Livro - Os Mensageiros cap 30

1.439 visualizações

Publicada em

GECD - Grupo de Estudos das Obras de André Luiz

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
91
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro - Os Mensageiros cap 30

  1. 1. Os Mensageiros A vida no mundo espiritual Pelo Espirito André Luiz Francisco Candido Xavier Estudo por Patrícia Farias Dubai, 06/05/2014
  2. 2. http://espacodespertar.blogspot.com 2 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Casamento Parágrafo 1 “— Alguns membros de nossa família visitam a cidade de vocês, de tempos a tempos. Nossa irmã Isaura, que se casou em “Campo da paz” há três anos, lá reside em companhia do esposo que é funcionário dos Serviços de investigação do Ministério do Esclarecimento”.
  3. 3. http://espacodespertar.blogspot.com 3 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa - EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS - Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira – André Luiz 20ª edição. Nos planos enobrecidos, realiza-se também o casamento das almas, conjugadas no amor puro, verdadeira união esponsalícia de caráter significante, gerando obras admiráveis de progresso e beleza, na edificação coletiva, e quando semelhante enlace deva sera diado, por circunstancias inamoviveis, os Espíritos de comportamento superior aceitam, na Terra, a luta pela sublimação das forças genésicas, aplicando-as em trabalho digno, com abstenção do comércio poligâmico, tanto mais intensamente quanto mais ativo se lhes revele o esforço do acrisolamento próprio. Aliás, cabe considerar que na renúncia contrutiva a que se entregam na expectativa as vezes longa, do amor que os integrará na complementação desejada encontram no serviço aos semelhantes, preciosas oportunidades de burilamento e progresso, acentuando em si os altos valores da cultura e da emoção, que lhe propiciam gozos íntimos dos mais alevantados e mais puros. Pág. 185
  4. 4. http://espacodespertar.blogspot.com 4 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa - AÇÃO e REAÇÃO - Francisco Cândido Xavier – André Luiz 1956 É preciso considerar que nos achamos ainda longe de adquirir o verdadeiro amor, puro e sublime. Nosso amor é por enquanto uma aspiração da eternidade encravada no egoísmo e na ilusão, na fome de prazer e na egolatria sistemática, que fantasiamos como sendo a celeste virtude. Por isso mesmo, a nossa afetividade terrestre, quando na primavera dos primeiros sonhos da experiência física, pode ser um conjunto de estados mentais, consubstanciando simplesmente os nossos desejos. E nossos desejos se alteram todos os dias… Em razão disso, recordemos o imperativo da recapitulação. Nessa ou naquela idade físicao homem ou a mulher, com a supervisão da Lei que nos governa os destinos, encontram as pessoas e as situações de que necessitam para superarem as provas do caminho, provas indispensáveis ao burilamento espiritual de que não prescindem para a justa ascenção as esferas Mais Altas.
  5. 5. http://espacodespertar.blogspot.com 5 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Assim é que somos atraídos por determinadas almas e por desterminadas questões, nem sempre porque as estimamos em sentimento profundo, mas sim porque o passado a ela nos reune, a fim de que por elas e com elas venhamos a adquirir a sabedoria. É por isso que a maioria dos consórcios humanos, por enquanto, constituem ligações de aprendizado e sacrifício, em que, muitas vezes, as criaturas se querem mutuamente e mutuamente sofrem pavorosos conflitos na convivência uma das outras. Nesses embates, alinham-se os recursos da redenção. Pag. 197 - AÇÃO e REAÇÃO - Francisco Cândido Xavier – André Luiz 1956
  6. 6. http://espacodespertar.blogspot.com 6 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Mundo próximo à esfera física Parágrafo 18 “Admirando a beleza de sentimentos daquelas jovens indaguei emocionado: — Mas não têm vocês, em “Campo da Paz”, instituições semelhantes? Não existirão templos de alegria abertos à juventude? — Ah! sim — murmurou Cecilia como quem não desejava ser ingrata às Bênçãos do Eterno —, muito nos dá o Senhor, em nossa colônia; entretanto, permanecemos na vizinhança dos irmãos encarnados.”
  7. 7. http://espacodespertar.blogspot.com 7 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa - COLÔNIA CAMPO DA PAZ: Muito próxima do planeta Terra foi criada há mais de 200 anos por benfeitores de Jesus. — A história da fundação é interessante. Alguns benfeitores, reconhecidos a Jesus, resolveram organizar, em nome dele, uma colônia em plena região_inferior, que funcionasse como Instituto de socorro imediato aos que são surpreendidos na crosta com a morte física, em estado de ignorância ou de culpas dolorosas. O projeto mereceu a bênção do Senhor e o núcleo se criou, há mais de dois séculos. Nem todos os Espíritos evoluídos, no entanto, estimam o serviço nesse órgão de assistência constante. “Nosso serviço é ativo, mas nossas aquisições são lentas e devemos sempre esperar por cooperadores que se eduquem na própria colônia, em benefício geral. Ganha-se excelente recompensa, temos direito a grandes valores intercessários, mas, por isso mesmo, nossas responsabilidades não são pequenas”.
