Antiguidade clássica grécia

17.527 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.527
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
120
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
328
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antiguidade clássica grécia

  1. 1. HISTÓRIA GERAL Antiguidade Clássica - Grécia Profª. Maria Auxiliadora
  2. 2. GRÉCIA Península Balcânica Relevo acidentado e recortado
  3. 3. Características Gerais – Grécia
  4. 4. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>Formação do povo grego </li></ul><ul><li>pelasgos = Civilização Cretense </li></ul><ul><li>+ </li></ul><ul><li>indo-europeus = aqueus, eólios, jônios e dórios </li></ul>
  5. 5. Formação do povo grego ou aqueus
  6. 6. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>  Povoamento da Grécia: entre 2000 a.C. e 1200 a. C. por povos provenientes da Índia e Europa que dominaram os primitivos habitantes da região chamados de pelágios; </li></ul><ul><li>Dos invasores destacavam-se: aqueus, fundadores de Micenas; </li></ul><ul><li>1700 a. C.: outros povos chegaram na Grécia – eólios e os jônios (fixaram-se principalmente na região balcânica da Ática; </li></ul><ul><li>1200 a. C.: chegaram os guerreiros dórios, os últimos invasores indo-europeus; </li></ul><ul><li>Dórios: manuseavam o ferro, eram violentos – destruíram diversos centros urbanos; </li></ul><ul><li>Até a chegada dos dórios, Micenas vinha, aos poucos, dominando a civilização cretense; </li></ul>
  7. 7. Período Pré-Homérico - séc. XX a.C. XII a. C. <ul><li>Lenda do Minotauro: monstro com cabeça de touro e corpo de homem, que vivia em um labirinto – Segundo a lenda, o Minotauro dominava a Grécia, até que um herói grego, Teseu, o derrotou; </li></ul><ul><li>A lenda coincide com as Lutas entre Gregos e Cretenses; </li></ul><ul><li>Os governantes de Creta chamavam-se Minos, e seu palácio governamental em Cnossos, tinha tantos cômodos e tamanhas dimensões que lembrava um labirinto; </li></ul><ul><li>Os micênicos, através do Mar Egeu, chocaram-se também com a cidade de Tróia, quando teve início a famosa Guerra de Tróia, narrada por Homero (Ilíada); </li></ul><ul><li>Nesta fase de apogeu de Micenas chegaram os dórios e puseram fim a inúmeros centros urbanos gregos e a esta fase de hegemonia dos micênicos; </li></ul>
  8. 8. PERÍODO HOMÉRICO (XII – VIII a . C.) <ul><li>1200 a.C.: Muito do que se conhece sobre este período são provenientes das obras literárias de Homero: * A Ilíada: que narra a Guerra de Tróia * A Odisséia: que descreve as aventuras do herói grego Ulisses (ou Odisseu); </li></ul>
  9. 9. Ásia Menor
  10. 10. PERÍODO HOMÉRICO (XII – VIII a . C.)
  11. 11. <ul><li>Desintegração do sistema gentílico: fator interno </li></ul><ul><li>Crescimento demográfico, limitações naturais, modo de produção (esgotamento); </li></ul><ul><li>Falta de terras para ocupar; </li></ul><ul><li>Descontentes, muitos saíram por livre e espontânea vontade; </li></ul><ul><li>Outros foram expulsos por causa da crise social – Segunda Diáspora Grega; </li></ul><ul><li>Conseqüentemente novas colônias foram fundadas – Mediterrâneo Ocidental, na região sul da Itália e na Sicília (Magna Grécia); </li></ul>
  12. 13. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C.
  13. 14. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ESPARTA   </li></ul><ul><li>Situada no Peloponeso, em uma das raríssimas planícies férteis da Grécia; </li></ul><ul><li>Esparta: origem dórica; </li></ul><ul><li>Os dóricos dominaram a região e se tornaram donos de inumeráveis servos: hilotas (aqueus da Messênia) </li></ul><ul><li>Esparta: propriedade estatal; </li></ul><ul><li>O espartano ficava proibido o comércio, o que contribuiu para o monopólio comercial dos periecos (aqueus que habitavam a periferia); </li></ul><ul><li>Espartanos eram xenófobos: aversão ao estranho, ao estrangeiro </li></ul><ul><li>Laconismo – Falavam pouco </li></ul>
  14. 15. Educação espartana: aprimoramento físico;  Característica militarista da cidade .
  15. 16. Espartanos ou Esparcíatas : descendentes dos dórios e únicos detentores do poder político e das terras; Periecos: aqueus livres, sem direitos – deveriam participar do exército quando necessário; não tinham poder político. Hilotas : aqueus escravizados nas guerras messênicas Ordem Social: ESPARCIATAS PERIECOS - estrangeiros HILOTAS - escravos
  16. 17. Estrutura política: Oligarquia <ul><li>Diarquia: dois Reis -funções executivas e militares;   </li></ul><ul><li>Gerúsia: senado, composta por 28 ou 30 senhores de mais de 60 anos – funções legislativas; </li></ul><ul><li>  Ápela: Assembléia Popular – homens com mais de 30 anos participavam; </li></ul><ul><li>  Éforos: cinco magistrados eleitos anualmente, com funções judiciárias e de fiscalização sobre os demais órgãos;   </li></ul>
