Jogos de (in)visibilidade e performancehiperespetacular em redes sociais digitais               Cíntia Dal Bello          ...
introduçãoMote da campanha de lançamento dorecurso “grupos de amigos”, do Orkut(ago. 2010).
introduçãoFacebook anunciou que lançaria ferramentasemelhante, já que compartilhar atualizações deperfil, postagens de fot...
ProblemáticaA classificação ou organização dos “amigos” em grupose o aperfeiçoamento da experiência de relacionamentorestr...
Estrutura do textoA naturalização do desejo de       autoexposição
A naturalização dodesejo de autoexposição                Em meio aos jogos sociais               que se desenrolam nas    ...
A naturalização do                      desejo de autoexposição                                 Inscrever-se nas          ...
A naturalização do                 desejo de autoexposição   Sob o assédio da interatividade e a ameaça da invisibilidade,...
O desejo de ser visto e o                medo de ser vigiadoA legitimação da existência mediante a sinalização doreconheci...
O desejo de ser visto e o                medo de ser vigiadoNo Brasil, em abril de 2006, o Orkut implementourecurso que re...
O desejo de ser visto e o  medo de ser vigiado
O desejo de ser visto e o      medo de ser vigiado                         Registro                            de         ...
Indicadores de Performance:                        agon e mimicry                                  Dentre os valores que c...
Indicadores de Performance:                              agon e mimicryA auferição do grau de influência do usuário sobre ...
Indicadores de Performance:                        agon e mimicryagon                         performance                 ...
Indicadores de Performance:       agon e mimicry
A PESQUISADORACíntia Dal BelloDoutoranda e Mestre em Comunicação e Semiótica doPEPGCOS-PUC-SP com bolsa CAPES;coordenadora...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jogos de (in)visibilidade e performance hiperespetacular em redes sociais digitais (SOCIOTRAMAS)

756 visualizações

Publicada em

Apresentação de artigo no evento SOCIOTRAMAS: ESTUDOS MULTITEMÁTICOS SOBRE REDES DIGITAIS, organizado pela profa. dra. Lúcia Santaella (TIDD-PUC/SP).

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jogos de (in)visibilidade e performance hiperespetacular em redes sociais digitais (SOCIOTRAMAS)

