Comunicação	
  via	
  Redes	
  Sociais	
  Digitais	
  e	
  Mobilização	
  Social:	
  Como	
  
u:lizar	
  as	
  ferrament...
Camilla	
  Mar)ns	
  
Sócia-­‐Diretora	
  da	
  A	
  Ins2tucional	
  –	
  Comunicação	
  Integrada	
  
Formação	
  Acadêmi...
Introdução	
   Redes	
  Sociais	
  
Digitais	
  
Trabalhos	
  e	
  
Pesquisas	
  
Acadêmicas	
  
Campanhas	
  
Ações	
  
P...
Programa	
  
	
  
• 	
  Apresentação	
  Inicial	
  
• 	
  Introdução	
  	
  
• 	
  Cibercultura,	
  Redes	
  Sociais	
  Di...
Introdução	
  
Contexto:	
   impactos	
   das	
   novas	
   mídias	
   e	
   da	
   tecnologia;	
   recentes	
  
mobilizaç...
Cibercultura,	
  Redes	
  Sociais	
  Digitais	
  e	
  Democracia	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
Introdução	
  
Importância	
  da	
  mídia	
  e	
  dos	
  meios	
  de	
  comunicação	
  para	
  a	
  
organização	
  e	
  m...
Cibercultura	
  e	
  
Redes	
  Sociais	
  
Digitais	
  
Sociedade	
  Informacional	
  
	
  	
  
	
  
	
   “Forma	
   socio...
Democracia	
  em	
  tempos	
  de	
  internet	
  e	
  Redes	
  Sociais	
  Digitais	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	...
Democracia	
  
em	
  tempos	
  de	
  
internet	
  e	
  
Redes	
  Sociais	
  	
  
Uma	
  comunidade	
  virtual	
  pode,	
  ...
Redes	
  Sociais	
  Digitais	
  no	
  Brasil	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
YouTube:	
  43	
  
milhões	
  	
  
Facebook...
As	
  redes	
  sociais	
  preferidas	
  dos	
  brasileiros	
  
	
  
	
  
63,40%	
  
18,50%	
  
2,06%	
  
4,21%	
  
Tempo	
...
Entendendo	
  cada	
  plataforma	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
•	
  O	
  Brasil	
  é	
  o	
  segundo	
  país	
  em	
  número	
  de	
  usuários,	
  ultrapassando	
  60	
  
milhões,	
  at...
Como	
  fazer?	
  
Como	
  fazer?	
  
Redes	
  Sociais	
  Digitais,	
  Homossexualidade	
  e	
  Preconceito	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
	
  
Estudo	
  de	
  Caso	
  
	
  
Obje)vos	
  
-­‐	
  Descobrir	
  qual	
  a	
  relevância	
  da	
  comunicação	
  via	
  rede...
Inclusão	
  do	
  assunto	
  no	
  Censo	
  do	
  IBGE	
  somente	
  em	
  2010	
  	
  
	
  
A	
  população	
  gay	
  no	
...
Aumento	
  de	
  27%	
  em	
  2012	
  em	
  relação	
  ao	
  ano	
  anterior	
  nos	
  casos	
  de	
  
assassinatos	
  de	...
Alguns	
  dados	
  para	
  mensuração	
  
Estudo	
  de	
  Caso	
  
VOLUME	
  
	
  
•	
  Fãs,	
  Seguidores,	
  Assinantes,...
Engajamento	
  acima	
  da	
  média:	
  69%	
  
Número	
  de	
  pessoas	
  de	
  curtem,	
  compar@lham	
  ou	
  comentam	...
6.172	
  likes	
  
5.087	
  shares	
  
1.027	
  comentários	
  
	
  
