SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
REDES SOCIAIS
O jornalismo e as redes sociais: participação, inovação 
ou repetição de modelos tradicionais? | Kárita Francisco 
Redes sociais na internet, difusão de informação e 
jornalismo: elementos para discussão. | Raquel Recuero 
A participação dos interagentes nos sites de redes 
sociais como uma dimensão do acontecimento 
jornalístico. | Gabriela Zago 
Visibilidade de notícias no Twitter e no Facebook: 
análise comparativa das notícias mais repercutidas na 
Europa e nas Américas. | Gabriela Zago e Marco Bastos
Redes Sociais: o que são? 
“Rede social é gente, é interação, é troca social. É um grupo de 
pessoas, compreendido através de uma metáfora de estrutura, a 
estrutura de rede. Os nós da rede representam cada indivíduo e 
suas conexões, os laços sociais que compõem os grupos. Esses 
laços são ampliados, complexificados e modificados a cada nova 
pessoa que conhecemos e interagimos” (Recuero, 2009). 
Segundo Recuero, as Redes sociais na Internet são constituídas de 
representações dos atores sociais e de suas conexões. Essas 
representações são, geralmente, individualizadas e personalizadas. 
As conexões são os elementos que vão criar a estrutura na qual as 
representações formam as redes sociais. Na internet, essas 
conexões podem ser de tipos variados, construídas pelos atores 
através da interação.
Redes Sociais 
Sites como o Facebook e o Twitter permitem uma nova 
geração de “espaços públicos mediados” (ambientes 
onde as pessoas podem reunir-se publicamente com a 
mediação da tecnologia) 
Recuero vai destacar quatro características fundamentais 
dos espaços públicos mediados: 
Persistência 
Capacidade de busca 
Replicabilidade 
Audiências invisíveis 
A internet, enquanto mediação, permite que as 
informações sejam armazenadass, replicadas e buscadas
As redes sociais e a transmissão 
de informações 
As redes sociais podem ser incorporadas ao dia-a-dia dos 
jornalistas de três modos: na apuração, na veiculação e no 
feedback com o público. 
As redes sociais podem produzir, filtrar e reverberar informações que 
poderiam ser consideradas relevantes para seus grupos, baseada em 
percepções específicas de seus membros, que ativamente engajam-se na busca 
pelo capital social. 
A internet ampliou as possibilidades de conexões, a 
capacidade de difusão de informações e a construção de 
valores que circulam na rede social (capital social). 
“No espaço offline, uma notícia ou informação só se propaga na rede através 
das conversas entre as pessoas. Nas redes sociais online, essas informações são 
muito mais amplificadas, reverberadas, discutidas e repassadas” (Recuero,2009)
As redes sociais e a transmissão 
de informações 
Recuero identifica dois tipos de capital social: 
Social Relacional/Emergente: tende a circular entre os laços 
fortes (a função é aprofundar laços sociais) 
Social Cognitivo/De filiação ou associação: formado pela 
difusão de informações com apelo informacional maior 
(informações repassadas ou retuitadas de perfis que representam 
veículos de comunicação, no Facebook ou Twitter – a função é 
informar ou gerar conhecimento e têm uma tendência de 
espalharem-se com mais rapidez e menor interação) 
Os valores gerados na rede social pelo espalhamento de 
informações também podem ser de dois tipos: 
Sociais: construídos na rede social 
Apropriados individualmente pelos usuários
As redes sociais e o jornalismo 
Redes sociais 
como fontes 
produtoras de 
informação 
As redes sociais, 
enquanto 
circuladoras de 
informações, são 
capazes de gerar 
mobilizações e 
conversações que 
podem ser de 
interesse jornalístico 
online
As redes sociais e o jornalismo 
Redes sociais 
como filtros de 
informações 
As redes sociais vão 
coletar e republicar 
informações 
online
As redes sociais e o jornalismo 
Redes sociais 
como espaços 
de reverberação 
dessas 
informações 
As redes sociais são 
espaços de 
circulação e 
discussão de 
informações , onde 
as notícias são 
reverberadas 
online
As redes sociais e o jornalismo 
online 
Como os três papeis das redes sociais podem ser relevantes 
para o jornalismo? 
Para Bruns: 
As práticas informativas nas redes sociais, classificadas como 
gatewatching, podem complementar e até substituir o papel do 
gatekeeping do jornalismo tradicional 
As redes também poderiam atuar de forma colaborativa no auxílio 
