CURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOL –––– Nível INível INí...
TAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DO
EXERCICIOEXERCICIOEXERCICIOEXERCICIO
→ Individual (1 elemento);
→ Gru...
CONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIOCONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIOCONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EX...
CONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXER...
EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1 –––– Meio 3x1Meio 3x1Meio 3x1Meio 3x1
1. Estrutura: Meios 3x1;
2....
EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2 –––– Posse com transiçãoPosse com transiçãoPosse com transiçãoPos...
EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3 –––– Posse em superioridadePosse em superioridadePosse em superio...
EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4 –––– Posse com múltiplas balizasPosse com múltiplas balizasPosse ...
EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5 –––– Posse com 6 balizasPosse com 6 balizasPosse com 6 balizasPos...
EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6 –––– Posse em superioridade com finalizaçãoPosse em superioridade...
EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7 –––– MPB da defesaMPB da defesaMPB da defesaMPB da defesa
1. Estr...
EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8 –––– MPB da defesa + Meio campoMPB da defesa + Meio campoMPB da d...
EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9 –––– MPB do meio campo + ataqueMPB do meio campo + ataqueMPB do m...
EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10 –––– Posse em estruturaPosse em estruturaPosse em estruturaPo...
EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11 –––– Posse com entrada no ataquePosse com entrada no ataquePo...
EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12 –––– Holandesa em posseHolandesa em posseHolandesa em posseHo...
EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13 –––– Posse com corredoresPosse com corredoresPosse com corred...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão brandão

1.927 visualizações

Publicada em

Curso Treinadores Nivel I - Braga 2007
Ensino/ Treino da manutenção e circulação da posse de bola

Publicada em: Esportes
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.927
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
206
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula pratica curso treinadores braga2007_nivel_i_joão carlos costa e joão brandão

