Anafilaxia

5.704 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
161
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anafilaxia

  1. 1. Universidade Federal de Goiás Instituto de Ciências Biológica Departamento de Morfologia Aguinaldo Gabarron Murcia Filho Alberto Santiago Marques Alexandre Augusto de Castro Peleja Ana Gabriela Cardoso Ferraz Eduardo Damaceno Chaibe CHOQUE ANAFILÁTICO
  2. 2. TIPOS DE HIPERSENSIBILIDADE <ul><li>São quatro os tipos de hipersensibilidade: </li></ul><ul><li>Tipo I (Anafilática ou Imediata) </li></ul><ul><li>Tipo II (Dependente de Anticorpo/ Citotóxica) </li></ul><ul><li>Tipo III (Induzida por Imuno-complexos) </li></ul><ul><li>Tipo IV (Mediada por Células/Tardia) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Imunobiologia – Charles A. Janeway; Paul Travers; Mark Walport; Mark Shlomchik </li></ul>
  4. 4. TIPOS DE ANTICORPOS <ul><li>www.cartage.org.lb/.../AntiBtypes.gif </li></ul>
  5. 5. <ul><li>www.media-2.web.britannica.com/.../95/20895-004.gif </li></ul>
  6. 6. <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Imunoglobulinas </li></ul>
  7. 7. CONCEITO <ul><li>Dois contatos com o antígeno: </li></ul><ul><li>O primeiro – produção de IgE </li></ul><ul><li>O segundo – liberação de mediadores químicos </li></ul>
  8. 8. CAUSAS <ul><li>Louzada Jr P; Oliveira Fr & Sarti W </li></ul>
  9. 9. MASTÓCITOS <ul><li>Arredondadas </li></ul><ul><li>Grande quantidade de grânulos </li></ul><ul><li>Tecido conjuntivo </li></ul><ul><li>Grânulos com mediadores químicos </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Imunopatologia - Profª Dra Gislene Garcia </li></ul><ul><li>Mastócito peritoneal de rato intacto (1) e em degranulação após contato com IgE por 30 segundos (2) </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Imunopatologia - Profª Dra Gislene Garcia </li></ul>
  12. 12. BASÓFILOS <ul><li>0,5% dos leucócitos </li></ul><ul><li>Núcleo alongado e volumoso </li></ul><ul><li>Grande quantidade de grânulos </li></ul><ul><li>Grânulos com mediadores químicos </li></ul>
  13. 13. <ul><li>www3.unileon.es/.../basofilo2.jpg </li></ul>
  14. 14. IgE <ul><li>0,004% dos anticorpos séricos </li></ul><ul><li>Responsável por processos alérgicos </li></ul><ul><li>Atua junto com mastócitos ou basófilos </li></ul><ul><li>Quatro cadeias polipeptídicas: duas leves e duas pesadas </li></ul>
  15. 15. <ul><li>http://imgt.cines.fr/textes/IMGTeducation/Tutorials/IGandBcells/_PT/Genetica/fig1.jpg </li></ul>
  16. 16. MECANISMO <ul><li>1o contato com o antígeno </li></ul><ul><li>Alérgenos são capturados por CAA (célula apresentadora de antígeno) que processam e apresentam os antígenos para as células Ta. </li></ul><ul><li>Estas secretam citocinas induzindo a proliferação das células B, produzindo IgE. </li></ul><ul><li>IgE liga-se através de receptores de Fc (FcRI) aos mastócitos e basófilos, sensibilizando-os. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>2o contato com o antígeno </li></ul><ul><li>Alérgeno ao encontar o mastócito sensibilizado, liga-se à IgE de superfície, provocando aumento de cálcio intracelular, desencadeando a liberação de mediadores químicos pré-formados (histamina, proteases), e outros recém sintetizados (leucotrienos, prostaglandinas). </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Imunopatologia - Profª Dra Gislene Garcia </li></ul>