da produção e na melhora da produção de notícias 
As redes podem conceder credibilidade e importância para as 
matérias jornalísticas através das reverberações 
As redes sociais acrescentam valor à notícia, a partir da circulação, 
construindo capital social
As mudanças nas práticas 
jornalísticas e a participação dos 
leitores 
Internet e Jornalismo  Internet e jornalista (mediar, 
interpretar, orientar e incentivar a participação dos leitores) 
“As tecnologias atuais abrem vias para a participação de 
usuários e os próprios meios de comunicação sentem a 
necessidade de uma maior proximidade com os sujeitos da 
informação, para terem efeito e serem úteis” (Lopez, 2007) 
“Com a chegada da Internet e a disponibilização de 
ferramentas de publicação a história passa a ser escrita por 
aqueles que previamente faziam parte da audiência. Um 
outro tipo de informação surge via e-mails, listas de 
discussão, grupos de chat, revistas eletrônicas pessoais - 
todas fontes de notícias não padrões” (Gilmor, 2004)
As mudanças nas práticas 
jornalísticas e a participação dos 
leitores 
Internet permite a comunicação de muitos-para-muitos 
e de poucos-para-poucos  audiência = produtor de 
notícia? 
Os media online, especialmente a internet, reúnem 
características que asseguram a participação mais ativa dos 
usuários, diferente da interação proporcionada pelas 
tecnologias de comunicação mais convencionais. 
A participação do cidadão não é algo novo no Jornalismo. 
O que muda são as possibilidades de participação dos 
usuários na produção de informação (Circulação – 
Recirculação).
As mudanças nas práticas 
jornalísticas e a participação dos 
leitores 
A produção do jornalismo foi descentralizada e diversificada: 
“a autoridade do profissional formado está sob o desafio de 
amadores dotados” 
A participação dos usuários se estabelece de diversas 
maneiras e em diferentes níveis de produção da informação 
 se a fronteira profissional-amador se dissolve: “em quem 
confiar?” 
Se antes as funções do jornalismo eram fazer a produção de 
sentido e as mudanças da realidade – o papel da imprensa 
nesta nova era será dar conta de encontrar o “bom material” 
e produzir com base na verificação e síntese de informações
Twitter e Facebook 
Twitter é um site de microblogging, desenvolvido originalmente 
para telemóveis, oferecendo às pessoas a possibilidade de 
escreverem mensagens curtas de até 140 caracteres, mais 
conhecidas como tweets para uma rede. 
Facebook foi um sistema criado por Mark Zuckerberg para ser 
uma rede de contatos entre os alunos que estavam saindo do 
secundário e aqueles que estavam entrando na universidade. 
Enquanto meio de discussão fundamentada, o Twitter é mais 
limitado que o Facebook. 
Assim como o Facebook, o Twitter oferece diversas formas de 
participação social.
Twitter e Facebook 
É importante pensar essas novas ferramentas não somente do 
ponto de vista de quem publica, mas também de quem lê, no 
caso do Facebook ou Twitter, o seguidor ou fã. 
Nem sempre a audiência imaginada encontra correspondência 
com no público leitor real. 
Um estudo de 2007 sobre perfis nas redes sociais comprovou 
que os usuários listavam seus interesses principalmente para 
transmitir prestígio a uma audiência imaginada de amigos e 
colegas. 
Em 2010, Yardi e Boyd descobriram que no Twitter a maioria 
dos usuários não interage com a maioria das fontes de notícias, 
embora frequentemente as retuitem.
Twitter e Facebook 
Embora ainda não seja um movimento geral, a tendência das 
empresas jornalísticas é humanizar a presença e tornar a 
interação nas redes sociais menos plásticas e automáticas. 
Nesse sentido, o moderador de conteúdos online (que podem 
ser os próprios jornalistas), além de publicar, tem o papel de 
filtrar e gerir os comentários, assim como estar atento a coisas 
que possam interessar ao veículo. 
Entre as formas mais comuns de estimular a participação dos 
leitores estão: 
Pedido de envio de fotos, vídeos e comentários sobre determinado 
assunto; a personalização das publicações, criando intimidade ou 
sentimento de cooperação, como se o veículo conversasse com seus 
seguidores; intervenções nos comentários, embora os leitores-comentadores 
interajam mais entre eles.
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo
Redes Sociais e Jornalismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealBruno Cardoso
 
