer transmitir
com essa afirmação, assinale a alternativa VERDADEIRA:
a) A propriedade privada, já existente antes da sociedade civil, trouxe a
possibilidade de melhor organização entre os indivíduos e,
conseqüentemente, facilitou sua convivência.
b) A propriedade privada é um direito natural fundado no trabalho.
c) A expressão "isto é meu" da frase de Rousseau quer mostrar que
naturalmente o homem anseia por propriedade privada.
d) A sociedade civil tem sua origem na propriedade privada que, junto
consigo, trouxe os principais problemas entre os homens.
e) O fundador da sociedade civil era um pensador grego que tinha
grande capacidade de persuasão.
O HOMEM (MAN by Steve Cutts) [Full HD]-1.mp4
Atividade – Propriedade Privada
• 1 - Qual a diferença entre propriedade privada e posse?
• 2 - Segundo a analogia de Jean-Jacques Rousseau, como
surgiu a propriedade privada?
• 3 - A propriedade privada necessita ser mantida, ou
devemos procurar outra maneira de viver em sociedade?
Justifique.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesLeandro Nazareth Souto
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razãoElizeu Nascimento Silva
 
6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slideErica Frau
 
Aula 1 iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...
Aula 1   iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...Aula 1   iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...
Aula 1 iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...Prof. Noe Assunção
 
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
Artigo 5º Da  ConstituiçãO  FederalArtigo 5º Da  ConstituiçãO  Federal
Artigo 5º Da ConstituiçãO FederalDouglas Mendonça
 
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesDiego Sampaio
 
Renascimento - Filosofia
Renascimento - FilosofiaRenascimento - Filosofia
Renascimento - FilosofiaCarson Souza
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Nefer19
 
Santo Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaSanto Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaLeandrocesarcn
 
Filosofia da-linguagem-3ano
Filosofia da-linguagem-3anoFilosofia da-linguagem-3ano
Filosofia da-linguagem-3anoEuna Machado
 

Mais procurados (20)

Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
 
Utilitarismo
UtilitarismoUtilitarismo
Utilitarismo
 
6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide6 idealismo dialetico hegel slide
6 idealismo dialetico hegel slide
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Filosofia Medieval
Filosofia MedievalFilosofia Medieval
Filosofia Medieval
 
Aula 1 iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...
Aula 1   iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...Aula 1   iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...
Aula 1 iniciação a antropologia filosofica - o que é o ser humano - Prof. N...
 
Teorias do conhecimento
Teorias do conhecimentoTeorias do conhecimento
Teorias do conhecimento
 
Natureza e Cultura
Natureza e CulturaNatureza e Cultura
Natureza e Cultura
 
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
Artigo 5º Da  ConstituiçãO  FederalArtigo 5º Da  ConstituiçãO  Federal
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
 
Racionalismo x Empirismo
Racionalismo x EmpirismoRacionalismo x Empirismo
Racionalismo x Empirismo
 
Democracia
DemocraciaDemocracia
Democracia
 
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Renascimento - Filosofia
Renascimento - FilosofiaRenascimento - Filosofia
Renascimento - Filosofia
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
Santo Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a PatrísticaSanto Agostinho e a Patrística
Santo Agostinho e a Patrística
 
Filosofia da-linguagem-3ano
Filosofia da-linguagem-3anoFilosofia da-linguagem-3ano
Filosofia da-linguagem-3ano
 
Schopenhauer: a vontade irrracional
Schopenhauer: a vontade irrracionalSchopenhauer: a vontade irrracional
Schopenhauer: a vontade irrracional
 

Semelhante a Propriedade Privada: Direito e Exploração

Prof demetrio melo propriedade fundiária
Prof demetrio melo   propriedade fundiáriaProf demetrio melo   propriedade fundiária
Prof demetrio melo propriedade fundiáriaDeto - Geografia
 
Do contrato social jean jacques rousseau
Do contrato social   jean jacques rousseauDo contrato social   jean jacques rousseau
Do contrato social jean jacques rousseauAndreRodrigues89
 
Do contrato social jean jacques rousseau
Do contrato social   jean jacques rousseauDo contrato social   jean jacques rousseau
Do contrato social jean jacques rousseauAndreRodrigues89
 
