Formação de palavras

5.522 visualizações

Publicada em

Processos regulares e irregulares da formação de palavras.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.522
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
564
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação de palavras

  1. 1. FORMAÇÃO DE PALAVRAS Morfologia e Lexicologia
  2. 2. MORFOLOGIA Processos de formação de palavras
  3. 3.  Palavra simples – radical + constituinte temático + sufixo de flexão (género, número, sufixo verbal) exemplo – pedr/a/s; arc/o;  Palavra complexa – palavra formada por derivação ou por composição  Exemplo – cas/eiro, gir/a/s/sol
  4. 4.  A Derivação é um processo morfológico que envolve adição de constituintes morfológicos, juntando afixos ao radical: AFIXAL prefixo interfixo sufixo  prefixo – desflorestar, irregular, reler, hipermercado, antivírus  sufixo – caseiro, livremente, picadela, caixinha  interfixo – cafeteira, musicoterapia, sozinho,  Não-afixal – formação de nomes a partir de verbos – nomes deverbais - troco, abraço  Conversão – integração de uma unidade lexical numa nova classe – olhar, o olhar
  5. 5. Formas de derivação:  Prefixação – infeliz, apor, impor, contrapor, semicírculo, triângulo, refazer, amovível, antebraço, enraizar, extramuros, prefácio, posfácio, sotavento, soterrar, soerguer  Sufixação – delicioso, adaptável, felicidade, falsear, alvorecer, entrevistador, estudante, beleza  Prefixação e sufixação – descontentamento, ressurgimento, inconformismo  Parassíntese – afunilar, emagrecer, engaiolar, entardecer
  6. 6. COMPOSIÇÃO  Morfossintática – processo de lexicalização de duas ou mais palavras, exemplo: trabalhador-estudante, surdo-mudo, guarda-chuva, vaivém, andar-modelo, abre-latas  Morfológica – processo que associa um radical a outro radical, ligados por intermédio de uma vogal de ligação, formando uma unidade lexical, exemplo: sociologia, autocarro, luso-brasileiro, ciberespaço, económico-geográfico
  7. 7. LEXICOLOGIA  Léxico – todas as palavras de uma língua  Vocabulário – palavras que ocorrem num determinado contexto  Expressão idiomática – expressão constituída por mais de uma palavra, cujo significado não pode ser inferido a partir do significado das partes que a constituem (de mão beijada, abrir a alma, estar de pé atrás)  Neologismo – novas unidades lexicais  Arcaísmo – unidades lexicais que caiem em desuso (sainho, soer)  Família de palavras – conjunto de palavras formadas por derivação ou por composição, a partir de um radical comum
  8. 8. Processos irregulares de formação de palavras  Extensão semântica – unidades lexicais adquirem novas polissemias através do uso (rato, navegação, janela, portal, computador) Nota: a palavra computador já existia na Língua Portuguesa, por via do Latim, razão pela qual se considera que, por influência do inglês, a palavra ganha novo sentido.  Empréstimo – transferência de uma palavra de uma língua para outra (mail, internet, download, abat-jour, croissant)  Amálgama – junção de partes de palavras (informática, cibernética, automática, domótica)
  9. 9.  Acronímia – junção de letras ou sílabas iniciais de uma palavra (PALOP, INEM, UNICEF) que se pronunciam como uma palavra  Sigla – redução de uma grupo de palavras às suas iniciais, soletradas (PSP, GNR, CDS, PS, PSD)  Onomatopeia – imitação de uma som natural (truz- truz, trrim, catrapum)  Truncação – apagamento, truncação de parte da palavra, por força do uso (metro, prof, hiper, super)
  10. 10. Formação de palavras – morfologia e lexicologia (revisão) Professora MargaridaTomaz

×