SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
PROPOSTA DE GABARITO
ICMS/RJ

Caderno de Prova ’A01’, Tipo 005
Direito Administrativo
85. A Administração celebrou contrato pelo qual ela própria é usuária direta de um serviço. Esse
contrato, com valor de R$ 30 milhões, prevê prazo de prestação de serviços de 8 anos. O serviço em
questão consiste em fornecimento de mão de obra, não havendo nenhum aspecto de execução de obra. Nos
termos da Lei no 11.079/2004, que trata das parcerias público-privadas, esse contrato
(A) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pois não inclui nenhum aspecto de
execução de obra.
(B) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pela conjugação dos elementos prazo e
valor.
(C) é enquadrado como concessão administrativa.
(D) é enquadrado como concessão patrocinada.
(E) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pois tem por objeto exclusivamente
fornecimento de mão de obra
R: LETRA E – ART. 4º, INCISO III DA LEI 11.079/04

86. A Constituição Federal, com o texto dado pela EC 19/1998, assim dispõe:
Art. 7o São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição
social: [...]
IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais
básicas e às de sua
família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social,
com reajustes
periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;
Art. 39. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão conselho de política de administração
e remuneração de
pessoal, integrado por servidores designados pelos respectivos Poderes [...]
§ 3o Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. 7 o, IV, VII, VIII, IX, XII, XIII,
XV, XVI, XVII,
XVIII, XIX, XX, XXII e XXX, podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a
natureza do cargo o exigir.
Conforme entendimento sumulado do Supremo Tribunal Federal, os arts. 7 o, IV, e 39, § 3o (redação da
EC 19/1998), da Constituição referem-se
(A) à remuneração percebida pelo servidor público, excluídas as gratificações.
(B) à remuneração percebida pelo servidor público, excluídas as indenizações.
(C) ao vencimento básico percebido pelo servidor público, descontada qualquer vantagem pecuniária
pessoal.
(D) ao total da remuneração percebida pelo servidor público.
(E) ao vencimento básico percebido pelo servidor público, acrescido dos adicionais que já hajam se
incorporado permanentemente.
R: SÚMULA VINCULANTE Nº 16 DO STF
87. No curso da execução de um contrato administrativo, de prestação de serviços, subordinado ao
regime da Lei no 8.666/93, a Administração manifesta ao particular contratado sua decisão unilateral
de suprimir parte do objeto contratual de modo a provocar redução de 40% no valor do contrato. O
particular reage, expressando para a própria administração a ilegalidade da medida. Ouvindo os
argumentos do particular, a administração propõe, então, que a mesma redução ocorra por acordo das
partes, com o que o particular consente. Nessa situação, o resultado final é
( A) ilegal, pois a apreciação da ilegalidade da decisão administrativa caberia ao Poder Judiciário
e não à própria administração.
(B) ilegal, pois a supressão para além de 25% só é possível no caso de reforma de edifício ou
equipamento.
(C) legal, na medida em que a Lei n o 8.666/93 acolhe a possibilidade de alteração de contrato, com
supressão no patamar indicado, se decorrente de acordo das partes.
( D) ilegal, pois a ilegalidade inicial, decorrente da decisão de alteração unilateral, não pode ser
sanada pelo acordo do particular.
(E) legal, como de todo modo também seria legal se decorrente de alteração unilateral imposta pela
administração.
R: EXEGESE DO ART. 65 DA LEI 8.666/93
88. Nos termos da Lei no 8.666/1993:
A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da proposta
mais vantajosa para
a administração e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita
conformidade com
os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da
probidade administrativa,
da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos.
A Lei no 10.520/2002, que instituiu a modalidade “pregão”
(A) exclui o princípio da vinculação ao instrumento convocatório, pois admite negociação das
propostas com os licitantes, após sua
abertura, o que o Supremo Tribunal Federal já entendeu inconstitucional.
(B) exclui o princípio da isonomia, na medida em que elimina da fase de lances os licitantes cuja
proposta inicial supere em 10% a
proposta de menor valor, o que, todavia, o Supremo Tribunal Federal entende constitucional.
(C) exclui o princípio da impessoalidade, na medida em que admite negociação pessoal das propostas
com os licitantes, o que,
todavia, o Supremo Tribunal Federal entende constitucional.
(D) pauta-se pelos mesmos princípios.
(E) exclui o princípio da legalidade, pois deixa a critério da administração inverter as fases da
licitação, o que, todavia, o Supremo
Tribunal Federal entende constitucional.
R: DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA ADMINISTRATIVA

