O Ensino Militar Profissional na
    Carreira de Sargentos
 Perspectivas para a formação inicial
        e cursos de promo...
FORMAÇÃO




• O Sistema de Formação Profissional da Marinha;

• A Formação de Sargentos;

• Modelo de Formação;

• Conclu...
FORMAÇÃO




            MISSÕES
                           EXPECTATIVAS
                             PESSOAIS
           ...
FUNCIONAMENTO DO SFPM



                                             PERFIS
                                            P...
ACREDITAÇÃO DO SFPM



      DIRECÇÃO DO SERVIÇO DE FORMAÇÃO

(Parecer de 27-06-06 do IQF)
(Despacho de 01-09-06 do MDN)  ...
ESCOLAS DO SFPM


ESCOLA DE TECNOLOGIAS NAVAIS
•Cursos de Formação de Sargentos – Classes Homónimas:
     Artilheiros
    ...
ESCOLAS DO SFPM


ESCOLA DE FUZILEIROS

 •Cursos de Formação de Sargentos – Classes Homónimas:
      Fuzileiros
      Cond...
MODELO DE FORMAÇÃO



            Classes Homónimas – Formação de Praças




 1,5 M                     9M              3M...
MODELO DE FORMAÇÃO


                      Classes Homónimas – Formação de Sargentos
INÍCIO CFS                           ...
MODELO DE FORMAÇÃO

                             Alistamento – Formação de Sargentos
                                Elect...
MODELO DE FORMAÇÃO


                           Curso de Promoção a Sargento Chefe

Para promoção a sargento-chefe os sarg...
PERCURSOS DE FORMAÇÃO


                                          VIDA ACTIVA CIVIL

                                     ...
CONCLUSÕES




• A Direcção do Serviço de Formação, as Escolas e Centros de Formação
  da Marinha estão acreditadas em tod...
O Ensino Militar Profissional na
    Carreira de Sargentos
 Perspectivas para a formação inicial
        e cursos de promo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seffa 2010 cfs_marinha

926 visualizações

Publicada em

Curso de Formação de Sargentos da Armada (Capitão de Mar e Guerra Paulo Borges Gaspar - Direcção do Serviço de Formação da Marinha)

Publicada em: Educação, Tecnologia, Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
926
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seffa 2010 cfs_marinha

