SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Horta Sustentável
Público Alvo – Destinado a alunos do 1º ao 5º ano
Duração: O projeto se caracteriza por ser uma atividade
contínua
O tempo de duração não pode ser pré-estabelecido.
A cada ano, novas turmas darão continuidade ao projeto.
Objetivo Geral: Sensibilizar e conscientizar as
crianças de que a vida depende do ambiente em que
vivemos e que devemos fazer nossa parte.
Objetivos
Integrar as diversas fontes e recursos de aprendizagem;
Identificar técnicas de manuseio do solo;
Conhecer técnicas de cultura orgânica;
Estabelecer relações entre o valor nutritivo dos alimentos cultivados;
Compreender a relação entre solo, água e nutrientes;
- Compreender a importância de uma alimentação equilibrada para a
saúde;
- Reaproveitamento das garrafas pet.
Justificativa
A iniciativa desse projeto visa gerar nas crianças a
responsabilidade e a consciência ambiental desde
os anos iniciais para que as mesmas cresçam com
essa consciência.
A maioria das crianças consomem produtos em
embalagens descartáveis que podem ser
reutilizados .
Considerando que a escola tem papel fundamental
na vida do sujeito faz necessário que ela contribua
significativamente para a formação cidadã.Deste
modo objetiva-se uma reflexão orientada sobre o
lixo.
Pensando na sucata e o seu reaproveitamento,
na contribuição e na criação de valores e a
adoção de práticas mais cidadãs , através da
elaboração de uma horta sustentável.
Metodologia e desenvolvimento do projeto:
Primeiro momento: Conversa com equipe escolar sobre
o tema e instalação da horta.
Segundo momento : Conscientização dos alunos com
aulas expositivas sobre o tema e colaboração efetiva dos
alunos quanto a entrega dos materiais para confecção
da horta(garrafas pets )
Terceiro momento: Criação efetiva da horta
AVALIAÇÃO: Durante todo desenvolvimento do
projeto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (19)

Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIOPortifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
Portifólio 1º semestre 2014 EM JOSE DO PATROCINIO
 
Implantação da horta escolar em uma escola pública
Implantação da horta escolar em uma escola públicaImplantação da horta escolar em uma escola pública
Implantação da horta escolar em uma escola pública
 
Slide franciane 1
Slide franciane 1Slide franciane 1
Slide franciane 1
 
Projeto horta
Projeto hortaProjeto horta
Projeto horta
 
Apresentação projeto ra ivone
Apresentação projeto ra ivoneApresentação projeto ra ivone
Apresentação projeto ra ivone
 
Repórter Ambiental Mirim
Repórter Ambiental MirimRepórter Ambiental Mirim
Repórter Ambiental Mirim
 
Anexo v
Anexo v Anexo v
Anexo v
 
Semana da educação alimentar
Semana da educação alimentarSemana da educação alimentar
Semana da educação alimentar
 
Proj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberesProj.cultivando saberes
Proj.cultivando saberes
 
Iv conferência infantojuvenil pelo meio ambiente
Iv conferência infantojuvenil pelo meio ambienteIv conferência infantojuvenil pelo meio ambiente
Iv conferência infantojuvenil pelo meio ambiente
 
Projeto: Alimentação Saudável & Jardim e Arte na Escola II
Projeto: Alimentação Saudável & Jardim e Arte na Escola IIProjeto: Alimentação Saudável & Jardim e Arte na Escola II
Projeto: Alimentação Saudável & Jardim e Arte na Escola II
 
Apresentação projeto meio ambiente
Apresentação projeto meio ambienteApresentação projeto meio ambiente
Apresentação projeto meio ambiente
 
Horta bio pedagogica
Horta bio pedagogicaHorta bio pedagogica
Horta bio pedagogica
 
Reciclar
ReciclarReciclar
Reciclar
 
Isabel
IsabelIsabel
Isabel
 
Petcomposteira
PetcomposteiraPetcomposteira
Petcomposteira
 
Petcomposteira
PetcomposteiraPetcomposteira
Petcomposteira
 
Horta na escola
Horta na escolaHorta na escola
Horta na escola
 
Projeto água 2015
Projeto água 2015Projeto água 2015
Projeto água 2015
 

Destaque

Feira de ciências
Feira de ciênciasFeira de ciências
Feira de ciênciasSoxxZ
 
Jocelaine Carvalho Projeto Horta
Jocelaine Carvalho Projeto HortaJocelaine Carvalho Projeto Horta
Jocelaine Carvalho Projeto Hortaguestd38481
 
