SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Baixar para ler offline
ANTIGUIDADE
CLÁSSICA: GREGOS
• Arquitetura
• Pintura
• Escultura
Professora: Maiara
A Arte Grega volta-se para o gozo da vida presente.
Contemplando a natureza, o artista se empolga pela vida e tenta,
através da arte, exprimir suas manifestações. Na sua constante
busca pela perfeição, o artista grego cria uma arte de elaboração
intelectual em que predominam o ritmo, o equilíbrio, a
harmonia ideal. Eles tem como características: o racionalismo;
amor pela beleza; interesse pelo homem, essa pequena
criatura que é “a medida de todas as coisas”; e a democracia.
ARTE GREGA
RITMO – EQUILÍBROI –
HARMONIA E PERFEIÇÃO
Os principais monumentos da ARQUITETURA GREGA:
• TEMPLOS, dos quais o mais importante é o Partenon de Atenas,
construído na Acrópole de Atenas em homenagem à deusa grega
Atena.
• TEATROS, que eram construídos em lugares abertos (encostas), e
que compunham de três partes: a skene ou cena, para os atores; a
konistra ou orquestra, para o coro; o koilon ou arquibancada para
os espectadores. Um exemplo típico é o Teatro de Epidauro,
construído no séc.IV a.C., ao ar livre, composto por 55 degraus,
divididos em duas ordens e calculados de acordo com uma
inclinação perfeita. Chegava a acomodar cerca de 14.000
espectadores e tornou-se famoso por sua acústica perfeita.
• GINÁSIOS, edifícios destinados a cultura física.
• PRAÇA, Ágora onde os gregos se reuniam para discutir os mais
variados assuntos, entre eles; filosofia.
TEMPLOS
A característica mais evidente dos templos gregos é a simetria
entre o pórtico de entrada e o dos fundos. O templo era
construído sobre uma base de três degraus. O degrau mais
elevado chamava-se estilóbata e sobre ele eram erguidas as
colunas. As colunas sustentavam um entlabamento horizontal
formado por três partes: a arquitrave, o friso e a cornija. As
colunas e entlabamento eram construídos segundo os modelos
da ordem dórica, jônica e coríntia.
PARTENON
----> FRONTÃO
----> COLUNAS
----> BASE
PARTENON
TEATROS
• TRAGÉDIA E COMEDIA
• O teatro era usado como uma forma de educar o povo (aprender com o exemplo)
• Eram exibidos duas TRAGÉDIAS e uma COMÉDIA
• Os homens interpretavam personagens femininos utilizando a respectiva máscara
• As máscaras possuíam um cone interno, em frente a boca, para direcionar o som
para fora e propagá-lo
GINÁSIOS e Palaestra (Arena)
OLÍMPIA
• Ginásio (em latim gymnasium)"escola para exercícios nus".
• A nudez representava o equilíbrio harmonioso entre corpo e mente.
• Havia um Ginásio e uma Palaesta em cada cidade grega.
• Era um complexo de todos os tipos de educação, incluindo exercícios
para o corpo e para mente.
• Mulheres, escravos e estrangeiros eram excluídos.
PRAÇAS
Ruínas da Ágora de Atenas
ORDENS:
Dórica/Jônica/Coríntia
___
• ORDEM DÓRICA: Era simples
e maciça. O fuste da coluna
era monolítico e grosso. O
capitel era uma almofada de
pedra. Nascida do sentir do
povo grego, nela se expressa
o pensamento. Sendo a mais
antiga das ordens
arquitetônicas gregas, a
ordem dórica: simplicidade e
severidade, transmite uma
ideia de solidez e
imponência = homem
• ORDEM JÔNICA: representava a
graça e o feminino. A coluna
apresentava fuste mais delgado
e não se firmava diretamente
sobre a estilóbata, mas sobre
uma base decorada. O capitel
era formado por duas espirais,
unidas por duas curvas. A
Ordem Dórica traduz a forma do
homem e a Ordem Jônica traduz
a forma da mulher (volutas).
ORDEM CORÍNTIA: O capitel era
formado com folhas de acanto e
quatro espirais (volutas)
simétricas, foi usado para
substituir o capitel Jônico como
uma variante luxuosa dessa
