SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO

                                                2011/2012



          Registo Atividade em Aula – História, Arte e Criatividade
Título/Tema do trabalho: “O Carro de Apolo” – Museu Soares dos Reis

Unidade/Subunidade: Designação da Unidade/Subunidade Didática (se aplicável):
Tema B – A Herança do Mediterrâneo Antigo. O Mundo Romano no Apogeu do Império.
Religião e Escultura

Destinatários:                 Duração da atividade:                      Local

Alunos do 7.º ano              45m                            Museu Nacional de Soares
                                                              dos Reis | 2012




Narrativa Visual:

       Soares dos Reis ao receber a encomenda desta obra pretendeu transmitir a forma de
representação da escultura da antiguidade clássica.

        Eu sou Apolo, sinto-me nas nuvens. Nem imaginam o que aconteceu!

        Vou contar-vos!

        Pensem!

        Já ouviram falar de mim!

       Pois é?! Sou filho de Zeus/Júpiter e Leto e tenho uma irmã gémea Sou…O Deus mais influente
e venerado de toda a Antiguidade, todos me temem. Sou quase tão poderoso como meu pai, Zeus.

        Tenho muitos, mas muitos atributos!!!!! Sou pro em Música, Poesia, Medicina e Sabedoria.

        Porque virei eu com este ar triunfal?

       Venho de mais uma conquista… não amorosa mas de domínios territoriais. Com a preciosa
ajuda dos legionários romanos, os simples humanos... Dirijo-me para a capital do Império na minha
quadriga através dos céus liderando a luz do dia e dispersando a noite.

       Já olharam bem para mim? Eu sou o máximo! Sou bom como o milho! LOL…Descubram
porquê!
HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO

                                             2011/2012

        Professor: pede aos alunos para se dividirem em grupos de cinco. Cada grupo fica com uma
meia e vários jornais (cada meia terá o nome de um Deus Grego e depois os alunos numa pesquisa no
manual irão fazer a correspondência ao Deus Romano). Selecionam nos jornais palavras relacionadas
com as características da escultura clássica para constatarem que há semelhanças entre a escultura
grega e a romana.

       Descrição da atividade:

       - Música triunfal

       - Projeção da imagem                       Em simultâneo

       - Sala escura

       - Voz a fazer a narrativa visual

       - 5 grupos com 5 meias

       - jornal e recorte das palavras relacionadas com as características da arte clássica (inspiração
dos romanos na arte grega)

     Naturalismo

     Ideia de movimento;

     Perfeição

     Ideal de beleza;

     Serenidade;

     Harmonia:

     Nu

     Equilíbrio

     Proporção

     Imitado

     Corpo

     Figuras clássicas

        No final irão colocar as palavras num placard e vão elaborar um texto sobre a religião e a
escultura romana que recebeu a influência da grega.
HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO

                                             2011/2012

       Reflexão Individual:

Tal como a arte pode ser tudo o que eu quiser, ela também me permite abordar os conteúdos que eu
quiser, desenvolvendo nos alunos a capacidade de construir significado através de imagens virtuais, ou
seja, a literacia visual.

 “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Mas, sem palavras, como dar aulas? Concluímos que a
imagem é fundamental no ensino/aprendizagem, despoletando a criatividade nos alunos e obrigando-
os a ser ativos, a envolver-se.

A arte liberta o Homem da sua condição de animal e é ela própria livre. Nesta formação aprendi que
todos somos criativos e que a arte me permite abordar todo o tipo de conteúdos, bastando para isso
ter o espírito livre. Como Fernando Pessoa afirmou – “ Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce”.

Hoje, mais do que nunca, o professor necessita de recorrer á criatividade para despertar motivação
nos alunos. Como foi dito, na formação, a arte é poderosa e a fantasia é o nível máximo da
criatividade. Juntar a arte e a fantasia é o ingrediente indispensável para conseguir o brilho nos olhos
dos alunos!

A narrativa visual permite apelar à imaginação dos alunos reportando-os para o passado, o que é
muito difícil conseguir-se nos dias de hoje, quando há uma imensidão de interesses divergentes dos
escolares, que não apelam nem à imaginação, nem aos conteúdos abordados.




