SlideShare uma empresa Scribd logo
Obsessão — PresentationTranscript

1. Fraternidade Espírita PeixotinhoMOCIDADE ESPÍRITA EURÍPEDES BARSANULFO

2. OBSESSÃO E DESOBSESSÃO

3. "A obsessão é a ação persistente de um Espírito inferior sobre uma pessoa. Apresenta
características muito diversas, desde a simples influência de ordem moral, sem sinais
exteriores perceptíveis, até a completa perturbação do organismo e das faculdades
mentais" – (O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 28:81). Definição da Obsessão
por Kardec

4. "Trata-se do domínio que alguns Espíritos podem adquirir sobre certas pessoas. São
sempre os Espíritos inferiores que procuram dominar, pois os bons não exercem nenhum
constrangimento. ...Os maus, pelo contrário, agarram-se aos que conseguem prender. Se
chegam a dominar alguém, identificam-se com o Espírito da vítima e a conduzem como se faz
com uma criança" – (O Livro dos Médiuns, capítulo 28:237).

5. “(...) a alma ficar na dependência de outro Espírito, de modo a se achar subjugada ou
obsidiada, ao ponto de a sua vontade vir a achar-se, de certa maneira, paralisada.” (O Livro dos
Espíritos, cap. 9 / questão 474 – 76ª ed./FEB – p. 250.

6. Características da Obsessão

7. “(...) existem problemas obsessivos em várias expressões, como os de um encarnado sobre
outro; de um desencarnado sobre outro; de um encarnado sobre um desencarnado e,
genericamente, deste sobre aquele.” – Manoel Philomeno de Miranda.

8. A palavra obsessão é, de certo modo, um termo genérico pelo qual se designa esta espécie
de fenômeno, cujas principais variedades são: a obsessão simples, a fascinação e a
subjugação.”“Dá-se a obsessão simples, quando um Espírito malfazejo se impõe a um médium,
se imiscui, a seu mau grado(...).”

9. “A fascinação tem conseqüências muito mais graves. É uma ilusão produzida pela ação
direta do Espírito sobre o pensamento do médium e que, de certa maneira, lhe paralisa o
raciocínio (...).”“A subjugação é uma constrição que paralisa a vontade daquele que a sofre e o
faz agir a seu mau grado. Numa palavra: o paciente fica sob um verdadeiro jugo.A subjugação
pode ser moral ou corporal.(...)”

10. Brechas Psíquicas para a Obsessão

11. Personalismo exagerado;Inconformação;Apego ao dinheiro e aos bens materiais;Falta de
nobres ideais;Ausência de fraternidade;Uso compulsivo de drogas;

•.Ausência de auto controle;

.Irritação constante;

.Mau humor permanente;
.Desejo de vingança;

.Inveja, ciúme;

.Viciação sexual.

.Vontade deseducada;



•Por que existe a obsessão?



•“A obsessão decorre sempre de uma imperfeição moral, que dá ascendência a um espírito
mau.” (GE. CAP XIV, ITEM 46)

Quase sempre a obsessão exprime vingança tomada por um espírito e cuja origem
freqüentemente se encontra nas relações que o obsidiado manteve com o obsessor em
existência precedente.



•É um processo bilateral. Acontece porque existe de um lado um cobrador (obsessor) com
vontade de vingança, sentindo-se ferido e injustiçado; e de outro, o devedor (obsidiado), que
carrega culpa, remorso ou ódio de ainda não se libertou.



•DESOBSESSÃO

“A desobsessão é, em todos os sentidos, um processo de LIBERTAÇÃO, tanto para o ALGOZ,
quanto para sua VÍTIMA” – Testemunhos de Chico Xavier, 2ed. FEB, 1982, p.261.



•Distúrbios orgânicos;

Esquizofrenia;

Distúrbios afetivos;

Distúrbios de ansiedade;

Distúrbios dissociativos;

Distúrbios da personalidade;

Distúrbios mentais da infância.

Efeitos da Obsessão
•Delírio – a pessoa perde a consciência de si mesma e do que está à sua volta. Surgem visões
distorcidas (ilusões), distrações e fala desorganizada: lesões renais, hepáticas, hipertensão
arterial, alcoolismo, dependência química, traumatismos no crânio.

Demência – caracterizada por baixa capacidade mental, da memória e do poder de julgar:
destruição de células nervosas

Distúbios Orgânicos



•AFETIVOS

Depressão;

Manias;

Idéias de suicídio.

ANSIEDADE

Medo/fobias (injustificáveis);

Pânico;

Compulsões obsessivas

Distúrbios Afetivos e de Ansiedade



• O tratamento da Obsessão



•“No que diz respeito ao problema das obsessões espirituais, o paciente é também agente da
própria cura.” ( Manuel Philomeno de Miranda)

É preciso realizar um processo de reforma moral, modificando valores e sentimentos,
procurando adquirir o hábito da caridade, da boa conduta moral.