ordem. Sugere ambição, riqueza
e poder.
PINTURAA pintura grega encontra-se nas cerâmicas. Os
vasos gregos são também conhecidos não só
pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela
harmonia entre o desenho, as cores e o espaço
utilizado para ornamentação. Além de servir
para rituais religiosos, esses vasos eram
utilizados para armazenar, entre outras coisas,
água, vinho, azeite e mantimentos. Por isso a
sua forma, correspondia à função que eram
destinados.
2 TÉCNICAS:
• Pintar o vaso e retirar a tinta: figuras
avermelhadas/amareladas
• Pintar as imagens e deixar o vaso na cor
natural: figuras negras
TIPOS DE VASOS
CRETERAANFORA HIDRA
• Ânfora – vasilha em forma de coração, com o gargalo largo, ornado com duas asas;
• Hidra – (derivado de ydor - água) tinha três asas, uma vertical para segurar enquanto
corria a água e duas para levantar;
• Cretera – Tinha a borda bastante larga, com o corpo em forma de um sino invertido,
servia para misturar água com vinho (os gregos nunca bebiam vinho puro).
As pinturas dos vasos,
representavam pessoas
em suas atividades
diárias e cenas da
mitologia grega.
A pintura grega se divide
em três grupos:
• Figura negra sobre
fundo vermelho;
• Figura vermelha sobre
fundo negro;
• Figura vermelha sobre
fundo branco.
ESCULTURA
A estatuária grega representa os mais altos padrões
já atingido pelo homem. Na escultura, o
antropomorfismo – esculturas de formas humanas
– foi insuperável. As estátuas adquiriram, além do
equilíbrio, a perfeição das formas e a ilusão do
movimento.
Três períodos:
• Arcaico
• Clássico
• Helenístico
PERÍODO ARCAICO
No Período Arcaico os gregos começaram a
esculpir, em mármores, grandes figuras de
homens. Primeiramente aparecem
esculturas simétricas, em rigorosa posição
frontal, com o peso do corpo igualmente
distribuído sobre suas pernas.
• MÁRMORE
• HOMEM EM POSIÇÃO FRONTAL
• KOUROS – PALAVRA GREGA PARA
HOMEM JOVEM
• MULHERES VESTIDAS
KOUROS
KOURE AFRODITE
PERÍODO CLÁSSICO
No Período Clássico passou-se a
procurar mais movimento nas
estátuas, para isto, se começou a
usar o bronze, por ser mais
resistente do que o mármore,
podendo fixar o movimento sem se
quebrar. Surge o nu feminino, pois
no período arcaico, as figuras de
mulher eram esculpidas sempre
vestidas.
• BRONZE
• MOVIMENTO
• NU FEMININO
FRODITE - Mármore
ZEUS de Artemísio - Bronze
DISCOBULOVÊNUS AFRODITE
PERÍODO HELENÍSTICO
No Período Helenístico os seres
humanos não eram representados
apenas de acordo com a idade ou
personalidade, mas também
segundo as emoções e o estado de
espírito de um momento. O grande
desafio e a grande conquista das
esculturas do Período Helenístico foi
a representação não de uma figura
apenas, mas de grupos de figuras
que mantivessem a sugestão de
mobilidade e fossem bonitos de
todos os ângulos que pudessem ser
observados.
• EMOÇÃO – SENTIMENTO
• GRUPOS
• MOVIMENTO
VITORIA DE SAMOTRACIA
ATENAS
LACOONTE
Os gregos buscavam inspiração no ser humano e na
vida. Essa visão refletia-se na escultura que
apresentavam como características: o heroísmo, a
racionalidade, frieza e dignidade. No início
predominou a imagem masculina, os deuses gregos
representavam a glorificação do próprio homem e
tinham características humanas.
• Apresente as principais características da arte
grega: ARQUITETURA, PINTURA E ESCULTURA;
• Descreva os três períodos da escultura grega
destacando o padrão estético e cultural de cada
período e caracterizando os objetivos dos
escultores gregos, bem como o seu conceito de
arte.
TRABALHO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Arte grega e romana
Arte grega e romanaArte grega e romana
Arte grega e romana
 