Correio 2009 bayer
Correio 2009 bayerCorreio 2009 bayer
Correio 2009 bayerBayer Crop
 
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.Ediney Dias
 
Cultivo protegido em morango1
Cultivo protegido em morango1Cultivo protegido em morango1
Cultivo protegido em morango1Robson de Aguiar
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental-
 
Hidroponia coentro
Hidroponia coentroHidroponia coentro
Hidroponia coentropw8cf
 
Adubaçao organica e Hidroponia
Adubaçao organica e HidroponiaAdubaçao organica e Hidroponia
Adubaçao organica e HidroponiaEdvaldo Duarte
 
Alface hidroponica
Alface hidroponicaAlface hidroponica
Alface hidroponicaclaudiowolph
 
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...Charles Fortes
 
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...ApiculturaeAgricultura
 
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisingh
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisinghHidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisingh
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisinghJNR
 
148557382 horta-garrafas-pet
148557382 horta-garrafas-pet148557382 horta-garrafas-pet
148557382 horta-garrafas-petEster Florea
 

Destaque (20)

Feira de ciências
Feira de ciênciasFeira de ciências
Feira de ciências
 
Jocelaine Carvalho Projeto Horta
Jocelaine Carvalho Projeto HortaJocelaine Carvalho Projeto Horta
Jocelaine Carvalho Projeto Horta
 
Nacidos entre 1935 1960 pt
Nacidos entre 1935 1960 ptNacidos entre 1935 1960 pt
Nacidos entre 1935 1960 pt
 
Mandioquinha Salsa
Mandioquinha SalsaMandioquinha Salsa
Mandioquinha Salsa
 
Correio 2009 bayer
Correio 2009 bayerCorreio 2009 bayer
Correio 2009 bayer
 
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.
I Dia de Campo de Adubação Verde em Consórcio com Frutíferas do Cerrado.
 
429 an 29_maio_2013.ok
429 an 29_maio_2013.ok429 an 29_maio_2013.ok
429 an 29_maio_2013.ok
 
Presentacion Ngs
Presentacion NgsPresentacion Ngs
Presentacion Ngs
 
Cultivo protegido em morango1
Cultivo protegido em morango1Cultivo protegido em morango1
Cultivo protegido em morango1
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Hidroponia coentro
Hidroponia coentroHidroponia coentro
Hidroponia coentro
 
Adubaçao organica e Hidroponia
Adubaçao organica e HidroponiaAdubaçao organica e Hidroponia
Adubaçao organica e Hidroponia
 
Cultivo de alface
Cultivo de alface Cultivo de alface
Cultivo de alface
 
Pdm -final
Pdm  -finalPdm  -final
Pdm -final
 
Hidropnia
HidropniaHidropnia
Hidropnia
 
Alface hidroponica
Alface hidroponicaAlface hidroponica
Alface hidroponica
 
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...
Apresentação monografia - Proposta de uma Arquitetura para Customização de Si...
 
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...
Claudia Inês da Silva - Manejo dos Polinizadores e Polinização de flores do M...
 
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisingh
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisinghHidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisingh
Hidroponia - dossie tecnico - a george,lamaral,sjaisingh
 
148557382 horta-garrafas-pet
148557382 horta-garrafas-pet148557382 horta-garrafas-pet
148557382 horta-garrafas-pet
 

Semelhante a Projeto proinfo slaids

Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Sirlei Neto
 
Projeto horta suspensa na escola
Projeto horta suspensa na escolaProjeto horta suspensa na escola
Projeto horta suspensa na escolalavi1423
 
Projeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteProjeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteLakalondres
 
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Ceiça Mendes
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Anderson Ramos
 
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em creche
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em crecheA horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em creche
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em crecheMaria Helena Lima
 
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-VidaEducação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-VidaADILSON RIBEIRO DE ARAUJO
 
Slide NTE Rosana
Slide NTE RosanaSlide NTE Rosana
Slide NTE RosanaRosanaSerro
 
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemBicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemtemastransversais
 
