As Epístolas Gerais
Estudo 07
Os perigos da
doutrina equivocada
Expectativas da
vida cristã
Texto bíblico
2Pedro 2 e 3
Tex...
Introdução (I)
Depois de ter escrito
no primeiro capítulo
sobre as bênçãos da
vida cristã, o
apóstolo vai se voltar
agora ...
Introdução (II)
Épocas de
efervescência
religiosa suscitam
sempre o
aparecimento de
muitos pretensos
guias espirituais. A
...
Introdução (III)
Sempre foi e será
assim. Paulo chamou
atenção para o
problema em diversos
escritos seus. João
vai fazer a...
Introdução (IV)
Como está
encerrando a carta,
no capítulo 3, o
último, ele se volta
então para um outro
assunto palpitante...
Parte 1 – 2Pe 2.1-5
O cuidado com os
falsos líderes
religiosos deve ser
uma preocupação da
igreja de Cristo. A
igreja deve...
“Mas houve também entre o povo falsos
profetas, como entre vós haverá falsos
mestres, os quais introduzirão
encobertamente...
Parte 2 – 2Pe 2.6-11
O sentimento do
crente com o pecado
que grassa no mundo.
Qual a sua reação?
Achamos que é assim
mesmo...
“E se livrou o justo Ló, atribulado pela
vida dissoluta daqueles perversos (porque
este justo, habitando entre eles, por v...
Parte 3-2Pe 2.12-17
O perfil que Pedro
traça destes falsos
mestres é triste e
contundente. Pode
ser que alguns deles
não t...
“Estes são fontes sem água, névoas levadas
por uma tempestade, para os quais está
reservado o negrume das trevas: Criatura...
Parte 4-2Pe 2.18-22
Pedro traça agora
um perfil do estado
espiritual destes
falsos líderes. Suas
palavras são fortes e
sev...
“Porque falando palavras arrogantes de
vaidade... Engodam com dissoluções...
Prometem liberdade... Mas são escravos da
cor...
Parte 5 - 2Pe 3.1-7
Pedro muda então o
enfoque. Já falou
bastante sobre o
falso mestre. Vamos
deixar este assunto e
passar...
“... Nos últimos dias virão escarnecedores
com zombaria... Dizendo: Onde está a
promessa de sua vinda? Porque desde que
os...
Parte 6 - 2Pe 3.8-13
Pedro então vai
“bater o martelo”.
Ele ouviu o Senhor
falar sobre isto...
Ouviu seu sermão
profético....
“Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa;
que um dia para o Senhor é como mil anos;
e mil anos como um dia... O Senhor não...
Parte 7-2Pe 3.14-18
Pedro então, faz o
desafio da vida cristã
em face desta espera.
Como viver esta
expectativa de maneira...
“Uma vez que todas estas coisas hão de
ser assim dissolvidas, que pessoas não
deveis ser em santidade e piedade?...
Ele me...
Conclusão
1.Você tem tido
cuidado com a
influência de
falsos guias?
2. Você tem
firmado sua
vida espiritual
na sã doutrina...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os Perigos da Doutrina Equivocada – As Expectativas da Vida Cristã

1.878 visualizações

Publicada em

Estudo 07 - As Epistoloas Gerais II

Publicada em: Espiritual, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os Perigos da Doutrina Equivocada – As Expectativas da Vida Cristã

