Sistema digestório 2

218 visualizações

Publicada em

Educação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema digestório 2

  1. 1. Sistema Digestório Alunos: Laura Medeiros Álisson da Silva Vinicius Remião Germano Guedes
  2. 2. Nutrientes São substâncias presentes nos alimentos e fornecem ao organismo a energia necessária para a sobrevivência dele.  São classificados em cinco tipos:  Carboidratos: Principal fonte de energia do corpo.
  3. 3.  Lipídeos: Fornecem energia e são componentes importantes dos hormônios e das membranas das células.
  4. 4.  Proteínas: Estão presentes na composição das células e são os principais componentes de todos os tecidos do corpo.
  5. 5.  Vitaminas: São nutrientes não sintetizados pelo organismo dos seres humanos, assim precisando ser adquirido através dos alimentos.  Sais minerais: São encontrados em diversos alimentos. Entre os sais mais importantes está o sódio e potássio (que auxiliam no funcionamento dos sistemas nervoso, urinário e muscular), o cálcio (componente principal dos ossos), e o ferro (componente da hemoglobina).
  6. 6. A absorção dos nutrientes  Para que os nutrientes sejam absorvidos pelo corpo, precisam ser transformados em moléculas, as quais possam ser absorvidas pelas células.  As vitaminas e sais minerais constituem exemplos de nutrientes que podem ser absorvidos pelo corpo sem que sejam digeridos.  Carboidratos, proteínas e lipídeos precisam passar pelo processo de digestão.
  7. 7. A digestão e os órgãos do sistema digestório O sistema digestório tem a função de realizar a digestão, que envolve processos químicos e físicos.  É constituído pelos seguintes órgãos:  Boca  Faringe  Esôfago  Estômago  Intestino delgado  Intestino Grosso  Reto  Ânus
  8. 8. Além desses órgãos, participam da digestão os chamados órgãos acessórios:  Glândulas salivares  Fígado  Vesícula biliar  Pâncreas
  9. 9. Enzimas  Enzimas são substâncias catalisadoras, existentes nos sucos digestivos que quebram as moléculas em partes menores, acelerando o processo de digestão.
  10. 10. Os órgãos acessórios  As glândulas salivares estão localizadas na boca e produzem saliva. Além de enzimas, a saliva também contém muco, cuja função é umedecer o alimento, facilitar a deglutição e proteger a boca e a faringe do atrito com alimentos.  O pâncreas produz o suco pancreático, que é secretado no intestino delgado e auxilia na digestão química da maioria das moléculas, como carboidratos, proteínas e gorduras.
  11. 11.  A função do fígado é produzir a bile. A bile é uma secreção que fica armazenada na vesícula biliar, e sua função é auxiliar na digestão e na absorção das gorduras.
  12. 12.  O processo completo de digestão leva em média nove horas.  A primeira parte da digestão é a mastigação (digestão mecânica).
  13. 13.  As glândulas salivares produzem saliva, que é misturada ao bolo alimentar. A saliva possui enzimas que iniciam a digestão.  Durante a deglutição, após passar o alimento, a epiglote fecha a laringe. Ao passar pela faringe, o bolo alimentar alcança o esôfago, que o transporta para o estômago.
  14. 14. O estômago  O estômago produz o suco gástrico, que é uma secreção(que contém enzimas), que atua na digestão química dos alimentos. O bolo alimentar permanece no estômago e se transforma em uma massa acidificada e líquida, chamada quimo. As contrações do estômago(chamadas movimentos peristálticos) transportam o quimo para o intestino delgado, assim dando continuidade à digestão.
  15. 15. Intestino delgado e intestino grosso  No intestino delgado a digestão continua, e ocorre a absorção dos nutrientes. Nele também ocorrem movimentos peristálticos, que misturam o quimo com enzimas digestivas e secreções do fígado e do pâncreas.  Após parte dos alimentos ser decomposta em moléculas, são absorvidas pela mucosa intestinal e transferidas para a corrente sanguínea, que as distribuem para todo o corpo. A parte não absorvida do quimo é enviada para o intestino grosso.
  16. 16.  No intestino grosso ocorre a absorção de água e sais minerais e o final da digestão. Tudo que não foi absorvido chega ao reto e é expelido.
  17. 17. Infecções intestinais Correspondem as alterações causadas em toda a estrutura intestinal do corpo.  Causas: Uma das principais razões é o consumo de alimentos estragados, contaminados, ou mal higienizados.  Os principais sintomas são:  Diarreia  Dor de cabeça  Dor na região abdominal  Desidratação  Febre  Mal estar
  18. 18.  Após o diagnóstico médico, o tratamento será ministrado de acordo com a gravidade do quadro. Os métodos utilizados podem se dar com a melhora da higienização dos alimentos antes do consumo, mudança de hábitos alimentares e físicos, e uso de medicamentos farmacêuticos e caseiros.

×