Registo atividade em aula net

502 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
502
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Registo atividade em aula net

  1. 1. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Registo Atividade em Aula – História, Arte e CriatividadeTítulo/Tema do trabalho: “O Carro de Apolo” – Museu Soares dos ReisUnidade/Subunidade: Designação da Unidade/Subunidade Didática (se aplicável):Tema B – A Herança do Mediterrâneo Antigo. O Mundo Romano no Apogeu do Império.Religião e EsculturaDestinatários: Duração da atividade: LocalAlunos do 7.º ano 45m Museu Nacional de Soares dos Reis | 2012Narrativa Visual: Soares dos Reis ao receber a encomenda desta obra pretendeu transmitir a forma derepresentação da escultura da antiguidade clássica. Eu sou Apolo, sinto-me nas nuvens. Nem imaginam o que aconteceu! Vou contar-vos! Pensem! Já ouviram falar de mim! Pois é?! Sou filho de Zeus/Júpiter e Leto e tenho uma irmã gémea Sou…O Deus mais influentee venerado de toda a Antiguidade, todos me temem. Sou quase tão poderoso como meu pai, Zeus. Tenho muitos, mas muitos atributos!!!!! Sou pro em Música, Poesia, Medicina e Sabedoria. Porque virei eu com este ar triunfal? Venho de mais uma conquista… não amorosa mas de domínios territoriais. Com a preciosaajuda dos legionários romanos, os simples humanos... Dirijo-me para a capital do Império na minhaquadriga através dos céus liderando a luz do dia e dispersando a noite. Já olharam bem para mim? Eu sou o máximo! Sou bom como o milho! LOL…Descubramporquê!
  2. 2. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Professor: pede aos alunos para se dividirem em grupos de cinco. Cada grupo fica com umameia e vários jornais (cada meia terá o nome de um Deus Grego e depois os alunos numa pesquisa nomanual irão fazer a correspondência ao Deus Romano). Selecionam nos jornais palavras relacionadascom as características da escultura clássica para constatarem que há semelhanças entre a esculturagrega e a romana. Descrição da atividade: - Música triunfal - Projeção da imagem Em simultâneo - Sala escura - Voz a fazer a narrativa visual - 5 grupos com 5 meias - jornal e recorte das palavras relacionadas com as características da arte clássica (inspiraçãodos romanos na arte grega)  Naturalismo  Ideia de movimento;  Perfeição  Ideal de beleza;  Serenidade;  Harmonia:  Nu  Equilíbrio  Proporção  Imitado  Corpo  Figuras clássicas No final irão colocar as palavras num placard e vão elaborar um texto sobre a religião e aescultura romana que recebeu a influência da grega.
  3. 3. HISTÓRIA, ARTE E CRIATIVIDADE: DAS TECNOLOGIAS À APRENDIZAGEM EM CONTEXTO 2011/2012 Reflexão Individual:Tal como a arte pode ser tudo o que eu quiser, ela também me permite abordar os conteúdos que euquiser, desenvolvendo nos alunos a capacidade de construir significado através de imagens virtuais, ouseja, a literacia visual. “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Mas, sem palavras, como dar aulas? Concluímos que aimagem é fundamental no ensino/aprendizagem, despoletando a criatividade nos alunos e obrigando-os a ser ativos, a envolver-se.A arte liberta o Homem da sua condição de animal e é ela própria livre. Nesta formação aprendi quetodos somos criativos e que a arte me permite abordar todo o tipo de conteúdos, bastando para issoter o espírito livre. Como Fernando Pessoa afirmou – “ Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce”.Hoje, mais do que nunca, o professor necessita de recorrer á criatividade para despertar motivaçãonos alunos. Como foi dito, na formação, a arte é poderosa e a fantasia é o nível máximo dacriatividade. Juntar a arte e a fantasia é o ingrediente indispensável para conseguir o brilho nos olhosdos alunos!A narrativa visual permite apelar à imaginação dos alunos reportando-os para o passado, o que émuito difícil conseguir-se nos dias de hoje, quando há uma imensidão de interesses divergentes dosescolares, que não apelam nem à imaginação, nem aos conteúdos abordados. Porto, 25 de fevereiro de 2012

×