64%	
  -­‐	
  total	
  de	
  657	
  -­‐	
  é	
  
nega...
Estudo	
  de	
  Caso	
  
• 157.650	
  seguidores	
  /	
  publica	
  cerca	
  de	
  350	
  tweets	
  por	
  
mês	
  
• Média	
  de	
  92	
  menções	...
Estudo	
  de	
  Caso	
  
Criando	
  uma	
  árvore	
  de	
  monitoração	
  
1.  Definir	
  o	
  tema	
  e	
  as	
  palavras-...
Hipóteses:	
  	
  
1) A	
  comunicação	
  via	
  redes	
  sociais	
  digitais	
  é	
  relevante,	
  pois	
  promove	
  a	
...
Cur:da	
  por	
  4.276	
  pessoas	
  e	
  compar:lhada	
  por	
  outras	
  7.006	
  
Estudo	
  de	
  Caso	
  
Contatos	
  
camilla@ains)tucional.com.br	
  
Camilla.mtns@gmail.com	
  
www.facebook.com/camilla.mtns	
  
@camillamtns	
 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comunicação via redes sociais digitais e mobilização social

1.693 visualizações

Publicada em

Apresentação para a oficina realizada na IX Conferência Brasileira de Mídia Cidadã:
Marcos Regulatórios da Comunicação na América Latina.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.693
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação via redes sociais digitais e mobilização social