  1. 1. As Epístolas Gerais Estudo 07 Os perigos da doutrina equivocada Expectativas da vida cristã Texto bíblico 2Pedro 2 e 3 Texto áureo: 2Pe 3.9
  2. 2. Introdução (I) Depois de ter escrito no primeiro capítulo sobre as bênçãos da vida cristã, o apóstolo vai se voltar agora para um perigo que estava a rondar as igrejas de Cristo naquela época. Parece-nos que seus escritos são atuais.
  3. 3. Introdução (II) Épocas de efervescência religiosa suscitam sempre o aparecimento de muitos pretensos guias espirituais. A nova do Evangelho causou este impacto em certos locais onde chegou.
  4. 4. Introdução (III) Sempre foi e será assim. Paulo chamou atenção para o problema em diversos escritos seus. João vai fazer a mesma coisa em suas cartas. E Pedro, dedica o segundo capítulo desta sua carta a este assunto.
  5. 5. Introdução (IV) Como está encerrando a carta, no capítulo 3, o último, ele se volta então para um outro assunto palpitante para a sua e a nossa época: a expectativa cristã da volta do Senhor Jesus!
  6. 6. Parte 1 – 2Pe 2.1-5 O cuidado com os falsos líderes religiosos deve ser uma preocupação da igreja de Cristo. A igreja deve ter firmeza doutrinária para não se deixar envolver pelas “heresias destruidoras”.
  7. 7. “Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente, heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou...” “Tantos quantos causam divisões, criando denominações e erigindo para si mesmos pequenos reinos, difamando a outros em suas prédicas... são heréticos”.
  8. 8. Parte 2 – 2Pe 2.6-11 O sentimento do crente com o pecado que grassa no mundo. Qual a sua reação? Achamos que é assim mesmo... Que não há o que fazer... O mundo nos impõe tais práticas e nós vamos nos acostumando a ver, ouvir e praticar.
  9. 9. “E se livrou o justo Ló, atribulado pela vida dissoluta daqueles perversos (porque este justo, habitando entre eles, por ver e ouvir, afligia todos os dias a sua alma justa com as injustas obras deles”... O que nos deve chamar a atenção é o fato de Ló afligir-se com o pecado que era praticado à sua volta. Será que hoje nos “afligimos” com o que vemos e ouvimos de pecado?
  10. 10. Parte 3-2Pe 2.12-17 O perfil que Pedro traça destes falsos mestres é triste e contundente. Pode ser que alguns deles não tivessem todas essas medonhas qualidades, mas algumas delas sempre teriam e têm hoje ainda.
  11. 11. “Estes são fontes sem água, névoas levadas por uma tempestade, para os quais está reservado o negrume das trevas: Criaturas irracionais; blasfemam do que não entendem; perecem na sua corrupção; receberão a paga de sua injustiça; têm prazer em deleites à luz do dia; deleitam-se em suas dissimulações; têm os olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecar; engodam as almas inconstantes; têm um coração exercitado para a ganância; deixaram o caminho direito”.
  12. 12. Parte 4-2Pe 2.18-22 Pedro traça agora um perfil do estado espiritual destes falsos líderes. Suas palavras são fortes e severas. Mas se isto já acontecia no passado bíblico, infelizmente, tem se repetido também nos tempos presentes.
  13. 13. “Porque falando palavras arrogantes de vaidade... Engodam com dissoluções... Prometem liberdade... Mas são escravos da corrupção... Depois de terem escapado da corrupção... Ficam nelas de novo envolvidos...” Pastor Jim na década de 80... Evangelista mundialmente famoso, pego em adultério... Um casal líder de uma igreja renovada preso por “falsidade ideológica”... Grupos religiosos na mira da Receita Federal... Não é esta a realidade atual deles?...
  14. 14. Parte 5 - 2Pe 3.1-7 Pedro muda então o enfoque. Já falou bastante sobre o falso mestre. Vamos deixar este assunto e passar para outro mais importante e significativo: a expectativa cristã da volta do Senhor Jesus!
  15. 15. “... Nos últimos dias virão escarnecedores com zombaria... Dizendo: Onde está a promessa de sua vinda? Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação” A intenção era nitidamente de desacreditar a esperança cristã... A mensagem evangelizadora perderia então a sua finalidade, pois não haveria necessidade da redenção do homem.
  16. 16. Parte 6 - 2Pe 3.8-13 Pedro então vai “bater o martelo”. Ele ouviu o Senhor falar sobre isto... Ouviu seu sermão profético. Ouviu seu sermão escatológico. Estava ao lado dos discípulos quando Jesus lhes falou sobre o tempo de Deus.
  17. 17. “Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa; que um dia para o Senhor é como mil anos; e mil anos como um dia... O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a tenham como tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se”. Será que nos dias de hoje vivemos em função desta expectativa? Ou será que estamos como os críticos do passado, “desligados” disto?
  18. 18. Parte 7-2Pe 3.14-18 Pedro então, faz o desafio da vida cristã em face desta espera. Como viver esta expectativa de maneira correta e positiva? Passivos, estagnados em nosso viver? Ou crescentes e atuantes aguardando com fé a volta do Senhor?
  19. 19. “Uma vez que todas estas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas não deveis ser em santidade e piedade?... Ele mesmo responde: ... Aguardando e desejando ardentemente a vinda do dia do Senhor... Os novos céus e a nova terra... Vivendo diligentemente para ser achado por ele, imaculado e irrepreensível em paz... Crescendo na graça e no conhecimento do nosso Senhor Jesus Cristo”.
  20. 20. Conclusão 1.Você tem tido cuidado com a influência de falsos guias? 2. Você tem firmado sua vida espiritual na sã doutrina da Palavra de Deus? 3.Você cresce em espírito? 4. Você se aflige com o pecado em volta? 5.Você vive a expectativa da volta de Cristo? 6. E, como você vive esta expectativa da vida eterna? Pense e responda!

×