Projeto embalagens

9.995 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.995
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
212
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
143
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto embalagens

  1. 1.   Campo Grande – MS ESCOLA ESTADUAL SÃO FRANCISCO MARIA APARECIDA DA S. FERREIRA  
  2. 2. INTRODUÇÃO: Este projeto apresenta propostas para uma aplicação prazerosa da Geometria através da construção e investigação de embalagens, realizado na E. E. São Francisco em Campo Grande - MS. Este estudo tem como objetivo principal uma alternativa metodológica de ensino. Assim, a partir desta confecção ensinar a geometria espacial aos alunos para que possam descobrir as formas e as representações espaciais, com o intuito de tornar mais significativa e presente a matemática na sala de aula, valorizando os saberes prévios dos alunos. Nesse projeto foi observado que os alunos compreenderam com maior facilidade os conteúdos estudados ao manipular materiais concretos, pois além de facilitar o processo de aprendizagem da geometria espacial propiciou aos estudantes o manuseio de instrumentos matemáticos, o exercício do raciocínio lógico, bem como incentivou a interação entre os estudantes, através do trabalho em grupo. OBJETIVO GERAL   Despertar nos educandos a curiosidade para as informações atuais e conscientizá-los sobre a função principal das embalagens, levá-los a percepção de que os sólidos geométricos, especificamente, e a Matemática, como um todo, se apresentam nas suas mais variadas formas no cotidiano de cada um e, por conseguinte, motivá-los a um despertar investigativo da curiosidade de como, quando e onde a Matemática se apresenta no dia a dia.  
  3. 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Despertar nos educandos a curiosidade para as informações atuais e conscientizá-los sobre a função principal das embalagens. Conhecer a função das embalagens do setor de alimentos, higiene pessoal e comésticos. Observar características que devem ter uma embalagem de brinquedos, louças e utilidades domésticas. Conhecer e identificar sólidos geométricos usados nas embalagens. Incentivar o trabalho em grupo. Despertar nos educandos o interesse em pesquisar e sistematizar as informações. Estudar sistemas de medida: massa, capacidade, volume e área Desenvolver a habilidade em se trabalhar as diferentes tecnologias. POPULAÇÃO ALVO : Alunos do 9º ano do ensino fundamental. COMPONENTE CURRICULAR : Matemática . MÍDIAS E TECNOLOGIAS A SEREM UTILIZADAS: TV DVD Máquina fotográfica Computador Jornal, revista e TV para a procura de propagandas com embalagens.  
  4. 4. METODOLOGIA: O trabalho foi realizado em seis etapas: 1ª ETAPA : Na primeira etapa foram estudados os conceitos geométricos de maneira usual. 2ª ETAPA : Na segunda etapa os alunos assistiram vídeos sobre geometria: Donald no país da Matemática (matemágica) de Walt Disney e sobre embalagens. http://www.youtube.com/watch?v=T8PIIk3_qt8 http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM905756-7823-O+PROBLEMA+DAS+EMBALAGENS+LONGA+VIDA,00.html 3ª ETAPA : Na terceira etapa incentivei os alunos para observar no seu dia a dia as formas geométricas. Pesquisar em lojas e supermercados; Pesquisar na internet; Fazer relatório da pesquisa; 4ª ETAPA : Na quarta etapa começamos a desenvolver em sala de aula os trabalhos que seriam expostos na escola. Construção de embalagens usando planificação em várias formas; Escultura coletiva com as embalagens construídas;
  5. 5. 5ª ETAPA: Na quinta etapa estudo da área e volume das formas geométricas que os alunos escolheram para construir suas embalagens. Exposição das embalagens produzidas pelos alunos. 6ª ETAPA: Na sexta e última etapa os alunos produzirão um vídeo com as embalagens pesquisadas e com as construídas pelos alunos (no vídeo cada aluno falará do seu relatório de pesquisa e sobre as formas geométricas que escolheram para construir suas embalagens). AVALIAÇÃO: A avaliação ocorreu durante o processo pedagógico, através da realização das atividades propostas, da apresentação dos relatórios, da exposição das embalagens, da criatividade e da participação.  
  6. 6. Conclusão O projeto teve a pretensão de incentivar o conhecimento e o gosto pela geometria, fazendo com que os alunos se sentissem envolvidos pelo trabalho e percebessem durante seu desenvolvimento que a atividade com formas geométricas podem ser agradáveis, bem compreendida e situada. Neste trabalho, foi realizada uma Pesquisa-Ação, com enfoque qualitativo, objetivando a construção de formas geométricas espaciais, com o constante envolvimento dos alunos da classe com a qual foi desenvolvida no projeto, bem como do professor orientador. O trabalho foi desenvolvido no nono ano do ensino fundamental, período matutino da EE São Francisco, com total enfoque na atividade realizada pelos alunos nele envolvidos, necessitando de grande interação entre o pesquisador e os pesquisados, fazendo com que a interação fosse uma constante.
  7. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS O uso do material concreto no cotidiano dos alunos foi uma experiência bem-sucedida com a turma, pois além de facilitar o processo de aprendizagem da geometria espacial propiciou aos estudantes o manuseio de instrumentos matemáticos, o exercício do raciocínio lógico, bem como incentivou a interação entre os estudantes, através do trabalho em grupo. Também é fundamental destacar que essa prática contribuiu significantemente para o processo de formação docente que nos encontramos. Acredito que as propostas de ensino que exigem o raciocínio do estudante e o permitem usar a sua criatividade, como a construção e decoração das embalagens, por exemplo, propiciam ao estudante tornar-se agente do seu conhecimento, facilitando todo o processo de ensino-aprendizagem. Por outro lado, observei que é essencial o comprometimento dos alunos, pois se eles não tivessem contribuído a minha proposta não teria sido possível.
  8. 8. FOTOS Alunos do 9º A construindo a planificação das embalagens
  9. 9. Alunos do 9º A construindo as embalagens
  10. 10. Exposição das embalagens construídas pelos alunos do 9º A

×