PAF - Sara Gonçalves / Cláudia Costa

623 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
623
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PAF - Sara Gonçalves / Cláudia Costa

  1. 1. INTRODUÇÃO: Este trabalho tem como objectivo, dar a conhecer o que aprende- mos ao longo deste curso.De uma forma resumida este trabalho irá representar umaempresa que escolhemos por diversas razões, tais como: 1. Ser uma tecnologia que permite defender o meio ambiente; 2. Ainda estar em expansão e não existir na nossa localidade; 3. Ser uma tecnologia que vai invadir o futuroNa qual metemos em pratica todos os nossos conhecimentos, desde omomento da abertura da empresa ao seu funcionamento em geral.O nome da nossa empresa é CS ELECTRIC POWER;É uma sociedade Anónima na qual é constituída por 5 accionistascom um capital social de 250.000€;Representamos a BMW e a nossa própria marca CS ELECTRICPOWER;O grande objectivo é conquistar o mundo, com uma novatecnologia, que irá trazer grandes benefícios a nível ambiental,para que todos juntos possamos mudar o mundo com atitudes eescolhas correctas.
  2. 2.  Entidade: CS ELECTRIC POWER, SA CAE: 43521 Início de Actividade: 07/02/2011 Morada: Parque Industrial de Coimbrões Lote 5 Localidade: Viseu Fax/Tel.: 232 453 653 Código Postal: 3500-005 Url: www.cselectricpower.com Distrito: Viseu Concelho: Viseu Freguesia: Ranhados NIF: 510236413 Actividade: Produção e venda de automóveis Categoria: Carros eléctricos Produtos e Serviços: Produção e Venda de automóveis eléctricos; Lavagem automática de automóveis; Marcas: BMW Capital Social: 250.000€ Sede: Viseu Sócios: Cláudia Costa , Sara Gonçalves , BMW, Carlos Beites, João Lourenço Empregados: 109
  3. 3. -------------------------------Escritura-------------------------Constituição da sociedade ------------------------------------------------------------------------Aos dias trinta e um do ano de dois mil e onze, reuniram-se no Centro de ----------formalidades de empresas, Cláudia Costa NIF:0876846948, Sara Gonçalves --------NIF:08764846490, BMW NIF:08674943, João Lourenço NIF:0873837923 e CarlosBeites NIF:0863826282 para a constituição da sociedade CS ELECTRIC POWERS.A , com o seguinte número de contribuinte: 510236413.-------------------------------------------------------------------------------------1º-------------------------------------------------------------------------------------------- Objecto social--------------------------------------------A sociedade CS ELECTRIC POWER S.A, terá como actividade a produção,------------manutenção e a comercialização de automóveis e postos de abastecimentos ----eléctricos.----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------2º--------------------------------------------------------------------------------------------Domicilio fiscal--------------------------------------------------A sociedade estará sediada no parque industrial de Coimbrões, no lote 5,---- ----------------freguesia de Ranhados, concelho e distrito de Viseu.--------------------------------------------------------------------------3º--------------------------------------------------------------------------------------------Capital social----------------------------------------------A sociedade terá um capital social de 250 000€ (duzentos e cinquenta mileuros).- Representado por acções de valor nominal de um euro cada.-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  4. 4. -------------------------------------------------------4º-------------------------------------------------------------------------------------Distribuição do capital social---------------------------------O capital social vai ser distribuído da seguinte forma:-------------------------------------  Accionista Cláudia Costa :95 000 acções – 38% do capital------------------------  Accionista Sara Gonçalves : 95 000 acções – 38% do capital---------------------  Accionista BMW : 25 000 acções – 10% do capital---------------------------------  Accionista João Lourenço : 17 500 acções – 7% do capital-----------------------  Accionista Carlos Beites : 17 500 acções – 7% do capital---------------------------------------------------------------------------------5º--------------------------------------------------------------------------------------Atribuição de funções-----------------------------------------Em reunião de administração da sociedade foi decidido por unanimidade atribuira função de C.E.O (Chefe executivo operacional) à accionista Cláudia Costa e a ----função de C.E.F (Chefe executivo financeiro) à accionista Sara Gonçalves.----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------6º---------------------------------------------------------------------------------------------Obrigatoriedade-----------------------------------------A sociedade obriga a assinatura conjunta do C.E.O e do C.E.F -----------------------------------------------------------------------------------------------Viseu, 15 de Março de 2011Sara Filipa Pires Gonçalves------------------------------------------------------------------------Claudia Alexandra Pinto Gomes Costa----------------------------------------------------------Carlos Manuel Martins Beites--------------------------------------------------------------------João Carlos Gavires Lourenço--------------------------------------------------------------------BMW-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  5. 