Palestra xlii econtro nacional - 2015 luiz egon
Palestra   xlii econtro nacional - 2015 luiz egonPalestra   xlii econtro nacional - 2015 luiz egon
Palestra xlii econtro nacional - 2015 luiz egonIRIB
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauAlison Nunes
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos HumanosCatarina
 
4 - Contratualistas (1).pptx
4 - Contratualistas (1).pptx4 - Contratualistas (1).pptx
4 - Contratualistas (1).pptxMarcilon De Souza
 
Direito ao respeito e à dignidade
Direito ao respeito e à dignidadeDireito ao respeito e à dignidade
Direito ao respeito e à dignidadeJoão Silva
 
Jean-Jacques Rousseau
Jean-Jacques RousseauJean-Jacques Rousseau
Jean-Jacques RousseauDanyellaL
 
A propriedade-e-um-roubo-proudhon
A propriedade-e-um-roubo-proudhonA propriedade-e-um-roubo-proudhon
A propriedade-e-um-roubo-proudhonmoratonoise
 
Liberdade, propriedade, fraternidade
Liberdade, propriedade, fraternidadeLiberdade, propriedade, fraternidade
Liberdade, propriedade, fraternidadeWilton Moretto
 
Piratas explicando a-propriedade-pdf
Piratas explicando a-propriedade-pdfPiratas explicando a-propriedade-pdf
Piratas explicando a-propriedade-pdfFrancisco Amado
 
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade Intelectual
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade IntelectualNatureza Jurídica dos Direitos de Propriedade Intelectual
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade IntelectualDenis Barbosa
 
Jusnaturalismo 3
Jusnaturalismo 3Jusnaturalismo 3
Jusnaturalismo 3Allan Jacks
 

Semelhante a Propriedade Privada: Direito e Exploração (20)

Prof demetrio melo propriedade fundiária
Prof demetrio melo   propriedade fundiáriaProf demetrio melo   propriedade fundiária
Prof demetrio melo propriedade fundiária
 
Do contrato social jean jacques rousseau
Do contrato social   jean jacques rousseauDo contrato social   jean jacques rousseau
Do contrato social jean jacques rousseau
 
Do contrato social jean jacques rousseau
Do contrato social   jean jacques rousseauDo contrato social   jean jacques rousseau
Do contrato social jean jacques rousseau
 
Jean jacques rousseau
Jean jacques rousseauJean jacques rousseau
Jean jacques rousseau
 
Palestra xlii econtro nacional - 2015 luiz egon
Palestra   xlii econtro nacional - 2015 luiz egonPalestra   xlii econtro nacional - 2015 luiz egon
Palestra xlii econtro nacional - 2015 luiz egon
 
Jean Jacques Rousseau
Jean Jacques RousseauJean Jacques Rousseau
Jean Jacques Rousseau
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Rosseau
RosseauRosseau
Rosseau
 
4 - Contratualistas (1).pptx
4 - Contratualistas (1).pptx4 - Contratualistas (1).pptx
4 - Contratualistas (1).pptx
 
Direito ao respeito e à dignidade
Direito ao respeito e à dignidadeDireito ao respeito e à dignidade
Direito ao respeito e à dignidade
 
Jean-Jacques Rousseau
Jean-Jacques RousseauJean-Jacques Rousseau
Jean-Jacques Rousseau
 
A propriedade-e-um-roubo-proudhon
A propriedade-e-um-roubo-proudhonA propriedade-e-um-roubo-proudhon
A propriedade-e-um-roubo-proudhon
 
Liberdade, propriedade, fraternidade
Liberdade, propriedade, fraternidadeLiberdade, propriedade, fraternidade
Liberdade, propriedade, fraternidade
 
Rosseau
RosseauRosseau
Rosseau
 
Piratas explicando a-propriedade-pdf
Piratas explicando a-propriedade-pdfPiratas explicando a-propriedade-pdf
Piratas explicando a-propriedade-pdf
 
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade Intelectual
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade IntelectualNatureza Jurídica dos Direitos de Propriedade Intelectual
Natureza Jurídica dos Direitos de Propriedade Intelectual
 
