Teleconferência 
de Resultados 
3T10
Sumário 
Destaques do Trimestre Pág. 3 
Resultados Pág. 4 
Carteira de Crédito Pág. 5 
Perfil da Carteira de Crédito - Emp...
Destaques do Trimestre 
Os principais indicadores apresentaram melhora no período... 
Resultado Operacional (R$ Milhões) 
...
Resultados 
...com evolução consistente da rentabilidade. 
Resultado Operacional (R$ Milhões) 
Crescimento gradual e 
cons...
Carteira de Crédito 
Crescimento seletivo da carteira de crédito que retornou aos patamares pré-crise… 
A carteira de empr...
Perfil da Carteira de Crédito - Empresas 
...evoluindo de forma diversificada tanto em setores quanto em produtos... 
C i ...
Qualidade da Carteira de Crédito 
...mantendo a qualidade de crédito e robustez de balanço. 
Qualidade da Carteira de Créd...
Captação 
As captações cresceram com qualidade, diversificação e ampliação de prazos... 
CaptaçãoTotal (R$ Milhões) 
4.311...
Prazo das Captações vs. Crédito 
...mantendo um gap positivo de 4 meses entre a carteira de crédito e as captações. 
R$ mi...
Basiléia 
O Índice da Basiléia manteve-se em níveis confortáveis. 
Basiléia 
15,6% 
19,3% 18,6% 19,3% 
17,2% 15,6% 14,9% 
...
Evolução da PINE4 
A performance da ação superou o Ibovespa e o IFNC entre 30 junho e 5 de novembro de 2010. 
170 
160 
IB...
O Cenário Atual e suas Perspectivas 
O Banco PINE possui os principais recursos para o desenvolvimento de sua estratégia: ...
Reunião Apimec Belo Horizonte 
O Banco PINE tem o prazer de convidar investidores e analistas para sua reunião pública. 
D...
Relações com Investidores 
Norberto Zaiet Junior 
CFO 
Nira Bessler 
Superintendente de Relações com Investidores 
Alejand...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teleconferência de Resultados 3T10

92 visualizações

Publicada em

Teleconferência de Resultados 3T10

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
92
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teleconferência de Resultados 3T10