Artigo Científico - Redes Sociais
Artigo Científico - Redes SociaisArtigo Científico - Redes Sociais
Artigo Científico - Redes SociaisKarina Perussi
 
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da comunidade
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da  comunidadeDiscurso e redes sociais: o caso “Voz da  comunidade
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da comunidadeFlávia Lopes
 
Desafio dos jornalistas no século XXI
Desafio dos jornalistas no século XXIDesafio dos jornalistas no século XXI
Desafio dos jornalistas no século XXIYuri Almeida
 
Projeto tcc
Projeto tccProjeto tcc
Projeto tccediqueli
 
Espaços self media de jornalismo em redes sociais
Espaços self media de jornalismo em redes sociaisEspaços self media de jornalismo em redes sociais
Espaços self media de jornalismo em redes sociaisMárcio Coutinho
 
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing Digital
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing DigitalMonografia FECAP | Pós-Graduação Marketing Digital
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing DigitalMárjorye Cruz
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaCarolina Terra
 
Transformações no processo de legitimação do jornalismo
Transformações no processo de legitimação do jornalismo Transformações no processo de legitimação do jornalismo
Transformações no processo de legitimação do jornalismo Luciana Carvalho
 
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicas
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicasPolíticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicas
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicasLaís Bueno
 
Artigo sobre Redes Sociais na Internet
Artigo sobre Redes Sociais na InternetArtigo sobre Redes Sociais na Internet
Artigo sobre Redes Sociais na Internetisisnogueira
 
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalArtigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalLaís Bueno
 
Apresentação da XX Compós
Apresentação da XX CompósApresentação da XX Compós
Apresentação da XX CompósLuciana Carvalho
 
Jornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetJornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetmichelemitsue
 
Jornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dadosJornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dadosYuri Almeida
 
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da InternetDistribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da InternetCelestino Joanguete
 
Artigo abrapcorp
Artigo abrapcorpArtigo abrapcorp
Artigo abrapcorpLaís Bueno
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisIbrahim Cesar
 
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da InternetDistribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da InternetCelestino Joanguete
 

Mais procurados (20)

Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo RealJornalismo: Muito Além do Tempo Real
Jornalismo: Muito Além do Tempo Real
 
Artigo Científico - Redes Sociais
Artigo Científico - Redes SociaisArtigo Científico - Redes Sociais
Artigo Científico - Redes Sociais
 
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da comunidade
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da  comunidadeDiscurso e redes sociais: o caso “Voz da  comunidade
Discurso e redes sociais: o caso “Voz da comunidade
 
Desafio dos jornalistas no século XXI
Desafio dos jornalistas no século XXIDesafio dos jornalistas no século XXI
Desafio dos jornalistas no século XXI
 
Projeto tcc
Projeto tccProjeto tcc
Projeto tcc
 
Espaços self media de jornalismo em redes sociais
Espaços self media de jornalismo em redes sociaisEspaços self media de jornalismo em redes sociais
Espaços self media de jornalismo em redes sociais
 
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing Digital
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing DigitalMonografia FECAP | Pós-Graduação Marketing Digital
Monografia FECAP | Pós-Graduação Marketing Digital
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao tema
 
Transformações no processo de legitimação do jornalismo
Transformações no processo de legitimação do jornalismo Transformações no processo de legitimação do jornalismo
Transformações no processo de legitimação do jornalismo
 
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicas
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicasPolíticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicas
Políticas de conduta em mídias sociais: atribuição de relações públicas
 
Artigo sobre Redes Sociais na Internet
Artigo sobre Redes Sociais na InternetArtigo sobre Redes Sociais na Internet
Artigo sobre Redes Sociais na Internet
 
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacionalArtigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
Artigo - Os microblogs como ferramenta de comunicação organizacional
 
Apresentação da XX Compós
Apresentação da XX CompósApresentação da XX Compós
Apresentação da XX Compós
 
Jornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internetJornalismo cidadão na internet
Jornalismo cidadão na internet
 
Jornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dadosJornalismo colaborativo em bases de dados
Jornalismo colaborativo em bases de dados
 
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da InternetDistribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
Distribuicao conteudos radiofónicos para as redes sociais da Internet
 
Artigo abrapcorp
Artigo abrapcorpArtigo abrapcorp
Artigo abrapcorp
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes Sociais
 
As Mídias Sociais Como Instrumentos de Relações Públicas no
As Mídias Sociais Como Instrumentos de Relações Públicas noAs Mídias Sociais Como Instrumentos de Relações Públicas no
As Mídias Sociais Como Instrumentos de Relações Públicas no
 
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da InternetDistribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
Distribuição de conteúdos jornalísticos em Redes Sociais da Internet
 

Destaque

Estrutura da Informação
Estrutura da InformaçãoEstrutura da Informação
Estrutura da InformaçãoTallita Alves
 
Jornalismo online e redes sociais na internet um estudo de caso dos portais...
Jornalismo online e redes sociais na internet   um estudo de caso dos portais...Jornalismo online e redes sociais na internet   um estudo de caso dos portais...
Jornalismo online e redes sociais na internet um estudo de caso dos portais...Tiago Nogueira
 
Geracoes Jornalismo Online Famecos
Geracoes Jornalismo Online FamecosGeracoes Jornalismo Online Famecos
Geracoes Jornalismo Online FamecosAna Brambilla
 
Geracoes Jornalismo Online
Geracoes Jornalismo OnlineGeracoes Jornalismo Online
Geracoes Jornalismo OnlineAna Brambilla
 
A coluna jornalística
A coluna jornalísticaA coluna jornalística
A coluna jornalísticaArtur Araujo
 
Jornalismo Online II - Aula Novos Espaços
Jornalismo Online II - Aula Novos EspaçosJornalismo Online II - Aula Novos Espaços
Jornalismo Online II - Aula Novos EspaçosPri Guimaraes
 
1 jornalismo online
1 jornalismo online1 jornalismo online
1 jornalismo onlineAndré Pase
 
Jornalismo Online - Blogs
Jornalismo Online - BlogsJornalismo Online - Blogs
Jornalismo Online - Blogsbeacardoso
 
Jornal digital / jornalismo online
Jornal digital / jornalismo onlineJornal digital / jornalismo online
Jornal digital / jornalismo onlineLeticia Conick
 
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A Coluna
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A ColunaGêneros Jornalísticos no Brasil: A Coluna
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A ColunaAtila Cezar
 
Características do Jornalismo Online
Características do Jornalismo OnlineCaracterísticas do Jornalismo Online
Características do Jornalismo OnlineL T
 
Jornalismo na era virtual
Jornalismo na era virtualJornalismo na era virtual
Jornalismo na era virtualAmanda Santos
 
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS: A...
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS:  A...PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS:  A...
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS: A...Camila Botacin
 

Destaque (20)

Estrutura da Informação
Estrutura da InformaçãoEstrutura da Informação
Estrutura da Informação
 
Jornalismo online ppt
Jornalismo online   pptJornalismo online   ppt
Jornalismo online ppt
 
Jornalismo online e redes sociais na internet um estudo de caso dos portais...
Jornalismo online e redes sociais na internet   um estudo de caso dos portais...Jornalismo online e redes sociais na internet   um estudo de caso dos portais...
Jornalismo online e redes sociais na internet um estudo de caso dos portais...
 
O Jornalismo Digital
O Jornalismo DigitalO Jornalismo Digital
O Jornalismo Digital
 
Aula Fotografia
Aula FotografiaAula Fotografia
Aula Fotografia
 
Geracoes Jornalismo Online Famecos
Geracoes Jornalismo Online FamecosGeracoes Jornalismo Online Famecos
Geracoes Jornalismo Online Famecos
 
Geracoes Jornalismo Online
Geracoes Jornalismo OnlineGeracoes Jornalismo Online
Geracoes Jornalismo Online
 
Ciberjornalismo
CiberjornalismoCiberjornalismo
Ciberjornalismo
 
A coluna jornalística
A coluna jornalísticaA coluna jornalística
A coluna jornalística
 