  1. 1.   Comunicação  via  Redes  Sociais  Digitais  e  Mobilização  Social:  Como   u:lizar  as  ferramentas,  mensurar  e  avaliar  os  resultados.     2013  
  2. 2. Camilla  Mar)ns   Sócia-­‐Diretora  da  A  Ins2tucional  –  Comunicação  Integrada   Formação  Acadêmica:  Relações  Públicas,  especialista  em  Comunicação,  Cultura   e  Arte  pela  Puc-­‐PR   -­‐  Realizou  a  pesquisa  “Comunicação  via  Redes  Sociais  Digitais:  Um  estudo  sobre  a  sua   relevância  em  relação  à  redução  do  preconceito  contra  homossexuais  no  Brasil”,  que   será  apresentada  dia  08/08  no  Congresso  de  Mídia  Cidadã  2013.       Experiência  Profissional:   •  RDO  Press   •  Revista  Móbile   •  Sky  Monkeys  Digital   •  Racco  Cosmé)cos   •  GVT   •  Já  atuou  com  clientes  como  Imobiliária  Thá,  Grupo  Posi)vo,  GRPCom,  Grupo  Marista,   Berneck,  entre  outros.     Cursos  complementares:     -­‐  Planejamento  de  Ações  em  Mídias  Sociais,  pelo  Centro  de  Capacitação     Premium  JumpEduca:on.     -­‐  Mídias  Sociais:  métricas,  planejamento  e  ações  pela  ELIFE,  ministrado  pelo  CEO  da  agência   o  Alessandro  Barbosa   -­‐  Workshop  Redes  Sociais  promovido  pela  GVT  e  ministrado  pelo  Alessandro     Barbosa  da  ELIFE   -­‐  Comunicação  2.0:  Oportunidade  e  Desafio  pela  S2  Comunicação  Integrada   -­‐  Curso  Complementar  “Training  Program  –  Twifer”,  pelo  Centro  de  Capacitação     Premium  JumpEduca:on.  Ministrado  por  Gustavo  Reis,  Ian  Black,  Juliano  Spyer,     Martha  Gabriel  e  Roberto  ALoureiro   Sobre  
  3. 3. Introdução   Redes  Sociais   Digitais   Trabalhos  e   Pesquisas   Acadêmicas   Campanhas   Ações   Produtos  de   Comunicação   Ações  e   Mobilizações   Pesquisas  e   Trabalhos   Acadêmicos   Obje)vo:  apresentar  formas  de  u:lização  das  redes  sociais  digitais,   bem   como   a   sua   mensuração   na   realização   de   pesquisas   acadêmicas,   que   poderão   gerar   campanhas   e/ou   produtos   de   comunicação.     Metodologia:   a   oficina   será   baseada   no   estudo   de   caso   de   uma   pesquisa  acadêmica.        
  4. 4. Programa     •   Apresentação  Inicial   •   Introdução     •   Cibercultura,  Redes  Sociais  Digitais  e  Democracia   •   Panorama  das  Redes  Sociais  no  Brasil   •   Intervalo   •   Estudo  de  caso    –  Pesquisa  acadêmica   • Dúvidas  e  Bate-­‐Papo   09h30  a  09h40   09h40  a  09h50   09h50  a  10h10   10h10  a  10h20   10h40  a  12h00   12h00  a  12h30   10h20  a  10h40  
  5. 5. Introdução   Contexto:   impactos   das   novas   mídias   e   da   tecnologia;   recentes   mobilizações  sociais  no  Brasil;  o  uso  das  redes  sociais  digitais  pelas   empresas.     Possíveis  questões:       •  Qual  a  relevância  dessa  comunicação  via  redes  sociais  digitais?   •  Como  e  quais  essas  ferramentas  u:lizar?   •  Por  que  estratégias  usadas  pelas  empresas  não  são  tão  aplicadas   em  causas  sociais?       Alguns  dados   -­‐    Marcas   como   Cerveja   Skol   e   Guaraná   Antarc:ca   se   somadas   contabilizam   mais   de   21   milhões   de   fãs   em   suas   páginas   no   Facebook,  o  que  representa  25%  dos  83  milhões  de  internautas  no   Brasil.     -­‐   Jean  Wyllys  e  Homofobia  Não  juntas  não  a:ngem  140  mil  fãs   -­‐   Assuntos  polêmicos  são  discu:dos  pela  população  através  das  RSD  
  6. 6. Cibercultura,  Redes  Sociais  Digitais  e  Democracia                
  7. 7. Introdução   Importância  da  mídia  e  dos  meios  de  comunicação  para  a   organização  e  mobilização  de  movimentos  sociais.           Movimento  gay,  mídias  alterna:vas  e  ditadura   militar         •   Fácil  acesso  à  conteúdo,  informação,  pessoas   como  produtoras  de  conteúdo   •   Long  Tail   •   Internet  e  redes  sociais  digitais  transformam   as  relações  de  poder  e  a  democracia  
