Conjuração Baiana

4.369 visualizações

Publicada em

Apresentação com tópicos principais sobre a Conjuração Baiana de 1798.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.369
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
73
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
353
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conjuração Baiana

  1. 1. Escola Anete Vale de Oliveira
  2. 2. O QUE FOI? ONDE FOI? QUANDO FOI? POR QUE FOI? Escola Anete Vale de Oliveira
  3. 3.  A Conjuração Baiana , também conhecida como Revolta dos Alfaiates, foi um movimento de caráter emancipacionista! EMANCIPACIONISTA???  O QUE É ISSO?
  4. 4.  EMANCIPAR: 1. Eximir do poder paternal ou de tutela. 2. Tornar independente. 3. Livrar-se do poder paternal ou de tutela. 4. Tornar-se livre, livrar-se. Ah! Entendi!
  5. 5.  O Movimento aconteceu na Capitania da Bahia em 1789 e tinha como OBJETIVO a INDEPENDÊNCIA!  Seus Líderes queriam a proclamação da REPÚBLICA BAHINENSE  SERÁ QUE ERA SÓ POR ISSO?
  6. 6. Claro que NÃO!  Brasileiros brancos tinham geralmente limites em suas aspirações profissionais.  Negros e pardos sofriam com uma sociedade racista.  Membros da elite reclamavam dos impostos e da falta de liberdade comercial.  Soldados reclamavam dos baixos soldos.  A indústria de manufaturas era proibida, o que explica o grande número de artesãos na cidade.
  7. 7. Cenário:  Condição de Vida precária do Povo.  Elevada Carga Tributária  Escassez de Alimentos
  8. 8. ENUMERANDO... 1. Abolição da Escravatura; 2. Proclamação da República; 3. Diminuição dos Impostos; 4. Abertura dos Portos; 5. Fim do Preconceito; 6. Aumento Salarial.
  9. 9. Os mesmos ideais de REPÚBLICA, LIBERDADE e IGUALDADE que estiveram presentes na Inconfidência Mineira, agitavam agora a Bahia.
  10. 10.  Fundam em Salvador a ACADAMIA DOS RENASCIDOS A conspiração para o movimento, surgiu com as discussões promovidas pela Academia dos Renascidos e contou com a participação de PEQUENOS COMERCIANTES, SOLDADOS, ARTESÃOS, ALFAIATES, NEGROS LIBERTOS e MULATOS, caracterizando-se assim, como um dos primeiros movimentos populares da
  11. 11.  Na manhã de 12 de agosto de 1798, lia-se em panfletos manuscritos afixados nas ruas de Salvador: Animai-vos povo bahiense, que está por chegar o tempo feliz de nossa liberdade; o tempo em que seremos todos irmãos; o tempo em que seremos todos iguais;... Um panfleto contava a participação de 676 pessoas comprometidas com o movimento,
  12. 12.  O governador ordenou uma devassa para descobrir os envolvidos.  Foram presas 39 pessoas, mas apenas 32 foram acusadas.  Seis réus foram condenados à morte por crime de lesa-majestade, os demais tiveram penas de degredo ou prisão.
  13. 13. Em 8 novembro de 1799, foram enforcados, no Largo da Piedade, os líderes da Conjuração, da classe mais popular: Lucas Dantas, Manuel Faustino, João de Deus e Luís Gonzaga. Todos mulatos soldados ou alfaiates. Seus corpos foram esquartejados e pendurados em várias partes da Cidade.
  14. 14. (Ilustração de Rodval Matias para o livro A Conjuração Baiana de Luís Henrique Tavares, Editora Ática).

×