GestãO DemocráTica Na EducaçãO

17.539 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8.870
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
257
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GestãO DemocráTica Na EducaçãO

  1. 1. GESTÃO DEMOCRÁTICA NA EDUCAÇÃO “ O que concerne a todos deve ser decidido por todos.” Leonardo Boff
  2. 2. A participação da sociedade no governo, ou exercício do poder pelo povo, é o fundamento do regime republicano, regime esse que é vigente no nosso país. Aliás, essa democracia da qual tanto se fala, não tem origem recente.
  3. 3. A democracia na educação foi motivo de luta nos anos 20 por uma série de estudiosos, entre eles, Anísio Teixeira, Fernando Azevedo, Lourenço Filho, Almeida Júnior, Roquete Pinto, Pascoal Leme entre outros educadores, que foram quem inspiraram o movimento dos Pioneiros da Educação Nova. Esse trabalho resultou numa melhor organização da educação, garantida pela Constituição de 1934.
  4. 4. No entanto, foi na constituição de 1988 que se afirmou o principio da “gestão democrática do ensino público, na forma da lei” (art. 206, inciso IV). Esse dispositivo constitucional, traduz, acima de tudo, a efetivação da cidadania no país.
  5. 5. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996 (Lei nº. 9.394/96) definiu as “normas de gestão democrática do ensino público na educação básica” e estabeleceu como diretriz nacional “a participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes” (art. 14).
  6. 6. O Plano Nacional de Educação, baseado na LDB, define entre os seus objetivos e prioridades “(...) a democratização da gestão do ensino público, nos estabelecimentos oficiais, obedecendo aos princípios da participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola e a participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares e equivalentes”.
  7. 7. Tanto a Constituição, como a LDB e o PNE estabelecem diretrizes e estratégias de ação para uma gestão que prioriza a participação da comunidade escolar e, consequentemente, a democracia escolar. No entanto, é necessário consciência da população, precisa-se fazer compreender que o que é público pertence aos cidadãos e, por isso, deve ser de sua responsabilidade.
  8. 8. As escolas estaduais, de acordo com a lei 9.394/96, contam com a participação de todos os membros da comunidade escolar na gestão da escola, nas seguintes organizações: Conselhos Deliberativos Escolares – CDE Associações de Pais e Professores – APP Grêmios Estudantis
  9. 9. É importante lembrar que o país busca a consolidação da democracia pela participação do povo nos processos decisórios, e é na educação que essa democracia começa a ser inserida no futuro cidadão.

×