A casa Espírita não pode fazer pelo obsidiado o trabalho de renovação que lhe cabe. É preciso
força de vontade.

A Reforma Moral



•Fluidoterapia

O obsediado fica impregnado dos fluidos perniciosos do obsessor...

Terapia do passe e da água fluidificada
•Culto do Lar e Laborterapia

O lar é o porto seguro...local de reparo e de preparação

O trabalho construtivo é importante antídoto à obsessão



•Reuniões Mediúnicas

O amor é a principal ferramenta.

O estudo e a disciplina são os complementos imprescindíveis.

A ação de um grupo mediúnico sério, orientado na moral de Jesus e nos ensinamentos de
Kardec é parte importante do tratamento. Nesta reuniões, que devem ser fechadas,
esclarecem-se e socorrem-se os obsessores.



•Participação da Família

Não se pode prescindir do afeto...

Os laços de família devem ser reforçados.

O envolvimento da família no tratamento da obsessão é importante, porque todos que
convivem com o obsidiado em seu lar devem se conscientizar e ajudar para que a terapêutica
seja bem aplicada.



•A terapêutica desobsessiva deve ser orientada, em muitos casos, tendo como pilares a
terapêutica médica e espiritual, pois a não utilização de uma delas pode levar a um tratamento
ineficiente e incompleto.

TERAPÊUTICA MÉDICA



•Jesus! Médico maior, caminho, verdade e vida...

O amor é a melhor vacina...

A prática da moral evangélica de Jesus é a maior profilaxia...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaVictor Passos
 
Obsessão: Definição e Características
Obsessão:  Definição e CaracterísticasObsessão:  Definição e Características
Obsessão: Definição e Característicasigmateus
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualgrupodepaisceb
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoMarlon Reikdal
 
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan Kardec
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan KardecPasse e Desobsessão - os estudos de Allan Kardec
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan KardecPonte de Luz ASEC
 
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão preciso passarLar Irmã Zarabatana
 
Seminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias DesobsessivasSeminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias Desobsessivascostaunicastelo
 
Transtornos mentais (visao espirita)
Transtornos mentais (visao espirita)Transtornos mentais (visao espirita)
Transtornos mentais (visao espirita)Fatima Carvalho
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão igmateus
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - ObsessãoMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - ObsessãoSergio Lima Dias Junior
 

Mais procurados (18)

Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
 
Obsessão: Definição e Características
Obsessão:  Definição e CaracterísticasObsessão:  Definição e Características
Obsessão: Definição e Características
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Transtornos mentais na visao espirita
Transtornos mentais na visao espiritaTranstornos mentais na visao espirita
Transtornos mentais na visao espirita
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan Kardec
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan KardecPasse e Desobsessão - os estudos de Allan Kardec
Passe e Desobsessão - os estudos de Allan Kardec
 
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar26 de junho 2015 desobsessão   preciso passar
26 de junho 2015 desobsessão preciso passar
 
Loucura e Obsessao
Loucura e  ObsessaoLoucura e  Obsessao
Loucura e Obsessao
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Seminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias DesobsessivasSeminário: As Terapias Desobsessivas
Seminário: As Terapias Desobsessivas
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Obsessao
ObsessaoObsessao
Obsessao
 
Transtornos mentais (visao espirita)
Transtornos mentais (visao espirita)Transtornos mentais (visao espirita)
Transtornos mentais (visao espirita)
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - ObsessãoMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
 
Obsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espíritaObsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espírita
 
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
 

Destaque

Nekazaritza lana ohiane eta eneritz
Nekazaritza lana ohiane eta eneritzNekazaritza lana ohiane eta eneritz
Nekazaritza lana ohiane eta eneritzLAUDIO INSTITUTUA
 
Lelo lehiaketa
Lelo lehiaketaLelo lehiaketa
Lelo lehiaketaTXAROB
 
Relatório abramet 15-05 ate 01-07
Relatório abramet 15-05 ate 01-07Relatório abramet 15-05 ate 01-07
Relatório abramet 15-05 ate 01-07bps-digital
 
Medios de difusión de datos presentacion
Medios de difusión de datos presentacionMedios de difusión de datos presentacion
Medios de difusión de datos presentacionIreneecondee
 
Bioética cuidados paliativos
Bioética cuidados paliativosBioética cuidados paliativos
Bioética cuidados paliativosHospital Guadix
 

Destaque (6)

Nekazaritza lana ohiane eta eneritz
Nekazaritza lana ohiane eta eneritzNekazaritza lana ohiane eta eneritz
Nekazaritza lana ohiane eta eneritz
 