PROJETO CANTINHO VERDE ediane e ruth.docx
PROJETO  CANTINHO VERDE ediane e ruth.docxPROJETO  CANTINHO VERDE ediane e ruth.docx
PROJETO CANTINHO VERDE ediane e ruth.docxElaineFontoura
 

Semelhante a Projeto proinfo slaids (20)

Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014Portifólio 1º semestre 2014
Portifólio 1º semestre 2014
 
Horta e ervas
Horta e ervas Horta e ervas
Horta e ervas
 
Projeto horta suspensa na escola
Projeto horta suspensa na escolaProjeto horta suspensa na escola
Projeto horta suspensa na escola
 
Projeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande RabaneteProjeto O Grande Rabanete
Projeto O Grande Rabanete
 
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
Proj cultivandosaberes-130411061920-phpapp01
 
PROJETO HORTA.docx
PROJETO HORTA.docxPROJETO HORTA.docx
PROJETO HORTA.docx
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
 
Projeto meio ambiente
Projeto meio ambienteProjeto meio ambiente
Projeto meio ambiente
 
Projetohorta
ProjetohortaProjetohorta
Projetohorta
 
Projetohorta
ProjetohortaProjetohorta
Projetohorta
 
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em creche
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em crecheA horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em creche
A horta como estrategia de educação alimentar e nutricional em creche
 
Projeto Agrinho 2012
Projeto Agrinho 2012Projeto Agrinho 2012
Projeto Agrinho 2012
 
Projeto horta ppd
Projeto horta ppdProjeto horta ppd
Projeto horta ppd
 
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-VidaEducação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
 
Slide NTE Rosana
Slide NTE RosanaSlide NTE Rosana
Slide NTE Rosana
 
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagemBicastiradentes meioambiente reciclagem
Bicastiradentes meioambiente reciclagem
 
Horta caderno 4-1
Horta caderno 4-1Horta caderno 4-1
Horta caderno 4-1
 
PROJETO CANTINHO VERDE ediane e ruth.docx
PROJETO  CANTINHO VERDE ediane e ruth.docxPROJETO  CANTINHO VERDE ediane e ruth.docx
PROJETO CANTINHO VERDE ediane e ruth.docx
 
Tarefa 4blog
Tarefa 4blogTarefa 4blog
Tarefa 4blog
 
Grupo 4
Grupo 4Grupo 4
Grupo 4
 

Último

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 

Último (20)

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 

Projeto proinfo slaids

  • 2. Público Alvo – Destinado a alunos do 1º ao 5º ano Duração: O projeto se caracteriza por ser uma atividade contínua O tempo de duração não pode ser pré-estabelecido. A cada ano, novas turmas darão continuidade ao projeto.
  • 3. Objetivo Geral: Sensibilizar e conscientizar as crianças de que a vida depende do ambiente em que vivemos e que devemos fazer nossa parte.
  • 4. Objetivos Integrar as diversas fontes e recursos de aprendizagem; Identificar técnicas de manuseio do solo; Conhecer técnicas de cultura orgânica; Estabelecer relações entre o valor nutritivo dos alimentos cultivados; Compreender a relação entre solo, água e nutrientes; - Compreender a importância de uma alimentação equilibrada para a saúde; - Reaproveitamento das garrafas pet.
  • 5. Justificativa A iniciativa desse projeto visa gerar nas crianças a responsabilidade e a consciência ambiental desde os anos iniciais para que as mesmas cresçam com essa consciência. A maioria das crianças consomem produtos em embalagens descartáveis que podem ser reutilizados . Considerando que a escola tem papel fundamental na vida do sujeito faz necessário que ela contribua significativamente para a formação cidadã.Deste modo objetiva-se uma reflexão orientada sobre o lixo.
  • 6. Pensando na sucata e o seu reaproveitamento, na contribuição e na criação de valores e a adoção de práticas mais cidadãs , através da elaboração de uma horta sustentável.
  • 7. Metodologia e desenvolvimento do projeto: Primeiro momento: Conversa com equipe escolar sobre o tema e instalação da horta. Segundo momento : Conscientização dos alunos com aulas expositivas sobre o tema e colaboração efetiva dos alunos quanto a entrega dos materiais para confecção da horta(garrafas pets ) Terceiro momento: Criação efetiva da horta
  • 8. AVALIAÇÃO: Durante todo desenvolvimento do projeto