Coordenaçao subordinaçao

13.826 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Não vejo onde detectou erros ortográficos. Talvez o problema seja mesmo da fonte que foi utilizada na concepção dos slides, cujas 'pintas' dos i e j parecem acentos. Algo de que sempre me orgulhei, desde que comecei a escrever foi de não dar erros ortográficos. Sendo professora de português, seria bastante grave se isso acontecesse. Se continua a detectar erros, por favor aponte-os. Obrigada.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Apesar de ser muito explicativo,você deve dar um exemplo,não?? Dando uma Aula de Português com tantos erros ortográficos,imagine se não fosse !! Mas, foi bom !
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.281
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
225
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coordenaçao subordinaçao

  1. 1. COORDENAÇÃOSUBORDINAÇÃO  Síntese do estudo da coordenação e subordinação.
  2. 2. COORDENAÇÃO / SUBORDINAÇÃO Quando a frase é complexa, as orações estão ligadas entre si através de um processo de coordenação ou de subordinação.
  3. 3. COORDENAÇÃO A coordenação é um processo de ligação de frases independentes que podemos associar de diversas maneiras. As orações assumem a designação de coordenadas; as conjunções que as ligam são coordenativas.
  4. 4. Classificação das orações coordenadas A Carla lê e vê televisão.  Oração Copulativa (adição)
  5. 5. Classificação das orações coordenadas Hoje, a Carla não leu, mas viu televisão. Oração adversativa (oposição)
  6. 6. Classificação das orações coordenadasA Carla ora lê, ora vê televisão. Oração disjuntivas (alternativa)
  7. 7. Classificação das orações coordenadas A Carla leu todo o dia, logo viu televisão. Conclusivas (conclusão)
  8. 8. Classificação das orações coordenadas Hoje a Carla não leu nada, pois viu televisão todo o dia. Explicativas (justificação)
  9. 9. Classificação das orações coordenadasOBS: A coordenação pode ser assindética (supressão dos elementos de ligação) se for feita através de uma simples vírgula: A Carla leu, comeu, brincou.
  10. 10. SUBORDINAÇÃO A subordinação é um processo de ligação entre duas orações em que uma se torna dependente da outra. Esta designa-se principal ou subordinante e a dependente por subordinada; as conjunções designam- se por subordinativas.
  11. 11. Classificação das orações subordinadasLeva o chapéu-de-chuva, porque deve chover. CAUSAL
  12. 12. Classificação das orações subordinadas Mal chegou a casa, ligou a televisão. TEMPORAL
  13. 13. Classificação das orações subordinadasGritou, como se fosse um lobo. COMPARATIVA
  14. 14. Classificação das orações subordinadasMandou-a calar, para que o ouvisse. FINAL
  15. 15. Classificação das orações subordinadasSe estudares, ficarás a perceber melhor esta matéria. CONDICIONAL
  16. 16. Classificação das orações subordinadasDeveríamos descansar, embora te pareça desnecessário. CONCESSIVA
  17. 17. Classificação das orações subordinadasO João comeu tantos chocolates que ficou maldisposto. CONSECUTIVA
  18. 18. Classificação das orações subordinadasEle tem um carro que é veloz. RELATIVA RESTRITIVA
  19. 19. Classificação das orações subordinadasA mãe, que já o tinha avisado, pô-lo de castigo. RELATIVA EXPLICATIVA
  20. 20. Classificação das orações subordinadasEle disse que não voltaria. INTEGRANTE OU COMPLETIVANOTA: Uma oração subordinada pode ser subordinante de outra num mesmo (período).
  21. 21. Distinguir as várias orações iniciadas por “que” Se a subordinante possuir um verbo que precise da oração seguinte, iniciada por “que” para lhe completar o sentido, então estamos perante uma subordinada completiva ou integrante. Ele disse que gostava de ir connosco ao cinema. Eu não sabia que tinhas estado de férias. NOTA: A oração completiva, normalmente, serve de complemento directo ao verbo da subordinante.
  22. 22.  Se a subordinante contiver em si a palavra que antecede o “que”, então estamos perante uma subordinada relativa. Os alunos que ainda não acabaram o exercício terminam em casa. (subordinada relativa restritiva) Os alunos, que andavam descontraídos, tiveram boas notas nos exames. (subordinada relativa explicativa)
  23. 23.  Se a subordinante contiver em si expressões como de tal modo, tanto, tão, o “que” introduz uma oração subordinada consecutiva. Choveu tanto que o trânsito este parado duas horas. O comboio atrasou-se de tal maneira que chegámos atrasados ao Seminário.

×