Características dos Sistemas de Tutoria

4.309 visualizações

Publicada em

Apresentação de Rita Maria Lino Tarcia, palestrante da 1ª Mesa de Trabalho - Características dos Sistemas de Tutoria no I Seminário Nacional de Tutores da Educação a Distância

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Características dos Sistemas de Tutoria

  1. 1. CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE TUTORIA<br />Profa. Dra. Rita Maria LinoTarcia<br />Diretora da ABED<br />ProfessoraAdjunta e Pesquisadora da UNIFESP<br />rtarcia@uol.com.br/rtarcia@unifesp.br<br />30 de setembro de 2011<br />
  2. 2. Conceitos<br />Sistema<br />Conjunto de elementosorganizados entre si, de modo a formar um todo<br />Origemgrega, significacombinar, ajustar, formar um conjunto<br />Tutoria<br />Tutoria foi utilizada como método de ensino nas Universidades, no século XV. <br />No século XX, o tutor assumiu o papel de orientador e acompanhante dos trabalhos acadêmicos, e é com este mesmo sentido que incorporou aos atuais programas de educação a distância (Sá, 1998)<br />
  3. 3. Sistemas de tutoria<br />Organizaçãoinstitucional de apoio, acompanhamento, orientação de estudantese do processo de aprendizagememcursosoferecidosnamodalidade a distância<br />Diretamenterelacionados com o Modelo de Educação a distânciadesenvolvidopelaInstituição e pelosProjetosPedagógicos dos Cursos<br />
  4. 4. Participantes do Processo<br />InstituiçãoemEaD<br />responsávelpeloprocesso, équeensina(Keegn, apudBelloni, 1999)<br />Professor e estudante<br />Continuam a exisitir, assumindocaracterísitcas, funções e papéisespecíficosrelacionadosàmodalidade a distância<br />Tutor<br />Representaa instituição; humaniza o processo, se relacionadiretamente com o estudante e podeassumirdiferentespapéis e exercerdiferentesfunções<br />
  5. 5. ConcepçõesPedagógicas<br />Abordagenspedagógicas(Mizukami, 1986)<br />Tradicional<br />Comportamental<br />Humanista<br />Congnitivista<br />Sócio-cultural<br />A definição da abordagem de ensinoorientaa aprendizagem, a produção do material, o papel do professor/tutor, o papel do aluno, a avaliação – o processocomo um todo<br />
  6. 6. Diversidade de Modelos<br />Material impresso – funçãocomunicativa dos manuais<br />TransmissãoporRádio/ TV <br />Integração de Tecnologias: rádio, TV, telefone<br />Satélites/antenas<br />Teleconferências (áudio, áudio e vídeo)<br />AmbientesVirtuais<br />Internet, redes de computadores… mobile …<br />
  7. 7. Tutoria<br />Tutoriapresencial<br />Tutoriaon-line, a distânciaou virtual<br />Tutoriainteligente: “Os STI sãoprogramas de software quedãosuporteàsatividades da aprendizagem” (Gamboa, 2001)<br />
  8. 8. Modelos de Tutoria<br />Semipresencial I : tutoria a distância + sessõesperiódicas de atendimentopresencialreferenteaoconteúdo<br />SemipresencialII : tutoria a distância + sessõesperiódicas de atendimentopresencialparauso das tecnologias<br />Bimodal: tutoria a distância + encontrospresenciaissistemáticos<br />Virtual: tutoriaexclusivamente a distância<br />
  9. 9. Tutoria e Comunicação<br />Interação – conhecimentoconstruídopormeio da interação entre sujeito e objeto<br />Tutor - estudante<br />Mediação: conhecimentoconstruídopormeio da interção entre sujeito e objeto e entre sujeito e sujeito(s)<br />Tutor – estudante – estudantes<br />Participação<br />Colaboração: Construçãocoletiva, nasredes, <br />
  10. 10. Ações<br />Esclarecimentosadministrativos, tecnológicos, pedagógicos e teóricos<br />Acompanhamento<br />Avaliação<br />
  11. 11. Competências<br />Competência Teórica - específica da área<br /> Competência Técnica - específica da área<br /> Competência Tecnológica – uso do AVA e seus recursos<br /> Competência Pedagógica - formação docente<br /> Competência em Educação a Distância: uso das diferentes linguagens<br />
  12. 12. Visão<br />Visão interdisciplinar e sistêmica<br /> Visão e competência de pesquisa<br /> Gestão de processos e de situações de aprendizagem<br />
  13. 13. Referências<br />BELLONI, M.L. Educaçào a Distância. Campinas: AutoresAssociados, 1999.<br />CARLINI, A; TARCIA, R.M.L 20% distância, e agora? São Paulo:Pearson, 2010.<br />GAMBOA, H., FRED, A. Designing Intelligent Tutoring Systems: a Bayesian Approach. 3rd International Conference on Enterprise Information Systems, ICEIS'2001.<br />MACHADO, L.D. & MACHADO, E.de C. O papel da tutoria em ambientes de ead. http://www.abed.org.br/congresso2004/por/htm/022-TC-A2.htm, acesso em 30 de agosto de 2009.<br />MATTAR, J. Tutoria e interação em educação a dstância. São Paulo: Cengage Learning, 2011.<br />MIZUKAMI, M.daG.N. Ensino: aboragens do processo. São Paulo: EPU, 1986.<br />OLIVEIRA, G.M.S. O sistema de tutorianaeducação a distância. Disponívelemwww.uab.ufmt.br/uab/images/artigos_site_uab/tutoria_ead.pdf. Acessoem 25de setembro de 2011<br />SÁ, I. M. A. Educação a Distância: Processo Contínuo de Inclusão Social. Fortaleza: C.E.C., 1998.<br />

×