Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)

7.461 visualizações

Publicada em

O que é licitação?
Seus Princípios, modalidades e tramitações você aprende aqui...

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Noções da lei 8666(LICITAÇÃO)

  1. 1. Noções da Lei 8.666/93 Concurso da POLÍCIA CIVIL, Lenilson de Assis, 1afase.blogspot.com 1
  2. 2. SERVIÇO PÚBLICO Conceito: é todo aquele prestado pela administração ou por particulares, debaixo das regras do direito público, para preservação dos interesses da coletividade. quem presta? Administração pública ou particular. como presta? Segundo regras do direito público. para quem presta? Preservação dos interesses da coletividade. 2
  3. 3. DA TITULARIDADE a titularidade de um serviço público pertence a administração e é intransferível, fixando unilateralmente as regras para execução do serviço, tendo competência para fiscalizar o cumprimento das regras, resultando competência de aplicar sanções pelo descumprimento das regras. A administração que escolhe o prestador, por ser titular, como também a maneira pela qual o serviço será executado. Para o particular temos, no máximo, a execução. Titular: será sempre a Administração pública. Execução: administração ou particular. 3
  4. 4.  execução direta(centralizada): será exercida pela própria administração direta. Execução indireta(descentralizada): quando essa execução é feita por pessoas da administração indireta. Execução indireta(descentralizada) por particulares: hipóteses fora da administração, onde a execução é dada para particulares, mediante licitação, podendo ser na forma de concessão, permissão, autorização. artigo 175 da CF incumbe ao poder público na forma da lei, diretamente ou mediante concessão, permissão, sempre através de licitação a prestação de serviços públicos. 4
  5. 5.  Conceito: é um procedimento administrativo que visa aquisição de uma melhor proposta para administração. Fundamentação constitucional: art. 22, XXVII, 37, XXI e 173,§1° Infraconstitucional: Leis 8.666, 10520, 12232, 8987, 11079 Finalidade(art.3°): destaque a Lei 12.349/10(+ vantajosa)a)escolha da proposta mais vantajosa.b)contratação pela impessoalidade.c)promoção do desenvolvimento nacional, aplica-se no critério do desempate, traz hipótese nova de dispensa de licitação para promover desenvolvimento nacional, prazo diferenciado(L. 12349). Quem deve licitar(art. 1º, p. un.): administração pública, ressalva das EP e SEM(173,§1°, III), ressalva as entidades paraestatais( “S”, OS, OSCIP). O quê deve ser licitado(art.2°):a)contratos: obras, serviços,compras, alienações e locaçõesb)concessões: de uso de bem público e de serviço públicoc)Permissões: de uso de bem público e de serviço públicod) convênio? Não exige licitação. 5
  6. 6. Ressalva EP/SEM EP/SEM: polêmica da Petrobras se deu por conta da Lei 9478/97 que disciplinou ANP(Agência Nacional do Petróleo), simplificando os procedimentos de licitação. Consequência: a Petrobras usou desse processo simplificado, onde o TC não aceitou, suspendo os procedimentos Medida: MS no STF, liminar vem mantendo o procedimento simplificado, não há decisão de mérito sobre a matéria. Empresa pública(PJD Privado) Soc EC Mista(PJD Privado) SP AE SP AE Licitação Simplificado Licitação Simplificado MEIO FIM MEIO FIM Licitação Simplificado Licitação Simplificado 6
  7. 7.  Princípios: LIMPE + legislação específica.1)vinculação ao instrumento convocatório(41): tudo que for importante, relevante, interessar a licitação tem que está escrito no edital, este é a lei da licitação, deve ser cumprido. Administrador não exigir além, aquém ao previsto no edital.(não apresentação da certidão)2)julgamento objetivo(45): o edital tem que definir de forma clara, precisa qual será o critério de seleção(tipos de licitação= melhor preço, técnica, técnica+preço), o administrador não pode levar um argumento estranho ao edital, ex: parâmetro, critério estranho ao edital.3)sigilo de proposta: as proposta são sigilosas ate o momento de sua abertura em sessão pública. Exceção ao princípio se dá na modalidade Leilão. Sob pena dos crimes do art. 93 e 94, improbidade administrativa, tipo dano ao erário.4)procedimento formal: dentro das regras previstas nas leis, pular uma fase, o edital tem que definir as formalidades, observar a necessária.ex: cor envelope, tamanho da letra, cor da caneta. 7