89. Em matéria de responsabilidade civil das pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de
serviço público, nos termos do art. 37, § 6o, da Constituição Federal, a jurisprudência mais
recente do Supremo Tribunal Federal alterou entendimento anterior, de modo a considerar que se trate
de responsabilidade
(A) subjetiva, porém decorrente de contrato, relativamente a terceiros usuários, e objetiva em
relação a terceiros não usuários do
serviço.
(B) objetiva relativamente a terceiros usuários e a terceiros não usuários do serviço.
(C) subjetiva relativamente a terceiros usuários e a terceiros não usuários do serviço.
(D) objetiva relativamente a terceiros usuários, e subjetiva em relação a terceiros não usuários do
serviço.
(E) subjetiva relativamente a terceiros usuários, e objetiva em relação a terceiros não usuários do
serviço.
R: ENTENDIMENTO DO STF

90. É compatível com o regime de atribuições do auditor fiscal da Receita Estadual do Estado do Rio
de Janeiro, estabelecido pela Lei Complementar Estadual no 69/1990, que
(A) ao lado das funções atribuídas privativamente aos funcionários titulares dos cargos de fiscal
de rendas pela referida Lei Complementar, outra lei lhes possa estabelecer outras atribuições não
privativas.
(B) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro exclua a competência da Corregedoria Tributária do
Controle Externo para instaurar procedimento investigatório para apuração, no caso de anulação do
auto de infração por existência de dolo por parte do fiscal autuante.
(C) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro estenda a servidores estranhos à carreira, mas
integrantes de outros órgãos públicos fluminenses, a função de examinar bens móveis e imóveis,
mercadorias, documentos e livros fiscais e comerciais e arquivos do sujeito passivo da obrigação
tributária.
(D) ato administrativo federal estenda a servidores estranhos à carreira, integrantes de órgãos
públicos federais, a função de emitir parecer em processos de consulta e de regime especial, bem
como de extinção, suspensão e exclusão de crédito tributário, em matéria de competência tributária
do Estado do Rio de Janeiro.
(E) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro delegue ao fiscal de rendas atribuição de exercer
a fiscalização de outros tributos que não os instituídos pelo Estado.
R: ART. 3º, PAR. 2º DA LEI 69/90.

91. Considere as seguintes assertivas, relativas ao regime do processo administrativo fixado pela
Lei Estadual no 5.427/2009:
I. Poderão atuar no processo administrativo os interessados, como tais designados, entre outros,
aqueles que, sem haverem iniciado o processo, tenham direitos ou interesses que possam ser afetados
pela decisão a ser adotada.
II. O ato de delegação de competência é revogável pela autoridade delegante, salvo se a autoridade
delegada já houver iniciado a execução da medida objeto da delegação.
III. Quando a matéria do processo envolver assunto de interesse geral, o órgão competente poderá,
mediante despacho motivado, abrir período de consulta pública para manifestação de terceiros, antes
da decisão do pedido, se não houver prejuízo para a parte interessada.
Está correto o que se afirma em
(A) I e III, apenas.
(B) III, apenas.
(C) I, II e III.
(D) I e II, apenas.
(E) II e III, apenas.
R: ART. 9, II + ART. 11, PAR. 2º + ART. 27 DA LEI 5.427/09.
92. O acesso à informação de que trata a Lei no 12.527/2011, compreende diversos direitos. Dentre
eles NÃO se encontra o de obter informação
(A) sobre atividades exercidas pelos órgãos e entidades da Administração Pública, inclusive as
relativas à sua política, organização e serviços.
(B) pertinente à administração do patrimônio público, utilização de recursos públicos, licitação e
contratos administrativos.
(C) contida em registros ou documentos, produzidos ou acumulados por órgãos ou entidades da
Administração Pública, recolhidos ou não a arquivos públicos.
(D) produzida ou custodiada por pessoa física ou entidade privada decorrente de qualquer vínculo com
órgãos ou entidades da Administração Pública, mesmo que esse vínculo já tenha cessado.
(E) referente a projetos de pesquisa e desenvolvimento científicos ou tecnológicos,
independentemente de avaliação de necessidade de sigilo em nome da segurança da sociedade e do
Estado.
R: ART. 7, PAR. 1º DA LEI 12.527/09

