O slideshow foi denunciado.

Oferta de Serviços de Consultoria

875 visualizações

Publicada em

Documento Genérico

Publicada em: Negócios, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

Oferta de Serviços de Consultoria

  1. 1. Consultoria em Organização Industrial e Informática<br />Henrique Breda<br />
  2. 2. Situação do Mercado<br />(que me interessa correr, se com isso só desloco ar…)<br />As empresas em Portugal vivem actualmente uma situação difícil, que resulta, entre outros aspectos, da conjugação de três factores:<br />crise financeira global<br />atraso estrutural do país<br />a falta de modernização competitivadas próprias empresas<br />
  3. 3. Situação do Mercado<br />A área de intervenção de Henrique Breda é no terceiro factor, onde existe ainda, sobretudo nas pequenas e médias empresas, uma grande margem de melhoria. <br />Incumbe-nos aproveitar a vantagem de ainda possuirmos uma das mãos de obra mais baratas da Europa, através do aumento da sua produtividade.<br />Todos sabemos que um das razões para a baixa rendibilidade dos nossos recursos humanos reside na desadequaçãoentre as exigências das tarefase os níveisdeformação apresentados pelos nossos trabalhadores.<br />
  4. 4. Situação do Mercado<br />Mas, a experiência de muitos anos no terreno demonstra que os problemas de ausência de competitividade residem:<br />nafalta de orientação estratégica<br />nadesorganização administrativa e industrial das empresas<br />nafocalização quase exclusiva no curto prazo.<br />
  5. 5. Situação do Mercado<br />Falta de orientação estratégica<br />Há que recentrar as preocupações na satisfação e fidelização dos clientes, em detrimento da superioridade dos produtos e serviços<br />Desorganização administrativa e industrial<br />Devemos revolucionar a tradicional forma de ver as empresas, orientando-as para a optimização dos seus processos, em vez das pessoas, instalações ou departamentos.<br />Focalizaçãono curto prazo<br />Temos de pensar na sobrevivência da empresa, premiando a inovação e a excelência, optimizando esforços e investimento.<br />
  6. 6. Situação do MercadoA Indústria Transformadora<br />Este sector sofre particularmente com a crise, uma vez que opera agora num ambiente de mudança muito rápida, onde a capacidade de adaptação é essencial para o sucesso, exigindo flexibilidade às oscilações da procura e sincronização das cadeias de abastecimento.<br />A margem de melhoria na logística das empresas portuguesas é muito grande, sobretudo naquelas que têm uma componente exportadora significativa. Podemos dividi-la em quatro segmentos:<br />Melhoria do atendimento (ex: reestruturação do customercare centre)<br />Diminuição do investimento (ex: redução dos stocks circulantes)<br />Estabilização produtiva (ex: diferenciação dos tempos de resposta face ao tipo de procura)<br />Melhor utilização dos recursos (ex: adopção de regimes de laboração flexível para cobrir oscilações)<br />
  7. 7. Situação do MercadoA Indústria Transformadora<br />O desafio para a gestão está em encontrar o balanço correcto entre o nível de serviço pretendido e os custos associados ao sistema de distribuição.<br />Questões do tipo:<br /> Como coloco os produtos no mercado?<br />Qual o nível do serviço que satisfaz o meu cliente?<br />São questões tão estratégicas como a existência dos próprios produtos ou serviços.<br />
  8. 8. Âmbito<br />A PeopleServices poderá oferecer na área de optimização e reengenharia de processos, um serviço de diagnóstico e apoio à reorganização industrial e administrativa das empresas, nomeadamente nas seguintes áreas do SCM:<br />Gestão de Processos de Negócio<br />Portfolio de Clientes e de Fornecedores<br />Gestão Avançada de Stocks<br />Gestão da Produção e Distribuição<br />Gestão de Compras e Aprovisionamento<br />Criação ou Reestruturação de Departamentos, Serviços e Funções<br />Apoio à customização e implementação de ERPs<br />Supervisão e Performance Global de Equipamentos<br />BusinessIntelligence– Análise de KPIs<br />Estratégia de Sistemas de Informação<br />Gestão da Manutenção<br />
  9. 9. ÂmbitoGestão de Processos de Negócio<br />Mapeamento, reorganização, reengenharia e optimização de processos<br />A sobrevivência de uma organização é afectada pela sua capacidade de aprendizagem. <br />O estudo sistemático dos processos-chave do negócio de uma empresa conduz sempreà sua simplificaçãoe àinovação.<br />Uma visão transversal das organizações possibilita uma melhor compreensão do fluxo de trabalho, dos produtos e da informação, evidenciando por si só as oportunidades de melhoria.<br />Informatização dos processos através de utilização de ferramentas de workflow<br />O desenho e modelização de um processo é o primeiro passo para a sua informatização ou mesmo automatização.<br />Sem necessidade de recurso a ferramentas dispendiosas, é possível uniformizar, simplificar e informatizar os pontos críticos do processo, assegurando o seu controlo e vigilância.<br />
