SlideShare uma empresa Scribd logo

3ª geração do romantismo no brasil

1 de 11
Baixar para ler offline
3ª Geração do Romantismo no
Brasil
• Conhecida também como geração
Condoreira, simbolizada pelo Condor, uma ave
que costuma construir seu ninho em lugares
muito altos e tem visão ampla sobre todas as
coisas, ou Hugoniana, referente ao escritor
francês Victor Hugo, grande pensador do social e
influenciador dessa geração.
• As principais características são o erotismo, a
mulher vista com virtudes e pecados, o
abolicionismo, a visão ampla e conhecimento
sobre todas as coisas, a realidade social e a
negação do amor platônico, com a mulher
podendo ser tocada e amada.
Características
• SUBJETIVISMO
• SENTIMENTALISMO
• EGOCENTRISMO
• PESSIMISMO
• ESCAPISMO PSICOLÓGICO
• BYRONISMO
• RELIGIOSIDADE
• NATIVISMO
Principais autores:
• Castro Alves, Sousândrade e Tobias Barreto.
Castro Alves, denominado "Poeta dos
Escravos", o mais expressivo representante
dessa geração com obras como “Espumas
Flutuantes” e “Navio Negreiro”. Sousândrade
não foi um poeta muito influente, mas tem
uma pequena importância pelo descritivismo
de suas obras. Tobias Barreto é famoso pelos
seus poemas românticos.
Joaquim de Sousa Andrade
(1833-1902)
• Joaquim de Sousa Andrade nasceu em
Alcântara, Maranhão.
• Formou-se em Letras pela Sorbonne. Depois faz o
curso de Engenharia.
• Em 1870, conheceu várias repúblicas
latinoamericanas. A partir de 1871, fixou
residência em Nova Iorque, onde mandou
imprimir suas Obras poéticas.
• Em 1884, lançou a versão definitiva de seu O
Guesa Errante, obra radical e renovadora.
Morreu abandonado e com fama de louco.
Obras de Souzândrade
• Poesia
– Harpas Selvagens, 1857
– O Guesa Errante, 1866
– Novo Èden, 1893
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Romantismo poesia - 3ª geração
Romantismo   poesia - 3ª geraçãoRomantismo   poesia - 3ª geração
Romantismo poesia - 3ª geração
 
Terceira geração modernista
Terceira geração modernista Terceira geração modernista
Terceira geração modernista
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Mário Quintana
Mário QuintanaMário Quintana
Mário Quintana
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
Realismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - LiteraturaRealismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - Literatura
 
O contexto do Realismo
O contexto do Realismo O contexto do Realismo
O contexto do Realismo
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
 
Parnasianismo'
Parnasianismo'Parnasianismo'
Parnasianismo'
 
O pré modernismo
O pré modernismoO pré modernismo
O pré modernismo
 
O cortiço
O cortiçoO cortiço
O cortiço
 
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
 
Modernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geraçãoModernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geração
 
Quinhentismo
Quinhentismo Quinhentismo
Quinhentismo
 
Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)Modernismo 2 fase (geração de 30)
Modernismo 2 fase (geração de 30)
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
ROMANTISMO
ROMANTISMOROMANTISMO
ROMANTISMO
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
 

Destaque

3º geração romântica condoreira
3º geração romântica condoreira3º geração romântica condoreira
3º geração romântica condoreiraletosgirl
 
Romantismo brasileiro 3a_geracao
Romantismo brasileiro 3a_geracaoRomantismo brasileiro 3a_geracao
Romantismo brasileiro 3a_geracaocaioalbarello
 
2ª Geração do Romantismo
2ª Geração do Romantismo2ª Geração do Romantismo
2ª Geração do RomantismoGabriel Luck
 
romantismo terceira geração
romantismo terceira geraçãoromantismo terceira geração
romantismo terceira geraçãoGabriell Duarte
 
Romantismo em portugal aula 03
Romantismo em portugal   aula 03Romantismo em portugal   aula 03
Romantismo em portugal aula 03xipolito
 
Slides Romantismo
Slides RomantismoSlides Romantismo
Slides Romantismomix1981
 
Romantismo No Brasil
Romantismo No BrasilRomantismo No Brasil
Romantismo No Brasilmartinsramon
 
Romantismo e suas gerações.
Romantismo e suas gerações. Romantismo e suas gerações.
Romantismo e suas gerações. Jéssica Moresi
 
Primeira Geração do Romantismo
Primeira Geração do RomantismoPrimeira Geração do Romantismo
Primeira Geração do RomantismoLidiane Kuster
 
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)Isabelle Ribeiro
 
Romantismo contexto histórico e características
Romantismo   contexto histórico e característicasRomantismo   contexto histórico e características
Romantismo contexto histórico e característicasVIVIAN TROMBINI
 
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)FOLHA NAZA
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no BrasilMarcos Souza
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasilGabrielaLimaPereira
 

Destaque (20)

3ª geração do Romantismo By: Elayne Farias!
3ª geração do Romantismo By: Elayne Farias!3ª geração do Romantismo By: Elayne Farias!
3ª geração do Romantismo By: Elayne Farias!
 