  8. 8. Cibercultura  e   Redes  Sociais   Digitais   Sociedade  Informacional           “Forma   sociocultural   que   emerge   da   relação   simbió:ca   entre   a   sociedade,   a   cultura   e   as   novas   tecnologias   de   base   microeletrônica   que   surgiram   com   a   convergência   das   telecomunicações   com   a   informá:ca  na  década  de  70”.    Lemos  e  Cunha  (2003,  p.  1)     Convergência     Compar)lhamento         Mobilização       “Redes   sociais   na   Internet   são   cons:tuídas   de   representações   dos   atores  sociais  e  de  suas  conexões”.     Raquel  Recuero  (2009,  p.2)   Relações  não  aleatórias,  se  dão  por  interesses  em  comum  
  9. 9. Democracia  em  tempos  de  internet  e  Redes  Sociais  Digitais                  
  10. 10. Democracia   em  tempos  de   internet  e   Redes  Sociais     Uma  comunidade  virtual  pode,  por  exemplo,  organizar-­‐se  sobre  uma   base   de   afinidade   por   intermédio   de   sistemas   de   comunicação   telemá:cos.  Seus  membros  estão  reunidos  pelos  mesmos  núcleos  de   interesses,  pelos  mesmos  problemas:  a  geografia,  con:ngente,  não  é   mais  nem  um  ponto  de  par:da,  nem  uma  coerção.     (LÈVY,  2003,  p.9)   As  redes  sociais  podem  ser  u:lizadas  para  levar  as  pessoas  às   ruas,   para   mobilizar   a   população   em   torno   de   causas,   para   potencializar   a   repercussão   de   suas   causas,   junto   às   mídias   tradicionais,  e  antes  mesmo  disso,  para  formar  opinião”     (MARTINS  MEDINA,  2011)  
  11. 11. Redes  Sociais  Digitais  no  Brasil               YouTube:  43   milhões     Facebook:     29,7  milhões     10h26   minutos  em   Redes  Sociais   83  milhões  de   internautas  
  12. 12. As  redes  sociais  preferidas  dos  brasileiros       63,40%   18,50%   2,06%   4,21%   Tempo  Gasto  
  13. 13. Entendendo  cada  plataforma                  
  14. 14. •  O  Brasil  é  o  segundo  país  em  número  de  usuários,  ultrapassando  60   milhões,  atrás  apenas  dos  EUA.   •  A  taxa  de  crescimento  de  usuários  da  rede  no  país  é  de  12%   •   Mais  de  500  milhões  de  usuários   •   O  Brasil  é  o  segundo  em  número  de  usuários   •   90  milhões  de  usuários   •   40  milhões  de  fotos  por  dia  
  15. 15. Como  fazer?  
  16. 16. Como  fazer?  
  17. 17. Redes  Sociais  Digitais,  Homossexualidade  e  Preconceito                
  18. 18. Estudo  de  Caso     Obje)vos   -­‐  Descobrir  qual  a  relevância  da  comunicação  via  redes  sociais  digitais  na   redução  do  preconceito  contra  homossexuais  no  Brasil     Hipóteses:     1) A  comunicação  via  redes  sociais  digitais  é  relevante,  pois  promove  a   mudança   de   pensamento   e   a   redução   do   preconceito   contra   homossexuais  no  Brasil   2)  A  comunicação  via  redes  sociais  digitais  não  promove  mudanças  de   pensamento  e  quebra  de  paradigmas  em  relação  à  homossexualidade   no   Brasil,   mas   é   relevante   porque   gera   discussões   e   promove   a   ar:culação  de  pessoas  que  lutam  pela  causa   3)   A   comunicação   via   redes   sociais   digitais   não   é   relevante   para   a   redução   do   preconceito,   pois   somente   reflete   um   pensamento   já   estabelecido  pela  população,  que  apenas  expõe  opiniões  já  formadas   nas  diferentes  plataformas.     Metodologia:  Método  hipoté:co-­‐dedu:vo,  com  pesquisa  exploratória  e   descri:va,  além  de  bibliográfica,  realizada  por  meio  de  dados  indiretos  e   públicos   disponíveis   nos   perfis   e   páginas   selecionados   como   amostra   para   o   estudo   de   caso.   A   análise   dos   dados   foi   baseada   em   métricas   qualita:vas  e  quan:ta:vas,  específicas  para  redes  sociais  digitais.    
  19. 19. Inclusão  do  assunto  no  Censo  do  IBGE  somente  em  2010       A  população  gay  no  Brasil  está  es:mada  em  18  milhões  de  pessoas,   segundo  pesquisa  realizada  pela  inSearch  Tendências  e  Estudos  de   Mercado.     De  acordo  com  dados  do  ins:tuto  o  país  tem  mais  de  60  mil  casais   homossexuais,  sendo  54%  na  região  Sudeste.   55%  da  população  era   contra  a  adoção  por   casais  gays  e  contra  a   união  estável   45%  da  população  é  a   favor  da  adoção  por   casais  gays   Em  1995,  o  apoio  era   só  de  7%   Estudo  de  Caso  