  8. 8. http://espacodespertar.blogspot.com 8
  9. 9. http://espacodespertar.blogspot.com 9 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Além do principado humano, para lá das fronteiras sensoriais que guardam ciosamente a alma encarnada, amparando-a com limitada visão e benefico esquecimento, começa vasto imperio espiritual vizinho dos homens. Ai se agitam milhões de Espíritos imperfeitos que partilham, com as criaturas terrenas, as condições de habitabilidade da Crosta do Mundo. Seres humanos, situados noutra faixa_vibratória, apóiam-se na mente encarnada, através de falanges incontáveis, tão semiconscientes na responsabilidade e tão incompletas na virtude, quanto os próprios homens. - AÇÃO e REAÇÃO - Francisco Cândido Xavier – André Luiz 1956
  10. 10. http://espacodespertar.blogspot.com 10 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Parágrafo 24 “Eu e Aldonina, por exemplo, temos grandes tarefas de assistência junto dos recém desencarnados. Nossa cidade prepara, em média, quinze a vinte reencarnações diárias e torna-se imprescindível assistir os companheiros ou tutelados, pelo menos no período infantil mais tenro, que compreende os primeiros sete anos de existência carnal.” Assistência Espiritual
  11. 11. http://espacodespertar.blogspot.com 11 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Em vossa vida, tomam parte as entidades do Além: sem que as vejais, perambulam em vosso meio, atuam em vossos atos, sem que os vossos nervos visuais lhes registrem a presença. Edificante é observarmos o sacrifício de tantos seres envolvidos que consagram a sagrados labores, no planeta das sombras, quais os da regeneração de individualidades obcecadas no mal, operando abnegadamente a serviço da redenção de todas as almas, atirando-se com destemor a tarefas penosas, cheios de renúncia santificadora. EMMANUEL - 5º livro de Francisco Cândido Xavier -1938 – 1º livro ditado por Emmanuel, 22ª edição.
  12. 12. http://espacodespertar.blogspot.com 12 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Na reencarnação de Segismundo, herculano amigo do plano espiritual permaneceu em definitivo junto a ele, na nova experiência, até que Segismundo atinja os sete anos após o renascimento, ocasiao em que o processo reencarnacionista estará consolidado. Depois desse período, a sua tarefa de amigo_e_orientador será amenizada, visto que seguirá o nosso irmão em sentido mais distante. Sei que o devotado companheiro tomará todas as providências indispensáveis à harmoniosa organização fetal, seja auxiliando o reencarnante, seja defendendo o templo maternal contra o assédio de forças menos dignas; MISSIONÁRIOS DA LUZ – 25a ed. - Francisco Cândido Xavier – André Luiz - 1943
  13. 13. http://espacodespertar.blogspot.com 13 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa O CONSOLADOR – 16a. edição - Francisco Cândido Xavier – ditado pelo espírito Emmanuel O período infantil é o mais sério e o mais propício à assimilação dos princípios educativos. Até aos sete anos, o Espírito ainda se encontra em fase de adaptação para a nova existência que lhe compete no mundo. Nessa idade, ainda não existe uma integração perfeita entre ele e a matéria orgânica. Suas recordações do plano espiritual sao, por isso, mais vivas, tornando’se mais suscetíveis de renovar o caráter e estabelecer novo caminho, na consolidação dos princípios de responsabiliade, se encontrar nos pais legítimos representantes do colégio familiar. Eis por que o lar é tão importante para a edificação do homem, e porque tão profunda é a missão da mulher perante as leis divinas.
  14. 14. http://espacodespertar.blogspot.com 14 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa AÇÃO e REAÇÃO - Francisco Cândido Xavier – André Luiz - 17ª edição. * - 1956 Oração de Druso (instrutor de André Luiz), antes de sua reencarnação.
  15. 15. http://espacodespertar.blogspot.com 15 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa Parágrafo 25 “E talvez porque lesse em nossos olhos a mais viva admiração, a jovem adiantou-se, explicando: Felizmente, porém, temos as faculdades de volitação bastante adestradas. Raramente encontramos empecilhos vibratórios e podemos, por isso mesmo, agir com grande economia de tempo”. Volitação
  16. 16. http://espacodespertar.blogspot.com 16 Cap. 30 – Em palestra Afetuosa NO MUNDO MAIOR - Francisco Cândido Xavier - pelo espírito André Luiz - 20ª edição. “Vendo bandos de seres a se locomoverem no ar, quase a nos renterar, recordei que em nossa colônia as faculdades de volitação não eram comumente exercidas para não melindrarmos aqueles que as não possuíam desenvolvidas; mas.., e ali? Criaturas de baixas condições se moviam nos ares, embora a poucos metros do solo”. Calderaro (o instrutor) porém, explicou: Não te surpreendas. A volitação depende, fundamentalmente, da força mental armazenada pela inteligência; importa, contudo, considerar que os vôos altíssimos da alma só se fazem possíveis quando àintelectualidade elevada se alia ao amor sublime. Há Espíritos perverso com vigorosa capacidade volitativa, apesar dos circunscritos a baixas incursões. São donos de imenso poder de raciocínio e manejam certas forças da Natureza, mas sem característicos de sublimação no sentimento, o que lhes impede grandes ascensões.

×