Jornalismo Online II - Aula Novos Espaços
Jornalismo Online II - Aula Novos EspaçosJornalismo Online II - Aula Novos Espaços
Jornalismo Online II - Aula Novos Espaços
 
A linguagem jornalística
A linguagem jornalísticaA linguagem jornalística
A linguagem jornalística
 
1 jornalismo online
1 jornalismo online1 jornalismo online
1 jornalismo online
 
Ciberjornalismo
CiberjornalismoCiberjornalismo
Ciberjornalismo
 
Jornalismo Online - Blogs
Jornalismo Online - BlogsJornalismo Online - Blogs
Jornalismo Online - Blogs
 
Jornal digital / jornalismo online
Jornal digital / jornalismo onlineJornal digital / jornalismo online
Jornal digital / jornalismo online
 
Design Responsivo
Design ResponsivoDesign Responsivo
Design Responsivo
 
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A Coluna
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A ColunaGêneros Jornalísticos no Brasil: A Coluna
Gêneros Jornalísticos no Brasil: A Coluna
 
Características do Jornalismo Online
Características do Jornalismo OnlineCaracterísticas do Jornalismo Online
Características do Jornalismo Online
 
Jornalismo na era virtual
Jornalismo na era virtualJornalismo na era virtual
Jornalismo na era virtual
 
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS: A...
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS:  A...PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS:  A...
PRÉ-PROJETO DE MONOGRAFIA - CONSTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DOS CAMINHONEIROS: A...
 

Semelhante a Redes Sociais e Jornalismo

A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...Maíra Evangelista de Sousa
 
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosAs Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosMarcielly
 
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...Karina Perussi
 
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...Renata Arruda
 
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...Viviane de Carvalho
 
Módulo 3 b redes sociais
Módulo 3 b   redes sociaisMódulo 3 b   redes sociais
Módulo 3 b redes sociaisThiago Skárnio
 
Redes sociais(1)
Redes sociais(1)Redes sociais(1)
Redes sociais(1)Bianca Rosa
 
Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramAnálise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramRaquel Luisi
 
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículos
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículosAs mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículos
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículosFlávia Lopes
 
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RN
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RNAs redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RN
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RNPolliana Araújo
 
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terra
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terraPlanejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terra
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terraCarolina Terra
 
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade pública
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade públicaO blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade pública
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade públicaNina Santos
 
Mobilizaçaoemredesociais
MobilizaçaoemredesociaisMobilizaçaoemredesociais
Mobilizaçaoemredesociaisgustavoclopes
 
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...Maíra Evangelista de Sousa
 
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresas
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresasMidias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresas
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresasFelipe Castro
 

Semelhante a Redes Sociais e Jornalismo (20)

A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: uma categorização das aç...
 
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos CorporativosAs Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
As Mídias Sociais no Processo de Gestão de Relacionamentos Corporativos
 
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...
O AVANÇO DOS MEIOS DIGITAIS E A PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO: Como as redes sociais...
 
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...
A relevancia das mídias sociais para a indústria da moda blogs como plataform...
 
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...
Quando o virtual transforma-se em real: as Redes Sociais como Ferramentas da ...
 
Módulo 3 b redes sociais
Módulo 3 b   redes sociaisMódulo 3 b   redes sociais
Módulo 3 b redes sociais
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
P
PP
P
 
Luiz felipe
Luiz felipeLuiz felipe
Luiz felipe
 
Redes sociais(1)
Redes sociais(1)Redes sociais(1)
Redes sociais(1)
 
Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no InstagramAnálise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
Análise Comportamental do eu perante o outro no Instagram
 
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículos
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículosAs mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículos
As mídias sociais colocando em xeque o monopólio da fala dos grandes veículos
 
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RN
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RNAs redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RN
As redes sociais e sua apropriação pra comunicação local e alternativa no RN
 
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terra
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terraPlanejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terra
Planejamento de comunicação aplicado às mídias sociais prof carolina terra
 
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade pública
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade públicaO blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade pública
O blog Fatos e Dados e sua articulação com a esfera de visibilidade pública
 
Mobilizaçaoemredesociais
MobilizaçaoemredesociaisMobilizaçaoemredesociais
Mobilizaçaoemredesociais
 
Prova cibercultura 1 anab
Prova cibercultura 1 anabProva cibercultura 1 anab
Prova cibercultura 1 anab
 
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...
A dinâmica da notícia nas redes sociais na internet: a forma de apresentação ...
 
