O slideshow foi denunciado.
KARINA ARAÚJO
VENILSON COSTA
INSTITUITO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR
RAIMUNDO SÁ
CURSO DE FISIOTERAPIA 6º PERIODO
FISIOTERAPIA REU...
• Gota é um tipo de artrite que ocorre quando o ácido úrico se acumula
no sangue e causa inflamação nas articulações. A go...
EPIDEMIOLOGIA
• A gota é uma doença que acomete principalmente homens de
meia idade e idosos, e mulheres na pós-menopausa....
CLASSIFICAÇÃO
• Gota aguda: é uma doença dolorosa que normalmente afeta uma
articulação
• Gota crônica: consiste em episód...
Fisiologia
Ácido úrico
Corrente
sanguíneo
Productos de
desecho.
(purinas)
Rins
eliminan ac.
úrico
Se acumula
corrente
sang...
LOCAIS
LOCAIS
A gota é causada pela presença de níveis mais altos do que o
normal de ácido úrico na corrente sanguínea. Isso pode ocorre...
Etiologia
1° Hiperuricemia idiopática (10-15%) que representa os erros
inatos de metabolismo, padecimientos caracterizados por um
in...
FATORES DE RISCO
Histórico familiar, uma vez que a doença pode ser genética
Sexo: gota é mais comum em homens
Mulheres apó...
Motivos que podem desencadear crises de Gota
Trauma.
Alcoolismo
Enfermedades.
CAUSAS
Hábitos alimenticios ricos em carnes, alcool produtos processados.
Niveles altos de colesterol LDL, diabetes e hipe...
ALIMENTOS A SEREM EVITADOS
Certos alimentos podem aumentar os níveis de ácido úrico. Para
balancear sua dieta, consulte o ...
ALIMENTOS A SEREM EVITADOS
• A amostra de sangue para determinar os níveis de ácido úrico.
• O médico pode colher líquido de uma articulação suspeita...
• O médico realizará um exame físico para analisar as articulações em que
há dor e, depois, fará perguntas sobre o históri...
DIAGNÓSTICO
DIAGNÓSTICO
Gota não tratada pode evoluir para complicações mais sérias,
como:
Artrite gotosa crônica
Recorrência da doença
Cálculos r...
SINTOMAS
Dor intensa nas articulações dos pés, tornozelos, joelhos, mãos e pulsos.
Essa dor é geralmente mais forte nas pr...
Após vários anos, os cristais de ácido úrico podem acumular-se
na articulação e nos tecidos circunjacentes, formando grand...
GOTA TOFÁCEA
PREVENÇÃO
O distúrbio em si pode não ser prevenido, mas você pode evitar
itens que desencadeiam os sintomas. Limite o cons...
O tratamento consiste principalmente em tomar medicamento(s) e
controlar a dieta. Os objetivos são aliviar a dor, abreviar...
• aliviar a dor e a tumefação do episódio agudo
• prevenir episódios futuros
• prevenir ou tratar os tofos
• evitar cálcul...
Tratamento
Não há cura definitiva para a gota, já que a maioria dos casos
acontecem devido a falhas na eliminação ou na pr...
Tratamento Fisioterapêutico
Crioterapia
Intoforese
Ultrasom
Tens
Mobilizações passivas
Trações manuais
Pompagem
Além de re...
Referências
Juliana F. Sarmento; Vinícius de A. Cavalcante; Maria Tarcinara R. Sarmento;
Alessandra de S. Braz; Eutilia A....
OBRIGADA!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reumatologia - Gota

