Análise crítica da música   “Estudo Errado”  Gabriel, o Pensador
Primeiro eixo
Escola       Eu tô aqui Pra quê?       Será que é pra aprender?       Ou será que é pra aceitar, me acomodar e        o...
Processo Pedagógico       “A maioria das matérias que eles dão eu acho        inútil. Em vão, pouco interessantes”;     ...
Segundo eixo
Família   “Mas meus pais só querem que eu "vá pra aula!" e    "estude!"   “A diversão é limitada e o meu pai não tem tem...
Terceiro eixo
Sociedade   O sistema bota um monte de abobrinha no programa.    Mas pra aprender a ser um ingonorante (...)   - O que é...
Políticas Públicas   Encarem as crianças com mais seriedade, pois na    escola é onde formamos nossa personalidade.   Vo...
Concluindo...   Nós, educadores necessitamos ser instigados a    mudanças em nossa conduta, na relação com os    alunos e...
Educar...... no processo crescente de se conscientizar, novos olhares econhecimentos são construídos, acarretando numa pos...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise da música estudo errado

19.121 visualizações

Publicada em

2 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.121
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
306
Comentários
2
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise da música estudo errado

  1. 1. Análise crítica da música “Estudo Errado” Gabriel, o Pensador
  2. 2. Primeiro eixo
  3. 3. Escola  Eu tô aqui Pra quê?  Será que é pra aprender?  Ou será que é pra aceitar, me acomodar e obedecer? Está claro para este aluno qual é a função da Educação Escolar? No momento atual, para que serve a escola? O que queremos dos nossos alunos?
  4. 4. Processo Pedagógico  “A maioria das matérias que eles dão eu acho inútil. Em vão, pouco interessantes”;  “Decorei toda lição. Não errei nenhuma questão Não aprendi nada de bom, mas tirei dez”;  Decoreba: esse é o método de ensino;  Eles me tratam como ameba e assim eu num raciocino. Pra quem estamos ministrando essas aulas? Como o conteúdo é visto pelo aluno? De que maneira o conteúdo pode ser trabalhado para despertar o interesse do aluno?
  5. 5. Segundo eixo
  6. 6. Família “Mas meus pais só querem que eu "vá pra aula!" e "estude!" “A diversão é limitada e o meu pai não tem tempo pra nada”. “A rua é perigosa...” Muitas vezes nos deparamos com os problemas dos alunos e descobrimos que a causa maior está na família. Como resolver isso, se os pais dificilmente tem tempo para dedicar à vida do filho ou vir à escola? Que situações podem ser criadas para que de fato as famílias participem do processo pedagógico?
  7. 7. Terceiro eixo
  8. 8. Sociedade O sistema bota um monte de abobrinha no programa. Mas pra aprender a ser um ingonorante (...) - O que é corrupção? Pra que serve um deputado? Não me diga que o Brasil foi descoberto por acaso! Será que realmente o que está proposto nos programas de ensino vem ao encontro das necessidades dos alunos, no atendimento a todas as classes sociais? Estamos ensinando os alunos para, realmente, prepará-los para a vida em sociedade?
  9. 9. Políticas Públicas Encarem as crianças com mais seriedade, pois na escola é onde formamos nossa personalidade. Vocês tratam a educação como um negócio onde a ganância a exploração e a indiferença são sócios; Quem devia lucrar só é prejudicado. Assim cês vão criar uma geração de revoltados. O Brasil chegou ao final do século XX sem resolver um problema: a universalização do ensino fundamental, com a consequente erradicação do analfabetismo. Assim sendo, será que o sistema educacional brasileiro necessita de uma análise dos seus objetivos quanto a aprendizagem de conteúdos e disciplinas?
  10. 10. Concluindo... Nós, educadores necessitamos ser instigados a mudanças em nossa conduta, na relação com os alunos e na valorização de nossa inteligência. Só assim haverá uma educação comprometida com o adequado aprendizado dos alunos. Essa formação é imprescindível para o sucesso da educação, já que ela precisa ser ‘resgatada’ desse vício de ensino descontextualizado, sem reflexão e construção do conhecimento.
  11. 11. Educar...... no processo crescente de se conscientizar, novos olhares econhecimentos são construídos, acarretando numa possívelmudança de paradigmas, hábitos e ações individuais, queeventualmente serão exteriorizadas na sociedade.

×