O que deve ser feito
O que deve ser feitoO que deve ser feito
O que deve ser feito
 
Jusnaturalismo 3
Jusnaturalismo 3Jusnaturalismo 3
Jusnaturalismo 3
 
A DOUTRINA DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE
A DOUTRINA DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADEA DOUTRINA DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE
A DOUTRINA DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE
 
Jean jacques rousseau
Jean jacques rousseauJean jacques rousseau
Jean jacques rousseau
 

Mais de João Marcelo

A Idade Média e o Feudalismo
A Idade Média e o FeudalismoA Idade Média e o Feudalismo
A Idade Média e o FeudalismoJoão Marcelo
 
Plano de curso sociologia 1 ano
Plano de curso  sociologia 1 anoPlano de curso  sociologia 1 ano
Plano de curso sociologia 1 anoJoão Marcelo
 
Plano de curso historia 1 ano 2015
Plano de curso   historia 1 ano 2015Plano de curso   historia 1 ano 2015
Plano de curso historia 1 ano 2015João Marcelo
 
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do Brasil
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do BrasilProjeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do Brasil
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do BrasilJoão Marcelo
 
Relatório de estagio
Relatório de estagioRelatório de estagio
Relatório de estagioJoão Marcelo
 
Interpretação de imagens
Interpretação de imagensInterpretação de imagens
Interpretação de imagensJoão Marcelo
 
Racionalismo (revisão)
Racionalismo (revisão)Racionalismo (revisão)
Racionalismo (revisão)João Marcelo
 
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)João Marcelo
 
Geografia - Os climas do brasil
Geografia - Os climas do brasilGeografia - Os climas do brasil
Geografia - Os climas do brasilJoão Marcelo
 
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)João Marcelo
 
Grécia antiga - Revisão com imagens
Grécia antiga - Revisão com imagensGrécia antiga - Revisão com imagens
Grécia antiga - Revisão com imagensJoão Marcelo
 
Resumo - Uma viagem pela história do Brasil
Resumo - Uma viagem pela história do BrasilResumo - Uma viagem pela história do Brasil
Resumo - Uma viagem pela história do BrasilJoão Marcelo
 
Globalização, indústria cultural e consumismo
Globalização, indústria cultural e consumismoGlobalização, indústria cultural e consumismo
Globalização, indústria cultural e consumismoJoão Marcelo
 
Independencia do Brasil
Independencia do BrasilIndependencia do Brasil
Independencia do BrasilJoão Marcelo
 
Vinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasilVinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasilJoão Marcelo
 
Religião e cultura no brasil colonial
Religião e cultura no brasil colonialReligião e cultura no brasil colonial
Religião e cultura no brasil colonialJoão Marcelo
 
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...João Marcelo
 

Mais de João Marcelo (20)

A Idade Média e o Feudalismo
A Idade Média e o FeudalismoA Idade Média e o Feudalismo
A Idade Média e o Feudalismo
 
Plano de curso sociologia 1 ano
Plano de curso  sociologia 1 anoPlano de curso  sociologia 1 ano
Plano de curso sociologia 1 ano
 
Plano de curso historia 1 ano 2015
Plano de curso   historia 1 ano 2015Plano de curso   historia 1 ano 2015
Plano de curso historia 1 ano 2015
 
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do Brasil
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do BrasilProjeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do Brasil
Projeto de pesquisa - Os Impactos causados pela Independência do Brasil
 
Relatório de estagio
Relatório de estagioRelatório de estagio
Relatório de estagio
 
Interpretação de imagens
Interpretação de imagensInterpretação de imagens
Interpretação de imagens
 
Racionalismo (revisão)
Racionalismo (revisão)Racionalismo (revisão)
Racionalismo (revisão)
 
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)
Revisão - Filosofia 1 ano (2º Bimestre)
 
Geografia - Os climas do brasil
Geografia - Os climas do brasilGeografia - Os climas do brasil
Geografia - Os climas do brasil
 
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)
Revisão – filosofia 2º bimestre (3º Ano)
 
Grécia antiga - Revisão com imagens
Grécia antiga - Revisão com imagensGrécia antiga - Revisão com imagens
Grécia antiga - Revisão com imagens
 