  1. 1. CURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOLCURSO TREINADORES FUTEBOL –––– Nível INível INível INível I Associação Nacional Treinadores FutebolAssociação Nacional Treinadores FutebolAssociação Nacional Treinadores FutebolAssociação Nacional Treinadores Futebol Associação de Futebol de BragaAssociação de Futebol de BragaAssociação de Futebol de BragaAssociação de Futebol de Braga Federação Portuguesa de FutebolFederação Portuguesa de FutebolFederação Portuguesa de FutebolFederação Portuguesa de Futebol Ensino/Treino da Manutenção eEnsino/Treino da Manutenção eEnsino/Treino da Manutenção eEnsino/Treino da Manutenção e Circulação da Posse da BolaCirculação da Posse da BolaCirculação da Posse da BolaCirculação da Posse da Bola João Carlos CostaJoão Carlos CostaJoão Carlos CostaJoão Carlos Costa João BrandãoJoão BrandãoJoão BrandãoJoão BrandãoMaio 2007Maio 2007Maio 2007Maio 2007 ---- BragaBragaBragaBraga Circulação da Posse da BolaCirculação da Posse da BolaCirculação da Posse da BolaCirculação da Posse da Bola
  2. 2. TAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DOTAXIONOMIA DO EXERCICIOEXERCICIOEXERCICIOEXERCICIO → Individual (1 elemento); → Grupal (2 a 4 elementos); → Sectorial (1 Sector); → Inter-sectorial (2 Sectores); → Colectivo (+2 sectores); TEMAS DOTEMAS DOTEMAS DOTEMAS DO EXERCÍCIOEXERCÍCIOEXERCÍCIOEXERCÍCIO - Organização Ofensiva - Transição Defensiva - Organização Defensiva - Transição Ofensiva JoãoCarlosCosta&JoãoBrandão Nível I Braga 2007 CONDICIONANTES ESTRUTURAIS DO EXERCÍCIOCONDICIONANTES ESTRUTURAIS DO EXERCÍCIOCONDICIONANTES ESTRUTURAIS DO EXERCÍCIOCONDICIONANTES ESTRUTURAIS DO EXERCÍCIO (Castelo, 2006)(Castelo, 2006)(Castelo, 2006)(Castelo, 2006) 1. RegulamentarRegulamentarRegulamentarRegulamentar (simplificar a complexificar); 2. EspaçoEspaçoEspaçoEspaço (dimensão, geometria, utilização, divisão); 3. TácticoTácticoTácticoTáctico----técnicatécnicatécnicatécnica (balizas, relações privilegiadas, acções motoras); 4. TempoTempoTempoTempo (tempo ataque); 5. NúmeroNúmeroNúmeroNúmero (toques, passes, jogadores);
  3. 3. CONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIOCONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIOCONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIOCONSTRUÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO EXERCICIO PLANIFICAÇÃOPLANIFICAÇÃOPLANIFICAÇÃOPLANIFICAÇÃO - Objectivo; - Selecção do exercício; - Organização do grupo; - Organização do espaço e dos meios necessários; - Condições de execução; CONCRETIZAÇÃOCONCRETIZAÇÃOCONCRETIZAÇÃOCONCRETIZAÇÃO - Comunicação Objectivo; - Organização do grupo; - Condições de execução; - Explicação Demonstração; - Experimentação; NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL: Nível I Braga 2007 JoãoCarlosCosta&JoãoBrandão i. Criar um sentido de ataque; ii. Manter a baliza como referência basilar de todo o jogo; iii. Impedir a inversão da importância da MPB perante o golo; NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL:NOS EXERCÍCIOS DE MPB É FUNDAMENTAL: iv. Adequar as condicionantes estruturais dos exercícios à avaliação desempenho; v. Identificar o momento oportuno para assumir maior risco; vi. Inserir os guarda-redes; vii. Não dar a bola de “borla”; viii. Abandonar a atitude fechada dos técnicos; ix. Procurar profundidade na MPB;
  4. 4. CONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOSCONSTRUÇÃO NO “NOSSO” EXERCÍCIOS O “Nosso” Jogo Exercício Base Condicionantes O “Nosso” Exercício Nunca foi nossa intenção elaborar um conjunto de normas ou de receitas. Mas sim promover o intercâmbio de informação, discussão e reflexão que possam contribuir a uma constante e reflectida aprendizagem pessoal, a partir duma interacção positiva de diferentes pontos de vista na construção dos exercícios de treino. Nível I Braga 2007 JoãoCarlosCosta&JoãoBrandão Exercício Base Condicionantes Estruturais
  5. 5. EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1EXERCICIO Nº 1 –––– Meio 3x1Meio 3x1Meio 3x1Meio 3x1 1. Estrutura: Meios 3x1; 2. Elementos: Grupos de 4 jogadores; 3. Espaço: 5m x 5m. 4. Objectivo: Passar e manter a posse da bola; criar linhas de passe; enquadrar-se com a zona de recepção e com a zona de destino do passe.destino do passe. 5. Tempo : Períodos de 4 a 5 min. 1 32 1 João Carlos Costa & João Brandão
  6. 6. EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2EXERCICIO Nº 2 –––– Posse com transiçãoPosse com transiçãoPosse com transiçãoPosse com transição 1 3 2 1. Estrutura: 6 x 2+4; 2. Elementos: 12 jogadores; 3. Espaço: ±30 m x 15 m. 4. Objectivo: Manter e circular da posse da bola nas zonas de menor concentração defensiva, utilizar a 4 5 6 3 superioridade numérica no seu espaço de posse, tirar a bola da zona de presão. 5. Tempo: Períodos de 2 a 3 min. 4 5 2 1 54 6 João Carlos Costa & João Brandão
  7. 7. EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3EXERCICIO Nº 3 –––– Posse em superioridadePosse em superioridadePosse em superioridadePosse em superioridade 1. Estrutura: 2 x 2+4; 2. Elementos: 8 jogadores; 3. Espaço: ±15 m x 15 m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola; utilização do apoio para circular o jogo; criação de linhas de passe perto e afastado do apoio em posse. 1 3 2 4 2 1 4 posse. 5. Tempo: Períodos de 2 a 3 min. 3 João Carlos Costa & João Brandão
  8. 8. EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4EXERCICIO Nº 4 –––– Posse com múltiplas balizasPosse com múltiplas balizasPosse com múltiplas balizasPosse com múltiplas balizas 1. Estrutura: Jogo 6x6+2 joker ofensivos com várias balizas; 2. Elementos: 14 jogadores; 3. Espaço: ± 35 m x 40 m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola; variar o jogo em função da organização e concentração defensiva adversária. Ver as zonas com menor 1 3 2 4 2 1 adversária. Ver as zonas com menor concentração defensiva, esperar pela linha de passe na zona de finalização; 5. Tempo: Períodos de 4 a 5 min. 3 4 1 4 5 6 6 5 A B João Carlos Costa & João Brandão