  20. 20. Aumento  de  27%  em  2012  em  relação  ao  ano  anterior  nos  casos  de   assassinatos  de  homossexuais       Esse  mesmo  número  comparado  ao  de  2005  aponta  um  crescimento   de  317%   Fonte:  Grupo  Gay  da  Bahia   O   relatório   da   SDH   mostra   que   o   serviço   recebe,   em   média,   oito   denúncias   por   dia.   No   total,   em   2011,   foram   4.614   denúncias   de   homofobia.       Fonte:  Secretaria  de  Direitos  Humanos  da  Presidência  da  República   Estudo  de  Caso  
  21. 21. Alguns  dados  para  mensuração   Estudo  de  Caso   VOLUME     •  Fãs,  Seguidores,  Assinantes,  Comentários,  Menções,  RTs,   Compar:lhamento     •  Pessoas  em  manifestações,    assinaturas  em  pe:ções  online       ENGAJAMENTO     •  Compar:lhamentos  e  likes  nas  publicações     •  Sen:mento  de  comentários,  menções,  RTs  e   compar:lhamentos    
  22. 22. Engajamento  acima  da  média:  69%   Número  de  pessoas  de  curtem,  compar@lham  ou  comentam  o  conteúdo  da  página.  A  média  das  fanpages   brasileiras,  de  acordo  com  a  Social  Bakers,  não  ultrapassa  3%.     59.094   interações   Alcance:   13.650.714  Es:ma-­‐se,   segundo   pesquisa   realizada   pela   empresa  TNS,  que  cada  brasileiro  tenha  cerca   de   230   amigos   no   Facebook   e   demais   redes   sociais  digitais.   Estudo  de  Caso  
  23. 23. 6.172  likes   5.087  shares   1.027  comentários     64%  -­‐  total  de  657  -­‐  é   nega:vo     36%  -­‐  um  total  de  370   comentários  -­‐  mostra-­‐se   favoráveis   Estudo  de  Caso  
  24. 24. Estudo  de  Caso  
  25. 25. • 157.650  seguidores  /  publica  cerca  de  350  tweets  por   mês   • Média  de  92  menções  por  tweet  publicado  =  32.200   menções  mensais   • Alcance:    74.060.000     Estudo  de  Caso  
  26. 26. Estudo  de  Caso   Criando  uma  árvore  de  monitoração   1.  Definir  o  tema  e  as  palavras-­‐chave  para  a  busca   2.  Definir   uma   amostragem   tanto   para   a   monitoração   manual   como  para  feita  por  um  serviço  pago   3.  Definir  os  parâmetros  interessantes  para  a  pesquisa   4.  Transpor  a  amostra  para  os  dados  de  volumes  totais   5.  Entender  e  analisar  os  resultados   6.  Realizar  o  cruzamento  dos  dados  ob:dos  entre  eles  e  também   com  outras  informações   Palavras-­‐ chave   Assuntos   Sen:mentos   Fontes   Volume   Localidade   Idade   Gay,   lésbicas,   bicha,   veado,   sapatão…   Casamento,   adoção,   roupas,   comportame nto…   Se  os   comentários   são   Posi:vos,   Nega:vos  ou   Neutros   Veículos  de   mídia,   pessoas   famosas,   pessoas   comuns…   Quan:dade   total,   quan:dade   por  assunto,   por  região,   por  sexo…   De  onde   vem  os   comentários   Faixa  etária   de  quem   comenta   Homossexualidade  e  Preconceito  no  Brasil  
  27. 27. Hipóteses:     1) A  comunicação  via  redes  sociais  digitais  é  relevante,  pois  promove  a   mudança   de   pensamento   e   a   redução   do   preconceito   contra   homossexuais  no  Brasil   2)  A  comunicação  via  redes  sociais  digitais  não  promove  mudanças  de   pensamento   e   quebra   de   paradigmas   em   relação   à   homossexualidade  no  Brasil,  mas  é  relevante  porque  gera  discussões   e  promove  a  ar:culação  de  pessoas  que  lutam  pela  causa   3)   A   comunicação   via   redes   sociais   digitais   não   é   relevante   para   a   redução   do   preconceito,   pois   somente   reflete   um   pensamento   já   estabelecido  pela  população,  que  apenas  expõe  opiniões  já  formadas   nas  diferentes  plataformas.   Estudo  de  Caso  
  28. 28. Cur:da  por  4.276  pessoas  e  compar:lhada  por  outras  7.006   Estudo  de  Caso  
  29. 29. Contatos   camilla@ains)tucional.com.br   Camilla.mtns@gmail.com   www.facebook.com/camilla.mtns   @camillamtns   Bibliografia   •  Pierre  Lèvy   •  Manuel  Castells   •  André  Lemos   •  Alex  Primo   •  Raquel  Recuero   •  Luciano  Mar)ns  Medina   •  Eugênio  Trivinho   •  Jim  Sterne   •  Chris  Anderson     Online   •  elife.com.br   •  visual.ly   •  Social  Bakers   •  Mashable   •  ComScore   •  midiassociais.net    

×