Funcoes sintacticas

8.419 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre funções sintácticas - Língua Portuguesa - 7.º ano

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.261
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Funcoes sintacticas

  1. 1. FUNÇÕES SINTÁCTICAS Elementos da oração
  2. 2. <ul><li>Palavra ou conjunto de palavras que expressa o ser sobre o qual se diz alguma coisa, ou seja, é o elemento que determina a acção . Pode ser: </li></ul><ul><ul><li>Simples ( Évora é uma cidade.) </li></ul></ul><ul><li>Composto ( A professora e o aluno entraram.; Tu e eu saímos.) </li></ul><ul><ul><li>Subentendido ou omisso (A professora entrou e fechou a porta .) </li></ul></ul><ul><li>Indeterminado (Fala-se muito nisso.) </li></ul><ul><li>Inexistente (Ontem, choveu muito.) </li></ul>1. SUJEITO
  3. 3. 2. PREDICADO <ul><li>Palavra ou conjunto de palavras que expressa o que se afirma acerca do sujeito, que traduz a acção praticada pelo sujeito . Pode ser constituído por um: </li></ul><ul><ul><li>Predicado verbal , cujo núcleo poderá ser um: </li></ul></ul><ul><li> VERBO INTRANSITIVO - que não exige complemento para lhe completar o sentido. </li></ul><ul><li>     A professora entrou . </li></ul><ul><li>   O ladrão fugiu. </li></ul>
  4. 4.  VERBO TRANSITIVO - que exige um ou dois complementos para lhe completar o sentido. <ul><ul><li>complemento directo </li></ul></ul><ul><li>A professora trouxe um livro . </li></ul><ul><li>                         </li></ul><ul><li>Predicado </li></ul>Complemento Directo <ul><ul><li>complemento indirecto </li></ul></ul><ul><li>Ele obedeceu à professora . </li></ul><ul><li>              </li></ul>Predicado Complemento Indirecto <ul><li>complemento directo e complemento indirecto </li></ul>A professora leu   uma lenda    aos alunos . Predicado Complemento Directo Complemento Indirecto
  5. 5. Complementos Circunstanciais <ul><ul><li>de TEMPO ( quando? ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Vamos viajar nas férias do Verão . </li></ul></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de tempo </li></ul><ul><ul><li>de LUGAR ( onde? ) </li></ul></ul><ul><li>Aquele avião partiu da China e vai para o Japão . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de lugar </li></ul><ul><ul><li>de MODO ( como? ) </li></ul></ul><ul><li>Os rapazes jogavam com entusiasmo . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de modo </li></ul>
  6. 6. <ul><ul><li>de CAUSA ( porquê? ) </li></ul></ul><ul><li>A Teresa tremia de frio . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de causa </li></ul><ul><ul><li>de COMPANHIA ( com quem? ) </li></ul></ul><ul><li>Ela foi às compras com o Pedro . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de companhia </li></ul><ul><ul><li>de FIM ( para quê? ) </li></ul></ul><ul><li>Leio para me manter informado . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de fim </li></ul><ul><ul><li>de MEIO ( como? ) </li></ul></ul><ul><li>Detesto viajar de barco . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de meio </li></ul><ul><ul><li>de MATÉRIA ( de quê? ) </li></ul></ul><ul><li>Aquelas casas são de madeira . </li></ul><ul><li>Compl. Circunstancial de matéria </li></ul>
  7. 7. ATRIBUTO, COMPLEMENTO DETERMINATIVO E APOSTO <ul><li>Estas funções sintácticas podem ser desempenhadas por palavras ou expressões que surjam integradas no sujeito ou no predicado. </li></ul><ul><ul><li>Atributo – é todo o adjectivo que se junta a um nome para o caracterizar. </li></ul></ul><ul><li>Gosto de contos populares. </li></ul><ul><li>O meu avô conta histórias fantásticas e maravilhosas . </li></ul><ul><li>Estas lindas serras estão desabitadas. </li></ul>
  8. 8. Complemento determinativo é constituído por um nome ou equivalente , o qual se liga a outro nome ou a um adjectivo por meio da preposição de . Pode estabelecer diversas relações com o nome determinado, particularizando a sua ideia <ul><ul><li>de POSSE O rodado do carro via-se nitidamente no chão. </li></ul></ul><ul><ul><li>de PARENTESCO A prima da Cristina é enfermeira. </li></ul></ul><ul><ul><li>de CAUSA O Pedro sentiu vertigens de cansaço . </li></ul></ul><ul><ul><li>de TEMPO Ouvimos uma palestra de meia hora . </li></ul></ul>de MATÉRIA Deixei cair o copo de vidro
  9. 9. <ul><li>Aposto </li></ul><ul><li>é o elemento que se acrescenta a um nome , a um pronome ou a um equivalente destes, para os completar com uma explicação suplementar .  </li></ul><ul><li>Coloca-se entre vírgulas . </li></ul><ul><li>O carro do Miguel, que é enorme , é novo . </li></ul><ul><li>Vi o mar, uma autêntica maravilha . </li></ul><ul><li>A Luísa, uma jovem brilhante , formou-se em medicina </li></ul>
  10. 10. Vocativo- É o nome (ou expressão equivalente ) que se chama ou invoca . Geralmente, é isolado por vírgula ou vírgulas , e a frase contém, em muitos casos, o ponto de exclamação, ou mesmo a interjeição Ó! Pode aparecer no princípio, no meio ou no fim da frase. Ó rapaz , anda cá! Anda cá, rapaz , não fujas! Anda cá, rapaz !

×