GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2

156 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GTISUL - ENCONTRO CIOS RS - V2

  1. 1. GTI SUL 2015 BACK2STANDARD Palestrante: JACSON CHAVES E ANTONIO ANDRADE SIMPLICIDADE É UM CAMINHO NÃO UM DESTINO
  2. 2. Grupo Meta 70% PRINCIPAIS CLIENTES tem + de atendimento NO BRASIL6ESCRITÓRIOS INTERNACIONAL EXPERIÊNCIA 24 Anos 5 anos de Nós trabalhamos para que a Tecnologia da Informação, funcione como uma Plataforma de informação que suporta e impulsiona os nossos Clientes. CONSULTORIA OUTSOURCING SAP ORACLE EBS/RETAIL TECNOLOGIA E INOVAÇÃO GOVERNANÇA CADASTRAL
  3. 3. 1. Unidade centralizada de CONHECIMENTO e DESENVOLVIMENTO tecnológico. 2. Programas de FORMAÇÃO contínuos. 3. Atendimento à diversas OPERAÇÕES/ CLIENTES do Grupo Meta. 4. OPORTUNIDADE profissional associada a uma QUALIDADE de vida diferenciada. 5. Trabalho contínuo junto as UNIVERSIDADES. Centro de Excelência
  4. 4. O que nós Fazemos?
  5. 5. Alguns Clientes
  6. 6. BACK2STANDARD O QUE É?
  7. 7. BACK2STANDARD O QUE É? STANDARDIZAÇÃO DA SAP? REDUÇÃO DE PROGRAMAS CUSTOMIZADOS? ATUALIZANDO SAP? IMPLEMENTAR ALGO?
  8. 8. BACK2STANDARD O QUE É? PADRÕES DE MERCADO... PROCESSOS SIMPLIFICADOS... ...SOLUÇÕES STANDARD MELHORES PRATICAS...
  9. 9. BACK2STANDARD PORQUE NÓS PRECISAMOS?
  10. 10. BACK2STANDARD PORQUE NÓS PRECISAMOS? FASE 3 FASE 1 FASE 5 FASE 6 FASE 8 FASE 12 FASE 7 FASE 9 FASE 11 • Empresa exige software específico de gestão da demanda • Empresa adquire empresas adicionais para ficar competitiva ou aumentar a quota de mercado (ou entrar num novo mercado) • Empresa começa a ter dificuldades para gerenciar os custos e as operações entre subsidiárias • Empresa tem agora um ERP altamente personalizado e caro • Empresa inícia operação FASE 2 FASE 4 • Empresa cresce • Empresa reduz força de trabalho para resolver altos custos operacionais FASE 10 • Empresa realiza TCO para a manutenção de ERP que está crescendo e é difícil reduzir • Empresa exige software adicional para conseguir outra funcionalidade • Empresa encontra um ano difícil e precisa avaliar custos e percebe que o gasto com TI é grande. • Empresa implementa um ERP para gerenciar operações de forma centralizada e unificar o negócio • Empresa customiza Software ERP para acomodar as demandas internas de sistemas anteriores
  11. 11. BACK2STANDARD PORQUE NÓS PRECISAMOS? FASE 3 FASE 1 FASE 5 FASE 7 FASE 9 FASE 11 • Empresa exige software específico de gestão da demanda • Companhia adquire empresas adicionais para ficar competitivo ou aumentar a quota de mercado (ou entrar num novo mercado) • Empresa começa a ter dificuldades para gerenciar os custos e as operações entre subsidiárias • Empresa início operação FASE 2 FASE 4 • Empresa cresce • Empresa reduz força de trabalho para resolver altos custos operacionais • Empresa exige software adicional para conseguir outra funcionalidade • Empresa encontra um ano difícil e precisa avaliar custos e percebe que o gasto com TI é grande. • Empresa implementa um ERP para gerenciar operações de forma centralizada e unificar o negócio • Empresa customiza Software ERP para acomodar as demandas internas de sistemas anteriores BACK2STANDARD • Empresa realiza TCO para a manutenção de ERP que está crescendo e é difícil reduzir FASE 12 • Empresa tem agora um ERP altamente personalizado e caro FASE 6 FASE 8 FASE 10
  12. 12. BACK2STANDARD PORQUE NÓS PRECISAMOS? RH Gestão Financeira MRP Múltiplos Sistemas ANTES DO SAP ERP FI CO ... ... SAP Implementado em Processos de Negócios existentes com foco em módulos individuais, para tentar limitar os impactos negativos nos processos de negócios ERP ÚNICO COM SAP SIMPLIFICAÇÃO E SAP ESCALÁVEL FI CO ... ... Otimização e Simplificação do sistema SAP com foco de integração dos módulos e automação
  13. 13. BACK2STANDARD COMO FAZEMOS ISSO?
  14. 14. BACK2STANDARD METADOLOGIA • Qual padrão da industria devemos usar? • Como podemos identificar o que temos que corrigir? • Podemos corrigir apenas uma parte do nosso sistema? MENTALIDADES • Podemos fazer o que fizemos no sistema antigo? • Como podemos obter o sistema SAP para trabalhar como nós? QUEBRAR MENTALIDADES ANTIGAS • Podemos fazer o que fizemos no sistema antigo? • Como podemos obter o sistema SAP para trabalhar como nós?