  10. 10. ÂmbitoPortfolio de Clientes e de Fornecedores<br />Carteira de Encomendas de Clientes e Fornecedores<br />A existência de um layout informático único, que sirva de consulta para toda a empresa, contendo o ponto de situação de cada encomenda a cada cliente e a cada fornecedor, é um instrumento precioso de gestão para qualquer empresa que trabalhe por encomenda. Mas, para que possa ser útil, tem de estar automática e permanentemente actualizado. Se a empresa trabalhar para stocks objectivo, a carteira deverá dar lugar a um programa de fornecimento, com características semelhantes.<br />Hoje em dia qualquer aplicação de gestão ou ERP possui os dados suficientes para fornecer esta informação. Mas isso não basta. É preciso transformar a informação em conhecimento.<br />Planos de Expedição<br />Esta figura, muitas vezes utilizada em substituição da anterior pelas empresas que não trabalham por encomenda, poderá fornecer informação ainda mais precisa para a gestão logística das entregas, sobretudo em níveis de serviço com prazos de entrega muito curtos e critérios de prioridade apertados.<br />Um bom plano de expedição, para que possa fornecer informação oportuna, pressupõe a existência de ordens de carga e guias de remessa informatizadas que o “alimentem”.<br />
  11. 11. ÂmbitoGestão Avançada de Stocks<br />Gestão diferenciada com base em:<br />Risco assumido e pré-estabelecido<br />Perfis de consumo: <br />Sazonalidadeeprevisibilidade<br />Oscilações aleatórias de oferta e procura, em quantidade e em prazo<br />Análise de tendências<br />Gestão de slowmovers e monos<br />Gestão de artigos de alta rotação<br />Gestão de espaço físico e localizações<br />Automatização de armazéns<br />
  12. 12. ÂmbitoGestão de Produção e Distribuição<br />Forecasting e planeamento de produção<br />Planeamento de necessidades materiais (MRP)<br />Planeamento de capacidades, nivelamento do mix de produção e controlo de estrangulamentos<br />Planeamento de necessidades de distribuição (DRP)<br />Controlo e gestão do stock em trânsito<br />Aquisição automática de dados<br />Controlo e custeio de produção e distribuição<br />Configuração de produtos assistida por computador<br />Organização das operações (push, pull, gestão visual, JIT, Kanban) <br />Melhoria contínua (5S’s, Kaizen, Lean, SixSigma,TQM) <br />
  13. 13. ÂmbitoGestão de Compras e Aprovisionamento<br />Catálogo de Fornecedores e Artigos<br />Negociação e Adjudicação<br />e-Procurement<br />Centrais de Compras<br />Pré-qualificação e Fidelização<br />
  14. 14. ÂmbitoCriação ou Reestruturação de Departamentos, Serviços e Funções<br />Vendas e Marketing<br />Serviço de Apoio a Clientes<br />Gestão de Produto<br />Logística e Transportes<br />Armazéns e Aprovisionamento<br />Planeamento e Controlo de Produção<br />Manutenção Industrial<br />Aprovisionamentos<br />Compras<br />Procurement<br />Info-centros e Helpdesk<br />
  15. 15. ÂmbitoApoio à customização e implementação de ERPs<br />Gestão de projectos de implementação<br />Análise funcional de alterações e customizações<br />Configuração e Integração<br />Domínio Técnico dos seguintes ERPs:<br />System/21 e Aurora (GEAC)<br />Navision (Microsoft)<br />
  16. 16. ÂmbitoSupervisão e Performance Global de Equipamento<br />Sistemas de Controlo de Supervisão e Aquisição de Dados (SCADA)<br />Sistemas de Eficácia Global dos Equipamentos (OEE)<br />
  17. 17. ÂmbitoBusinessIntelligence – Análise de KPIs<br />Definição de Níveis de Serviço<br />Índices de satisfação de clientes e de qualificação de fornecedores<br />Graus de fidelidade da produção e das entregas<br />Medidas de cumprimento de quantidades e prazos<br />Cumprimento de planos e orçamentos<br />Volumes de actividade<br />
  18. 18. ÂmbitoEstratégia de Sistemas de Informação<br />Reflexos da estratégia da empresa nas opções estratégicas para sistemas e tecnologias de informação<br />Elaboração ou realinhamento do plano director respectivo<br />
  19. 19. ÂmbitoGestão da Manutenção<br />Organização da Manutenção e armazéns<br />Manutenção correctiva, preventiva e preditiva (condicionada)<br />Manutenção produtiva total (TPM)<br />Controlo de custos de manutenção e obras de investimento<br />Indicadores de gestão (MTBF, MTTR, MDT)<br />

×