  1. 1. Jogos de (in)visibilidade e performancehiperespetacular em redes sociais digitais Cíntia Dal Bello PUC/SP 24 nov. 2011
  2. 2. introduçãoMote da campanha de lançamento dorecurso “grupos de amigos”, do Orkut(ago. 2010).
  3. 3. introduçãoFacebook anunciou que lançaria ferramentasemelhante, já que compartilhar atualizações deperfil, postagens de foto ou recomendações desites com todos é considerado, internamente,
  4. 4. ProblemáticaA classificação ou organização dos “amigos” em grupose o aperfeiçoamento da experiência de relacionamentorestrito são sintomáticos da crescente tensão entre odesejo de ser visto e o medo de ser vigiado.REDES SOCIAIS SATISFAÇÃO amigos AMBIENTES Ser reconhecidamente alguém fãsHIPERESPETACULARES DE ALTA VISIBILIDADE seguidores MEDIÁTICA NOVOS REGISTROS De controle e vigilância perseguidores
  5. 5. Estrutura do textoA naturalização do desejo de autoexposição
  6. 6. A naturalização dodesejo de autoexposição Em meio aos jogos sociais que se desenrolam nas redes (SANTAELLA, 2003), nesses laboratórios de aparição performática e celebração móvel da identidade (HALL, 1997), apareSer constitui o ápice das culturas de interface e simulação característicos da cultura pós-moderna (TURKLE, 1997).
  7. 7. A naturalização do desejo de autoexposição Inscrever-se nas plataformas Identificar-se Envergar um (diferenciar-se) perfil Tornar-se Significativo lugar indexável de fala a partir do qual cada usuário pode atuar naSer (in)visível rede, organizar o Projeção e discurso sobre si Dissolução na Deslocamento dos e ascender ao convergência eixos de organização status de sujeito entre existência e do discurso sobre si: teleexistência SUJEITO GLOCAL do Who? Para o Where? What?
  8. 8. A naturalização do desejo de autoexposição Sob o assédio da interatividade e a ameaça da invisibilidade, cada aparição ciberespacial está em permanente estado de manutenção.Os jogos de (in)visibilidade que se desenrolam nas redes envolvem uma disputa agonística pelo centro da cena (TRIVINHO, 2010). Também revestem-se da lúdica do mimicry. agon performance mimicry Empreendedor de si Representar-se
  9. 9. O desejo de ser visto e o medo de ser vigiadoA legitimação da existência mediante a sinalização doreconhecimento do outro (audiência potencial).Visibilidade = valor exponencial (mais que reputação).Desejo de ser visto  cultura narcisistaPreocupação com a privacidade (vigilância ostensiva)
  10. 10. O desejo de ser visto e o medo de ser vigiadoNo Brasil, em abril de 2006, o Orkut implementourecurso que registra os 5 últimos visitantes (existenteaté hoje, nov. 2011). Após, outras ferramentas decontrole de audiência e privacidade foram adicionadas.Fake profiles foram criados como estratégia de manter aprivacidade da navegação entre perfis sem que ousuário tivesse que abrir mão de saber quem visitou oseu perfil “oficial”. Desejo de apreender algo sobre aaudiência própria (apesar da precariedade do recurso).
  11. 11. O desejo de ser visto e o medo de ser vigiado
  12. 12. O desejo de ser visto e o medo de ser vigiado Registro de visitantes Grupos FAKE de PROFILES AMIGOS Conversa Reestrição privada de envio no deScrapbook SCRAPS MURAL Conteúdo restrito CADEADO
  13. 13. Indicadores de Performance: agon e mimicry Dentre os valores que concorrem para a composição do capitalVISIBILIDADE POPULARIDADE social digital, ser/estar visível na MEDIÁTICA (AUDIÊNCIA) esfera mediática parece ter preponderância sobre os demais na medida em que é o fator que CAPITAL SOCIAL DIGITAL possibilita a experiência de “ser popular” ou o exercício de “serAUTORIDADE REPUTAÇÃO uma autoridade reconhecida”.(INFLUÊNCIA) ONLINE Ou seja: é preciso “ser visível” para “ter audiência” e “ter influência”.
  14. 14. Indicadores de Performance: agon e mimicryA auferição do grau de influência do usuário sobre sua redee, consequentemente, de sua reputação online, não é tão simples quanto algunssoftwares ou sites especializados levam a crer, pois depende da análisequalitativa dos aspectos quantitativos – o que relativiza os valores preponderantese reconsidera aspectos comumente negligenciados nos jogos de (in)visibilidadede acordo com o contexto de vida e construção identitária de cada usuário.
  15. 15. Indicadores de Performance: agon e mimicryagon performance mimicry Empreendedor de si Representar-se Outro: inimigo a ser Outro: superado, competidor audiência, plateia, ad mirador Quantidade de amigos, Quantidade de RTs, de seguidores, fãs, mensagens assinaturas, leitores; “curtidas”, “compartilhada quantidade de s” e “comentadas” mensagens enviadas (always on) Necessidade de reconhecimento Desejo do único
  16. 16. Indicadores de Performance: agon e mimicry
  17. 17. A PESQUISADORACíntia Dal BelloDoutoranda e Mestre em Comunicação e Semiótica doPEPGCOS-PUC-SP com bolsa CAPES;coordenadora, docente e pesquisadora do curso deComunicação Social - Publicidade e Propaganda daUniversidade Nove de Julho. Consultora de imagem emredes sociais digitais. Associada à ABCiber e membro dogrupo de pesquisa Plurimídia. Integrante do grupoSOCIOTRAMAS: ESTUDOS MULTITEMÁTICOS SOBREREDES SOCIAIS, organizado e coordenado pela Profa. Dra.Lúcia Santaella.Blog: www.cintiadalbello.blogspot.comFacebook: Cíntia Dal BelloTwitter: @cintiadalbelloE-mail: pubcintia@yahoo.com.br

×