Gramática.

411 visualizações

Publicada em

Apostila - Dom Bosco.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gramática.

  1. 1. GRAMÁTICA
  2. 2. CONJUNÇÃO  Palavra que liga orações ou termos de uma mesma oração. Exemplo: Ela tomou café e saiu para trabalhar. Ela tomou café – 1ª oração. E – Conjunção. Saiu para trabalhar – 2ª oração.
  3. 3. CONJUNÇÕES COORDENATIVAS  Ligam orações que não dependem de uma outra em termo sintáticos. Exemplo: Ela tomou café e saiu para trabalhar. Ela tomou café – 1ª oração. E – Conjunção. Saiu para trabalhar – 2ª oração.
  4. 4. CLASSIFICAÇÃO DAS COORDENATIVAS CLASSIFICAÇÃO FUNÇÃO ADITIVAS Ideia de adição. ADVERSATIVAS Ideia de adversidade. ALTERNATIVAS Ideia de alternância. CONCLUSIVAS Ideia de conclusão.
  5. 5. CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS  Ligam orações que dependem uma das outras em termos sintáticos.  A primeira chama-se Oração Principal.  A segunda chama-se Oração Subordinada. Exemplo: Tudo ficou mais alegre quando Ruth entrou. Tudo ficou mais alegre - 1ª oração. Quando – Conjunção. Ruth entrou - 2ª oração.
  6. 6. CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS  Classificam-se em: - Conjunções integrantes: completam o sentido da oração principal. - EX: É preciso que estudemos bastante. - Conjunções adverbiais: indicam circunstâncias diversas com relação a oração principal. - EX: Marcelo é mais simpático que seu irmão.
  7. 7. CLASSIFICAÇÃO DAS SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS CLASSIFICAÇÃO FUNÇÃO CAUSAIS Causa. COMPARATIVAS Comparação. CONCESSIVAS Concessão. CONDICIONAIS Condição. CONFORMATIVAS Concordância. CONSECUTIVAS Consequência. FINAIS Finalidade. PROPORCIONAIS Proporção. TEMPORAIS Tempo.
  8. 8. INTERJEIÇÃO  Palavra invariável que serve pra representar estados de emoção, sentimentos. Exemplos: Oh! Não acredito nisso. Oh! – Exprime ideia de espanto.
  9. 9. SEMÂNTICA  Parte da linguística que estuda os fenômenos da significação.  Os significados se constroem socialmente, frutos de uma cultura.
  10. 10. SENTIDO PRÓPRIO E FIGURADO  Sentido próprio: - Apresenta o significado denotativo, significado próprio, sentido literal.  Sentido figurado: - Apresenta o significado conotativo, significado que foge daquilo que está no dicionário.
  11. 11. SINONÍMIA E ANTONÍMIA  Sinônimos: palavras de sentidos semelhantes.  Antônimos: palavras de sentidos opostos, sentidos contrastantes.  Paráfrases: Enunciados que, em palavras diferentes, dizem a mesma coisa.
  12. 12. POLISSEMIA  Ocorre quando uma palavra assume várias significações, guardando uma relação de sentindo entre elas.
  13. 13. HOMONÍMIA E PARONÍMIA  Homônimas: palavras que possuem mesma pronúncia/grafia e significados diferentes.  - EX: Manga (camisa) e manga (fruto).  Parônimas: palavras que possuem pronúncia/grafia semelhantes e significados diferentes.  - EX: Acender (luz) e ascender (subir).
  14. 14. AMBIGUIDADE  Ocorre em duplicidade de sentido em um enunciado.  Geralmente, causada pelo mau uso do pronome possessivo/relativo. Exemplos: Dona Joana disse ao vizinho: - O ladrão corre para sua casa.

×