3º geração romântica condoreira
3º geração romântica condoreira3º geração romântica condoreira
3º geração romântica condoreira
 
Romantismo brasileiro 3a_geracao
Romantismo brasileiro 3a_geracaoRomantismo brasileiro 3a_geracao
Romantismo brasileiro 3a_geracao
 
2ª Geração do Romantismo
2ª Geração do Romantismo2ª Geração do Romantismo
2ª Geração do Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
romantismo terceira geração
romantismo terceira geraçãoromantismo terceira geração
romantismo terceira geração
 
Romantismo em portugal aula 03
Romantismo em portugal   aula 03Romantismo em portugal   aula 03
Romantismo em portugal aula 03
 
Slides Romantismo
Slides RomantismoSlides Romantismo
Slides Romantismo
 
Romantismo No Brasil
Romantismo No BrasilRomantismo No Brasil
Romantismo No Brasil
 
Romantismo e suas gerações.
Romantismo e suas gerações. Romantismo e suas gerações.
Romantismo e suas gerações.
 
Primeira Geração do Romantismo
Primeira Geração do RomantismoPrimeira Geração do Romantismo
Primeira Geração do Romantismo
 
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)
O romantismo em Portugal (Romanticism in Portugal)
 
Romantismo contexto histórico e características
Romantismo   contexto histórico e característicasRomantismo   contexto histórico e características
Romantismo contexto histórico e características
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
O romantismo
 
Romantismo seminario 2
Romantismo  seminario 2Romantismo  seminario 2
Romantismo seminario 2
 
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)
Romantismo no Brasil(trabalho 2ºano)
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
Romantismo em Portugal
Romantismo em PortugalRomantismo em Portugal
Romantismo em Portugal
 
Literatura romantismo
Literatura romantismoLiteratura romantismo
Literatura romantismo
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
 

Semelhante a 3ª geração do romantismo no brasil

Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)Blog Estudo
 
Romantismo/Antologia Poética
Romantismo/Antologia PoéticaRomantismo/Antologia Poética
Romantismo/Antologia PoéticaVinicius Soco
 
ROMANTISMO
ROMANTISMOROMANTISMO
ROMANTISMODiego
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues030577
 
Castro Alves
Castro  AlvesCastro  Alves
Castro Alves030577
 
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdfMichaelMorais12
 
Romantismo Brasileiro - poesia e prosa
Romantismo Brasileiro - poesia e prosaRomantismo Brasileiro - poesia e prosa
Romantismo Brasileiro - poesia e prosaTim Bagatelas
 
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”Thalita Dias
 
Romantismo 2014
Romantismo 2014Romantismo 2014
Romantismo 2014CrisBiagio
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptx
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptxslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptx
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptxGANHADODINHEIRO
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptMnicaOliveira567571
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptaldair55
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptEdilmaBrando1
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptWandersonBarros16
 

Semelhante a 3ª geração do romantismo no brasil (20)

Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)Modernismo Brasileiro (1ª fase)
Modernismo Brasileiro (1ª fase)
 
Romantismo/Antologia Poética
Romantismo/Antologia PoéticaRomantismo/Antologia Poética
Romantismo/Antologia Poética
 
ROMANTISMO
ROMANTISMOROMANTISMO
ROMANTISMO
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues
 
Castro Alves
Castro  AlvesCastro  Alves
Castro Alves
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
 Romantismo Romantismo
Romantismo
 
Antologia poética
Antologia poéticaAntologia poética
Antologia poética
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
 
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_romantismo-slideppt-pdf-free.pdf
 
Romantismo Brasileiro - poesia e prosa
Romantismo Brasileiro - poesia e prosaRomantismo Brasileiro - poesia e prosa
Romantismo Brasileiro - poesia e prosa
 
O Romantismo
O RomantismoO Romantismo
O Romantismo
 
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
 
Romantismo
Romantismo Romantismo
Romantismo
 
Romantismo 2014
Romantismo 2014Romantismo 2014
Romantismo 2014
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptx
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptxslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptx
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptx
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
 
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.pptslides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
slides-aula-Romantismo-no-Brasil-poesia.ppt
 

Mais de GabrielaLimaPereira (20)

Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de UbatubaTrabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
 
Braztoa
Braztoa Braztoa
Braztoa
 
Operadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo BraztoaOperadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo Braztoa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
 
Cobreagem
CobreagemCobreagem
Cobreagem
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
 
Tabela de NCM
Tabela de NCMTabela de NCM
Tabela de NCM
 
Experiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovoExperiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovo
 
Guia ortografico
Guia ortograficoGuia ortografico
Guia ortografico
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
Til
TilTil
Til
 
