O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 64 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a Aula 2 3 4 redes perfil e mensuracao (20)

Mais de UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Aula 2 3 4 redes perfil e mensuracao

  1. 1. Comunicação, softwares sociais e novas mídias (por Cláudio Manoel Duarte)
  2. 2. as redes da net • parte 2
  3. 3. Desde as caravelas ...as redes sociais virtuais são zonas autônomas para os fluxos de informação
  4. 4. Estamos em rede • Desde os tempos das caravelas. Mas hoje a navegação mudou para o mar de bytes
  5. 5. Cultura Coletiva (cultura remix) • Os (micro) computadores abertos (p2p) transformam o ciberespaço num enorme computador coletivo e as comunidades virtuais aceleram, tecnicamente, o remix da cultura coletiva
  6. 6. Grafos • A Teoria da Rede está baseada na Teoria dos Grafos (Euler): vértices/pontos e arestas (pessoas e assuntos)
  7. 7. Interesses mútuos (fomentam as redes sociais) • Estabelecem-se por: 1 - relacionamentos afetivos e 2 - profissionais • Formam-se Comunidades por: 1 - sociabilidades ou 2 – socialidades
  8. 8. Expressão da opinião/ação pública • Mapeamento da repercussão de políticas sociais (públicas ou privadas) • Mobilização para ações coletivas (apoio e solidariedades) • Expressão de idéias e desejos
  9. 9. Tipologias • Rede Primária (Informal) – baseadas em relações pré- existentes (família, vizinhos, trabalho) • Rede Secundária (Global) – baseada em campos profissionais (funcionários, depende de estar atrelado ou não a instituições) • Rede Intermediária (Associativa) – baseada em interesse comum de escolhas ideológicas (socialidade)
  10. 10. A rede virtual propõe • difusão de culturas emergentes (antes ausentes nos MCM) • trabalho coletivo a distância • formação de comunidades temáticas, identitárias • liberdade de emissão (a fonte emite sem intermediaçao dos MCMs) • técnica transformada sistematicamente a partir de novas correntes culturais (o fim do napster não finaliza o conceito de distribuição p2p)
  11. 11. Redes Sociais Mediadas Por Máquinas (softwares sociais) • Redes virtuais potencializam as características das Redes Globais e, principalmente, as das Redes Associativas. • Há, hoje, cerca de 200 redes sociais disponíveis no ciberespaço, reunindo público variantes de 4 mil a milhões de pessoas. • Redes gratuitas; redes pagas. • Redes hedonistas (sexo, amizade, games); redes profissionais.
  12. 12. Uma nova economia da informação? • As novas TICs e a Globalização redimensionaram o espaço público. • A liberação do pólo de emissão, a Interatividade (efetiva) e interconectividade generalizada reconfiguraram as relações de tempo-espaço • As mediações culturais são outras: são globais por “natureza” e parte de qualquer cidadão “comum”
  13. 13. • (Novos) Espaços de Fluxos (Castels) estão “descontrolados”, porque são de “natureza” aberta
  14. 14. • “O potencial de constituição de redes, de colaboração e digitalização modifica substancialmente as funções de aquisição, armazenagem e disseminação da informação e do conhecimento”. (Claudia da Cunha Ribas/ Paula Ziviani)
  15. 15. • Novo mercado da informação: produção/circulação/ consumo – a tríade reconfigurada pelo cidadão (e não pelas empresas tradicionais) • Apropria-se das novas tecnologias, das novas mídias, das pós-mídias, das mídias pós-massivas.
  16. 16. O marketing • Em que sentido as redes sociais favorecem uma pesquisa de mercado?