Lelo lehiaketa
Lelo lehiaketaLelo lehiaketa
Lelo lehiaketa
 
Relatório abramet 15-05 ate 01-07
Relatório abramet 15-05 ate 01-07Relatório abramet 15-05 ate 01-07
Relatório abramet 15-05 ate 01-07
 
El paraguas
El paraguasEl paraguas
El paraguas
 
Medios de difusión de datos presentacion
Medios de difusión de datos presentacionMedios de difusión de datos presentacion
Medios de difusión de datos presentacion
 
Bioética cuidados paliativos
Bioética cuidados paliativosBioética cuidados paliativos
Bioética cuidados paliativos
 

Semelhante a Obsessão e desobsessão

Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituaisLisete B.
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moralGraça Maciel
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoNeusa Lustosa
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãORoque Souza
 
refletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�orefletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�oAri Carrasco
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessaoHenrique Vieira
 
Influências espirituais Sutis
Influências espirituais Sutis Influências espirituais Sutis
Influências espirituais Sutis Leonardo Pereira
 
Doc3 obsessão e desobsessão
Doc3   obsessão e desobsessãoDoc3   obsessão e desobsessão
Doc3 obsessão e desobsessãoNeusa Lustosa
 
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina EspiritaObsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espiritajospeixoto26
 
o que é obsessão.ppt
o que é obsessão.ppto que é obsessão.ppt
o que é obsessão.pptmsdbiasi
 
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Ricardo Azevedo
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeClaudio Macedo
 
Procrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão EspiritualProcrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão EspiritualRicardo Azevedo
 
O que é a obsessao.pptx
O  que é a obsessao.pptxO  que é a obsessao.pptx
O que é a obsessao.pptxHenrique Vieira
 
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e Obsessor
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e ObsessorProcessos de obsessão - relação entre Obsidiado e Obsessor
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e ObsessorRivaldo Guedes Corrêa. Jr
 

Semelhante a Obsessão e desobsessão (20)

Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituais
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moral
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
G6 - AULA 14.pdf
G6 - AULA 14.pdfG6 - AULA 14.pdf
G6 - AULA 14.pdf
 
A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
 
refletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�orefletindo sobre a obsess�o
refletindo sobre a obsess�o
 
Palestra Obsessao
Palestra ObsessaoPalestra Obsessao
Palestra Obsessao
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
 
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem TabuApostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
 
Influências espirituais Sutis
Influências espirituais Sutis Influências espirituais Sutis
Influências espirituais Sutis
 
Doc3 obsessão e desobsessão
Doc3   obsessão e desobsessãoDoc3   obsessão e desobsessão
Doc3 obsessão e desobsessão
 
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina EspiritaObsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita
Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita
 
o que é obsessão.ppt
o que é obsessão.ppto que é obsessão.ppt
o que é obsessão.ppt
 
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
Obsessão - problema ou oportunidade de renovação?
 
Toc Espiritismo
Toc EspiritismoToc Espiritismo
Toc Espiritismo
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
Procrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão EspiritualProcrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão Espiritual
 
O que é a obsessao.pptx
O  que é a obsessao.pptxO  que é a obsessao.pptx
O que é a obsessao.pptx
 
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e Obsessor
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e ObsessorProcessos de obsessão - relação entre Obsidiado e Obsessor
Processos de obsessão - relação entre Obsidiado e Obsessor
 

