Recrutamento e Seleção - JAC Headhunters

1.397 visualizações

Publicada em

Apresentação ministrada pelo Profº José Airton Castro no CIESP Distrital Oeste no dia 11/09/2013

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recrutamento e Seleção - JAC Headhunters

  1. 1. Recrutamento e Seleção Palestrante: José Airton de Castro
  2. 2. Progama
  3. 3. José Airton de Castro  É formado ( bacharel e Licenciado) em Ciências Políticas e Sociais (Sociólogo) pelas Universidades IMES (USCS) e FFNSM (jesuíta), com especialização em High Tech Methods in Education pela State University of New York (SUNY) e Update in Marketing pela Wharton School University of Pennsylvania ( Wharton).  Depois de atuar por anos como professor no ensino médio e superior, tornou-se facilitador em programas de T & D para executivos, atualmente é Headhunter.  É palestrante e conferencista sobre os temas: Liderança, Motivação, Negociação, Empregabilidade/Empresabilidade e Coaching Executivo/Carreira.  Palestrante especialmente convidado pelo Council on Latin American Studies at Yale University para o Annual Program of Events.  É sócio – fundador e principal Executivo da JAC 3 Sociologia Organizacional (JAC Consultores). Sua atuação é reconhecida por empresas e profissionais de organizações como Danaher Corporation, Rede Globo, Grupo Edson Queiroz, Grupo Rotoplas (Acqualimp), Ceras Johnson, Viscofan, Grupo Combustran, FIESC, Informa Group, entre outras.  É conselheiro em exercício do Conselho Superior de Responsabilidade Social – CONSOCIAL da FIESP. Formação: Currículo Vitae
  4. 4. Encontro A vida é feita de encontros. – Baruch Espinoza (Filósofo). Apesar de haver tanto desencontro na vida. – Vinicius de Moraes (Poeta e Músico).
  5. 5. BRICS – Usinas de Crescimento China – Expansão liderada por exportações. Rússia – Economia em transição para o mercado. Índia – Outsourcing e empreendedorismo tecnológico. Brasil – Substituição de importações 2.0.
  6. 6. BRICS – Reglobalização Brasil – Neodesenvolvimentismo autárquico/projetos de associação regional- ideológica. EUA. Europa. Países banhados pelo Pacífico nas Américas, Ásia, Oceania. China – Sucesso ou fracasso em converter-se numa economia de consumo e elevado valor agregado.
  7. 7. “As aulas são do século 19, os professores do século 20 e os alunos do século 21.” José Luiz Goldfarb – Intelectual “Só é gerenciado aquilo que se mede.” Kaoru Ishikawa – Teórico da Qualidade nas Cias. japonesas e pai do diagrama de Ishikawa. Foco na Educação e na Gestão
  8. 8. Livro: Business Model Generation
  9. 9. Cérebro reptiliano Idade: 100.000.000 Função: protege a integridade do corpo Sistema límbico ou cérebro emocional Idade: 50.000.000 Função: emoções e memória Córtex cerebral Idade: 2.500.000 Função: raciocínio lógico e projeções Funções Cerebrais Dra. Marylin Atkinson do Erickson College
  10. 10. Cérebro Reptiliano
  11. 11. Sistema Límbico
  12. 12. Córtex Cerebral (neocórtex)
  13. 13. 1. A Companhia de Jesus (Jesuítas) – desenvolvimento de virtudes e não de competências. 2. O estado assume a responsabilidade pela educação - mão de obra para as fábricas/educação técnica em massa (ensino gratuito). 3. O vestibular - treino para fazer uma prova. 4. O excesso da prática de retórica – aprendizagem receptiva e desprovida de significado. Educação Brasileira - Vícios
  14. 14. Reflexão “ A educação é importante demais para ser deixada apenas para os educadores. ” Francis Keppel – Educador Norte Americano (lei do ensino fundamental e médio/1965)
  15. 15. Propostas para Educação “ Os problemas da educação brasileira só serão resolvidos no atacado. ” Viviane Senna Lalli – Presidente do Instituo Ayrton Senna www.senna.globo.com/institutoayrtonsenna
  16. 16. Sem educação não há salvação A melhoria da educação, além dos visíveis impactos nos campos da cidadania e da democracia, é crucial para elevar a produtividade do trabalho e a competitividade das empresas e da economia como um todo. Para os trabalhadores, é essencial para a elevação da renda e o progresso na carreira. No mundo competitivo, sem educação, não há salvação. José Pastore – www.josepastore.com.br
  17. 17. LOW HIGH CHALLENGES HIGH BOREDOM ANXIETY Mihály Csíkszentmihályi (fonética: mihaːj tʃiːkːsɛntmihaːji) Estado Flow
  18. 18. INTELIGÊNCIA DESAFIO Mihály Csíkszentmihályi (fonética: mihaːj tʃiːkːsɛntmihaːji) Estado Flow