Resumo - Uma viagem pela história do Brasil
Resumo - Uma viagem pela história do BrasilResumo - Uma viagem pela história do Brasil
Resumo - Uma viagem pela história do Brasil
 
Globalização, indústria cultural e consumismo
Globalização, indústria cultural e consumismoGlobalização, indústria cultural e consumismo
Globalização, indústria cultural e consumismo
 
Independencia do Brasil
Independencia do BrasilIndependencia do Brasil
Independencia do Brasil
 
Ideologia
IdeologiaIdeologia
Ideologia
 
Vinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasilVinda da família real para o brasil
Vinda da família real para o brasil
 
Lógica
LógicaLógica
Lógica
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Religião e cultura no brasil colonial
Religião e cultura no brasil colonialReligião e cultura no brasil colonial
Religião e cultura no brasil colonial
 
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...
Eros, Tânatos, Id, Ego, Superego, Freud...
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 

Propriedade Privada: Direito e Exploração

  • 2. Definição ● Propriedade Privada: direito de usar e dispor, de modo exclusivo, de uma determinada coisa.
  • 3. Analogia de Rousseau ● "O primeiro homem que, depois de cercar um pedaço de terra, atreveu-se a dizer: 'isto é meu' e encontrou gente simples o suficiente para acreditar nele, é o real fundador da sociedade civil'. Quantos crimes, guerras, assassinatos, quantas misérias e horrores à raça humana poderiam ter sido evitados se alguém diante daquela cerca, tivesse gritado para seus companheiros: 'cuidado com este impostor; vocês estarão perdidos se esquecerem que os frutos da terra pertencem a todos e que a terra não pertence a ninguém!'"
  • 4.
  • 5. Qual a diferença entre propriedade privada e posse? ● Muitas coisas podem ser consideradas como propriedade privada ou posse dependendo da forma como são usadas. Por exemplo, uma casa onde alguém vive é uma posse, mas se é alugada para outro visando lucro torna- se propriedade. Da mesma forma, se alguém utiliza uma carpintaria como auto-emprego, trata-se de uma posse, mas se utiliza empregados assalariados visando obter lucro para si, é propriedade.
  • 6.
  • 7. Por que a propriedade gera exploração? ● Para responder esta questão, vamos considerar o domínio das "máquinas e equipamentos" de produção. Dessa forma, o patrão "dá um trabalho a você: que é a permissão para que você possa trabalhar na fábrica que não foi construída por ele mas por outros trabalhadores como você. E diante dessa permissão você o apoia . . . ao mesmo tempo em que trabalha para ele"
  • 8. ● Portanto, a propriedade gera exploração porque ela conduz a um excedente que é monopolizado pelo dono. ● E como ocorre em qualquer sistema hierárquico, aqueles que detém o poder o usam para proteger e promover seus próprios interesses às custas dos outros
  • 9.
  • 10. Questão de Vestibular 1 – (PUC-PR) "O verdadeiro fundador da sociedade civil foi o primeiro que, tendo cercado um terreno, lembrou-se de dizer isto é meu e encontrou pessoas suficientemente simples para acreditá-lo". Levando em conta a principal idéia que Rousseau quer transmitir com essa afirmação, assinale a alternativa VERDADEIRA: a) A propriedade privada, já existente antes da sociedade civil, trouxe a possibilidade de melhor organização entre os indivíduos e, conseqüentemente, facilitou sua convivência. b) A propriedade privada é um direito natural fundado no trabalho. c) A expressão "isto é meu" da frase de Rousseau quer mostrar que naturalmente o homem anseia por propriedade privada. d) A sociedade civil tem sua origem na propriedade privada que, junto consigo, trouxe os principais problemas entre os homens. e) O fundador da sociedade civil era um pensador grego que tinha grande capacidade de persuasão.
  • 11. O HOMEM (MAN by Steve Cutts) [Full HD]-1.mp4
  • 12. Atividade – Propriedade Privada • 1 - Qual a diferença entre propriedade privada e posse? • 2 - Segundo a analogia de Jean-Jacques Rousseau, como surgiu a propriedade privada? • 3 - A propriedade privada necessita ser mantida, ou devemos procurar outra maneira de viver em sociedade? Justifique.