Critérios de avaliação de produtos de eLearning
Critérios de avaliação de produtos de eLearning (i) <ul><li>Universalidade </li></ul><ul><ul><li>Em função da dimensão da ...
Critérios de avaliação de produtos de eLearning (ii) <ul><li>Aplicabilidade </li></ul><ul><ul><li>Grau de aplicabilidade d...
Critérios de avaliação de produtos de eLearning (iii) <ul><li>Selecção de suporte </li></ul><ul><ul><li>Adequação do supor...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Critérios de Avaliação de produtos de eLearning

1.307 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Critérios de Avaliação de produtos de eLearning

  1. 1. Critérios de avaliação de produtos de eLearning
  2. 2. Critérios de avaliação de produtos de eLearning (i) <ul><li>Universalidade </li></ul><ul><ul><li>Em função da dimensão da população-alvo para quem os conteúdos poderão tornar-se úteis; </li></ul></ul><ul><li>Longevidade </li></ul><ul><ul><li>Correspondendo à expectativa de tempo de vida útil dos conteúdos, sem necessidade de actualizações profundas; </li></ul></ul><ul><li>Acessibilidade </li></ul><ul><ul><li>Reportando-se à proximidade e adaptabilidade, sobretudo dos suportes, em função dos seus destinatários e utilizadores; </li></ul></ul><ul><li>Utilidade </li></ul><ul><ul><li>Aferindo-se pelos ganhos demonstráveis proporcionados pelos conteúdos aos utilizadores e beneficiários, nomeadamente em termos de competências e autonomia; </li></ul></ul><ul><li>Portabilidade </li></ul><ul><ul><li>Que respeita à facilidade na exploração e utilização dos conteúdos, mesmo em situações de mobilidade; </li></ul></ul><ul><li>Transferibilidade </li></ul><ul><ul><li>Em função da facilidade e rapidez de apropriação e incorporação dos conteúdos nas práticas profissionais, das equipas e organizações; </li></ul></ul><ul><li>Escalabilidade </li></ul><ul><ul><li>Respeitando à modularidade dos conteúdos, o que favorece uma rápida e fácil actualização; </li></ul></ul>
  3. 3. Critérios de avaliação de produtos de eLearning (ii) <ul><li>Aplicabilidade </li></ul><ul><ul><li>Grau de aplicabilidade dos projectos, em termos da tipologia de entidades, áreas, cursos, públicos e contextos de formação, entendida como polivalência de utilização dos recursos didácticos em situaçãoes diversificadas, com especial incidência em formações de carácter qualificante; </li></ul></ul><ul><li>Efeito multiplicador </li></ul><ul><ul><li>Recursos formativos que possibilitem a aplicação de métodos e processos integrados com destaque para as soluções formativas abertas e flexíveis, nomeadamente formação a distância e autoformação, de aplicação prospectiva e efeito ultiplicador; </li></ul></ul><ul><li>Índice de inovação </li></ul><ul><ul><li>Recurso novou e/ou com capacidade de induzir inovação em metodologias pedagógicas e/ou inovando formatações em produtos existentes; </li></ul></ul><ul><li>Índice de cobertura </li></ul><ul><ul><li>Recursos que privilegiem áreas e ou públicos prioritários em termos de formação para os quais existam carências de recursos didácticos; </li></ul></ul><ul><li>Consistência </li></ul><ul><ul><li>Adequação da proposta de desenvolvimento/estruturação dos conteúdos aos níveis técnico e pedagógico; </li></ul></ul><ul><li>Ambiente tecnológico </li></ul><ul><ul><li>Recurso a TIC que assuma relevância na facilitação do processo de ensino-aprendizagem; </li></ul></ul>
  4. 4. Critérios de avaliação de produtos de eLearning (iii) <ul><li>Selecção de suporte </li></ul><ul><ul><li>Adequação do suporte em função dos conteúdos a tratar e dos objectivos pedagógicos a atingir; </li></ul></ul><ul><li>Grau de coerência </li></ul><ul><ul><li>Grau de aderência do projecto à situação de formação que visa dar apoio; </li></ul></ul><ul><li>Metodologia de desenvolvimento </li></ul><ul><ul><li>Constituição e funções dos elementos de equipa, calendarização, identificação das etapas de desenvolvimento; </li></ul></ul><ul><li>Parcerias </li></ul><ul><ul><li>Estabelecimento de parcerias que contribuam para o enriquecimento do projecto, quer em termos de desenvolvimento quer em termos de integração e difusão de resultados; </li></ul></ul><ul><li>Complementaridade </li></ul><ul><ul><li>Com outros programas num quadro de estabelecimento de sinergias; </li></ul></ul><ul><li>Apresentação </li></ul><ul><ul><li>Estruturação, organização e pertinência dos elementos informativos que compõem o projecto; </li></ul></ul><ul><li>Relação custo-benefício </li></ul><ul><ul><li>Custo do recurso técnico-pedagógico em face dos benefícios esperados; </li></ul></ul>

×