  17. 17. CGU - Conteúdo Gerado pelo Usuário (nas RSVs) • Geram impacto sobre a percepção da “modernidade” da marca (Coutinho) • Geram novas idéias para a comunicação mercadológica • Reúnem “advogados” e “atacantes” (consumidores com experiências negativas) • Grupos de divulgadores no marketing viral • Early Warning - alertas de futuras queixas
  18. 18. As redes sociais - dados • Redes sociais mais populares que e-mail • No mundo: 67% acessam redes sociais; no Brasil: 80% acessam redes sociais • Há um declínio nos acesso a portais: 24% em 2006; 6% em 2008 • Redes sociais consomem 10% do tempo gasto pelas pessoas na internet; no Brasil, o tempo gasto sobe para 23%
  19. 19. As redes sociais - dados • Brasil: o 1o. do ranking com 80% das pessoas que tem acesso à internet estão em alguma rede de relacionamento; Estados Unidos: 67%; Alemanha: 51%.
  20. 20. As redes sociais - dados • Novidade: a internet era dos jovens, mas as redes sociais ampliaram a participação dos maduros: o Facebook cresceu com a adesão de pessoas na faixa de 35 a 49 anos (formadores de opinião) • Houve acréscimo de 2 vezes mais da faixa de 50 a 64 anos do que dos menores de 18.
  21. 21. As redes sociais - dados Reforma curricular em Londres: sugere que crianças tenham conhecimentos de mídia social, podcasts e digitação Historiador e consultor de mídias sociais Juliano Spyer usa o Twitter para o marketing de lançamento de livro. Midia usando pós-mídia? BBC,CNN, Fox News, UOL Tecnologia... usam o Twitter como ferramenta de relações públicas e divulgação de notícias(subsituição ao RSS?)
  22. 22. As redes sociais - dados • O Facebook atinge somente 2% da população online do Brasil. ?? • No mundo: 108 milhões de usuários (ou 30% da população internauta do mundo) • MySpace: 81 milhões • Orkut: 17,5 milhões (Pesquisa da Nielson publicada na Meio & Mensagem)
  23. 23. As redes sociais - dados Video na net - O YouTube registrou 6,3 bilhões de vídeos assistidos por 100,9 milhões de internautas, em janeiro (2009) Twitter de Marcelo Tas no Wall Street Journal (19/3/09): iniciativa pioneira de patrocínio do seu perfil no Twitter pela Telefônica Jornalismo móvel: Metro lança serviço para celular (Montreal): Metro Mobile TV versus Web: Brasileiro passa 32,5 horas semanais conectado, contra 9,8 horas em frente à TV. Dados: ComScore
  24. 24. Questões • Se as tecnologias reconfiguram a comunicação pública; reconfiguram a forma de produzir, difundir e consumir informação...pensemos:
  25. 25. • ..É possível pensar a comunicação, hoje – organizacional ou não - sem políticas, sem planejamento voltado para a redes sociais e novas mídias?
  26. 26. • Como pensar um plano de mídia ou um planejamento de comunicação focado nas novas mídias?
  27. 27. • Que relação podemos estabelecer entre o marketing viral e a redes sociais na comunicação organizacional?
  28. 28. • Por que grande empresas de comunicação, de base virtual ou não, começam a usar microblogs (Twitter) como ferramenta de apoio para suas comunicações?
  29. 29. o perfil das rsv • parte 3
  30. 30. é só postar? • parte 4
  31. 31. métricas e mensuracão ferramentas para ambientes digitais
  32. 32. monitoramento de redes sociais/web
  33. 33. + monitoramento de redes sociais/web(grátis)
  34. 34. RSVs no Brasil • http://www.youtube.com/watch? v=DmRsQibIOWg
  35. 35. RSVs e Empresas • http://olhardigital.uol.com.br/ pop_player_wide.php?path_video=http:// p.download.uol.com.br/olhardigital/PGM273/ pgm273_cv_rede_social.flv&tipo=normal&tit ulo_video=Redes%20sociais:%20quando %20as%20empresas%20decidem%20explorar %20esse%20mundo
  36. 36. - twitter.com/claudiomanoel claudiomanoelufrb@gmail.com

×