5. ------------------------ACTA 1º----------------------Aos vinte e oito dias do mês de Janeiro do ano dois mil e onze, pelas dez horas e trinta minutos, oconcelho de administração da empresa CS Electric Power, com sede em Viseu, no lote 5 do parqueindustrial de Coimbrões para dar cumprimento à seguinte ordem de trabalho:--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 1ºContratação de colaboradores-------------------------------------------------------------------------------------- 2ºEfectivação de encomendas---------------------------------------------------------------------------------------Referente ao primeiro ponto, ficou estipulado que na contratação de colaboradores nãoobrigatoriedade das assinaturas de C.E.O e do C.E.F sendo apenas necessária a do C.E.F.------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Referente ao segundo ponto, ficou decidido na efectivação de encomendas a não obrigatoriedadedas assinaturas de C.E.O e do C.E.F sendo apenas necessária a do C.E.O.----------------------------------------------------------------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a sessão as 15:00horas, da qual, para constar se lavroua presente acta que, depois de lida e aprovada, vai ser assinada --nos termos da lei.-------------------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------C.E.O – Cláudia Alexandra Pinto Gomes Costa-----------------------------------------------------------------------C.E.F – Sara Filipa Pires Gonçalves------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------ -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  6. 6. CONCEITO DA EMPRESA CS ELECTRIC POWER, é uma empresa inovadora, que temcomo objectivo proteger o meio ambiente e estar acessível a todo opúblico. Produz e comercializa carros eléctricos para a marca derenome BMW. CS ELETRIC POWER, uma marca independente comqualidade equiparada a BMW, mas com preços bastante acessíveis. Criada para que todos possam contribuir para o melhoramentodo meio ambiente, acabando com a principal fonte de poluiçãoMundial. Sabendo que, ainda existem poucos locais de abastecimentodesta nova tecnologia, tivemos a preocupação de produzir postos deabastecimentos eléctricos, para que estes possam ser colocados aolongo das áreas de serviço existentes pelo pais, para que as pessoaspossam começar desde já a comprar os seus carros eléctricos semqualquer preocupação.
  7. 7. CS ELECTRIC POWERFIG.1FIG.2
  8. 8. FIG.3
  9. 9. JUST IN TIME O sistema de administração da produção que determina quenada deve ser produzido, transportado ou comprado antes da horaexacta. Tem como principal objectivo, reduzir os stocks a zero. As encomendas são feitas com base em encomendas Firmes,com isto deixamos também de ter preocupação em calcularnecessidades a curto ou logo prazo. A principal vantagem do Just In Time deriva directamente dasua definição: Reduzir os custos, essencialmente por três vias:  Redução de Stocks;  Redução de Tempo;  Aumento da qualidade (Output final de melhor qualidade). A maior desvantagem deste sistema, é a que decorre deincertezas na envolvente da empresa. Se algo não funcionar bem, eo exemplo é uma greve nos transportes é a mais evidente, tudopode ficar parado. Por isso a nossa empresa mantém também o JustIn Case (fig.2), algum stock de segurança que permitirá, evitarperdas no caso da envolvente, nomeadamente os fornecedores.
  10. 10. Recursos Existententes na CS ELECTRIC POWER CONFIGURAÇÃO DETALHADA ONLINE EM WWW.CSELECTRICPOWER .COM 1. Personalizar o carro:  Cor  Jantes  Cc  Cv  Rádio  Gps  Estofos  Tejadilho  Vidros  Etc. 2. Simulador de Orçamentos A simulação é realizada sem compromisso de compra; 3. Linha de apoio ao cliente (email) Esta linha funciona 24h por dia, disponível para qualquer tipo de dúvidas. Poderá contactar-nos através de email ou MSN. A resposta é dada de imediato.
  11. 11. TÉCNICAS DE MERCHANDISING SMARTPHONE : Na compra de um automóvel da marca CSELECTRIC POWER, oferecemos um smartphone, que alerta ocondutor para os perigos que poderá encontrar nos eu percurso.Assim que faltem 50km para acabar a energia o smartphonetambém o avisará com uma mensagem escrita, que aparecerá noecrã de bordo do carro. CARTÃO DE FIDELIZAÇÃO: O cliente possuirá um cartão de fidelização,quando preencher os 10 espaços com um carimbo da empresa,oferecemos uma lavagem grátis ao automóvel. HOT CARD: É um cartão diferenciador, pois só têm acesso a ele,aqueles que possuem um valor total de compras de 15.000€,qualquer cliente que tenha este cartão, em qualquer compra queefectuar ser-lhe-á descontado 30%. No valor da sua compra. BRINDES: Temos imensos brindes para oferecer aos nossos clientes,como por exemplo: Canetas, calendários, bonés, t-shirts e muitomais. SORTEIO DE ANIVERSÁRIO: Isto é sem dúvida a regalia mais apelativa,pois sempre que for o aniversário da entidade, realizaremos umsorteio, no qual os clientes que tenham realizado o maior númerode compra, ficaram automaticamente habilitados a receber umfantástico carro da nossa marca, no valor de 30.000€. A atribuiçãodo carro será feita com a presença de todos clientes que serãonomeados futuros premiados, que consistirá numa gala informal.