Dalton trevisan
Dalton trevisanDalton trevisan
Dalton trevisan
 
Bálcãs
BálcãsBálcãs
Bálcãs
 

3ª geração do romantismo no brasil

  • 1. 3ª Geração do Romantismo no Brasil
  • 2. • Conhecida também como geração Condoreira, simbolizada pelo Condor, uma ave que costuma construir seu ninho em lugares muito altos e tem visão ampla sobre todas as coisas, ou Hugoniana, referente ao escritor francês Victor Hugo, grande pensador do social e influenciador dessa geração. • As principais características são o erotismo, a mulher vista com virtudes e pecados, o abolicionismo, a visão ampla e conhecimento sobre todas as coisas, a realidade social e a negação do amor platônico, com a mulher podendo ser tocada e amada.
  • 3. Características • SUBJETIVISMO • SENTIMENTALISMO • EGOCENTRISMO • PESSIMISMO • ESCAPISMO PSICOLÓGICO • BYRONISMO • RELIGIOSIDADE • NATIVISMO
  • 4. Principais autores: • Castro Alves, Sousândrade e Tobias Barreto. Castro Alves, denominado "Poeta dos Escravos", o mais expressivo representante dessa geração com obras como “Espumas Flutuantes” e “Navio Negreiro”. Sousândrade não foi um poeta muito influente, mas tem uma pequena importância pelo descritivismo de suas obras. Tobias Barreto é famoso pelos seus poemas românticos.
  • 5. Joaquim de Sousa Andrade (1833-1902) • Joaquim de Sousa Andrade nasceu em Alcântara, Maranhão. • Formou-se em Letras pela Sorbonne. Depois faz o curso de Engenharia. • Em 1870, conheceu várias repúblicas latinoamericanas. A partir de 1871, fixou residência em Nova Iorque, onde mandou imprimir suas Obras poéticas. • Em 1884, lançou a versão definitiva de seu O Guesa Errante, obra radical e renovadora. Morreu abandonado e com fama de louco.
  • 6. Obras de Souzândrade • Poesia – Harpas Selvagens, 1857 – O Guesa Errante, 1866 – Novo Èden, 1893
  • 7. O Guesa Errante O sol ao pôr-do-sol (triste soslaio!)...o arroio Em pedras estendido, em seus soluços Desmaia o céu d'estrelas arenoso E o lago anila seus lençóis d'espelho... Era a Ilha do Sol, sempre florida Ferrete-azul, o céu, brando o ar pureza E as vias-lácteas sendas odorantes Alvas, tão alvas!... Sonoros mares, a onda d'esmeralda Pelo areal rolando luminosa... As velas todas-chamas aclaram todo o ar.
  • 8. Antônio Frederico de Castro Alves (1847-1871 • Nasceu na fazenda Cabaceiras, a sete léguas da vila de Nossa Senhora da Conceição de "Curralinho", hoje Castro Alves, no estado da Bahia. • Suas poesias mais conhecidas são marcadas pelo combate à escravidão, motivo pelo qual é conhecido como "Poeta dos Escravos". Foi o nosso mais inspirado poeta condoreiro. • Aos 21 anos de idade, mostrou toda sua coragem ao recitar, durante uma comemoração cívica, o “Navio Negreiro”. • A contra gosto, os fazendeiros ouviram-no clamar versos que denunciavam os maus tratos aos quais os negros eram submetidos.
  • 9. Obras de Castro Alves • Poesia – Navio Negreiro, 1868 – Espumas Flutuantes, 1870 – A Cachoeira de Paulo Afonso, 1976 – Os Escravos, 1883 – Hinos do Equador, em edição se suas Obras Completas (1921) – Tragédia no Mar • Teatro – Gonzaga ou a Revolução de Minas, 1875
  • 10. Navio Negreiro VI Existe um povo que a bandeira empresta P'ra cobrir tanta infâmia e cobardia!... E deixa-a transformar-se nessa festa Em manto impuro de bacante fria!... Meu Deus! meu Deus! mas que bandeira é esta, Que impudente na gávea tripudia? Silêncio. Musa... chora, e chora tanto Que o pavilhão se lave no teu pranto! ... Auriverde pendão de minha terra, Que a brisa do Brasil beija e balança, Estandarte que a luz do sol encerra E as promessas divinas da esperança... Tu que, da liberdade após a guerra, Foste hasteado dos heróis na lança Antes te houvessem roto na batalha, Que servires a um povo de mortalha!... Fatalidade atroz que a mente esmaga! Extingue nesta hora o brigue imundo O trilho que Colombo abriu nas vagas, Como um íris no pélago profundo! Mas é infâmia demais! ... Da etérea plaga Levantai-vos, heróis do Novo Mundo! Andrada! arranca esse pendão dos ares! Colombo! fecha a porta dos teus mares!
  • 11. • Bruna Oliveira nº 06 • Gabriela Pereira 13 • Leonardo Castro 25 • Vinicius Santos 37 • Rodrigo Cassiani 36