                                                                         Porto, 25 de fevereiro de 2012

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Registo atividade em aula net

Registo actividade net
Registo actividade netRegisto actividade net
Registo actividade netJoão Lima
 
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_201201 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012soniamarys
 
Seminarios integrados de pesquisa - Aproximações investigativas de duas pesq...
Seminarios integrados de pesquisa  - Aproximações investigativas de duas pesq...Seminarios integrados de pesquisa  - Aproximações investigativas de duas pesq...
Seminarios integrados de pesquisa - Aproximações investigativas de duas pesq...Maria Cecilia Silva
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanauffkuster
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanauffkuster
 
Congresso de Blumenau
Congresso de BlumenauCongresso de Blumenau
Congresso de Blumenauffkuster
 
Trabalho final da ação de formação
Trabalho final da ação de formaçãoTrabalho final da ação de formação
Trabalho final da ação de formaçãoJoão Lima
 
Trabalho final da ação de formação net
Trabalho final da ação de formação netTrabalho final da ação de formação net
Trabalho final da ação de formação netJoão Lima
 
Técnicas em artes visuais
Técnicas em artes visuaisTécnicas em artes visuais
Técnicas em artes visuaisCris Akemi
 
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aqui
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aquiInfâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aqui
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aquiTaís Ferreira
 
História, Arte e Criatividade
História, Arte e CriatividadeHistória, Arte e Criatividade
História, Arte e CriatividadeJoão Lima
 
Arte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia EnadeArte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia Enadealesteves
 
A LíNgua Do Mundo
A LíNgua Do MundoA LíNgua Do Mundo
A LíNgua Do MundoJoseSimas
 
História,arte e criatividade (1) net
História,arte e criatividade (1) netHistória,arte e criatividade (1) net
História,arte e criatividade (1) netJoão Lima
 
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"Evany Nascimento
 
Registo actividade net
Registo actividade netRegisto actividade net
Registo actividade netJoão Lima
 

Semelhante a Registo atividade em aula net (20)

Registo actividade net
Registo actividade netRegisto actividade net
Registo actividade net
 
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_201201 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012
01 objeto de aprendizagem nome_fisicalidade_agosto_2012
 
Seminarios integrados de pesquisa - Aproximações investigativas de duas pesq...
Seminarios integrados de pesquisa  - Aproximações investigativas de duas pesq...Seminarios integrados de pesquisa  - Aproximações investigativas de duas pesq...
Seminarios integrados de pesquisa - Aproximações investigativas de duas pesq...
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
 
Congresso de blumanau
Congresso de blumanauCongresso de blumanau
Congresso de blumanau
 
Congresso de Blumenau
Congresso de BlumenauCongresso de Blumenau
Congresso de Blumenau
 
Trabalho final da ação de formação
Trabalho final da ação de formaçãoTrabalho final da ação de formação
Trabalho final da ação de formação
 
Trabalho final da ação de formação net
Trabalho final da ação de formação netTrabalho final da ação de formação net
Trabalho final da ação de formação net
 
Técnicas em artes visuais
Técnicas em artes visuaisTécnicas em artes visuais
Técnicas em artes visuais
 
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aqui
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aquiInfâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aqui
Infâncias, fotografias, literatura para crianças: cadê o teatro que estava aqui
 
Arteterapia 02
Arteterapia 02Arteterapia 02
Arteterapia 02
 
História, Arte e Criatividade
História, Arte e CriatividadeHistória, Arte e Criatividade
História, Arte e Criatividade
 
Arte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia EnadeArte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia Enade
 
Arte Educao
Arte EducaoArte Educao
Arte Educao
 
A LíNgua Do Mundo
A LíNgua Do MundoA LíNgua Do Mundo
A LíNgua Do Mundo
 
O mito de aracne
O mito de aracneO mito de aracne
O mito de aracne
 
História,arte e criatividade (1) net
História,arte e criatividade (1) netHistória,arte e criatividade (1) net
História,arte e criatividade (1) net
 
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"
Leitura Semiótica da "Donzela Desnuda"
 
O poeta e as andorinhas
O poeta e as andorinhasO poeta e as andorinhas
O poeta e as andorinhas
 
Registo actividade net
Registo actividade netRegisto actividade net
Registo actividade net
 

Mais de João Lima

Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome João Lima
 
Utopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaUtopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaJoão Lima
 
Um Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoUm Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoJoão Lima
 
Aula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosAula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosJoão Lima
 
Prototype Present
Prototype PresentPrototype Present
Prototype PresentJoão Lima
 
Ideas and Choices
Ideas and ChoicesIdeas and Choices
Ideas and ChoicesJoão Lima
 
Empathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementEmpathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementJoão Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2João Lima
 
Arte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmArte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmJoão Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6João Lima
 
Museu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberMuseu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberJoão Lima
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberJoão Lima
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberJoão Lima
 

Mais de João Lima (20)

Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome
 
Utopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaUtopias 2014 Programa
Utopias 2014 Programa
 