2.468 visualizações

Publicada em

Apresentação na disciplina de Fisioterapia Reumatologica

Publicada em: Ciências
  • Seja o primeiro a comentar

Reumatologia - Gota

  1. 1. KARINA ARAÚJO VENILSON COSTA INSTITUITO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RAIMUNDO SÁ CURSO DE FISIOTERAPIA 6º PERIODO FISIOTERAPIA REUMATOLOGICA TEMA: GOTA PROFESSORA: MARCELA PATRICIA
  2. 2. • Gota é um tipo de artrite que ocorre quando o ácido úrico se acumula no sangue e causa inflamação nas articulações. A gota também pode ser chamada de Doença dos Reis. QUE É A GOTA?
  3. 3. EPIDEMIOLOGIA • A gota é uma doença que acomete principalmente homens de meia idade e idosos, e mulheres na pós-menopausa. Seis vezes mais comum em homens que em mulheres,
  4. 4. CLASSIFICAÇÃO • Gota aguda: é uma doença dolorosa que normalmente afeta uma articulação • Gota crônica: consiste em episódios repetidos de dor e inflamação que podem envolver mais de uma articulação.
  5. 5. Fisiologia Ácido úrico Corrente sanguíneo Productos de desecho. (purinas) Rins eliminan ac. úrico Se acumula corrente sanguínea. Hiperuricemi a Formacão de cristales Depósitos lugares favoritos Rins, tendões, articulacões
  6. 6. LOCAIS
  7. 7. LOCAIS
  8. 8. A gota é causada pela presença de níveis mais altos do que o normal de ácido úrico na corrente sanguínea. Isso pode ocorrer se o corpo produzir ácido úrico em excesso ou se o tiver dificuldade de eliminar o ácido úrico produzido Quando essa substância se acumula no líquido ao redor das articulações (líquido sinovial), são formados cristais de ácido úrico. Esses cristais causam inchaço e inflamação nas articulações. A causa exata da gota, no entanto, é desconhecida. Fisiopatologia
  9. 9. Etiologia
  10. 10. 1° Hiperuricemia idiopática (10-15%) que representa os erros inatos de metabolismo, padecimientos caracterizados por um incremento na síntesis de purinas sobre a produção de ácido úrico. 2° Por incremento de recambio metabólico que genera um excesso de ácido úrico sérico, observado nas síndromes mieloproliferativos, neoplasias, etc. 3° Padecimientos de condicções que produzem baixa excreção renal de ácido úrico. Acidosis metabólica, insuficiencia renal, enfermedades metabólicas endocrinológicas e uso de fármacos, são as causas mais comuns desta situação. CAUSAS DE HIPERURICEMIA
  11. 11. FATORES DE RISCO Histórico familiar, uma vez que a doença pode ser genética Sexo: gota é mais comum em homens Mulheres após a menopausa Ingestão excessiva de álcool Uso de determinados medicamentos diuréticos Hipertensão Diabetes Colesterol alto Altos níveis de gordura corporal Arteriosclerose.
  12. 12. Motivos que podem desencadear crises de Gota Trauma. Alcoolismo Enfermedades.
  13. 13. CAUSAS Hábitos alimenticios ricos em carnes, alcool produtos processados. Niveles altos de colesterol LDL, diabetes e hipertensão. Acumulacão de ácido úrico.
  14. 14. ALIMENTOS A SEREM EVITADOS Certos alimentos podem aumentar os níveis de ácido úrico. Para balancear sua dieta, consulte o nutricionista. Pode ser necessário reduzir as quantidades ingeridas dos seguintes alimentos: • Sardinhas, anchovas e frutos do mar • Aves domésticas e carnes • Miúdos (rim, fígado) • Legumes (feijão, soja, ervilha)
  15. 15. ALIMENTOS A SEREM EVITADOS
  16. 16. • A amostra de sangue para determinar os níveis de ácido úrico. • O médico pode colher líquido de uma articulação suspeita de estar afetada pela gota e pesquisar através do microscópio a presença de cristais de ácido úrico nesse líquido. • O achado de cristais de ácido úrico no líquido articular constitui a forma mais segura de se fazer o diagnóstico da gota. DIAGNÓSTICO
  17. 17. • O médico realizará um exame físico para analisar as articulações em que há dor e, depois, fará perguntas sobre o histórico médico do paciente e de sua família, a fim de encontrar vestígios de gota. • Em seguida, ele deverá pedir por alguns exames, como: • Análise de líquido sinovial (exame que revelará cristais de ácido úrico) • Exames para medir a quantidade de ácido úrico no sangue e na urina • Raio-X da articulação • Biópsia sinovial • Atenção: nem todas as pessoas com altos níveis de ácido úrico no sangue têm gota. DIAGNÓSTICO
  18. 18. DIAGNÓSTICO
  19. 19. DIAGNÓSTICO
  20. 20. Gota não tratada pode evoluir para complicações mais sérias, como: Artrite gotosa crônica Recorrência da doença Cálculos renais Depósitos nos rins, levando à insuficiência renal crônica Possíveis complicações e doenças associadas
  21. 21. SINTOMAS Dor intensa nas articulações dos pés, tornozelos, joelhos, mãos e pulsos. Essa dor é geralmente mais forte nas primeiras 12 a 24 horas Após o pico de dor, deve restar um certo desconforto nas articulações, que pode durar alguns dias e, em alguns casos, até mesmo algumas semanas Inflamações e vermelhidão na região das articulações afetadas, com presença de suor.
  22. 22. Após vários anos, os cristais de ácido úrico podem acumular-se na articulação e nos tecidos circunjacentes, formando grandes depósitos denominados tofos. Os tofos são encontrados com freqüência ao redor das articulações afetadas por ataques de gota anteriores, em cima dos dedos das mãos e dos pés e na borda externa da orelha. FORMAÇÃO DOS TOFOS
  23. 23. GOTA TOFÁCEA
  24. 24. PREVENÇÃO O distúrbio em si pode não ser prevenido, mas você pode evitar itens que desencadeiam os sintomas. Limite o consumo de álcool e de alimentos gordurosos, bem como de carnes e peixes, e beba muita água.
  25. 25. O tratamento consiste principalmente em tomar medicamento(s) e controlar a dieta. Os objetivos são aliviar a dor, abreviar a duração da inflamação durante um episódio agudo, prevenir episódios futuros e evitar lesões nas articulações. Tratamento MEDICAÇÕES PARA EPISÓDIOS AGUDOS ( A colchicina (Colchis) MEDICAÇÕES PARA O CONTROLE DOS NÍVEIS DE ÁCIDO ÚRICO
  26. 26. • aliviar a dor e a tumefação do episódio agudo • prevenir episódios futuros • prevenir ou tratar os tofos • evitar cálculos de ácido úrico nos rins Tratamento MEDICAÇÃO
  27. 27. Tratamento Não há cura definitiva para a gota, já que a maioria dos casos acontecem devido a falhas na eliminação ou na produção do ácido úrico. Como ambas as causas são genéticas, o tratamento não é definitivo.
  28. 28. Tratamento Fisioterapêutico Crioterapia Intoforese Ultrasom Tens Mobilizações passivas Trações manuais Pompagem Além de repouso e tala de posicionamento
  29. 29. Referências Juliana F. Sarmento; Vinícius de A. Cavalcante; Maria Tarcinara R. Sarmento; Alessandra de S. Braz; Eutilia A. M. Freire. Artrite da gota tofácea crônica mimetizando artrite reumatoide. Rev. Bras. Reumatol. vol.49 no.6 São Paulo Nov./Dec. 2009 Batista, J. S; Wibelinger, L. M. Intervenções fisioterapeuticas no idoso portador de gota. Revista Contexto e saúde, ed. Unijui, v.10, n 20 jan/jun. 2011p. 1061-1064.
  30. 30. OBRIGADA!

×