Gestão de stocks

279 visualizações

Publicada em

Gestão de Stocks

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
75
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de stocks

  1. 1.  O Aprovisionamento  É um processo que abrange vários aspetos na relação entre fornecedores e empresas. É o processo que vai desde a entrada até ao momento da produção.  Gere todo o ciclo entre a empresa e os fornecedores, bem como, os produtos a adquirir.  Procura o melhor processo de negociação com os fornecedores.
  2. 2.  São diversos tipos de materiais usados no processo de fabrico e que servirão para a obtenção do produto final  · Componentes - subconjuntos que irão constituir o conjunto final do produto  · Produtos em via de fabrico - componentes ou materiais que estão em espera no processo produtivo  · Produtos acabados - são os produtos finais que se encontram para venda, distribuição ou armazenagem  · Baseado na sua utilidade, os stocks podem ainda ser colocados numa destas categorias  Stock em lotes - constitui o stock adquirido no sentido de antecipar as exigências, nesse sentido, é feita uma encomenda em lotes numa quantidade maior do que o necessário
  3. 3.  Custos de aprovisionamento  Corresponde ao custo de processamento da encomenda, que poderá ser a compra feita a um fornecedor, mas também aos custos associados à inspeção e transferência do material, assim como os custos relativos à produção  Custos de Posse  São os custos diretamente relacionados com a manutenção dos artigos em stock  Custos de Rutura  Estes custos surgem quando não há material disponível para fazer face ao(s) pedido(s) do(s) cliente(s).
  4. 4.  O Controlo de Stock é uma área muito importante de uma empresa, grande ou pequena, pois é através dele que ela será capaz de prever o quanto que será necessário comprar no próximo pedido ao fornecedor.  O principal objetivo do controle de stocks “é otimizar" o investimento em stocks.
  5. 5.  O Stock de Segurança é determinado diretamente através de previsões.  As principais variáveis a ter em conta são a procura e o tempo de aprovisionamento designado também por prazo de entrega.

×