  9. 9. EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5EXERCICIO Nº 5 –––– Posse com 6 balizasPosse com 6 balizasPosse com 6 balizasPosse com 6 balizas 1. Estrutura: Jogo 6x6+1 Joker ofensivo com 3+3 balizas; 2. Elementos: 13 jogadores; 3. Espaço: ± 35 m x 40 m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola; variar o jogo em função da organização defensiva adversária; Identificação das zonas com menor 1 3 4 4 concentração defensiva, circulação da bola em elevada velocidade de transmissão. 5. Tempo: Períodos de 4 a 5 min. 3 2 2 1 4 5 6 6 5 A João Carlos Costa & João Brandão
  10. 10. EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6EXERCICIO Nº 6 –––– Posse em superioridade com finalizaçãoPosse em superioridade com finalizaçãoPosse em superioridade com finalizaçãoPosse em superioridade com finalização 1. Estrutura: GR+3+3 x 3+3+GR; 2. Elementos: 12 jogadores e 2 GR; 3. Espaço: ± 40m x 40m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em superioridade numérica; esperar, identificar e aproveitar dos desequilíbrios defensivos. Ser paciente, mobilidade dos 2 4 57 defensivos. Ser paciente, mobilidade dos jogadores com maior profundidade, apoio ao portador da bola. 5. Tempo: Períodos de 4 a 5 min. 1 3 3 4 2 1 6 6 5 7 João Carlos Costa & João Brandão
  11. 11. EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7EXERCICIO Nº 7 –––– MPB da defesaMPB da defesaMPB da defesaMPB da defesa 1. Estrutura: GR+4 x 2 2. Elementos: 6 jogadores e 1 GR. 3. Espaço: 1/3 campo 35m x 70m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em superioridade numérica e em organização estrutural; Ser 4 5 7 paciente; procurar entrada no sector seguinte; apoio ao portador da bola, utilização de todo o espaço de jogo de forma racional. 5. Tempo: Períodos de 3 a 4 min.3 2 1 9 João Carlos Costa & João Brandão
  12. 12. EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8EXERCICIO Nº 8 –––– MPB da defesa + Meio campoMPB da defesa + Meio campoMPB da defesa + Meio campoMPB da defesa + Meio campo 1. Estrutura: GR+7 x 5 2. Elementos: 12 jogadores e 1 GR. 3. Espaço: 40m x 70m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em superioridade numérica e em organização estrutural; Ser 4 5 7 8 10 paciente; procurar entrada no sector mais avanaço; apoio ao portador da bola, utilização de todo o espaço de jogo de forma racional. 5. Tempo: Períodos de 3 a 4 min. 3 2 1 9 João Carlos Costa & João Brandão 6 10 8 6
  13. 13. EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9EXERCICIO Nº 9 –––– MPB do meio campo + ataqueMPB do meio campo + ataqueMPB do meio campo + ataqueMPB do meio campo + ataque 1. Estrutura: GR+4 x 5 2. Elementos: 9 jogadores e 1 GR. 3. Espaço: 40m x 70m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em superioridade numérica e em organização estrutural; Ser 4 7 9 8 paciente; seleccionar o momeno adequado para assumir maior risco; apoio ao portador da bola. 5. Tempo: Períodos de 2 a 3 min. 3 2 1 9 João Carlos Costa & João Brandão 11 10 6
  14. 14. EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10EXERCICIO Nº 10 –––– Posse em estruturaPosse em estruturaPosse em estruturaPosse em estrutura 1. Forma: 11x11 em estrutura; 2. Elementos: 22 jogadores; 3. Espaço: ±35 m x 50 m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em organização estrutural; identificar e utilizar as linhas de passe de apoio e as desmarcações de ruptura. Ser 3 2 4 5 7 10 11 8 paciente, não sobrepor sectores, manter triangulos posicionais, linha de passe perto e longe da bola. 5. Tempo: Períodos de 4 a 5 min. 1 2 3 4 1 5 66 7 8 9 10 9 11 João Carlos Costa & João Brandão
  15. 15. EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11EXERCICIO Nº 11 –––– Posse com entrada no ataquePosse com entrada no ataquePosse com entrada no ataquePosse com entrada no ataque 1. Estrutura: Jogo 7+1 x 7+1; 2. Elementos: 16 jogadores; 3. Espaço: ± 40 m x 40 m. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola; analisar a movimentação 2 11 10 5 7 7 9 e/ou desmarcação do avançado e servi-lo; aproveitar os espaços entre os defensores adversário para servir o avançado. 5. Tempo de Exercitação: Períodos de 8 a 10 min. 3 2 10 6 6 5 7 8 9 9 João Carlos Costa & João Brandão
  16. 16. EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12EXERCICIO Nº 12 –––– Holandesa em posseHolandesa em posseHolandesa em posseHolandesa em posse 2 4 5 7 2 7 B 1. Estrutura: Jogo GR+6x6+GR, com 6 em espera e 2 apoios em amplitude; 2. Elementos: 20 jogadores e 2 GR; 3. Espaço: Espaço compreendido entre as duas áreas, aproximadamente 70 m x 40 m de largura. 1 3 3 4 2 1 6 6 5 7 3 4 6 5 A 5. Tempo: Períodos de 8 a 10 min. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola; criar linhas de passe em toda a amplitude; esperar pela desorganização defensiva. Ser paciente; retirar a bola da zona de pressão, mobilidade dos jogadores com maior profundidade, apoio ao portador da bola e jogo em amplitude. João Carlos Costa & João Brandão
  17. 17. EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13EXERCICIO Nº 13 –––– Posse com corredoresPosse com corredoresPosse com corredoresPosse com corredores 1. Estrutura: GR+8 x 8+GR + 2 Joker 2. Elementos: 18 jogadores e 2 GR. 3. Espaço: Meio campo 50m x 70m, com três corredores de jogo longitudinal. 4. Objectivo: Manter e circular a posse da bola em superioridade numérica e em organização estrutural; Ser paciente; mobilidade dos jogadores 2 4 4 5 6 7 B 11 paciente; mobilidade dos jogadores com maior profundidade, apoio ao portador da bola, utilização de todo o espaço de jogo de forma racional, sobretudo em amplitude. 5. Tempo: Períodos de 8 a 10 min. 3 3 2 1 6 6 5 7 A 6 1 11 9 João Carlos Costa & João Brandão

×