  19. 19. MEDIADORES QUÍMICOS <ul><li>www.pcelarstvo-radosevic.hr/slike/alergija1.jpg </li></ul>
  20. 20. Quimiotático para leucócitos, aumenta a produção de lipídios, ativação de neutrófilos e plaquetas PAF (fator ativador de plaquetas) Contração do músculo liso, aumento da permeabilidade vascular, secreção de muco Leucotrienos C4 e D4 Lipídios Promove inflamação, estimula produção de citocinas, ativa o endotélio TNF-  Ativação de eosinófilos IL-3, IL-5 e GM-CSF Amplificam resposta Th2 IL-4, IL-13 Citocinas São tóxicos à parasitas, aumentam a permeabilidade vascular, contração do músculo liso Histamina, heparina Mediadores tóxicos Remodelamento do tecido conectivo Triptase, quimase, catepsina G, carboxipeptidase Enzimas Efeitos biológicos Exemplos Produtos
  21. 21. QUADRO CLÍNICO <ul><li>MANIFESTAÇÕES CUTÂNEAS : Urticária, Edema, Eritrema. </li></ul><ul><li>TRATO RESPIRATÓRIO: Congestão, Prurido Nasal, Edema de Epiglote e da Laringe, Hipersecreção de muco. </li></ul><ul><li>APARELHO CARDIOVASCULAR: Choque hipovolêmico ( pela vasodilatação das arteríolas e aumento da permeabilidade vascular), Hipotensão, Hemoconcentração, Hipóxia e Arritmias; em quadros graves temos comprometimento renal e cerebral. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>PRURIDO </li></ul><ul><li>http://www.nfti.com.au/images/page/tips_allergic.jpg </li></ul><ul><li>EDEMA </li></ul><ul><li>http://gallery.wiesemanns.com/main.php?g2_view=core.DownloadItem&g2_itemId=10280&g2_serialNumber=2 </li></ul>AUMENTO DO MUCO http://www.bibliomed.com.br/images/articlesimg/rinite.jpg
  23. 23. <ul><li>HIPOTENSÃO </li></ul><ul><li>http://static.hsw.com.br/gif/autonomic-neuropathy-symptoms-2.jpg </li></ul>EDEMA DA LARINGE http://www.scielo.br/img/revistas/rboto/v70n4/a02fig05.gif
  24. 24. <ul><li>http://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=005ff61e81&attid=0.8&disp=inline&view=att&th=11a4c963193a5435 </li></ul>TRATAMENTO <ul><li>PRÉ-HOSPITALAR: Paciente sabe lidar com a situação e está orientado a aplicar EPINEFRINA (Adrenalina). </li></ul><ul><li>NÃO DEIXAR DE PROCURAR AJUDA HOSPITALAR !!! </li></ul>
  25. 25. <ul><li>http://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=005ff61e81&attid=0.7&disp= </li></ul><ul><li>inline&view=att&th=11a4c963193a5435 </li></ul><ul><li>http://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=005ff61e81&attid=0.9&disp=inline&view=att&th=11a4c963193a5435 </li></ul>TRATAMENTO <ul><li>HOSPITALAR: Reposição volêmica ( hipotensão, hemoconcentração e hipovolemia); e uso de epinefrina ( broncorelaxamento e aumento da PA), principalmente. </li></ul><ul><li>OBS: o tratamento hospitalar será muito importante na primeira crise do paciente !!! </li></ul>
  26. 26. <ul><li>http://www.newmed.com.br/images/produtos/Trach-Fix-Traqueo-no-manequ_1.jpg </li></ul>TERAPIAS ESPECÍFICAS <ul><li>HIPOVOLEMIA: adrenalina, anti-histamínicos </li></ul><ul><li>EDEMA DE GLOTE: uso de cânula na traquéia, em casos graves, fazer traqueostomia. </li></ul><ul><li>BRONCOCONSTRIÇÃO: adrenalina. </li></ul><ul><li>URTICÁRIA: anti-histmínicos </li></ul>
  27. 27. <ul><li>OBRIGADO!!!! </li></ul>

×