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prova tj do estadodo paraná
Prova   tj do estadodo paranáProva   tj do estadodo paraná
Prova tj do estadodo paranáJ M
 
Parecer mudanca de carreira por concurso direitos
Parecer mudanca de carreira por concurso direitosParecer mudanca de carreira por concurso direitos
Parecer mudanca de carreira por concurso direitoschrystianlima
 
Legislação extravagante pf - ponto 6 lei 8429-92
Legislação extravagante   pf - ponto 6 lei 8429-92Legislação extravagante   pf - ponto 6 lei 8429-92
Legislação extravagante pf - ponto 6 lei 8429-92Neon Online
 
Setença de reintegração concursados
Setença de reintegração concursadosSetença de reintegração concursados
Setença de reintegração concursadosRoberto Rabat Chame
 
Parecer Pedido de Carona
Parecer Pedido de CaronaParecer Pedido de Carona
Parecer Pedido de Caronachrystianlima
 
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90PreOnline
 
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)Cláudio Colnago
 
Estatuto servidor publico londrina
Estatuto servidor publico londrinaEstatuto servidor publico londrina
Estatuto servidor publico londrinaeduardocarlos1986
 
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vti
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vtiArtigo novas licitaçõesparaestatais_vti
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vtiInforma TI GOV
 
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOS
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOSQUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOS
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOSWilliam Gonçalves
 
Art 2 Constituicao Federal
Art 2 Constituicao FederalArt 2 Constituicao Federal
Art 2 Constituicao FederalLeonardo Sathler
 
 Questão 03
 Questão 03 Questão 03
 Questão 03Jessy Mota
 
Provas fgv-divididas-por-tema
Provas fgv-divididas-por-temaProvas fgv-divididas-por-tema
Provas fgv-divididas-por-temarodrigocp1986
 
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICO
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICOPOLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICO
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICOValdeci Correia
 
Infrações e Sanções Fiscais
Infrações e Sanções FiscaisInfrações e Sanções Fiscais
Infrações e Sanções FiscaisCláudio Colnago
 

Mais procurados (20)

Prova tj do estadodo paraná
Prova   tj do estadodo paranáProva   tj do estadodo paraná
Prova tj do estadodo paraná
 
Parecer mudanca de carreira por concurso direitos
Parecer mudanca de carreira por concurso direitosParecer mudanca de carreira por concurso direitos
Parecer mudanca de carreira por concurso direitos
 
Legislação extravagante pf - ponto 6 lei 8429-92
Legislação extravagante   pf - ponto 6 lei 8429-92Legislação extravagante   pf - ponto 6 lei 8429-92
Legislação extravagante pf - ponto 6 lei 8429-92
 
Setença de reintegração concursados
Setença de reintegração concursadosSetença de reintegração concursados
Setença de reintegração concursados
 
Parecer Pedido de Carona
Parecer Pedido de CaronaParecer Pedido de Carona
Parecer Pedido de Carona
 
Constituicao
ConstituicaoConstituicao
Constituicao
 
Justificativas
JustificativasJustificativas
Justificativas
 
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
 
IBMAP - Contratação Direta sem Licitação
IBMAP - Contratação Direta sem LicitaçãoIBMAP - Contratação Direta sem Licitação
IBMAP - Contratação Direta sem Licitação
 
