"O fio da história 2012-2013"

639 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada no lançamento do programa de promoção do livro e da leitura, das Bibliotecas Municipais de Lisboa, para o ano 2012-2013

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
639
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"O fio da história 2012-2013"

  1. 1. A leitura por um fio: Promoção da leitura no séc. XXI 13 de Setembro de 2012 – Biblioteca Municipal Orlando RibeiroSeminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  2. 2. Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  3. 3. O que é que mudou?II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  4. 4. Centro de Orientação Pessoal A tecnologia habita nas bibliotecas As famílias vão cada vez mais às bibliotecas Espaço de convívio, encontro, partilha Multiplifuncionalidade dos espaços Evolução tecnológica permanenteSeminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  5. 5. Bibliotecas Municipais de Lisboa Prioridade Estratégica: investir na promoção das literaciasII Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  6. 6. Qualidade e Bibliotecas Municipais de Lisboa rigor Promoção Fidelização da leitura Programas de públicos regulares e de continuidade SERVIÇO DE PROMOÇÃO DAS LITERACIAS Envolver agentes Programação da comunidade para adultos Programas de intervenção Alargar Comunicação precoce âmbito de / imagem actuaçãoII Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  7. 7. Que caminhos percorremos?II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  8. 8. #1II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  9. 9. II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  10. 10. #2II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  11. 11. 75 anos do Jardim da Estrela As carrinhas itinerantes de 1960 Promoção da leitura: a obra de Pessoa Ilustrar é ler +II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  12. 12. #3II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  13. 13.  mudanças sociais ocorridas na sociedade do Séc. XXI;  alteração do posicionamento da biblioteca;  nova orientação estratégica;  forte aposta no desenvolvimento das literacias;  aposta num novo conceito edutainement;  aposta em projectos regulares e de continuidade;  preparar pessoas para agirem numa sociedade baseada no conhecimento.II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  14. 14. O QUE IMPLICA... INVESTIGAÇÃO INSPIRAÇÃO IMAGINAÇÃO INCUBAÇÃO IMPLEMENTAÇÃOII Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  15. 15. #4II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  16. 16. Papel das bibliotecas públicas no suporte à Literacia Emergente formar implementar envolver as mediadores bebetecas famílias de leitura 1 2 3II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  17. 17. #5II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  18. 18. Movimento Limpar Portugal Horta Comunitária Manifesto de leituraII Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  19. 19. #6II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  20. 20. APEL PNL CN Leitura Juntas de Freguesia Fundação José Metropolitano de Lisboa Produtora UKBAR SaramagoII Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  21. 21. #7II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  22. 22. • trabalhar com grupos alvo, de forma contínua; • realizar actividades centradas na leitura, mas também nas mais diversas literacias; • potenciar estratégias de intervenção precoce; • ter uma oferta diversificada em função do nível do investimento dos mediadores cooperantes; • envolver famílias, escolas e agentes da comunidade; • definir metodologias de intervenção continuada, estratégias, assim como parâmetros de monitorização dos trajectos individuais ou colectivos.Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  23. 23. Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  24. 24. Nós estamos onde as pessoas estão!Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre
  25. 25. II Jornadas Ibéricas _A criança e a Leitura: experiências, estratégias e desafios || Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 16 de Junho de Susana Silvestre 2012 ||Susana Silvestre
  26. 26. Fazer promoção da leitura não é um acto de magia. Não basta ter uma cartola. • É necessário definir objectivos; • Definir estratégias; • Não basta ter grandes ideias; • Não basta ter bibliotecas abertas; • Não basta ter público; •- Não basta ter recursos humanos, financeiros e materiais.Fazer promoção da leitura não é um acto intuitivo e muito menos de ilusionismo. Para fazer promoção da leitura (saicordão)• É necessário definir um plano a longo prazo;• Definir programas regulares e de continuidade;• Envolver agentes activos da comunidade;• Estabelecer parcerias com entidades estratégicas;• Formar outros mediares de leitura para que o trabalho desenvolvido na biblioteca seja continuado em casa, naescola, nas prisões, nos centros de dia, etc;• É estar atento às mutações da sociedade e adaptar-nos a essa mudança;• É focalizar-mo- nos nas pessoas, nos seus interesses e necessidades.• A promoção da leitura resulta da junção de vários fios, de diferentes cores e tamanhos. Vários fios unidos que darãoorigem a muitas Estórias.Seminário no Instituto Superior de Ciências Educativas || 25 de Janeiro de 2010 Susana Silvestre

×