Claudio Moreira
 O perigo de abusar dos bons clientes é que eles simplesmente não reclamam.                                           Lu...
 Empresas podem responder a falhas nos serviços independentemente das reações dos clientes ou como uma função direta das ...
Em média umaempresa perde 30% deseus clientes a cadaano, pelos maisvariados motivos.Raramente os clientesfrustrados fazemr...
Afastamento silencioso Quando a empresa se der conta da fuga        de clientes já será tarde demais.                    ...
Pequeno percentual de clientes      insatisfeitos reclama Fatores inibidores do comportamento de  reclamação:   Não exis...
Impacto no relacionamento com             clientesEntre os clientesinsatisfeitos,apenas 9% dosreclamantes tinhaintenção de...
Impacto no relacionamento com             clientes Entre os reclamantes este percentual foi de:   19% para aqueles em qu...
O que fazer?
Diminuir os efeitos da falha inicial Através de efetivas comunicações de recuperação o  consumidor é levado a acreditar q...
Mudança de atitudes e de sistema Criar instrumentos que facilitem o recebimento de  críticas e sugestões; Instruir funci...
 O sucesso das ações de recuperação de serviço impacta significativamente   nas ações de recompra.
Obrigado!       Claudio Moreiraclaudio@claudiomoreira.com.br  www.claudiomoreira.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reclamação (ou não) do cliente claudio moreira

1.024 visualizações

Publicada em

Palestra sobre recuperação de clientes insatisfeitos - Claudio Moreira

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Reclamação (ou não) do cliente claudio moreira

  1. 1. Claudio Moreira
  2. 2.  O perigo de abusar dos bons clientes é que eles simplesmente não reclamam.  Luiz Marins Foi bom enquanto durou
  3. 3.  Empresas podem responder a falhas nos serviços independentemente das reações dos clientes ou como uma função direta das reclamações dos consumidores.  Tor Wallin Andreassen, Norwegian School of Management
  4. 4. Em média umaempresa perde 30% deseus clientes a cadaano, pelos maisvariados motivos.Raramente os clientesfrustrados fazemreclamações, a não serquando eles jáatingiram o auge dairritação
  5. 5. Afastamento silencioso Quando a empresa se der conta da fuga de clientes já será tarde demais. Reconquistar a confiança perdida custa entre oito a dez vezes o custo médio da fidelização de clientes.
  6. 6. Pequeno percentual de clientes insatisfeitos reclama Fatores inibidores do comportamento de reclamação:  Não existe canal de comunicação;  Cliente não sabe como reclamar;  Cliente acha que a reclamação não vai dar em nada;
  7. 7. Impacto no relacionamento com clientesEntre os clientesinsatisfeitos,apenas 9% dosreclamantes tinhaintenção derecomprar damesma empresa.
  8. 8. Impacto no relacionamento com clientes Entre os reclamantes este percentual foi de:  19% para aqueles em que a reclamação não foi resolvida;  54% para aqueles em que a reclamação foi resolvida;  82% para aqueles que a reclamação foi resolvida rapidamente.  Fonte: Ron Zemke, 2000.
  9. 9. O que fazer?
  10. 10. Diminuir os efeitos da falha inicial Através de efetivas comunicações de recuperação o consumidor é levado a acreditar que o prestador de serviços é justo pois admite seus erros; Os esforços de recperação podem excluir todas as consequencias negativas da falha no serviço; O prestador de serviço influencia o consumidor a fazer determinadas atribuções que faz com que este coloque a culpa (da falha) em algum outro fator.
  11. 11. Mudança de atitudes e de sistema Criar instrumentos que facilitem o recebimento de críticas e sugestões; Instruir funcionários a não encarar uma reclamação como uma ofensa pessoal.
  12. 12.  O sucesso das ações de recuperação de serviço impacta significativamente nas ações de recompra.
  13. 13. Obrigado! Claudio Moreiraclaudio@claudiomoreira.com.br www.claudiomoreira.com.br

×