  8. 8. Da competência Competência: quem pode atuar sobre determinada matéria, assim sendo, de quem é a competência de legislar de normas específicas? UF, EM, DF, MU, porém só servira para aquela esfera federativa(ex: Lei Baiana de Licitações e contratos há uma inversão de procedimento(mudar a ordem). Norma nacional: é aplicável para todos os entes do território. Norma federal: só serve para própria UF. STF: art. 17, ADI 927(alienação de bens), algumas alienas da lei foi além de norma geral, abrangendo normas especiais. É constitucional, desde que interpretado como norma específica da UF, segundo a CF. 8
  9. 9.  Assinale a alternativa corretaa) os objetivos da licitação são garantir o princípio da isonomia e a seleção mais vantajosa para a Administração.b) o princípio da publicidade é regra que não comporta exceção no procedimento licitatório.c) a Lei 8.666/93 não determina que as entidades paraestatais realizem licitação pública para compras, serviços e obrasd) devem ser licitados os contratos, os convênios, as concessões e as permissões. 9
  10. 10.  Regra: fazer licitação, contratação, objetivando a melhor proposta que vise o desenvolvimento nacional, porém, existem exceções que é quando não há licitação, contrato direto, ocorre em 2 situação:1)dispensa de licitação: competição é viável, porém o legislador, através da lei, vontade da lei, libera(rol taxativo).a)dispensada(17): a competição é viável, a lei diz que não precisa, resultando na vinculação, não pode licitar. Trata da alienação dos bens públicos, doação de um bem para o Estado.b)dispensável(24): é viável, a lei diz que não precisa, pode licitar se quiser(discricionariedade).2)inexigibilidade de contratação(25): competição inviável, rol exemplificativo(não há discricionariedade) procedimento de justificação(26): emergência/situação Condições para competição viável:a. Pressuposto lógico(pluralidade de fornecedor).b. Pressuposto jurídico(interesse público), ressalva EP/SEM.c. Pressuposto fático(interesse mercado). 10
  11. 11. Licitação dispensada(art. 17) Imóveis: alienação depende de interesse público, autorização legislativa, avaliação e licitação, dispensada esta na:a)dação em pagamento(pagamento de dívida)b)doação para Administração ou para programas sociais(minha casa minha vida-sorteio)c)investidura(alienação a proprietário indireto, de área remanescente ou resultante de obra pública, inaproveitável isoladamente) Móveis: a alienação depende de interesse público, avaliação e licitação, mas essa licitação está dispensada na doação social, na permuta entre órgãos da Administração e outros casos 11
  12. 12. Licitação dispensável(art. 24) Em razão do valor (I e II)a)contratos de até 10% do valor limite para o convite(23) - R$ 15 mil para obras e serviços de engenharia - R$ 8 mil para compras e serviçosb)contratos de até 20% do valor limite para o convite, se feitos por consórcios públicos, empresas estatais e agências executivas (p. ún.) - R$ 30 mil para obras e serviços de engenharia - R$ 16 mil para compras e serviços não é possível o fracionamento de contratações que possam ser feitas de uma só vez, para que não haja violação reflexa da lei, sob pena de improbidade administrativa, dano ao erário. 12
  13. 13. Em razão de situações excepcionaisa)em caso de guerra ou grave perturbação da ordem (III) - ex: greveb)em caso de calamidade pública ou emergência (IV)- ex: desmoronamento de uma ponte- Somente para os bens/serviços relacionados à urgência- Por, no máximo, 180 dias, vedada prorrogação do contratoc)em caso de licitação deserta (V): caso não haja interessados à licitação e esta não possa ser repetida sem prejuízo, mantidas as condições do edital não se deve confundir licitação deserta, com licitação fracassada; na última, aparecem interessados, mas estes ou são inabilitados ou são desclassificados, não cabendo dispensa, mas concessão de prazo para licitantes apresentarem nova documentaçãod)quando a União tiver que intervir no domínio econômico para regular preços ou normalizar o abastecimento (VI)e)em caso de rescisão contratual, para conclusão do remanescente de obra; contrata-se 2º melhor classificado, nas condições oferecidas pelo vencedor do certame (XI) 13