Arte Egípcia
Arte Egípcia Arte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Arte greco romana
Arte greco romanaArte greco romana
Arte greco romana
 
Arte Egípcia
Arte EgípciaArte Egípcia
Arte Egípcia
 
Arte na idade média
Arte na idade média Arte na idade média
Arte na idade média
 
Arte grega 2019
Arte grega 2019Arte grega 2019
Arte grega 2019
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Arte medieval
Arte medievalArte medieval
Arte medieval
 
Arte da Antiguidade Clássica - Grécia e Roma
Arte da Antiguidade Clássica - Grécia e RomaArte da Antiguidade Clássica - Grécia e Roma
Arte da Antiguidade Clássica - Grécia e Roma
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
História da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipciaHistória da Arte - Arte egipcia
História da Arte - Arte egipcia
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Arte na antiguidade
Arte na antiguidadeArte na antiguidade
Arte na antiguidade
 
ARTE GREGA - AULA 4
ARTE GREGA - AULA 4ARTE GREGA - AULA 4
ARTE GREGA - AULA 4
 
A arte egípcia
A arte egípciaA arte egípcia
A arte egípcia
 
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmicaArte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
Arte grega: arquitetura, escultura e cerâmica
 
Arte bizantina
Arte bizantinaArte bizantina
Arte bizantina
 
ARTE BIZANTINA - sheila de souza.pdf
ARTE BIZANTINA - sheila de souza.pdfARTE BIZANTINA - sheila de souza.pdf
ARTE BIZANTINA - sheila de souza.pdf
 

Destaque (6)

Estética slide
Estética slideEstética slide
Estética slide
 
O Teatro Na GréCia
O Teatro Na GréCiaO Teatro Na GréCia
O Teatro Na GréCia
 
Teatro Grego
Teatro GregoTeatro Grego
Teatro Grego
 
O teatro grego
O teatro gregoO teatro grego
O teatro grego
 
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismoCultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
Cultura da Ágora - Arquitectura - urbanismo
 
Teatro romano.ppsx
Teatro romano.ppsxTeatro romano.ppsx
Teatro romano.ppsx
 

Semelhante a ARTE GREGA: SIMETRIA, RITMO E PERFEIÇÃO (20)

Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Grecia antiga Arte e Cultura
Grecia antiga Arte e CulturaGrecia antiga Arte e Cultura
Grecia antiga Arte e Cultura
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte Grega.ppt
Arte Grega.pptArte Grega.ppt
Arte Grega.ppt
 
Arte grega
Arte grega  Arte grega
Arte grega
 
História da arte grega e romana
História da arte grega e romanaHistória da arte grega e romana
História da arte grega e romana
 
Arte grega parte 2
Arte grega  parte 2Arte grega  parte 2
Arte grega parte 2
 
Arte grega 1
Arte grega 1Arte grega 1
Arte grega 1
 
48787715 apostila-de-arte
48787715 apostila-de-arte48787715 apostila-de-arte
48787715 apostila-de-arte
 
artegregaesculturaarquiteturapintura
artegregaesculturaarquiteturapinturaartegregaesculturaarquiteturapintura
artegregaesculturaarquiteturapintura
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
A arte grega
A arte gregaA arte grega
A arte grega
 
A Arte na Grécia
A Arte na GréciaA Arte na Grécia
A Arte na Grécia
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega
Arte gregaArte grega
Arte grega
 
Arte grega 2017
Arte grega 2017Arte grega 2017
Arte grega 2017
 
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
 
6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia6o. Ano - A arte na grécia
6o. Ano - A arte na grécia
 

Mais de Maiara Giordani

HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e PontilhismoHISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e PontilhismoMaiara Giordani
 
História da Arte - Impressionismo
História da Arte - ImpressionismoHistória da Arte - Impressionismo
História da Arte - ImpressionismoMaiara Giordani
 
História da Arte - Barroco
História da Arte - BarrocoHistória da Arte - Barroco
História da Arte - BarrocoMaiara Giordani
 
Final da Idade Média - Renascimento
Final da Idade Média - Renascimento Final da Idade Média - Renascimento
Final da Idade Média - Renascimento Maiara Giordani
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaMaiara Giordani
 
Antiguidade clássica romanos
Antiguidade clássica   romanosAntiguidade clássica   romanos
Antiguidade clássica romanosMaiara Giordani
 

Mais de Maiara Giordani (14)

HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e PontilhismoHISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
 
História da Arte - Impressionismo
História da Arte - ImpressionismoHistória da Arte - Impressionismo
História da Arte - Impressionismo
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
 
Arte - Romantismo
Arte - RomantismoArte - Romantismo
Arte - Romantismo
 
Arte - Neoclassicismo
Arte - NeoclassicismoArte - Neoclassicismo
Arte - Neoclassicismo
 