  19. 19. Fronteiras do Conhecimento Conexão entre cérebro e máquina (Neurocientista Miguel Nicolelis) – Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra. Não há profissões só para homens ou só para mulheres (Marina Bentivoglio) – Neurocientista da Universidade de Verona - Italia Você pode inventar uma nova profissão (Will Shortz) – Universidade Indiana USA. Smart Phone será carteira eletrônica – Operadora de telefonia celular norte- americana. Genoma dos chipanzés vs. Humanos tem uma diferença de apenas 5% – US National Institutes of Health. Ser homem é ter uma forma muito leve de autismo (Simon Baron-Cohen – Universidade de Cambridge – UK.
  20. 20. Inteligência Intergeracional Pela primeira vez na história da humanidade, a geração com menos de 30 anos tem melhores competências práticas que seus pais, irmãos mais velhos, professores, mentores, treinadores, chefes e patrões. É a chamada geração Y que nasceu depois de 1980. Uma década após surgiu a geração Z, dos nascidos nos anos de 1990, bem como, a geração M e Alfa. Em comum, ambas têm a facilidade com a comunicação digital, a rapidez, a urgência de se comunicar e a imersão num ambiente virtual, entre outras habilidades.
  21. 21. Ciclo de Vida do Capital Humano • Planejamento para atrair talentos. • Modelo de competência. • Avaliação individual. • Avaliação de equipe. • Avaliação Organizacional. • Coaching. • Desenvolvimento de liderança. • Desenvolvimento de equipes. • Desenvolvimento de habilidade profissionais. • Gerenciamento de sucessão. • Engajamento e retenção. • Comunicação estratégica. • Gestão de carreira. • Gestão de mudanças. • Gestão de performance. • Transição de carreira. • Decisão de carreira. • Planejamento de transição organizacional. • Implementação de transição organizacional. • Recolocação interna. • Aposentadoria. Atrair & Avaliar Desenvolver Engajar & Alinhar Transição Right Management – Felipe Westin
  22. 22. Empregabilidade X Empresabilidade Empregabilidade Empresabilidade
  23. 23. Pilares da Empregabilidade 1. Adequação Vocacional. 2. Competência Profissional. 3. Idoneidade. 4. Saúde Física, Mental e Espiritual. 5. Reserva Financeira. 6. Relacionamentos.
  24. 24. Recrutamento e Seleção • Fontes. • Metodologias. • Técnicas. • Processo. • Melhores práticas.
  25. 25. Nivel ejecutivo •Gerentes Senior •Evaluaciones: •DISC •Terman •Valores y Motivaciones •HOGAN •Assessment DDI •Inglés opcional •Días de cobertura: 40 días Mandos medios •Comité de Planta/ Gerente jr, Jefaturas, Coordinadores •Evaluaciones: •DISC •Terman •Valores y Motivaciones •HOGAN 120 dólares pagado por cada planta •(opcional) •Días de cobertura: 20 días Contribuidor Individual •Analistas, Auxiliares, Especialistas, Asesores de ventas •Evaluaciones: •Disc •Terman •IPV (Ventas) •Valores y Motivaciones •Inglés (opcional) •Evaluación técnica •Días de cobertura 10 días Sindicalizados •Operativos •Evaluaciones: •Disc •Ev. Rápida de Capacidad Intelectual •Valores y Motivaciones •Evaluación técnica •Días de cobertura 10 días Evaluaciones de Acuerdo a Nivel del Puesto Empresa Cliente da JAC Headhunters.
  26. 26. Neuroplasticidade do Cérebro Pedro Franceschi – Criador e Desenvolvedor do Siri para Iphone
  27. 27. Decomposição do Plástico: 450 anos para 3 meses Daniel Burd - Canadá
  28. 28. Ócio criativo Trabalho Aprendizado Diversão Autor: Domenico De Masi – Universidade Sapienza de Roma Diagrama do Ócio Criativo
  29. 29. O talento pode ser aprendido, exercitado e desenvolvido. Pode ser formado ao longo e em qualquer momento da vida. De força física ou vigor até inteligência excepcional em nenhum momento significa conhecimento. Talento
  30. 30. Competências Entende-se por competências os esquemas mentais, ou seja, as ações e operações mentais de caráter cognitivo, sócio-afetivo ou psicomotor que mobilizadas e associadas a saberes teóricos (conhecimentos) ou experiências, geram habilidades, ou seja, um saber-fazer. As habilidades são o saber-fazer relacionado com a prática do trabalho, transcendendo a mera ação motora, ou seja, as habilidades são atributos relacionados não apenas ao saber-fazer, mas aos saberes (conhecimentos), ao saber-ser (atitudes), ao saber-agir (práticas no trabalho) e fazer (comportamento de entrega) resultado) observável e mensurável.
  31. 31. Desligamento X Desemprego Professora Regina Madalozzo - Insper
  32. 32. Desatar o Nó A alta qualidade de pessoas que temos no Brasil X Falta a quantidade.
  33. 33. Clientes
  34. 34. jac.hunter3@gmail.com 11 9.8757.6200 11 9.7691.1500 Fale com o Headhunter Agradecido! Thank You! Gracias! Grazie! Dōmo Arigatô! 感謝
  35. 35. Premissas Não tenho a resposta. Tenho uma experiência.

×