  14. 14. Em razão do objetoa)para compra ou locação de imóvel pela Administração (X)- ex: aluguel de imóvel para instalar um creche municipal- Imóvel destinado a finalidade precípua da Administração- Imóvel com instalação/localização ideais para Administração- Imóvel com valor compatível com o de mercadob)para aquisição ou restauração de obras de arte e objetos históricos (XV)- Desde que de autenticidade certificada- Desde que compatível com finalidade do órgão 14
  15. 15. Em razão da pessoaa)na contratação de instituição brasileira de pesquisa, ensino. desenvolvimento institucional ou recuperação de preso, com inquestionável reputação ético-profissional e sem fins lucrativos (XIII)- ex: contratação da FGV para uma consultoriab)na contratação de serviços de organizações sociais, para atividades contempladas no contrato de gestão (XXIV)- Verificar os demais incisos do art. 24 da Lei 8.666/93. 15
  16. 16. Inexigibilidade de licitação (art. 25) Quando houver inviabilidade de competição, em especial:a)em caso de fornecedor exclusivo (I)- Ex’s: quando há único fornecedor de um medicamento; para contratação de serviço postal (só Correios)- É vedada a preferência de marca, salvo para padronizaçãob)caso seja necessário contratar serviço singular (II)- Trata-se de serviço técnico diferenciado, não podendo se tratar de um serviço comum- Havendo tal necessidade, deve-se contratar profissional com notória especialização- Não há inexigibilidade no serviço de publicidade/divulgaçãoc)na contratação de artista, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública 16
  17. 17. Procedimento de Justificação(26)a) existência de um processo administrativob) justificativa da não realização da licitaçãoc) justificativa de preço – pesquisa de preçod) razão da escolha do fornecedore) comunicação, em 3 dias úteis, à autoridade superior, para ratificaçãof) publicação da contratação, em 5 dias, para eficácia do ato Responsabilidade em caso de superfaturamentoa) é solidáriab) são responsáveis o fornecedor e o agente público 17
  18. 18. Assinale a alternativa corretaa) a existência de um caso de licitação dispensável impõe que a Administração promova contratação direta, não havendo discricionariedade de sua parteb) a licitação fracassada enseja dispensa de licitaçãoc) é caso de dispensa de licitação a existência de fornecedor exclusivo de um dado produto de interesse da Administraçãod) serviço singular é aquele serviço de natureza técnica e diferenciada, que enseja inexigibilidade de licitação 18
  19. 19.  Tipos de licitaçãoa)menor preço: em caso de aquisições- Não pode ser zero- Não pode ser inexequível- Não pode estar vinculado ao preço de outro licitante- Em caso de empate, faz-se sorteio, salvo preferênciasb)maior lance:- Em caso de alienação, concessão de direito real de uso e privatização- É típico da modalidade “leilão”c)Melhor técnica e melhor técnica e preço- Serviços de natureza predominantemente intelectual- Ex: contratação de agência de publicidade 19
  20. 20.  Fases da licitação: como regra, temos a aplicação para aqueles que se baseiam no valor, quais sejam, a concorrência, tomada de preço e convite. Concurso: possui regulamento próprio. Leilão: não possui procedimento na Lei 8.666/93.1-Fase interna: momento de preparação do processo até a publicação.a) solicitação da compra ou aquisição, com motivação(autuação).b) verificação da existência de dotação e de recursos orçamentários.c) autorização da licitação e designação de comissão de licitação(51), onde se exige 3 membros, pelo menos 2 efetivos que deveram elaborar o edital, nos termos do art. 40.d) parecer jurídico.e) aprovação pelo jurídico, aprovação final pela autoridade, minuta de edital. 20