História da Arte - Barroco
História da Arte - BarrocoHistória da Arte - Barroco
História da Arte - Barroco
 
Final da Idade Média - Renascimento
Final da Idade Média - Renascimento Final da Idade Média - Renascimento
Final da Idade Média - Renascimento
 
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade MédiaRevisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
Revisão - Arte Medieval, Antiguidade clássica e Idade Média
 
Arte gótica
Arte góticaArte gótica
Arte gótica
 
Arte românica
Arte românicaArte românica
Arte românica
 
Arte bizantina
Arte bizantinaArte bizantina
Arte bizantina
 
Antiguidade clássica romanos
Antiguidade clássica   romanosAntiguidade clássica   romanos
Antiguidade clássica romanos
 
História em quadrinho
História em quadrinhoHistória em quadrinho
História em quadrinho
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 

ARTE GREGA: SIMETRIA, RITMO E PERFEIÇÃO

  • 1. ANTIGUIDADE CLÁSSICA: GREGOS • Arquitetura • Pintura • Escultura Professora: Maiara
  • 2. A Arte Grega volta-se para o gozo da vida presente. Contemplando a natureza, o artista se empolga pela vida e tenta, através da arte, exprimir suas manifestações. Na sua constante busca pela perfeição, o artista grego cria uma arte de elaboração intelectual em que predominam o ritmo, o equilíbrio, a harmonia ideal. Eles tem como características: o racionalismo; amor pela beleza; interesse pelo homem, essa pequena criatura que é “a medida de todas as coisas”; e a democracia. ARTE GREGA RITMO – EQUILÍBROI – HARMONIA E PERFEIÇÃO
  • 3. Os principais monumentos da ARQUITETURA GREGA: • TEMPLOS, dos quais o mais importante é o Partenon de Atenas, construído na Acrópole de Atenas em homenagem à deusa grega Atena. • TEATROS, que eram construídos em lugares abertos (encostas), e que compunham de três partes: a skene ou cena, para os atores; a konistra ou orquestra, para o coro; o koilon ou arquibancada para os espectadores. Um exemplo típico é o Teatro de Epidauro, construído no séc.IV a.C., ao ar livre, composto por 55 degraus, divididos em duas ordens e calculados de acordo com uma inclinação perfeita. Chegava a acomodar cerca de 14.000 espectadores e tornou-se famoso por sua acústica perfeita. • GINÁSIOS, edifícios destinados a cultura física. • PRAÇA, Ágora onde os gregos se reuniam para discutir os mais variados assuntos, entre eles; filosofia.
  • 4. TEMPLOS A característica mais evidente dos templos gregos é a simetria entre o pórtico de entrada e o dos fundos. O templo era construído sobre uma base de três degraus. O degrau mais elevado chamava-se estilóbata e sobre ele eram erguidas as colunas. As colunas sustentavam um entlabamento horizontal formado por três partes: a arquitrave, o friso e a cornija. As colunas e entlabamento eram construídos segundo os modelos da ordem dórica, jônica e coríntia. PARTENON ----> FRONTÃO ----> COLUNAS ----> BASE
  • 7.
  • 8.
  • 9. • TRAGÉDIA E COMEDIA • O teatro era usado como uma forma de educar o povo (aprender com o exemplo) • Eram exibidos duas TRAGÉDIAS e uma COMÉDIA • Os homens interpretavam personagens femininos utilizando a respectiva máscara • As máscaras possuíam um cone interno, em frente a boca, para direcionar o som para fora e propagá-lo
  • 10. GINÁSIOS e Palaestra (Arena) OLÍMPIA • Ginásio (em latim gymnasium)"escola para exercícios nus". • A nudez representava o equilíbrio harmonioso entre corpo e mente. • Havia um Ginásio e uma Palaesta em cada cidade grega. • Era um complexo de todos os tipos de educação, incluindo exercícios para o corpo e para mente. • Mulheres, escravos e estrangeiros eram excluídos.
  • 13. • ORDEM DÓRICA: Era simples e maciça. O fuste da coluna era monolítico e grosso. O capitel era uma almofada de pedra. Nascida do sentir do povo grego, nela se expressa o pensamento. Sendo a mais antiga das ordens arquitetônicas gregas, a ordem dórica: simplicidade e severidade, transmite uma ideia de solidez e imponência = homem
  • 14.
  • 15.