Obsessão e desobsessão

  • 1. Obsessão — PresentationTranscript 1. Fraternidade Espírita PeixotinhoMOCIDADE ESPÍRITA EURÍPEDES BARSANULFO 2. OBSESSÃO E DESOBSESSÃO 3. "A obsessão é a ação persistente de um Espírito inferior sobre uma pessoa. Apresenta características muito diversas, desde a simples influência de ordem moral, sem sinais exteriores perceptíveis, até a completa perturbação do organismo e das faculdades mentais" – (O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 28:81). Definição da Obsessão por Kardec 4. "Trata-se do domínio que alguns Espíritos podem adquirir sobre certas pessoas. São sempre os Espíritos inferiores que procuram dominar, pois os bons não exercem nenhum constrangimento. ...Os maus, pelo contrário, agarram-se aos que conseguem prender. Se chegam a dominar alguém, identificam-se com o Espírito da vítima e a conduzem como se faz com uma criança" – (O Livro dos Médiuns, capítulo 28:237). 5. “(...) a alma ficar na dependência de outro Espírito, de modo a se achar subjugada ou obsidiada, ao ponto de a sua vontade vir a achar-se, de certa maneira, paralisada.” (O Livro dos Espíritos, cap. 9 / questão 474 – 76ª ed./FEB – p. 250. 6. Características da Obsessão 7. “(...) existem problemas obsessivos em várias expressões, como os de um encarnado sobre outro; de um desencarnado sobre outro; de um encarnado sobre um desencarnado e, genericamente, deste sobre aquele.” – Manoel Philomeno de Miranda. 8. A palavra obsessão é, de certo modo, um termo genérico pelo qual se designa esta espécie de fenômeno, cujas principais variedades são: a obsessão simples, a fascinação e a subjugação.”“Dá-se a obsessão simples, quando um Espírito malfazejo se impõe a um médium, se imiscui, a seu mau grado(...).” 9. “A fascinação tem conseqüências muito mais graves. É uma ilusão produzida pela ação direta do Espírito sobre o pensamento do médium e que, de certa maneira, lhe paralisa o raciocínio (...).”“A subjugação é uma constrição que paralisa a vontade daquele que a sofre e o faz agir a seu mau grado. Numa palavra: o paciente fica sob um verdadeiro jugo.A subjugação pode ser moral ou corporal.(...)” 10. Brechas Psíquicas para a Obsessão 11. Personalismo exagerado;Inconformação;Apego ao dinheiro e aos bens materiais;Falta de nobres ideais;Ausência de fraternidade;Uso compulsivo de drogas; •.Ausência de auto controle; .Irritação constante; .Mau humor permanente;
  • 2. .Desejo de vingança; .Inveja, ciúme; .Viciação sexual. .Vontade deseducada; •Por que existe a obsessão? •“A obsessão decorre sempre de uma imperfeição moral, que dá ascendência a um espírito mau.” (GE. CAP XIV, ITEM 46) Quase sempre a obsessão exprime vingança tomada por um espírito e cuja origem freqüentemente se encontra nas relações que o obsidiado manteve com o obsessor em existência precedente. •É um processo bilateral. Acontece porque existe de um lado um cobrador (obsessor) com vontade de vingança, sentindo-se ferido e injustiçado; e de outro, o devedor (obsidiado), que carrega culpa, remorso ou ódio de ainda não se libertou. •DESOBSESSÃO “A desobsessão é, em todos os sentidos, um processo de LIBERTAÇÃO, tanto para o ALGOZ, quanto para sua VÍTIMA” – Testemunhos de Chico Xavier, 2ed. FEB, 1982, p.261. •Distúrbios orgânicos; Esquizofrenia; Distúrbios afetivos; Distúrbios de ansiedade; Distúrbios dissociativos; Distúrbios da personalidade; Distúrbios mentais da infância. Efeitos da Obsessão
  • 3. •Delírio – a pessoa perde a consciência de si mesma e do que está à sua volta. Surgem visões distorcidas (ilusões), distrações e fala desorganizada: lesões renais, hepáticas, hipertensão arterial, alcoolismo, dependência química, traumatismos no crânio. Demência – caracterizada por baixa capacidade mental, da memória e do poder de julgar: destruição de células nervosas Distúbios Orgânicos •AFETIVOS Depressão; Manias; Idéias de suicídio. ANSIEDADE Medo/fobias (injustificáveis); Pânico; Compulsões obsessivas Distúrbios Afetivos e de Ansiedade • O tratamento da Obsessão •“No que diz respeito ao problema das obsessões espirituais, o paciente é também agente da própria cura.” ( Manuel Philomeno de Miranda) É preciso realizar um processo de reforma moral, modificando valores e sentimentos, procurando adquirir o hábito da caridade, da boa conduta moral. A casa Espírita não pode fazer pelo obsidiado o trabalho de renovação que lhe cabe. É preciso força de vontade. A Reforma Moral •Fluidoterapia O obsediado fica impregnado dos fluidos perniciosos do obsessor... Terapia do passe e da água fluidificada
  • 4. •Culto do Lar e Laborterapia O lar é o porto seguro...local de reparo e de preparação O trabalho construtivo é importante antídoto à obsessão •Reuniões Mediúnicas O amor é a principal ferramenta. O estudo e a disciplina são os complementos imprescindíveis. A ação de um grupo mediúnico sério, orientado na moral de Jesus e nos ensinamentos de Kardec é parte importante do tratamento. Nesta reuniões, que devem ser fechadas, esclarecem-se e socorrem-se os obsessores. •Participação da Família Não se pode prescindir do afeto... Os laços de família devem ser reforçados. O envolvimento da família no tratamento da obsessão é importante, porque todos que convivem com o obsidiado em seu lar devem se conscientizar e ajudar para que a terapêutica seja bem aplicada. •A terapêutica desobsessiva deve ser orientada, em muitos casos, tendo como pilares a terapêutica médica e espiritual, pois a não utilização de uma delas pode levar a um tratamento ineficiente e incompleto. TERAPÊUTICA MÉDICA •Jesus! Médico maior, caminho, verdade e vida... O amor é a melhor vacina... A prática da moral evangélica de Jesus é a maior profilaxia...