O pedido
O pedidoO pedido
O pedido
 
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)
Infrações e Sanções Fiscais (24.09.2008)
 
Estatuto servidor publico londrina
Estatuto servidor publico londrinaEstatuto servidor publico londrina
Estatuto servidor publico londrina
 
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vti
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vtiArtigo novas licitaçõesparaestatais_vti
Artigo novas licitaçõesparaestatais_vti
 
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOS
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOSQUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOS
QUESTÕES DIVERSAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO - REVISÃO PARA CONCURSOS
 
Art 2 Constituicao Federal
Art 2 Constituicao FederalArt 2 Constituicao Federal
Art 2 Constituicao Federal
 
 Questão 03
 Questão 03 Questão 03
 Questão 03
 
Provas fgv-divididas-por-tema
Provas fgv-divididas-por-temaProvas fgv-divididas-por-tema
Provas fgv-divididas-por-tema
 
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICO
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICOPOLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICO
POLÍCIA CIVIL - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSO PÚBLICO
 
Infrações e Sanções Fiscais
Infrações e Sanções FiscaisInfrações e Sanções Fiscais
Infrações e Sanções Fiscais
 
Apostila lei 8112 (rju) comentado
Apostila lei 8112 (rju) comentadoApostila lei 8112 (rju) comentado
Apostila lei 8112 (rju) comentado
 

Semelhante a Proposta de gabarito ICMS/RJ

Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo Bezerra
Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo BezerraQuestões comentadas - Prof. Luís Gustavo Bezerra
Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo BezerraIsabelly Sarmento
 
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02OAB em Foco
 
Exercicios contabilidade tributario
Exercicios contabilidade tributarioExercicios contabilidade tributario
Exercicios contabilidade tributariocapitulocontabil
 
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...Editora Juspodivm
 
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCC
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCCConcurso - Pref. São José do Rio Preto - FCC
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCCProf. Antonio Daud Jr
 
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdf
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdfL14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdf
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdfHugoGuerreiro14
 
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de Direito
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de DireitoQualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de Direito
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de DireitoMarta Chaves
 
Entendeu direito ou quer que desenhe parcerias administrativas
Entendeu direito ou quer que desenhe   parcerias administrativasEntendeu direito ou quer que desenhe   parcerias administrativas
Entendeu direito ou quer que desenhe parcerias administrativasGenani Kovalski
 
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90Mentor Concursos
 
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão Administrativa
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão AdministrativaNão Incide Imposto sobre Serviços em Concessão Administrativa
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão AdministrativaItamar de Carvalho Júnior
 
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...Concurso Virtual
 
Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ
 Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ
Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJConcurso Virtual
 
Adm descomplicado vm-atualização 18p19ed
Adm descomplicado vm-atualização 18p19edAdm descomplicado vm-atualização 18p19ed
Adm descomplicado vm-atualização 18p19edJúlio César Montanha
 
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01Margaret Gonçalves
 
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São PedroComo fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São PedroOfficina Digital
 
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)Lenilson de Assis
 

Semelhante a Proposta de gabarito ICMS/RJ (20)

Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo Bezerra
Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo BezerraQuestões comentadas - Prof. Luís Gustavo Bezerra
Questões comentadas - Prof. Luís Gustavo Bezerra
 
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02
Simulado CERS - 1ª fase - XIII Exame - 02
 
Exercicios contabilidade tributario
Exercicios contabilidade tributarioExercicios contabilidade tributario
Exercicios contabilidade tributario
 
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...
Coleção provas discursivas respondidas e comentadas - Direito Administrativo ...
 