  12. 12. Publicidade/divulgação OUTDOORS: Estes são sem dúvida uma das melhores maneirasde divulgação, pois porque tendem em estar sempre em sítiosbem visíveis, á beira de estradas e em sítios com o grandedensidade de pessoas. FLYERS: São uma boa maneira de divulgação, poisnormalmente são entregues por alguém contratado para tal,individualmente, á mão de cada pessoa, por isso as pessoas têmsempre tendência de ver o que é. DIVULGAÇÃO ATRAVÉS DE REDES SOCIAIS: Hoje em dia cada vez maispessoas no Mundo, têm acesso ás redes sociais, por isso não hámelhor maneira de divulgação que esta. Twitter, facebook,myspace e hi5 são apenas alguns exemplos. OUTDOORS EM TRANSPORTES PÚBLICOS: Uma boa maneira dedivulgação é também esta, pois os transportes públicostransportam sempre imensa gente, e melhor é que não estãoparados no mesmo sítio, estão sempre em movimento! Ao longodo dia ele passa por centenas de pessoas de diversos sítios. PRESENÇA EM FEIRAS TEMÁTICAS: A presença em feiras temáticas ésem dúvida uma óptima maneira de divulgação, pois é umaforma de mostrar-mos o produto ao público de diversos sítios.Estas feiras são frequentadas por imensa gente.
  13. 13. Actividades a desenvolver no ano 2011/2012 Ao longo dos anos 2011 e 2012 pretendemos criar várias actividades lúdicas, para presentear os nossos clientes, pois eles são a razão de ser da empresa. CAÇA AO TESOURO: Esta actividade ainda não tem datacerta, mas vai ser realizada mais do que uma vez aolongo destes dois anos, é uma actividade que consistenuma “caça ao tesouro”, onde iremos esconder váriospresentes pela loja fora, como por exemplo: Gps, Rádios,Pens usb, entre muitos outros, o objectivo são todos osclientes que serão formalmente convidados encontremtudo aquilo que foi escondido.
  14. 14. Análise S.W.O.T da Actividade:Pontos Fortes Pontos FracosInovação Pouca divulgaçãoBenefício fiscal na aquisição dos carros Pouca aceitação pela sociedadeeléctricosOportunidades Ameaças Cortes dos benefícios fiscais a veículos eléctricos Diminuição do preço do petróleo Carros
  15. 15. Logística: Dinâmica: As estantes são constituídas por uma plataforma derolos, com uma ligeira inclinação que permite o deslizamentodas paletes, por gravidade e a velocidade controlada, até aoextremo oposto. Vantagens:  Perfeita rotação das paletes;  Máxima capacidade, por ser um sistema de armazenagem compacto;  Economia de espaço e tempo na manipulação das paletes;  Este sistema é aplicável a qualquer sector da indústria ou da distribuição (alimentação, sector automóvel, indústria farmacêutica, química, etc.).
  16. 16. Método de Venda/Processo Comunicacional Vendedor Mensagem Cliente O vendedor deve  A mensagem é  O cliente é o conseguir passada do elemento mais responder as vendedor para o importante para a necessidades do cliente e do cliente nossa empresa; cliente de forma para o vendedor;  O cliente deve clara e concisa;  Deve ser transmitida receber a Saber interpretar o correctamente, sem mensagem que o cliente interferência, roído, transmitida pelo necessita e deseja; para que o vendedor, de forma Conhecer o interlocutor receba a correcta, sem produto; mensagem qualquer Mostrar ao cliente correctamente; interferência para qual o “produto”  É importante que a que o cliente adequado a si, mensagem tenha perceba; porquê, quais as uma linguagem  As necessidades do vantagens e correcta e coerente cliente devem ser a desvantagens, etc. para que todas a prioridade do percebam. Vendedor. P.S: O sucesso de venda depende da forma como a mensagem é transmitida e qual a mensagem transmitida. É importante ter em atenção este processo comunicacional para ter um bom sucesso nas vendas.
  17. 17. CONCLUSÃO/AGRADECIMENTOS: Este trabalho é o resultado de alguns dosconhecimentos adquiridos ao longo do curso, quefoi bastante gratificante para nós, que nos fezaprender uma grande diversidade de matéria,assim como a “saber-ser” e “saber-estar” em cidadãosmelhores. Por tal gostaríamos de agradecer a todosos Formadores, que sempre se disponibilizaram paranos ajudar em qualquer circunstância, tanto anível escolar como pessoal. Queremos agradecer a toda a entidadeformadora, coordenadores, formadores, a todos oscolegas de turma, pelo apoio dado de todas as partesque colaborou bastante nas nossas prestações.Queríamos citar principalmente a Formadora CarlaPinto e o Formador Victor Arede, porque foram osformadores que acompanharam o nosso percursodesde início, principais responsáveis por grandeparte da matéria enquadrada no Trabalho. O nossosincero agradecimento, despedindo-nos assim comsaudades!

×