  17. 18. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ATENAS </li></ul><ul><li>• Maior centro cultural, político e econômico da época; </li></ul>
  18. 19. Período Arcaico - séc. VIII a.C. a VI a.C. <ul><li>ATENAS </li></ul><ul><li>• Cidade de origem jônica – teve um outro padrão de desenvolvimento; </li></ul><ul><li>Situada na Península da Ática </li></ul>ATENAS <ul><ul><ul><li>ESPARTA   </li></ul></ul></ul>
  19. 20. • Grupos sociais após a desintegração dos genos *Eupátridas – melhores terras; descendentes dos jônios (eram os bem nascidos) *Georgóis – piores terras; *Demiurgos – comerciantes; eram metecos * Thetas – não receberam terras; eram escravos (prisioneiros de guerras ou por dívidas) Eupátridas Georgóis Demiurgos Metecos – denominação para estrangeiro Thetas
  20. 21. Organização Política - Atenas
  21. 22. Organização Política - Atenas
  22. 23. Organização Política - Atenas
  23. 24. Organização Política - Atenas
  24. 25. LEI DEMOCRÁTICA: <ul><li>LEI DEMOCRÁTICA: </li></ul><ul><li>–“ Todo cidadão é igual perante a lei”. </li></ul><ul><li>CIDADÃOS: </li></ul><ul><li>– Homem livre, nascido em Atenas. </li></ul><ul><li>• NÃO CIDADÃOS: </li></ul><ul><li>– Mulheres; </li></ul><ul><li>– Metecos; 70% da população. </li></ul><ul><li>– Escravos; </li></ul><ul><li>– Ex-escravos; </li></ul>
  25. 27. Guerras Médicas (490 – 449 a . C. ) Grécia x Pérsia Batalha das Termópilas Batalha de Salamina Batalha de Maratona Batalha de Platéia Dario
  26. 28. Guerras Médicas (490 – 449 a . C. )
  27. 29. Partenon - O edifício foi construído por iniciativa de Péricles, líder político ateniense do século V a.C., e a sua construção foi supervisionada por Fídias.
  28. 30. IMPERIALISMO ATENIENSE (450-430 a.C.) Péricles <ul><li>MISTOFORIA: </li></ul><ul><li>– Criação do “salário político”. </li></ul><ul><li>– Permite a participação de todos os cidadãos (ricos ou pobres). </li></ul><ul><li>– FONTE DOS RECURSOS: imperialismo (domínio sobre a Grécia). </li></ul><ul><li>– A democracia de Atenas dependia do domínio sobre as outras cidades . </li></ul>
  29. 31. Atenas Esparta
  30. 32. Guerra do Peloponeso ( 431 – 405 a . C.)
  31. 33. <ul><li>Aproveitando a fraqueza das pólis gregas, Felipe II rei da Macedônia aproveita e invade a Grécia, dominando-os na Batalha de Queronéia. </li></ul><ul><li>O grande sonho da Macedônia era conquistar a Pérsia, fato que ficou para Alexandre Magno filho de Filipe II que foi assassinado. </li></ul><ul><li>Alexandre (tinha mentalidade grega), foi discípulo de Aristóteles – Os povos que Alexandre dominava era incorporado ao Macedônico, gerando a Civilização Helênica (fusão da cultura grega com a Oriental) </li></ul>
  32. 34. Grécia - Valores e Normas <ul><li>O pano de fundo da liberdade grega foi o escravismo </li></ul><ul><li>Antropocentrismo e Humanismo - porém deixava a desejar devido a utilização do ser humano como escravo. </li></ul><ul><li>A liberdade foi gêmea da escravidão </li></ul>
  33. 35. RELIGIÃO politeísta – antropomórfica
  34. 36. Religião <ul><li>As divindades possuíam as paixões e os sentimentos dos humanos </li></ul><ul><li>O que diferenciava um Deus de um Homem era a imortalidade da alma </li></ul><ul><li>As principais divindades formavam uma trilogia. Zeus (céu) – Poseidon (água) – Hades (inferno) </li></ul>
  35. 37. Os gregos realizavam como forma de homenagearem seus deuses, competições e festas pan-helênicas, denominadas OLIMPÍADAS
  36. 38. Cultura Grega Teatro / História <ul><li>Teatro </li></ul><ul><li>Ésquilo (Prometeu Acorrentado) Tragédia </li></ul><ul><li>Sófocles (Édipo rei) Tragédia </li></ul><ul><li>Eurípides (Médeia) Sátira </li></ul><ul><li>Aristófanes (As nuvens) Sátira </li></ul><ul><li>História </li></ul><ul><li>Heródoto (desígnios de Zeus) </li></ul><ul><li>Tucídides – (fatores políticos) </li></ul>
  37. 39. Filosofia – Escola de Mileto <ul><li>Fundada por Tales de Mileto no século VI a.C. </li></ul>
  38. 40. Filosofia - Sofistas <ul><li>A partir do século V a.C., surgiu na Grécia a “Escola dos Sofistas” (mestres do saber), procuravam educar os jovens para a vida pública </li></ul>
  39. 41. Filosofia – Escola Socrática Sócrates (469 a.C. – 399 a.C.) Razão “ Conhece-te a ti mesmo” “ Só sei que nada sei”
  40. 42. <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Platão </li></ul><ul><li>Mundo das idéias </li></ul>
  41. 43. <ul><li>Filosofia </li></ul><ul><li>Aristóteles </li></ul><ul><li>Lógica / Ética </li></ul>
  42. 44. Ciências <ul><li>“ Pai da Medicina” Pitágoras - Matemática </li></ul>
  43. 45. Arquitetura Estilos <ul><li>Jônico Dórico Coríntio </li></ul>

×