MP-RJ - Técnico Administrativo
MP-RJ - Técnico AdministrativoMP-RJ - Técnico Administrativo
MP-RJ - Técnico Administrativo
 
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCC
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCCConcurso - Pref. São José do Rio Preto - FCC
Concurso - Pref. São José do Rio Preto - FCC
 
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdf
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdfL14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdf
L14133 (NOVA LICITAÇÕES).pdf
 
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de Direito
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de DireitoQualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de Direito
Qualifica CFC 2017.2 Estácio - Noções de Direito
 
Entendeu direito ou quer que desenhe parcerias administrativas
Entendeu direito ou quer que desenhe   parcerias administrativasEntendeu direito ou quer que desenhe   parcerias administrativas
Entendeu direito ou quer que desenhe parcerias administrativas
 
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90Direito Administrativo - Lei 8.112/90
Direito Administrativo - Lei 8.112/90
 
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão Administrativa
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão AdministrativaNão Incide Imposto sobre Serviços em Concessão Administrativa
Não Incide Imposto sobre Serviços em Concessão Administrativa
 
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...
TCE-RJ: Comentários sobre a prova de Analista de Controle Externo - Dir. Adm ...
 
Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ
 Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ
Recurso Técnico Administrativo Concurso TRT-RJ
 
Adm descomplicado vm-atualização 18p19ed
Adm descomplicado vm-atualização 18p19edAdm descomplicado vm-atualização 18p19ed
Adm descomplicado vm-atualização 18p19ed
 
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
 
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São PedroComo fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
 
Direito administrativo contrato
Direito administrativo  contratoDireito administrativo  contrato
Direito administrativo contrato
 
Lei 14133_2021.pdf
Lei 14133_2021.pdfLei 14133_2021.pdf
Lei 14133_2021.pdf
 
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)
Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)
 
prova receita federal 2014
prova receita federal 2014prova receita federal 2014
prova receita federal 2014
 

Mais de Canal Dos Concursos

Edital TJ - SP - Escrevente - 2015
Edital TJ - SP - Escrevente - 2015Edital TJ - SP - Escrevente - 2015
Edital TJ - SP - Escrevente - 2015Canal Dos Concursos
 
Edital Concurso Banco do Brasil - 2014 - Escriturário
Edital Concurso Banco do Brasil -  2014 - EscriturárioEdital Concurso Banco do Brasil -  2014 - Escriturário
Edital Concurso Banco do Brasil - 2014 - EscriturárioCanal Dos Concursos
 
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...Canal Dos Concursos
 
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto Silva
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto SilvaAulão MPU - Direito Constitucional - Roberto Silva
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto SilvaCanal Dos Concursos
 
Aulão MPU - Portugues - Sandro Lucena
Aulão MPU - Portugues - Sandro LucenaAulão MPU - Portugues - Sandro Lucena
Aulão MPU - Portugues - Sandro LucenaCanal Dos Concursos
 
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir Morgado
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir MorgadoAULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir Morgado
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir MorgadoCanal Dos Concursos
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_prova
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_provaCespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_prova
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_provaCanal Dos Concursos
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)Canal Dos Concursos
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minarCespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minarCanal Dos Concursos
 
Cespe 2013 - inpi - nível superior - prova
Cespe 2013 - inpi - nível superior - provaCespe 2013 - inpi - nível superior - prova
Cespe 2013 - inpi - nível superior - provaCanal Dos Concursos
 
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - prova
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - provaCespe 2013 - inpi - nível intermediário - prova
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - provaCanal Dos Concursos
 
Apresentação mpu cespe-técnico adm
Apresentação mpu cespe-técnico admApresentação mpu cespe-técnico adm
Apresentação mpu cespe-técnico admCanal Dos Concursos
 
Planejamento de estudos mpu direito adm
Planejamento de estudos mpu direito admPlanejamento de estudos mpu direito adm
Planejamento de estudos mpu direito admCanal Dos Concursos
 
Aulão icms são paulo 22-03-13 - adriana figueredo
Aulão icms são paulo   22-03-13 - adriana figueredoAulão icms são paulo   22-03-13 - adriana figueredo
Aulão icms são paulo 22-03-13 - adriana figueredoCanal Dos Concursos
 
Edital resultado preliminar das provas do Banco do Brasil
Edital resultado preliminar das provas do Banco do BrasilEdital resultado preliminar das provas do Banco do Brasil
Edital resultado preliminar das provas do Banco do BrasilCanal Dos Concursos
 