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresas
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresasMidias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresas
Midias Sociais como canal de comunicação em pequenas empresas
 
Comunicacao E Novas Midias
Comunicacao E Novas MidiasComunicacao E Novas Midias
Comunicacao E Novas Midias
 

Redes Sociais e Jornalismo

  • 2. O jornalismo e as redes sociais: participação, inovação ou repetição de modelos tradicionais? | Kárita Francisco Redes sociais na internet, difusão de informação e jornalismo: elementos para discussão. | Raquel Recuero A participação dos interagentes nos sites de redes sociais como uma dimensão do acontecimento jornalístico. | Gabriela Zago Visibilidade de notícias no Twitter e no Facebook: análise comparativa das notícias mais repercutidas na Europa e nas Américas. | Gabriela Zago e Marco Bastos
  • 3. Redes Sociais: o que são? “Rede social é gente, é interação, é troca social. É um grupo de pessoas, compreendido através de uma metáfora de estrutura, a estrutura de rede. Os nós da rede representam cada indivíduo e suas conexões, os laços sociais que compõem os grupos. Esses laços são ampliados, complexificados e modificados a cada nova pessoa que conhecemos e interagimos” (Recuero, 2009). Segundo Recuero, as Redes sociais na Internet são constituídas de representações dos atores sociais e de suas conexões. Essas representações são, geralmente, individualizadas e personalizadas. As conexões são os elementos que vão criar a estrutura na qual as representações formam as redes sociais. Na internet, essas conexões podem ser de tipos variados, construídas pelos atores através da interação.
  • 4. Redes Sociais Sites como o Facebook e o Twitter permitem uma nova geração de “espaços públicos mediados” (ambientes onde as pessoas podem reunir-se publicamente com a mediação da tecnologia) Recuero vai destacar quatro características fundamentais dos espaços públicos mediados: Persistência Capacidade de busca Replicabilidade Audiências invisíveis A internet, enquanto mediação, permite que as informações sejam armazenadass, replicadas e buscadas
  • 5. As redes sociais e a transmissão de informações As redes sociais podem ser incorporadas ao dia-a-dia dos jornalistas de três modos: na apuração, na veiculação e no feedback com o público. As redes sociais podem produzir, filtrar e reverberar informações que poderiam ser consideradas relevantes para seus grupos, baseada em percepções específicas de seus membros, que ativamente engajam-se na busca pelo capital social. A internet ampliou as possibilidades de conexões, a capacidade de difusão de informações e a construção de valores que circulam na rede social (capital social). “No espaço offline, uma notícia ou informação só se propaga na rede através das conversas entre as pessoas. Nas redes sociais online, essas informações são muito mais amplificadas, reverberadas, discutidas e repassadas” (Recuero,2009)
  • 6. As redes sociais e a transmissão de informações Recuero identifica dois tipos de capital social: Social Relacional/Emergente: tende a circular entre os laços fortes (a função é aprofundar laços sociais) Social Cognitivo/De filiação ou associação: formado pela difusão de informações com apelo informacional maior (informações repassadas ou retuitadas de perfis que representam veículos de comunicação, no Facebook ou Twitter – a função é informar ou gerar conhecimento e têm uma tendência de espalharem-se com mais rapidez e menor interação) Os valores gerados na rede social pelo espalhamento de informações também podem ser de dois tipos: Sociais: construídos na rede social Apropriados individualmente pelos usuários
  • 7. As redes sociais e o jornalismo Redes sociais como fontes produtoras de informação As redes sociais, enquanto circuladoras de informações, são capazes de gerar mobilizações e conversações que podem ser de interesse jornalístico online
  • 8.
  • 9. As redes sociais e o jornalismo Redes sociais como filtros de informações As redes sociais vão coletar e republicar informações online
  • 10. As redes sociais e o jornalismo Redes sociais como espaços de reverberação dessas informações As redes sociais são espaços de circulação e discussão de informações , onde as notícias são reverberadas online