  15. 15. Usar as Melhores Praticas SAP de projetos de implementação, assim como outras implementações do mercado. MELHORES PRATICAS PROCESSOS END TO END Assegurar a fluidez do processo da EMPRESA e que esteja de acordo ás necessidades de negócio. Ter o SAP como uma plataforma o e ferramenta para viabilizar a gestão, o crescimento e a escalabilidade.CRESCIMENTO Do total de transações “Customizadas” nosso objetivo é apresentar um plano para substituir 100%por processos standards PROCESSO SIMPLIFICADO Introdução de soluções inovadoras para automatizar, simplificar e integrar os processos e atividades que são escaláveis e agregar valor. INOVAÇÃO BACK2STANDARD METADOLOGIA
  16. 16. BACK2STANDARD METADOLOGIA Melhores Praticas SAP Resultados da Análise Prática Atual (AS-IS) Visão de Futuro Inputs Construção modelo AS IS no SolMan Construção modelo SAP Best Practices no SolMan 8-12 semanas Inicio a Fim Procure to Pay Order to Cash Forecast to Pay Record to Report Plan to Inventory Plan to Produce ... Outputs Solução BBP de Modelo To-Be no SolMan T E M P L A T E
  17. 17. BACK2STANDARD ESTRUTURA DE EQUIPE EQUIPE DE MELHORIA CONTÍNUA OU PROCESSOS DO CLIENTE USUÁRIOS-CHAVE DE ÁREAS: Financeiro/Controladoria/Vendas e Marketing/ Planejamento de Serviços/Planejamento Produção/Materiais CONSULTORES + EQUIPE DE PROJETO TEMPLATE BBP Plano de Ação
  18. 18. BACK2STANDARD CRONOGRAMA - EXEMPLO MARCO ATIVIDADE
  19. 19. BACK2STANDARD QUÃO EFICAZ É?
  20. 20. BACK2STANDARD CASO DE SUCESSO - REQUISITOS O CLIENTE solicitou proposta para um projeto de:  Realização de ETO no sistema SAP ECC 6.0 EHP5.  Reconfiguração de FICO no sistema SAP ECC 6.0 EHP5.  Implementação do sistema SAP BusinessObjects BI.  Implementação do sistema SAP BusinessObjects BPC.  Configuração de FSCM-CM/FSCM-PL no sistema SAP ECC 6.0 EHP5  Migração de Dados  Configuração de Modelo em SAP Solution Manager 7.1  Preparação da estrutura de Treinamento  Gestão de Mudanças
  21. 21. VA21 CotaçãoPS – projeto com base em modelo VA11 Solicitação de Cotação NX – Lista Técnica DFN PS Libera etapas PROMAN Adianta MP? Reservas / Requisições Pedido de Compra Engenharia Cria Materiais Revisa Pedido e PS MD01 - MRP Fabricação Subcontratação Galvanização Recebimento Encerra Automático a Etapa Picking / Fatura Etapa Apontamento montagem NX – Revisão das LT por Etapa VA01 – Cria Pedido CRP Fluxo de Caixa por Obra Fechamento Mensal Resultado por Segmento-Obra Custo por Setor-Unidade Processo de Venda e Orçamento Processo da Solução Completa Processo de Controle DFN Corporativo no Team Center Workflow via Team Center + + Cotação de Material e Serviço Proposta FERT = Etapa Price Standard (Preço por Segmento) VA11 cria o PS PS sistêmico PS sistêmico Receita e Custos Atrelados aos PEP’s Apontamento Inicio e Fim Retroalimentação de roteiros Roteiros com Galvanização Foco no Gargalo Menos Ordens de Produção Lista Técnicas Simplificadas Roteiros standard Fechamento Automático da Etapa Endereçamento em Z Defini itens que quer comprar ou não Faturamento Montagem - Etapa Faturamento Eng. Aprovação 1 Altera cotação? LTP Planejamento de datas Obra quente? 8 9 Divisão e criação de Etapa 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 2 3 4 5 6 7 21 21 22 23 24 Tesouraria 26 27 2825 29
  22. 22. BACK2STANDARD PROGRAMAÇÃO DE WORKSHOPS
  23. 23. BACK2STANDARD CASO DE SUCESSO - CRONOGRAMA
  24. 24. 700 CENTROS DE TRABALHO REDUZIDOS PARA 30 9 LISTA TECNICA / ROTEIROS REDUZIDOS PARA 1 256 CENTROS DE CUSTO PRODUTIVOS REDUZIDOS PARA 16 13 HORAS REDUZIDAS PARA 2 HORAS 10 DIAS DO ESFORÇO REDUZIDOS PARA 5DIAS 6000 PREÇOS DE MATERIAL MANTIDOS POR MÊS REDUZIDO PARA 16 BACK2STANDARD CASO DE SUCESSO – BENEFÍCIOS 96% REDUÇÃO DE CENTROS DE TRABALHO 90% SIMPLIFICAÇÃO DE LISTA TECNICA E ROTEIROS 94% REDUÇÃO DOS CENTROS DE CUSTO PRODUTIVOS 85% MELHORIA DE DESEMPENHO PARA CÁLCULO DE CUSTO REAL (CKMLCP) 50% REDUÇÃO DO ESFORÇO DE FECHAMENTO MENSAL 99% REDUÇÃO DO ESFORÇO PARA A MANUTENÇÃO DO PREÇO DE MATÉRIAS
  25. 25. É PREPARAÇÃO PARA...
  26. 26. Obrigado pela atenção Palestrantes: Antonio Andrade: antonio.andrade@meta.com.br Jacson Chaves: jacson.chaves@meta.com.br

×