Mais de Canal Dos Concursos (20)

Edital Concurso BNDES 2012
Edital Concurso BNDES 2012Edital Concurso BNDES 2012
Edital Concurso BNDES 2012
 
Edital TJ - SP - Escrevente - 2015
Edital TJ - SP - Escrevente - 2015Edital TJ - SP - Escrevente - 2015
Edital TJ - SP - Escrevente - 2015
 
Edital do MPU 2015 - Abertura
Edital do MPU 2015 - AberturaEdital do MPU 2015 - Abertura
Edital do MPU 2015 - Abertura
 
Edital Concurso Banco do Brasil - 2014 - Escriturário
Edital Concurso Banco do Brasil -  2014 - EscriturárioEdital Concurso Banco do Brasil -  2014 - Escriturário
Edital Concurso Banco do Brasil - 2014 - Escriturário
 
Edital Petrobras Distribuidora
Edital Petrobras Distribuidora Edital Petrobras Distribuidora
Edital Petrobras Distribuidora
 
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...
Proposta de gabarito ICMS-RJ / DIREITO CIVIL E PENAL - DICLER FORESTIERI FERR...
 
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto Silva
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto SilvaAulão MPU - Direito Constitucional - Roberto Silva
Aulão MPU - Direito Constitucional - Roberto Silva
 
Aulão MPU - Portugues - Sandro Lucena
Aulão MPU - Portugues - Sandro LucenaAulão MPU - Portugues - Sandro Lucena
Aulão MPU - Portugues - Sandro Lucena
 
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir Morgado
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir MorgadoAULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir Morgado
AULÃO MPU - Material DIREITO ADMINISTRATIVO - Almir Morgado
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_prova
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_provaCespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_prova
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_prova
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar (1)
 
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minarCespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar
Cespe 2013 --inpi_-_nível_intermediário_-_gabarito_preli minar
 
Cespe 2013 - inpi - nível superior - prova
Cespe 2013 - inpi - nível superior - provaCespe 2013 - inpi - nível superior - prova
Cespe 2013 - inpi - nível superior - prova
 
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - prova
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - provaCespe 2013 - inpi - nível intermediário - prova
Cespe 2013 - inpi - nível intermediário - prova
 
Apresentação mpu cespe-técnico adm
Apresentação mpu cespe-técnico admApresentação mpu cespe-técnico adm
Apresentação mpu cespe-técnico adm
 
Planejamento de estudos mpu direito adm
Planejamento de estudos mpu direito admPlanejamento de estudos mpu direito adm
Planejamento de estudos mpu direito adm
 
Aulão icms são paulo 22-03-13 - adriana figueredo
Aulão icms são paulo   22-03-13 - adriana figueredoAulão icms são paulo   22-03-13 - adriana figueredo
Aulão icms são paulo 22-03-13 - adriana figueredo
 
Contabilidade Avançada
Contabilidade AvançadaContabilidade Avançada
Contabilidade Avançada
 
Contabilidade de Custos ICMS-SP
Contabilidade de Custos ICMS-SPContabilidade de Custos ICMS-SP
Contabilidade de Custos ICMS-SP
 
Edital resultado preliminar das provas do Banco do Brasil
Edital resultado preliminar das provas do Banco do BrasilEdital resultado preliminar das provas do Banco do Brasil
Edital resultado preliminar das provas do Banco do Brasil
 

Último

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Proposta de gabarito ICMS/RJ