  • 11. As redes sociais e o jornalismo online Como os três papeis das redes sociais podem ser relevantes para o jornalismo? Para Bruns: As práticas informativas nas redes sociais, classificadas como gatewatching, podem complementar e até substituir o papel do gatekeeping do jornalismo tradicional As redes também poderiam atuar de forma colaborativa no auxílio da produção e na melhora da produção de notícias As redes podem conceder credibilidade e importância para as matérias jornalísticas através das reverberações As redes sociais acrescentam valor à notícia, a partir da circulação, construindo capital social
  • 12. As mudanças nas práticas jornalísticas e a participação dos leitores Internet e Jornalismo  Internet e jornalista (mediar, interpretar, orientar e incentivar a participação dos leitores) “As tecnologias atuais abrem vias para a participação de usuários e os próprios meios de comunicação sentem a necessidade de uma maior proximidade com os sujeitos da informação, para terem efeito e serem úteis” (Lopez, 2007) “Com a chegada da Internet e a disponibilização de ferramentas de publicação a história passa a ser escrita por aqueles que previamente faziam parte da audiência. Um outro tipo de informação surge via e-mails, listas de discussão, grupos de chat, revistas eletrônicas pessoais - todas fontes de notícias não padrões” (Gilmor, 2004)
  • 13. As mudanças nas práticas jornalísticas e a participação dos leitores Internet permite a comunicação de muitos-para-muitos e de poucos-para-poucos  audiência = produtor de notícia? Os media online, especialmente a internet, reúnem características que asseguram a participação mais ativa dos usuários, diferente da interação proporcionada pelas tecnologias de comunicação mais convencionais. A participação do cidadão não é algo novo no Jornalismo. O que muda são as possibilidades de participação dos usuários na produção de informação (Circulação – Recirculação).
  • 14. As mudanças nas práticas jornalísticas e a participação dos leitores A produção do jornalismo foi descentralizada e diversificada: “a autoridade do profissional formado está sob o desafio de amadores dotados” A participação dos usuários se estabelece de diversas maneiras e em diferentes níveis de produção da informação  se a fronteira profissional-amador se dissolve: “em quem confiar?” Se antes as funções do jornalismo eram fazer a produção de sentido e as mudanças da realidade – o papel da imprensa nesta nova era será dar conta de encontrar o “bom material” e produzir com base na verificação e síntese de informações
  • 15. Twitter e Facebook Twitter é um site de microblogging, desenvolvido originalmente para telemóveis, oferecendo às pessoas a possibilidade de escreverem mensagens curtas de até 140 caracteres, mais conhecidas como tweets para uma rede. Facebook foi um sistema criado por Mark Zuckerberg para ser uma rede de contatos entre os alunos que estavam saindo do secundário e aqueles que estavam entrando na universidade. Enquanto meio de discussão fundamentada, o Twitter é mais limitado que o Facebook. Assim como o Facebook, o Twitter oferece diversas formas de participação social.
  • 16. Twitter e Facebook É importante pensar essas novas ferramentas não somente do ponto de vista de quem publica, mas também de quem lê, no caso do Facebook ou Twitter, o seguidor ou fã. Nem sempre a audiência imaginada encontra correspondência com no público leitor real. Um estudo de 2007 sobre perfis nas redes sociais comprovou que os usuários listavam seus interesses principalmente para transmitir prestígio a uma audiência imaginada de amigos e colegas. Em 2010, Yardi e Boyd descobriram que no Twitter a maioria dos usuários não interage com a maioria das fontes de notícias, embora frequentemente as retuitem.
  • 17. Twitter e Facebook Embora ainda não seja um movimento geral, a tendência das empresas jornalísticas é humanizar a presença e tornar a interação nas redes sociais menos plásticas e automáticas. Nesse sentido, o moderador de conteúdos online (que podem ser os próprios jornalistas), além de publicar, tem o papel de filtrar e gerir os comentários, assim como estar atento a coisas que possam interessar ao veículo. Entre as formas mais comuns de estimular a participação dos leitores estão: Pedido de envio de fotos, vídeos e comentários sobre determinado assunto; a personalização das publicações, criando intimidade ou sentimento de cooperação, como se o veículo conversasse com seus seguidores; intervenções nos comentários, embora os leitores-comentadores interajam mais entre eles.