  21. 21.  2-Fase externa: conta-se da publicação do edital, conforme art. 21.a)Edital: contém procedimento, condições de participação, critérios de julgamento, elementos do futuro contrato; em anexo, contém minuta do contrato, o mesmo não pode ser comercializado, cabendo apenas o ressarcimento do seu custo(cópia, envio, encadernação), não deve condicionar a compra do edital para participação do certame.b)impugnação: não tem natureza de recurso, não tem efitos suspensivos deve alcançar tanto o edital, como o contrato em anexo “minuta”. Momento que é possível fazer a alteração do edital(21,§4°), via aditamento, devendo ser publicado da mesma forma do edital, reabrindo prazo mínimo para todos, somente no caso de surgi novas obrigações.1) modificar obrigação: novo intervalo mínimo.2) demais: basta a publicação, não sendo necessário o prazo de intervalo mínimo. qualquer cidadão, até 5 dias úteis da data da abertura dos envelopes de habilitação, tendo o prazo de 3 dias úteis para julgar a impugnação. licitante, até 2º dia útil da abertura dos envelopes, sob pena de perder o direito de reclamar(preclusão). 21
  22. 22.  3-Fase do recebimento de envelopes: não precisa está presente o fornecedor, mas somente o envelope, havendo atraso, não é possível o recebimento, exceto no caso de atraso da comissão. Os envelopes são de acordo com o tipo de licitação, devendo ser entregues ao mesmo momento, rubricados por todos quando fechados e ainda estando abertos é obrigatório todos os documentos(43), sendo: a)tipo melhor preço ou melhor técnica: 2 envelopes, 1 contendo proposta de preço/técnica e 1 habilitação. b)tipo melhor técnica e preço: 3 envelopes, 1 contendo proposta de preço, 1 de técnica e 1 habilitação. 22
  23. 23.  4-Fase de habilitação/qualificação(27): verificação da idoneidade, por meio da entrega de documentos, esse rol é taxativo, sob pena de inabilitação/desqualificação. Essa fase é taxativa, onde temos:a) jurídica: documentos da pessoa(contrato, estatuto)b) fiscal: inscrição e regularidade com Fazendas, com Seguridade e com o FGTS; inscrição fiscal e certidõesc) técnica: experiência e disponibilidade de pessoal e equipamentos; inscrição no órgão e atestadosd) econômico-financeira: existência de aptidão econômica para a satisfação do objeto contratual; exige-se balanços, negativa de falência e garantia de até 1%e) regularidade quanto ao trabalho de menores: não emprego de menores em sua atividades, sob pena de inabilitação do licitante. 23
  24. 24.  5-Fase do julgamento da habilitação: hipótese que se tem a habilitação ou inabilitação, fase em que caberá recurso com efeito suspensivo(109), em regra, não temos efeito suspensivo, exceto esse caso derivado de inabilitação, onde se terá o prazo de 5 dias úteis para interposição de recurso, ressalva do convite que o prazo é de 2 dias úteis. Havendo inabilitação de todos os licitantes, teremos o art. 48, §3°, onde irá ocorrer a suspensão(diligência) pelo prazo de 8 dias úteis para corrigir o defeito sanável, ressalva do convite que será de 3 dias úteis. Passado o prazo de 8 dias e permanecer o vício(não é licitação fracassada,pois ainda estamos na fase de habilitação), deverá ser feita nova licitação. 24
  25. 25.  6- Fase do julgamento das propostas: verifica-se as formalidades do edital, posteriormente o preço ofertado se é compatível com o de mercado, sob pena de (DES)CLASSIFICAÇÃO. Após a classificação dos licitantes, escolhe-se a melhor proposta, ressalva do caso de empate, onde temos art. 3°,§2°:a) Bens produzidos no Brasil.b) Bens produzidos ou prestados por empresas brasileiras.c) Investe na pesquisa e no desenvolvimento tecnológico no país (Lei 12.349/10).d) Permanecendo empate, usa-se do art. 45,§2°, trata do sorteio entre os empatados, devendo ser expresso na ata. Classificação das propostas na ordem de melhor proposta, abrindo possibilidade de recurso(109), com efeito suspensivo com prazo de 5 dias úteis, exceto convite que é 2 dias úteis. Ocorrendo a desclassificação de todos, teremos a diligência de suspensão do art. 48,§3°, prazo de 8 dias úteis e 3 dias úteis em caso de convite, permanecendo todas as empresas desclassificadas, teremos a licitação fracassada, sendo possível a contratação direta com dispensa de licitação. Homologação: verificação da regularidade, análise da comissão por conta da vinculação ao instrumento convocatório(legalidade), sendo homologado pelo chefe da administração-autoridade que autorizou a publicação do edital. Adjudicação: atribuição do objeto ao vencedor significa o resultado oficial, criando uma expectativa de contratação, mas nunca uma vinculação, cabendo o direito de ordem, já para empresa vencedora há vinculação, obrigada pelo prazo de 60 dias, salvo prazo expresso no edital, contado da data da entrega dos envelopes, permanecendo sem querer firmar contrato, pena do art. 87, chamando a 2ª colocada na base da 1ª proposta, não sendo possível, deverá promover nova licitação(64,§3°). 25