  • 1. PROPOSTA DE GABARITO ICMS/RJ Caderno de Prova ’A01’, Tipo 005 Direito Administrativo 85. A Administração celebrou contrato pelo qual ela própria é usuária direta de um serviço. Esse contrato, com valor de R$ 30 milhões, prevê prazo de prestação de serviços de 8 anos. O serviço em questão consiste em fornecimento de mão de obra, não havendo nenhum aspecto de execução de obra. Nos termos da Lei no 11.079/2004, que trata das parcerias público-privadas, esse contrato (A) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pois não inclui nenhum aspecto de execução de obra. (B) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pela conjugação dos elementos prazo e valor. (C) é enquadrado como concessão administrativa. (D) é enquadrado como concessão patrocinada. (E) não é enquadrável nas espécies de concessão de que trata, pois tem por objeto exclusivamente fornecimento de mão de obra R: LETRA E – ART. 4º, INCISO III DA LEI 11.079/04 86. A Constituição Federal, com o texto dado pela EC 19/1998, assim dispõe: Art. 7o São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social: [...] IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim; Art. 39. A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão conselho de política de administração e remuneração de pessoal, integrado por servidores designados pelos respectivos Poderes [...] § 3o Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. 7 o, IV, VII, VIII, IX, XII, XIII, XV, XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII e XXX, podendo a lei estabelecer requisitos diferenciados de admissão quando a natureza do cargo o exigir. Conforme entendimento sumulado do Supremo Tribunal Federal, os arts. 7 o, IV, e 39, § 3o (redação da EC 19/1998), da Constituição referem-se (A) à remuneração percebida pelo servidor público, excluídas as gratificações. (B) à remuneração percebida pelo servidor público, excluídas as indenizações. (C) ao vencimento básico percebido pelo servidor público, descontada qualquer vantagem pecuniária pessoal. (D) ao total da remuneração percebida pelo servidor público. (E) ao vencimento básico percebido pelo servidor público, acrescido dos adicionais que já hajam se incorporado permanentemente. R: SÚMULA VINCULANTE Nº 16 DO STF
  • 2. 87. No curso da execução de um contrato administrativo, de prestação de serviços, subordinado ao regime da Lei no 8.666/93, a Administração manifesta ao particular contratado sua decisão unilateral de suprimir parte do objeto contratual de modo a provocar redução de 40% no valor do contrato. O particular reage, expressando para a própria administração a ilegalidade da medida. Ouvindo os argumentos do particular, a administração propõe, então, que a mesma redução ocorra por acordo das partes, com o que o particular consente. Nessa situação, o resultado final é ( A) ilegal, pois a apreciação da ilegalidade da decisão administrativa caberia ao Poder Judiciário e não à própria administração. (B) ilegal, pois a supressão para além de 25% só é possível no caso de reforma de edifício ou equipamento. (C) legal, na medida em que a Lei n o 8.666/93 acolhe a possibilidade de alteração de contrato, com supressão no patamar indicado, se decorrente de acordo das partes. ( D) ilegal, pois a ilegalidade inicial, decorrente da decisão de alteração unilateral, não pode ser sanada pelo acordo do particular. (E) legal, como de todo modo também seria legal se decorrente de alteração unilateral imposta pela administração. R: EXEGESE DO ART. 65 DA LEI 8.666/93 88. Nos termos da Lei no 8.666/1993: A licitação destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita conformidade com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos. A Lei no 10.520/2002, que instituiu a modalidade “pregão” (A) exclui o princípio da vinculação ao instrumento convocatório, pois admite negociação das propostas com os licitantes, após sua abertura, o que o Supremo Tribunal Federal já entendeu inconstitucional. (B) exclui o princípio da isonomia, na medida em que elimina da fase de lances os licitantes cuja proposta inicial supere em 10% a proposta de menor valor, o que, todavia, o Supremo Tribunal Federal entende constitucional. (C) exclui o princípio da impessoalidade, na medida em que admite negociação pessoal das propostas com os licitantes, o que, todavia, o Supremo Tribunal Federal entende constitucional. (D) pauta-se pelos mesmos princípios. (E) exclui o princípio da legalidade, pois deixa a critério da administração inverter