  • 16. • ORDEM JÔNICA: representava a graça e o feminino. A coluna apresentava fuste mais delgado e não se firmava diretamente sobre a estilóbata, mas sobre uma base decorada. O capitel era formado por duas espirais, unidas por duas curvas. A Ordem Dórica traduz a forma do homem e a Ordem Jônica traduz a forma da mulher (volutas).
  • 17.
  • 18.
  • 19. ORDEM CORÍNTIA: O capitel era formado com folhas de acanto e quatro espirais (volutas) simétricas, foi usado para substituir o capitel Jônico como uma variante luxuosa dessa ordem. Sugere ambição, riqueza e poder.
  • 20.
  • 21.
  • 22. PINTURAA pintura grega encontra-se nas cerâmicas. Os vasos gregos são também conhecidos não só pelo equilíbrio de sua forma, mas também pela harmonia entre o desenho, as cores e o espaço utilizado para ornamentação. Além de servir para rituais religiosos, esses vasos eram utilizados para armazenar, entre outras coisas, água, vinho, azeite e mantimentos. Por isso a sua forma, correspondia à função que eram destinados. 2 TÉCNICAS: • Pintar o vaso e retirar a tinta: figuras avermelhadas/amareladas • Pintar as imagens e deixar o vaso na cor natural: figuras negras
  • 23. TIPOS DE VASOS CRETERAANFORA HIDRA • Ânfora – vasilha em forma de coração, com o gargalo largo, ornado com duas asas; • Hidra – (derivado de ydor - água) tinha três asas, uma vertical para segurar enquanto corria a água e duas para levantar; • Cretera – Tinha a borda bastante larga, com o corpo em forma de um sino invertido, servia para misturar água com vinho (os gregos nunca bebiam vinho puro).
  • 24. As pinturas dos vasos, representavam pessoas em suas atividades diárias e cenas da mitologia grega. A pintura grega se divide em três grupos: • Figura negra sobre fundo vermelho; • Figura vermelha sobre fundo negro; • Figura vermelha sobre fundo branco.
  • 25.
  • 26. ESCULTURA A estatuária grega representa os mais altos padrões já atingido pelo homem. Na escultura, o antropomorfismo – esculturas de formas humanas – foi insuperável. As estátuas adquiriram, além do equilíbrio, a perfeição das formas e a ilusão do movimento. Três períodos: • Arcaico • Clássico • Helenístico
  • 27. PERÍODO ARCAICO No Período Arcaico os gregos começaram a esculpir, em mármores, grandes figuras de homens. Primeiramente aparecem esculturas simétricas, em rigorosa posição frontal, com o peso do corpo igualmente distribuído sobre suas pernas. • MÁRMORE • HOMEM EM POSIÇÃO FRONTAL • KOUROS – PALAVRA GREGA PARA HOMEM JOVEM • MULHERES VESTIDAS KOUROS
  • 29. PERÍODO CLÁSSICO No Período Clássico passou-se a procurar mais movimento nas estátuas, para isto, se começou a usar o bronze, por ser mais resistente do que o mármore, podendo fixar o movimento sem se quebrar. Surge o nu feminino, pois no período arcaico, as figuras de mulher eram esculpidas sempre vestidas. • BRONZE • MOVIMENTO • NU FEMININO FRODITE - Mármore
  • 30. ZEUS de Artemísio - Bronze
  • 32. PERÍODO HELENÍSTICO No Período Helenístico os seres humanos não eram representados apenas de acordo com a idade ou personalidade, mas também segundo as emoções e o estado de espírito de um momento. O grande desafio e a grande conquista das esculturas do Período Helenístico foi a representação não de uma figura apenas, mas de grupos de figuras que mantivessem a sugestão de mobilidade e fossem bonitos de todos os ângulos que pudessem ser observados. • EMOÇÃO – SENTIMENTO • GRUPOS • MOVIMENTO
  • 36. Os gregos buscavam inspiração no ser humano e na vida. Essa visão refletia-se na escultura que apresentavam como características: o heroísmo, a racionalidade, frieza e dignidade. No início predominou a imagem masculina, os deuses gregos representavam a glorificação do próprio homem e tinham características humanas. • Apresente as principais características da arte grega: ARQUITETURA, PINTURA E ESCULTURA; • Descreva os três períodos da escultura grega destacando o padrão estético e cultural de cada período e caracterizando os objetivos dos escultores gregos, bem como o seu conceito de arte. TRABALHO