  1. 1. O Ensino Militar Profissional na Carreira de Sargentos Perspectivas para a formação inicial e cursos de promoção DSF / 1
  2. 2. FORMAÇÃO • O Sistema de Formação Profissional da Marinha; • A Formação de Sargentos; • Modelo de Formação; • Conclusões. DSF / 2
  3. 3. FORMAÇÃO MISSÕES EXPECTATIVAS PESSOAIS DESEMPENHOS COMPETÊNCIAS SELECÇÃO FORMAÇÃO MOTIVAÇÃO DSF / 3
  4. 4. FUNCIONAMENTO DO SFPM PERFIS PERFIS PROFISSIONAIS PROFISSIONAIS ÓRGÃOS ÓRGÃOS DE GESTÃO DE GESTÃO ASF PLANOS DE PLANOS DE PERFIS DE PERFIS DE AVALIAÇÃO E AVALIAÇÃO E FORMAÇÃO FORMAÇÃO VALIDAÇÃO VALIDAÇÃO ENTIDADES UTILIZADORES ee UTILIZADORES ENTIDADES AUTORIDADES AUTORIDADES FORMADORAS FORMADORAS TÉCNICAS TÉCNICAS ASF ABORDAGEM SISTÉMICA DA FORMAÇÃO DSF / 4
  5. 5. ACREDITAÇÃO DO SFPM DIRECÇÃO DO SERVIÇO DE FORMAÇÃO (Parecer de 27-06-06 do IQF) (Despacho de 01-09-06 do MDN) CEFA Processo nº 3632 CIH Prazo de Acreditação : 3 Anos CITAN Renovada em Agosto 2009 CIPQPEM DIAGNÓSTICO DE NECESSIDADES EFUZ PLANEAMENTO EHO CONCEPÇÃO EMERG ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO EXECUÇÃO ESUB ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO ETNA Processo nº 3632 DSF / 5
  6. 6. ESCOLAS DO SFPM ESCOLA DE TECNOLOGIAS NAVAIS •Cursos de Formação de Sargentos – Classes Homónimas: Artilheiros Torpedeiros-detectores Comunicações Radaristas Manobras Condutores de Máquinas Taifa Abastecimento Electricistas •Cursos de Formação de Sargentos – Alistamento Electrotécnicos Maquinistas Navais •Cursos de Formação de Sargentos – Regime de Contrato Programadores de Informática Enfermeiros e Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica DSF / 6
  7. 7. ESCOLAS DO SFPM ESCOLA DE FUZILEIROS •Cursos de Formação de Sargentos – Classes Homónimas: Fuzileiros Condutores ESCOLA DE MERGULHADORES •Cursos de Formação de Sargentos – Classes Homónimas: Mergulhadores ESCOLA DO SERVIÇO DE SAÚDE MILITAR •Cursos de Formação de Sargentos Enfermeiros Técnicos de diagnóstico e terapêutica DSF / 7
  8. 8. MODELO DE FORMAÇÃO Classes Homónimas – Formação de Praças 1,5 M 9M 3M 35M 1.5M 33M 2GRT REC 1GRT GRAD 1GRT 2MAR 1MAR 1MAR GRAD CFBP CFP CPM INSTRUÇÃO INSTRUÇÃO COMPLEMENTAR BÁSICA CFBP – CURSO DE FORMAÇÃO BÁSICO DE PRAÇAS CFP – CURSO DE FORMAÇÃO DE PRAÇAS CPM – CURSO DE PROMOÇÃO DE MARINHEIROS DSF / 8
  9. 9. MODELO DE FORMAÇÃO Classes Homónimas – Formação de Sargentos INÍCIO CFS FIM CFS Férias Férias 01OUT – 30NOV 01JUN - 31JUL X 01SET X - 15AGO X +1 01-30 SET X+1 X +1 FORMAÇÃO GERAL COMUM PAP FORMAÇÃO + FORMAÇÃO TÉCNICA + ESTÁGIO ACADÉMICA + FORMAÇÃO ACADÉMICA FA 246 T (6/dia) 227 Dias úteis = 1589 T (7/dia) 140 T 360 T (*) (7/DIA) F. GERAL + F. TÉCNICA 1375 T 763T 612T FORMAÇÃO ACADÉMICA 214 T F.A. 20 T (*) 60 dias, considerando SAB, DOM, FER (ON-JOB) DSF / 9
  10. 10. MODELO DE FORMAÇÃO Alistamento – Formação de Sargentos Electrotécnicos (ET) - Maquinistas Navais (MQ) 1º Ano 2º Ano FORMAÇÃO SÓCIO-CULTURAL FORMAÇÃO SÓCIO-CULTURAL + FORMAÇÃO CIENTÍFICA + FORMAÇÃO TÉCNICA, TECNOLÓGICA E PRÁTICA + FORMAÇÃO TÉCNICA, TECNOLÓGICA E PRÁTICA MQ ET 497T + 533T + 346T = 1376T 356T + 796T = 1152T 483T + 360T + 579T = 1422T 333T 1045T = 1378T 3º Ano ETA ESTÁGIO FORMAÇÃO SÓCIO-CULTURAL ETS PAP + FORMAÇÃO TÉCNICA, ETC TECNOLÓGICA E PRÁTICA ETI MQ MQ ET 202T + 198T + 750T + 120T = 1270T 370 T 188T + 585T + 120T = 893T DSF / 10
  11. 11. MODELO DE FORMAÇÃO Curso de Promoção a Sargento Chefe Para promoção a sargento-chefe os sargentos de qualquer classe frequentam o curso de promoção a sargento-chefe, com uma duração de 100 dias úteis (600 horas), ministrado na Escola de Tecnologias Navais. O curso habilita os formandos a exercer funções ligadas ao planeamento, direcção, inspecção, coordenação, controlo e segurança, nos sectores do pessoal e do material. Prepara os sargentos para exercer funções de: Chefe de Secretaria; Chefe ou Encarregado de Secção ou Serviço Técnico; Adjunto de Chefe de Departamento ou Serviço; Formador ou Coordenador de Formação; Coordenador de funções técnicas ligadas à sua classe. DSF / 11
  12. 12. PERCURSOS DE FORMAÇÃO VIDA ACTIVA CIVIL CFS (C. FORM. (RC) SARGENTOS) CIVIS PIN 107 (RC) du 744 h (QP) CPSC CFS (CURSO (C. FORM. SARGENTOS) PROMOÇÃO CFBP CPM ALISTAMENTO SARGENTO CFP (RC) CHEFE) (C. FORM. PRAÇAS) (MQ/ET) (QP) 100 DO SERVIÇO TÉCNICO 600 CURSO DE OFICIAIS (RC) du CFS du 25 du 180 (C. FORM. 4100 600 h 30 SARGENTOS) du du CLASSES h (QP) 1260 HOMÓNIMAS h CNED 288 du 1975 h GRUMETE MARINHEIRO CABO 2º/1ºSARG – SAR AJ SCH/SMOR DSF / 12
  13. 13. CONCLUSÕES • A Direcção do Serviço de Formação, as Escolas e Centros de Formação da Marinha estão acreditadas em todos os domínios de intervenção. • Os cursos de ingresso para a categoria de sargento (CFS), são ministrados nas Escolas do Sistema de Formação Profissional da Marinha. Grande componente técnica; Assentam nos conhecimentos técnicos e militar naval adquiridos na formação, enquanto praças (classes homónimas); Habilitam com 12ºano de escolaridade; Qualificação profissional de nível 3 da EU. • O curso de promoção a sargento-chefe habilita os formandos a exercer funções ligadas ao planeamento, direcção, inspecção, coordenação, controlo e segurança, nos sectores do pessoal e do material DSF / 13
  14. 14. O Ensino Militar Profissional na Carreira de Sargentos Perspectivas para a formação inicial e cursos de promoção DSF / 14

×