1
A SEMÂNTICA E A PRÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA
Ana Fabyely Kams
Ferrarezi Junior, Celso, 1968 – Semântica para a educação bá...
2
A Semântica é colocada como ciência que estuda o significado. Onde a
compreensão e definição do significado levaram a vá...
3
explicativos e argumentativos, que buscam suprir a carência na prática docente. E que
embora, o objetivo seja ir além de...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha do Livro: Semântica para a Educação Básica de Celso Ferrarezi

1.693 visualizações

Publicada em

Resenha do Livro ''Semântica Para a Educação Básica'' de Celso Ferrarezi Júnior.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.693
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha do Livro: Semântica para a Educação Básica de Celso Ferrarezi

  1. 1. 1 A SEMÂNTICA E A PRÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA Ana Fabyely Kams Ferrarezi Junior, Celso, 1968 – Semântica para a educação básica / Celso Ferrarezi Junior. -1 Ed. – São Paulo : Parábola Editorial; 2008 - (Estratégias de ensino;7) CREDENCIAL DO AUTOR CELSO FERRAREZI JUNIOR é graduado em Letras Português – Inglês (UFRO – 1989); Mestre em Linguística – Semântica (USP – 1997); Doutor em Linguística – Semântica (UFRO – 1998) e Pós-Doutor em Semântica (USP – 2005). Atualmente trabalha como professor associado na UFRO. A linguística é apresentada ao curso de Letras como uma ciência estruturada de valor reconhecido. É por meio dela que as línguas naturais de todo o mundo foram destrinchadas e assumindo então um caráter de grande visibilidade dado à Semântica, pois ela consiste primordialmente na essência do ‘significado’. No entanto, o ensino na educação básica brasileira sofre com pesar a existência do despeito aos avanços na língua. Isso porque esta mesma educação segue estagnada numa geração anterior, o que afeta o desenvolvimento e expansão na formação nesta área. Com isso, a Educação Básica e o ensino de Língua Materna são colocados pelo autor e subsidiado pela LDBN como a época mais significativa da vida escolar, pois abrange a infância e a juventude dos alunos. Por meio dela que é repassada a aprendizagem para ir ao nível superior. O autor coloca alguns dados sobre a Educação Básica, do MEC e PCN para enfatizar que o professor tem liberdade para definir como os conteúdos serão ministrados em sala. No entanto, os currículos em maioria regem certa ‘ditadura’; o que torna uma reconstrução na abordagem da língua materna na escola, um processo longo e penoso.
  2. 2. 2 A Semântica é colocada como ciência que estuda o significado. Onde a compreensão e definição do significado levaram a vários conceitos diferentes da semântica. Dentre esses conceitos, a semântica de contextos e cenários – scc foi a que instaura o conteúdo categórico no livro de Ferrarezi. A scc envolve a ideia de que a língua natural é um sistema de representação do mundo e de seus eventos. Ela interliga a língua e a cultura, afirmando que ambos são formados em conjunto, que não são independentes, e necessitam serem associados às palavras, assim como outros sinais para fortalecer esta representação. Ele, o autor, traz ainda uma proposta teórica de como utilizar a scc na prática docente: relacionando o uso da língua que o aluno fala com a cultura. Com isso, o aluno é induzido na sala de aula a utiliza sua própria língua materna – a utilizada no cotidiano – diferente a variante ‘culta’ exigida pelas escolas; Visualizar sua língua materna e cultura como algo que é valorizado pela instituição em que estuda; ampliar a língua e conhecer os fenômenos linguísticos presentes neles, assim como aceita-los melhor em si e na utilizada pelos colegas. Aceitabilidade da variação e por fim, compreensão deste objeto tão fascinante que é a língua: sua prática e funcionamento. Estas vantagens traduzem um novo meio que desenvolve um novo alicerce que fuja às regras do ensino tradicional ainda muito aplicado nos estabelecimentos de ensino. O aluno deve compreender o sentido da palavra além de ‘um sinal para representar alguma coisa’. Devem-se considerar também os gestos, as melodias, o posicionamento do corpo, fisionomia, e uma infinidade de sinais que por vezes, substituem uma palavra representada graficamente. Ferrarezi, afirma que estes sentidos estão mudando, e o sinal denominado ‘palavra’ funciona apenas porque está enrijecido em situações culturalmente definidas. Como os sentidos estão sempre em transformação, nenhuma palavra possui um sentido fixo, que fique enraizado nela e para sempre nela. Essa associação vem de nós que a adequamos a um sentido exigido para determinado momento. Dessa forma, o autor elabora um brilhante texto que percorre toda essa área da semântica de forma idônea, denominando os conceitos, motivos para qual estudar e como estudar. Os temas são relacionados aos métodos de como manter a língua materna à cultura. Diria ainda que é um manual, que de início é apresentado os conceitos fundamentais para o professor e em sequência, os temas de trabalho, com tópicos
  3. 3. 3 explicativos e argumentativos, que buscam suprir a carência na prática docente. E que embora, o objetivo seja ir além de mostrar esse vazio imposto pelo tradicional, a exposição dos métodos para supri-lo, que o autor inova, sim, pois coloca essa deficiência como uma parte que existe na língua. Assim, percebe-se que há ainda como trabalhar com o que se gosta. Levar esse gosto ao aluno e fazê-lo sentir a beleza em sua língua e assimila assim como parte dos sentidos. Portanto, a lacuna existente por práticas que não se permitem novos caminhos, é o que definiu a apresentação deste livro a professores, futuros professores e interessados no tema para que estes abram os olhos para essa realidade tão presente nas instituições, que carregam nomes, alunos para um mundo alheio a essa liberdade de junção com a cultura e a língua materna. Material produzido por: Ana Fabyely Kams www.desmazelas.com.br contatodesmazelas@gmail.com fabyely_kams@yahoo.com.br

×