  26. 26.  MODALIDADES DE LICITAÇÃO: art. 22. Em razão do valor: concorrência, tomada de preço e convite. Em razão do objeto: leilão, concurso e pregão.1. Concorrência(23,§3°): dá-se em razão do valor.a) destinação: grande vulto: acima de 1,5 mi (obras e serviços de engenharia) e acima de R$ 650 mil (compras e serviços), trata da compra e alienação de imóveis, ressalva dos imóveis decorrentes de processos judiciais e dação em pagamento que poderão aplicar o leilão(19), há discricionariedade. Temos ainda no caso de concessões de uso de bem público e de serviços públicos, ressalva das concessões do PND(política de desestatização) em que pode ser aplicado o leilão, por fim, a licitação internacional, ressalva da tomada de preço(valor igual da modalidade, desde que tenha empresa estrangeira cadastradas), como também o convite(valor igual da modalidade, desde que não haja fornecedor no país).b) características:- universalidade, com habilitação preliminarc) Prazo de intervalo mínimo(21): conta da publicação do edital a entrega dos envelopes.- em caso técnica ou técnica e preço: temos mínimo 45 dias corridos.- melhor preço: temos 30 dias corridos. 26
  27. 27.  2. Tomada de preços(22,§2°): dá-se em razão do valor.a) destinação: médio vulto é acima de 150 mil até 1,5 mi (obras e serviços de engenharia) e acima de 80 até R$ 650 mil (compras e serviços), é usada nos casos de licitação internacional, se houver cadastro internacional, fora essa exceção, temos:b) características: Habilitação prévia– interessado deve estar cadastrado e apresentar “certificado de registro cadastral” - SICAF- Não cadastrado pode participar se atender condições de cadastro até o 3º dia anterior à data do recebimento das propostas. Este ato de vontade se dá através de requerimento, onde deve se provar as condições do edital para participar.c) Prazo de intervalo mínimo(21): conta da publicação do edital a entrega dos envelopes.- em caso técnica ou técnica e preço: temos mínimo 30 dias corridos.- melhor preço: temos 15 dias corridos. 27
  28. 28.  3. Convite(22,§ 3°): dá-se em razão do valor.a) destinação: pequeno vulto de até 150 mil (obras e serviços de engenharia) e até R$ 80 mil (compras e serviços)b) características : Publicidade reduzida: não há edital, mas carta-convite que é encaminhada aos convidados e afixada no quadro de avisos em local de fácil acesso, onde se tem como fornecedores: Convidado: cadastrados ou não, devendo ser o n° mínimo de 3, ressalva, caso haja restrição de mercado, poderá o administrador, desde que justificadamente prosseguir com n° inferior. Cadastrados: desde que manifestem interesse com antecedência de 24 horas. Se existir mais de três cadastrados, a cada novo convite há de se chamar cadastrado ainda não convidado. Prazo(21): 5 dias úteis- funcionamento normal-, contados da expedição do convite. Habilitação pode ser dispensada, salvo Seguridade Social Comissão(51): mínimo 3, exceto se provar a prejudicialidade do serviço, onde poderá ser formada somente por 1 servidor. 28
  29. 29.  Fique atento! Dicas sobre as modalidades que tratam em razão do valor(concorrência, tomada de preço e convite), nesses caso: A lei exige a modalidade convite, poderá ser usada modalidade superior, mas nunca inferior, ou seja:a)Convite: pode ser tomada de preço ou concorrência.b)Tomada de preço: pode ser concorrência.c)concorrência: só concorrência. Art. 23, §5°: trata do fracionamento que é vedado, sobe pena de fraude à licitação, tendo em vista que o servidor deve planejar o seu orçamento anual. Art. 23, §8°: trata dos Consórcios Públicos que podem ter o teto do art. 23, aumentado nas seguintes hipóteses :a)Formada por 3 entes: valor será 2x(dobrado)b)Formada por mais de 3 entes: valor será 3x(triplicado) Audiência pública(39): só é necessária nas hipótese em que o valor do certame conjunto ou simultâneo for superior 100(cem) vezes= 100x acima de 1,5 milhão, o processo será iniciado, obrigatoriamente, com audiência pública com antecedência mínima de 15 dias úteis da data da publicação do edital, e divulgada com antecedência mínima e 10 dias úteis de sua realização. 29