  1. 1. Teleconferência de Resultados 3T10
  2. 2. Sumário Destaques do Trimestre Pág. 3 Resultados Pág. 4 Carteira de Crédito Pág. 5 Perfil da Carteira de Crédito - Empresas Pág. 6 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 7 Captação Pág. 8 Prazo das Captações vs. Crédito Pág. 9 Basiléia Pág. 10 Evolução da PINE4 Pág. 11 O Cenário Atual e suas Perspectivas Pág. 12 Reunião Apimec Belo Horizonte Pág. 13 Relações com Investidores | 3T10 | 2/14
  3. 3. Destaques do Trimestre Os principais indicadores apresentaram melhora no período... Resultado Operacional (R$ Milhões)  Tri  12M 20,7% 93,9% 76,0% Carteira de Crédito Empresas (R$ Milhões)  Tri  12M 9,8% 54,1% CaptaçãoTotal (R$ Milhões)  Tri  12M 10,2% 39,1% 5 265 4 890 5.390 37,6 60,4 73,0 103,0 181,3 3.416 4.794 5.265 3.875 4.890 Set-09 Jun-10 Set-10 Set-09 Jun-10 Set-10 3T09 2T10 3T10 9M09 9M10 Lucro Líquido (R$ Milhões) T i ROAE  T Tri i  12M Índice de Eficiência  T i  12M  Tri  12M 5,6% 70,4% 61,7% 0,7 p.p. 7,3 p.p. Tri 6,1 p.p. -2,9 p.p. -7,4 p.p. -5,0 p.p. 63,9 103,4 11,3% 17,9% 18,6% 10,5% 16,6% 38,0% 33,5% 30,6% 38,9% 33,9% 22,1 35,6 37,6 , 3T09 2T10 3T10 9M09 9M10 , 3T09 2T10 3T10 9M09 9M10 3T09 2T10 3T10 9M09 9M10 Relações com Investidores | 3T10 | 3/14
  4. 4. Resultados ...com evolução consistente da rentabilidade. Resultado Operacional (R$ Milhões) Crescimento gradual e consistente dos resultados no período pós-crise: 20,7% no 60,4 73,0 50 50,9 9 47 9 trimestre e 93 9% 93,9% ante o 3T09 29,7 30,8 34,5 37,6 38,2 47,9 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Lucro Líquido (R$ Milhões) Aumento do lucro líquido ao longo dos últimos trimestres: 5,6% sobre o 2T10 e 70,4% sobre o 3T09 33,4 19,8 20,1 21,8 22,1 21,1 30,2 35,6 37,6 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Relações com Investidores | 3T10 | 4/14
  5. 5. Carteira de Crédito Crescimento seletivo da carteira de crédito que retornou aos patamares pré-crise… A carteira de empresas Carteira de Crédito Empresas (R$ Milhões) apresentou crescimento de 9,8% no 3T10, 27,9% em 9 meses e 54,1% em doze meses 4 18 462 794 5.265 meses. 3.534 3.070 2.842 3.068 3.416 4.11 4.4 4. 5 Set-08 Dez-08 Mar-09 Jun-09 Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 Carteira de Crédito Total (R$ Milhões) Crescimento da carteira de crédito de Empresas, que representa 96% da carteira total. 4.885 4.264 3.873 3.922 4.113 4.753 4.980 5.208 5.617 Set-08 Dez-08 Mar-09 Jun-09 Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 Relações com Investidores | 3T10 | 5/14
  6. 6. Perfil da Carteira de Crédito - Empresas ...evoluindo de forma diversificada tanto em setores quanto em produtos... C i d Cédi S Carteira de Crédito por Região Centro- Oeste Norte 2,6% Carteira de Crédito por Setor Agricultura Construção Civil 6% Processamento de Carne 6% Instituição Financeira 5% Transportes e Logística 4% 11,8% Nordeste 9,0% 9% Energia Elétrica e Renovável Veículos e Peças 4% Serviços E ili d Sudeste 65,7% Sul 10,9% Carteira de Crédito por Produtos 9% Especializados 4% Comércio Exterior 3% Repasses Construção e Engenharia - Infra Estrutura 13% Farmacêutica e Cosméticos 3% Metalurgia 2% Capital de Giro 61,8% Trade Finance 10,3% 2770 0,3% Açúcar e Álcool 15% Alimentos 2% Materiais de Construção e Decoração 2% Outros 13% Fiança 15,7% Repasses BNDES 11,9% Relações com Investidores | 3T10 | 6/14
  7. 7. Qualidade da Carteira de Crédito ...mantendo a qualidade de crédito e robustez de balanço. Qualidade da Carteira de Crédito – Setembro 2010 Carteira D-H Vencida/Carteira Total  Tri  12M -0,1 p.p. -0,7 p.p. A 50 9% 1,3% 50,9% B 23,4% , 0,7% 0,6% Set-09 Jun-10 Set-10 C 2,6% D-E 0,7% F H Carteira por Níveis de Risco Set-09 Set-10 AA 21,3% F-1,1% D-H 3,2% D-H 1,8% AA-C AA C 96,8% AA-98,2% Relações com Investidores | 3T10 | 7/14