as fases da licitação, o que, todavia, o Supremo Tribunal Federal entende constitucional. R: DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA ADMINISTRATIVA 89. Em matéria de responsabilidade civil das pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de serviço público, nos termos do art. 37, § 6o, da Constituição Federal, a jurisprudência mais recente do Supremo Tribunal Federal alterou entendimento anterior, de modo a considerar que se trate de responsabilidade (A) subjetiva, porém decorrente de contrato, relativamente a terceiros usuários, e objetiva em relação a terceiros não usuários do serviço. (B) objetiva relativamente a terceiros usuários e a terceiros não usuários do serviço. (C) subjetiva relativamente a terceiros usuários e a terceiros não usuários do serviço.
  • 3. (D) objetiva relativamente a terceiros usuários, e subjetiva em relação a terceiros não usuários do serviço. (E) subjetiva relativamente a terceiros usuários, e objetiva em relação a terceiros não usuários do serviço. R: ENTENDIMENTO DO STF 90. É compatível com o regime de atribuições do auditor fiscal da Receita Estadual do Estado do Rio de Janeiro, estabelecido pela Lei Complementar Estadual no 69/1990, que (A) ao lado das funções atribuídas privativamente aos funcionários titulares dos cargos de fiscal de rendas pela referida Lei Complementar, outra lei lhes possa estabelecer outras atribuições não privativas. (B) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro exclua a competência da Corregedoria Tributária do Controle Externo para instaurar procedimento investigatório para apuração, no caso de anulação do auto de infração por existência de dolo por parte do fiscal autuante. (C) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro estenda a servidores estranhos à carreira, mas integrantes de outros órgãos públicos fluminenses, a função de examinar bens móveis e imóveis, mercadorias, documentos e livros fiscais e comerciais e arquivos do sujeito passivo da obrigação tributária. (D) ato administrativo federal estenda a servidores estranhos à carreira, integrantes de órgãos públicos federais, a função de emitir parecer em processos de consulta e de regime especial, bem como de extinção, suspensão e exclusão de crédito tributário, em matéria de competência tributária do Estado do Rio de Janeiro. (E) ato administrativo estadual do Rio de Janeiro delegue ao fiscal de rendas atribuição de exercer a fiscalização de outros tributos que não os instituídos pelo Estado. R: ART. 3º, PAR. 2º DA LEI 69/90. 91. Considere as seguintes assertivas, relativas ao regime do processo administrativo fixado pela Lei Estadual no 5.427/2009: I. Poderão atuar no processo administrativo os interessados, como tais designados, entre outros, aqueles que, sem haverem iniciado o processo, tenham direitos ou interesses que possam ser afetados pela decisão a ser adotada. II. O ato de delegação de competência é revogável pela autoridade delegante, salvo se a autoridade delegada já houver iniciado a execução da medida objeto da delegação. III. Quando a matéria do processo envolver assunto de interesse geral, o órgão competente poderá, mediante despacho motivado, abrir período de consulta pública para manifestação de terceiros, antes da decisão do pedido, se não houver prejuízo para a parte interessada. Está correto o que se afirma em (A) I e III, apenas. (B) III, apenas. (C) I, II e III. (D) I e II, apenas. (E) II e III, apenas. R: ART. 9, II + ART. 11, PAR. 2º + ART. 27 DA LEI 5.427/09. 92. O acesso à informação de que trata a Lei no 12.527/2011, compreende diversos direitos. Dentre eles NÃO se encontra o de obter informação (A) sobre atividades exercidas pelos órgãos e entidades da Administração Pública, inclusive as relativas à sua política, organização e serviços. (B) pertinente à administração do patrimônio público, utilização de recursos públicos, licitação e contratos administrativos. (C) contida em registros ou documentos, produzidos ou acumulados por órgãos ou entidades da Administração Pública, recolhidos ou não a arquivos públicos. (D) produzida ou custodiada por pessoa física ou entidade privada decorrente de qualquer vínculo com órgãos ou entidades da Administração Pública, mesmo que esse vínculo já tenha cessado. (E) referente a projetos de pesquisa e desenvolvimento científicos ou tecnológicos, independentemente de avaliação de necessidade de sigilo em nome da segurança da sociedade e do Estado.
  • 4. R: ART. 7, PAR. 1º DA LEI 12.527/09