  30. 30.  4. Concurso(22, §4º): dá-se e razão do objeto.a) destinação: para a escolha de trabalhos técnico, científico ou artístico, mediante prêmios ou remuneração aos vencedores, onde temos como exemplo um concurso de monografia jurídica.b) características:- Entrega-se trabalho pronto, e não uma proposta- Prazo para a entrega do trabalho pronto: no mínimo 45 dias após última publicação, conforme art. 21, §2°, I, “a”. Habilitação pode ser dispensada, mas o edital deve indicar eventual qualificação exigida dos participantes. Comissão especial(51): poderá ser formada por servidores ou não. Procedimento: não é previsto na lei de licitação, tendo regulamento próprio. É diferente de concurso público de provas e provas e títulos. 30
  31. 31.  5. Leilão(22, §5°): dá-se em razão do objeto.a) destinação: para a alienação de bens móveis inservíveis, de produtos aprendidos ou *penhorados, de imóveis adquiridos em processo judicial ou por dação em pagamento e de ativos(19), ações e outros direitos relacionados a desestatização. Destaque ao art. 17, §6°, ao se tratar de móveis de até R$ 650 mil.b) características :- Prazo para realização do evento: no mínimo 15 dias após publicação- Tipo: maior lance, igual ou superior ao da avaliação- Habilitação pode ser dispensada, salvo Seguridade Social Direção do evento: leiloeiro oficial ou servidor designado Procedimento: não está previsto na Lei 8.666/93. *penhorado: refere-se a objeto de penhora de ação judicial(execução), onde o que é aplicado é o CPC, o legislador quis passar a visão de empenhado que diz respeito ao objeto de penhor em instituições bancária, onde temos o Leilão. 31
  32. 32. 6. Pregão (Lei 10.520/02): em razão do objeto, trata de um modalidade de licitação conforme preâmbulo da Lei.a) destinação: serve para aquisição de bens e serviços comuns, onde se tem as especificações usuais no mercado - Ex: móveis, material de escritório, de informática.b) características : - Prazos para a realização da sessão de pregão: no mínimo 8 dias úteis, contados da última publicação. - Tipo: só é possível a de “menor preço”- Dupla inversão de fases- Classificação provisória + lances verbais + negociação- Oralidade: recurso e adjudicação na própria sessão- Comissão: pregoeiro e equipe de apoio (maioria efetivo)- Vedado: garantia da proposta e pagamento de taxas -Pregão Eletrônico: adotado, preferencialmente, pela UF-(comprasnet.gov.br). 32
  33. 33.  Procedimento do pregão1º) Formalização do processo.2º) Publicação do edital.3º) Recebimento dos envelopes.4º) Abertura dos envelopes com as propostas (inversão): abri-se a proposta escrita, selecionando a melhor proposta e as demais que não excedam a 10% do valor da melhor.5º) Classificação provisória e julgamento de no mínimo 4, sendo a melhor e pelo menos 3 com margem de até 10%, podendo ser superior esse número. Não havendo como classificar pela regra dos 10%, aplica-se as três melhores propostas.6º) Lances verbais entre o 1º classificado e os que tiverem ofertas até 10% maiores - garantidos pelo menos três preços diferentes7º) Classificação definitiva, negociação com 1º classificado e exame da aceitabilidade da melhor proposta8º) Abertura do envelope com os documentos de habilitação do licitante que apresentar melhor proposta(oposto das modalidades da Lei 8.666/93).9º) Declaração do licitante vencedor10º) Oportunidade para recurso oral e motivado, concedendo-se, após, até 3 dias para razões e 3 dias para resposta, segundo art. 4°, Lei. 10.520/0211º) Adjudicação e, depois, homologação (inversão) 33
  34. 34. Assinale a alternativa corretaa) a exigência de regularidade fiscal diz respeito à habilitação econômico-financeirab) na modalidade de licitação concorrência a habilitação é préviac) o convite deve ser feito a, pelo menos, três fornecedores cadastradosd) o pregão se destina à aquisição de bens e serviços comuns, tendo por características marcantes a concentração, a inversão de fases e a busca constante da melhor proposta para a Administração, porém a sua habilitação é preliminar. 34

×