  8. 8. Captação As captações cresceram com qualidade, diversificação e ampliação de prazos... CaptaçãoTotal (R$ Milhões) 4.311 3.772 3.656 3.701 3.875 4.553 4.655 4.890 5.390 3 3 Set-08 Dez-08 Mar-09 Jun-09 Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 220 Mix da Captação (R$ Milhões) 560 440 268 208 242 447 160 140 29 27 26 27 229 Dívida Subordinada 554 351 142 229 296 508 678 429 642 576 586 521 541 1.005 959 832 679 552 496 382 306 275 35 35 29 Recursos, aceites e emissão de títulos Cessão de Crédito 2.148 1 462 1.553 1.917 2.302 3.029 3.013 3.183 3.584 147 156 143 127 663 713 Empréstimos Obrigação por repasses 1.462 Set-08 Dez-08 Mar-09 Jun-09 Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 Depósitos totais Relações com Investidores | 3T10 | 8/14
  9. 9. Prazo das Captações vs. Crédito ...mantendo um gap positivo de 4 meses entre a carteira de crédito e as captações. R$ milhões De 1 a 3 De 3 a 5 anos Crédito + Caixa De 1 a 3 De 3 a 5 anos Captação(1) anos R$ 1.761 R$ 252 Acima de 5 anos R$ 41 Sem anos R$ 1.648 R$ 390 Acima de 5 anos R$ 509 Até 3 meses ( inclui De 3 a 12 meses R$ 1.800 Vencimento R$ 36 De 3 a 12 Caixa) R$ 2.255 Até 3 meses R$ 1.359 meses R$ 1.448 (1) Não considera o Patrimônio Líquido Crédito: 14 meses Captações: 18 meses Relações com Investidores | 3T10 | 9/14
  10. 10. Basiléia O Índice da Basiléia manteve-se em níveis confortáveis. Basiléia 15,6% 19,3% 18,6% 19,3% 17,2% 15,6% 14,9% 18,5% 18,4% Set-08 Dez-08 Mar-09 Jun-09 Set-09 Dez-09 Mar-10 Jun-10 Set-10 Patrimônio (R$ Milhares) Basiléia (%) 875.901 217.009 1.092.910 Tier I 14,8% Tier II 3,6% Basiléia 18,4% Relações com Investidores | 3T10 | 10/14
  11. 11. Evolução da PINE4 A performance da ação superou o Ibovespa e o IFNC entre 30 junho e 5 de novembro de 2010. 170 160 IBOV 58,4% 150 IFNC 140 130 PINE4 , 31 7% 120 110 31,7% 19,2% 100 90 80 30/6 11/7 22/7 2/8 13/8 24/8 4/9 15/9 26/9 7/10 18/10 29/10 Relações com Investidores | 3T10 | 11/14
  12. 12. O Cenário Atual e suas Perspectivas O Banco PINE possui os principais recursos para o desenvolvimento de sua estratégia: capitalização adequada, funding eficiente e equipe qualificada. Capitalização adequada  Emissão de US$ 125 milhões, aprovada como Tier II pelo Banco Central em junho  Ainda há espaço para emissão de capital Estrutura de captação eficiente  Alongamento: prazo médio de 18 meses (Setembro/2010)  Maior diversificação Tier II 18,4% de Índice de Basiléia Estratégia de relacionamento próximo Equipe preparada e incentivada Meritocracia Qualificação com cada empresa Atendimento personalizado ao cliente, entendendo suas necessidades Diversidade de produtos construída ao longo dos últimos anos Cerca de 80% dos clientes utilizam mais de um produto (Setembro/2010) Relações com Investidores | 3T10 | 12/14
  13. 13. Reunião Apimec Belo Horizonte O Banco PINE tem o prazer de convidar investidores e analistas para sua reunião pública. Data: 22 de novembro de 2010 (segunda-feira) Horário: 18h00 Local: Clarion Hotel Lourdes Relações com Investidores | 3T10 | 13/14
  14. 14. Relações com Investidores Norberto Zaiet Junior CFO Nira Bessler Superintendente de Relações com Investidores Alejandra Hidalgo Analista de Relações com Investidores Fone: +55-11-3372-5553 / 5552 www.bancopine.com.br/ri ri@bancopine.com.br As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento do PINE são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da administração sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, das condições de mercado, do desempenho da economia brasileira e do setor (mudanças políticas e econômicas, volatilidade nas taxas de juros e câmbio, mudanças tecnológicas, inflação, desintermediação financeira, pressões competitivas sobre produtos e preços e mudanças na legislação tributária) e, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Relações com Investidores | 3T10 | 14/14

×