Um Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoUm Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem Velho
 
Aula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosAula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e Silêncios
 
Prototype
PrototypePrototype
Prototype
 
Prototype Present
Prototype PresentPrototype Present
Prototype Present
 
Ideas and Choices
Ideas and ChoicesIdeas and Choices
Ideas and Choices
 
Empathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementEmpathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem Statement
 
Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5
 
Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4
 
Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3
 
Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2
 
Arte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmArte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgm
 
Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1
 
Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6
 
Op mni 2
Op mni 2Op mni 2
Op mni 2
 
Op mni 1
Op mni 1Op mni 1
Op mni 1
 
Museu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberMuseu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina Weber
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
 

Último

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Registo atividade em aula net

  • 1. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Registo Atividade em Aula – História, Arte e Criatividade Título/Tema do trabalho: “O Carro de Apolo” – Museu Soares dos Reis Unidade/Subunidade: Designação da Unidade/Subunidade Didática (se aplicável): Tema B – A Herança do Mediterrâneo Antigo. O Mundo Romano no Apogeu do Império. Religião e Escultura Destinatários: Duração da atividade: Local Alunos do 7.º ano 45m Museu Nacional de Soares dos Reis | 2012 Narrativa Visual: Soares dos Reis ao receber a encomenda desta obra pretendeu transmitir a forma de representação da escultura da antiguidade clássica. Eu sou Apolo, sinto-me nas nuvens. Nem imaginam o que aconteceu! Vou contar-vos! Pensem! Já ouviram falar de mim! Pois é?! Sou filho de Zeus/Júpiter e Leto e tenho uma irmã gémea Sou…O Deus mais influente e venerado de toda a Antiguidade, todos me temem. Sou quase tão poderoso como meu pai, Zeus. Tenho muitos, mas muitos atributos!!!!! Sou pro em Música, Poesia, Medicina e Sabedoria. Porque virei eu com este ar triunfal? Venho de mais uma conquista… não amorosa mas de domínios territoriais. Com a preciosa ajuda dos legionários romanos, os simples humanos... Dirijo-me para a capital do Império na minha quadriga através dos céus liderando a luz do dia e dispersando a noite. Já olharam bem para mim? Eu sou o máximo! Sou bom como o milho! LOL…Descubram porquê!
  • 2. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Professor: pede aos alunos para se dividirem em grupos de cinco. Cada grupo fica com uma meia e vários jornais (cada meia terá o nome de um Deus Grego e depois os alunos numa pesquisa no manual irão fazer a correspondência ao Deus Romano). Selecionam nos jornais palavras relacionadas com as características da escultura clássica para constatarem que há semelhanças entre a escultura grega e a romana. Descrição da atividade: - Música triunfal - Projeção da imagem Em simultâneo - Sala escura - Voz a fazer a narrativa visual - 5 grupos com 5 meias - jornal e recorte das palavras relacionadas com as características da arte clássica (inspiração dos romanos na arte grega)  Naturalismo  Ideia de movimento;  Perfeição  Ideal de beleza;  Serenidade;  Harmonia:  Nu  Equilíbrio  Proporção  Imitado  Corpo  Figuras clássicas No final irão colocar as palavras num placard e vão elaborar um texto sobre a religião e a escultura romana que recebeu a influência da grega.
  • 3. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Reflexão Individual: Tal como a arte pode ser tudo o que eu quiser, ela também me permite abordar os conteúdos que eu quiser, desenvolvendo nos alunos a capacidade de construir significado através de imagens virtuais, ou seja, a literacia visual. “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Mas, sem palavras, como dar aulas? Concluímos que a imagem é fundamental no ensino/aprendizagem, despoletando a criatividade nos alunos e obrigando- os a ser ativos, a envolver-se. A arte liberta o Homem da sua condição de animal e é ela própria livre. Nesta formação aprendi que todos somos criativos e que a arte me permite abordar todo o tipo de conteúdos, bastando para isso ter o espírito livre. Como Fernando Pessoa afirmou – “ Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce”. Hoje, mais do que nunca, o professor necessita de recorrer á criatividade para despertar motivação nos alunos. Como foi dito, na formação, a arte é poderosa e a fantasia é o nível máximo da criatividade. Juntar a arte e a fantasia é o ingrediente indispensável para conseguir o brilho nos olhos dos alunos! A narrativa visual permite apelar à imaginação dos alunos reportando-os para o passado, o que é muito difícil conseguir-se nos dias de hoje, quando há uma imensidão de interesses divergentes dos escolares, que não apelam nem à imaginação, nem aos conteúdos abordados. Porto, 25 de fevereiro de 2012